Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

 

UM TEXTO QUE ESCREVI HOJE E DISPONIBILIZO AOS AMIGOS,

SUZANA MARIA BIERNFELD FIGUEIREDO

10 de agosto de 2011

Quem parte está indo ou está vindo?

 

Quando partimos vamos de bagagem pesada ou vazia sem peso algum?

Ou é um aviso de que ao irmos embora a bagagem pode estar vazia ou cheia,

pois tudo que é da terra fica na terra e o que é do céu segue para o céu.

Quando eu for embora não vou querer levar nem minha sombra junto!

O que realmente somos,

começamos a viver na Terra em um corpo recém nascido,

frágil, chorão e pelado.

Quando partimos no outono da existência,

novamente, vamos ficando sensíveis,

chorões, fragilizados, dependentes de ajuda e cuidados.

Novamente, pouco importa se estamos com roupa ou pelados,

a gente aprende que nada do que é da terra importa, quando temos que transpor, novamente, a porta do umbral.

Essa situação de nascer e morrer me levou a observar

que passamos por uma porta

que sempre é porta de entrada e porta de chegada.

Nascemos, entramos na vida pela porta de chegada a mesma de onde partiremos.

Ao nascermos, chegamos à vida após a vida anterior,

pela mesma porta, agora chamada de entrada.

Então, não há começo nem término... 

Nascer e morrer, um contínuo viver, no corpo ou fora do corpo.

É viver cada vida no lugar onde temporariamente o destino nos situou.

E segue o bailar da existência passos que se sucedem, no contínuo fluxo do ser.

Essa situação é tão bem arranjada que fica difícil afirmar

onde se está começando a viver,

se o ponto zero é o nascimento,

ou o inicio da vida tem começo depois da morte.

Onde ela começa, onde ela termina?

A vida é como a correnteza de um rio que flui sem cessar,

ciclo após ciclo, um vai e vem sem fim,

é como a onda do mar, vai e vem, beija a praia,

deixa seu amplexo, depois volta para o mar.

Nascer e morrer!

Quando verdadeiramente se nasce ou se morre?

Onde se situa de fato, na fascinação-ilusão da matéria,

ou na luz do mundo real nas dimensões superiores?

 

Quem pode afirmar com certeza?...

Só quem morre fica sabendo e quando se retorna a Terra com nova roupagem, o novo cérebro não pode saber, nem se lembrar porque não viveu o passado.

Começamos a vivenciar tudo novamente, trazendo a experiência da vivencia anterior.

Cada nascimento a alma engendra um filho,

sua prole é imensa, mais de mil diz a ciência secreta.

Nada melhor, nem mais sublime que um dia depois do outro - vida após vida, crescimento e evolução em um caminhar sem fim!

Sigamos, despidos de memória das vidas passadas,

sem documentos com dados pretéritos, cabelos ao vento, o olhar adiante do nosso tempo buscando a experiência do eterno agora,

o contínuo presente, que nem nasceu nem morreu,

nos ajuda a viver um pouco mais; sempre  nos levando para frente,

buscando sonhos sepultando dores, no eterno vir-a-ser.

E viva a vida!

 Enquanto se está vivo, sorrindo ou chorando, sonhando ou em solidão, sofrendo ou amando, sonhos despedaçados, ou ilusões coloridas, sigamos em busca do eldorado, o Oasis encantado que embala de melodia nosso coração.

Dizem que ao nascermos, enquanto todos nos aplaudem e festejam,

chegamos ao mundo chorando,

porque já viemos sabendo da dor que nos espera,

neste fatídico vale de lágrimas.

Partimos em silêncio, em paz e solidão,

 e ao cruzar a linha divisória entre os dois planos, se nossa vida foi útil, altruísta e proveitosa, abraços e sorrisos,

flores e louvores nos aguardam na dimensão do nosso mundo verdadeiro.

É a vida, quando bem vivida!

Muito ou pouco, é o que se leva quando se parte,

o que é da Terra fica na Terra,

o que é do céu vai conosco, a moeda da Terra é o dinheiro;

a moeda do céu é o amor que se deu.

É o nosso patrimônio,

é o BEM que se faz quanto mais amor dermos mais riquezas teremos no céu.

A árvore mais sabia e que vive mais tempo,

é aquela que aprendeu a não lutar contra a força dos ventos,

mas com sabedoria, soube curvar-se às intempéries,

e assim, tornou-se forte e robusta

 e vive majestosa e imponente,

uma vencedora no mundo vegetal.

 

Um belo exemplo a ser seguido pelos humanos...

 

 

Exibições: 42

Responder esta

Respostas a este tópico

Reflexões profundas sobre o mistério da vida!

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço