Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

 

Leitura Orientadora
Página Principal ENCONTRO ESPIRITUAL - www.encontroespiritual.org

Ciência da Raja Ioga

A Ciência da Raja Ioga, ou a "Ciência Real da Alma", tal como apresentada por seu principal expoente, Patânjali, encontrará finalmente sua máxima demonstração no Ocidente. Isto se deve ao fato de que - sob a lei cíclica - a quinta raça raiz (agora na sua quinta sub-raça) terá de atingir, inevitavelmente, seu ponto culminante. Na economia das raças vê-se este ponto exemplificado na correta utilização da mente e no seu emprego pela alma, visando a atingir os objetivos grupais e desenvolver a consciência grupal no plano físico.

Até agora a mente foi, ou prostituída para fins materiais, ou endeusada. Pela ciência da Raja Ioga, ela será conhecida como o instrumento da alma e como o meio pelo qual o cérebro do aspirante se ilumina e obtém conhecimento sobre os assuntos referentes ao reino da alma.

Sob a lei da evolução, sendo a mente, igualmente, o quinto princípio, a quinta raça raiz deve estar intimamente relacionada a ela e, com maior razão, isto se aplica à quinta sub-raça raiz, mais do que a qualquer outra. Aconselha-se aos estudantes que tenham em mente as seguintes correspondências:

1. Quinta Raça raiz

Ariana

2. Quinta sub-raça

Anglo-Saxônica

3. Quinto princípio

manas, ou mente

4. Quinto plano

O mental

5. Quinto raio

O conhecimento concreto

Todas as diferentes Iogas tiveram sua parte no desenvolvimento do ser humano. Na primeira raça inteiramente física, que é chamada lemuriana, a Ioga então imposta à infante humanidade foi a Hatha Ioga, a Ioga do corpo físico, a Ioga que ensina o emprego consciente e a manipulação dos diversos órgãos, músculos e partes da estrutura física. O problema para os adeptos daquele tempo era o de ensinar aos seres humanos - que eram pouco mais do que animais, - a finalidade, a significação e a utilização dos seus vários órgãos, de modo a que pudessem conscientemente controlá-los e compreender o significado do símbolo da figura humana. Naqueles dias primitivos, então, o ser humano atingia os portais da iniciação através da prática da Hatha Ioga. Naquele tempo, a mais alta iniciação que o homem podia atingir era a terceira, cujo resultado era a transfiguração da personalidade.

Nos dias de Atlântida, o progresso dos filhos dos homens era alcançado através de duas Iogas. Primeiro, a chamada Laya Ioga, a Ioga dos centros no homem e o desenvolvimento da natureza astral e psíquica. Posteriormente, a Bhakti Ioga, proveniente do desenvolvimento do corpo astral, ou emocional, foi incorporada à Laya Ioga, sendo então lançadas as bases do misticismo e da devoção, que têm sido o incentivo básico para nossa raça - a Ariana. O objetivo era, então, a quarta iniciação.

Atualmente, com a raça Ariana, a subjugação do corpo mental e o controle da mente se obtêm pela prática da Raja Ioga, e a quinta iniciação, a do adepto, é a meta para a humanidade em evolução. Assim, todas as Iogas tiveram sua aplicação e serviram a um propósito útil. Tornar-se-á evidente, pois, que qualquer retorno à Hatha Ioga ou àquelas práticas que tratem especificamente do desenvolvimento dos centros, através de diferentes tipos de meditação e exercícios respiratórios, é de certo modo, um retrocesso. Verificar-se-á que, pela prática da Raja Ioga e pela adoção do ponto de controle direcional que é encontrado pelo homem que centraliza sua consciência na alma, as outras formas de Ioga são desnecessárias, pois a Ioga mais avançada inclui automaticamente, em seus resultados, as menos avançadas, se bem que não em suas práticas.

Quando estas forem estudadas, tornar-se-á evidente por que o dia da oportunidade acabou de chegar. O Oriente preservou-nos regras desde tempos imemoriais. Aqui e ali, os orientais (e uns poucos adeptos ocidentais) valeram-se destas regras e se submeteram às disciplinas desta rigorosa ciência. Assim foi preservada para a raça a continuidade da Doutrina Secreta, da Sabedoria Imemorial, e assim foi reunido o pessoal da Hierarquia em nosso planeta. Nos tempos do Buda, e através do estímulo por Ele produzido, houve uma grande reunião de Arhats. Estes foram homens que haviam conseguido a libertação através de esforços autoiniciados. Esse período, em nossa raça Ariana, assinalou um clímax para o Oriente. Desde então, a maré da vida espiritual se deslocou continuamente para o Ocidente, de modo que agora podemos esperar um clímax correspondente no Ocidente que deverá atingir seu zênite entre os anos de 1965 e 2025. Para atingir este objetivo os adeptos do Oriente e do Ocidente estão trabalhando unidos, pois eles sempre seguem a Lei.

Este impulso que se aproxima (como no tempo do Buda) é um impulso do segundo Raio e não tem relação alguma com qualquer impulso do primeiro Raio, como o que projetou H. P. Blavatsky. Os impulsos do primeiro Raio aparecem no primeiro quarto de cada século e atingem seu clímax, no plano físico, durante o último quarto. O interesse agora demonstrado pela Raja Ioga e o estudo desta ciência e das regras que ela dá para o desenvolvimento do homem, são indicativos da tendência geral deste crescente impulso do segundo Raio. Este interesse será cada vez mais demonstrado. Assim chega o dia da oportunidade.

Há três livros que deveriam estar nas mãos de cada estudante, o Bhagavad Gitâ, o Novo Testamento e os Aforismos da Ioga, pois nestes três livros existe um quadro completo da alma e de seu desabrochar.

Nos dezoito capítulos do Gitâ nos foi dada uma descrição da alma, de Krishna, o segundo aspecto em sua verdadeira natureza como Deus manifestado, culminando naquele maravilhoso capítulo onde Ele se revela a Arjuna, o aspirante, como a alma de todas as coisas e o ponto de glória por trás do cada forma.

O Novo Testamento descreve para nós a vida de um Filho de Deus em plena manifestação, na qual, livre de qualquer véu, a alma em sua verdadeira natureza caminha pela Terra. Torna-se evidente para nós, à medida que estudamos a vida do Cristo, o que significa desenvolver os poderes da alma, atingir a libertação e tornar-se, em plena glória, um Deus andando pela terra.

Nos Aforismos da Ioga foram incluídas as leis deste futuro acontecimento e as regras, métodos e meios que - quando seguidos - tornam o homem "tão perfeito quanto vosso Pai no Céu é perfeito". Passo a passo nos é revelado um sistema gradual de desenvolvimento que leva o homem do estágio do "homem bom comum", através das etapas do aspirante, do iniciado e do mestre, até o exaltado ponto de evolução em que o Cristo agora está. João, o discípulo amado, disse que "nós seremos como Ele, pois O veremos como Ele É" e a revelação da alma do homem encarnado no plano físico provocará esta grande transformação. O próprio Cristo disse que "Maiores obras do que Eu faço, fareis vós", estendendo a nós a promessa do "reino, poder e glória" desde que nossas aspirações e persistência sejam suficientes para nos levar através do espinhoso caminho da Cruz, capacitando-nos para trilharmos o caminho que "leva sempre, montanha acima", até o cume do Monte da Transfiguração.

Como será produzida esta grande mudança? Como poderá o homem, vítima de seus desejos e de sua natureza inferior, se converter no homem vitorioso, triunfante sobre o mundo, a carne e o mal? Será efetuada quando o cérebro físico do homem encarnado tiver consciência do eu, da alma, e esta conscientização só se torna possível quando o verdadeiro Eu consegue se "refletir na substância mental". A alma é inerentemente libertada dos objetivos e fica sempre no estado da unidade isolada. O homem encarnado, contudo, tem que chegar, na consciência de seu cérebro físico, ao reconhecimento destes dois estados de ser; ele tem que se libertar conscientemente de todos os objetos do desejo e se manter como um todo unificado, desprendido e livre de todos os véus, de todas as formas nos três mundos. Quando o estado de ser consciente, como é conhecido pelo homem espiritual, vier a ser também o estado de consciência do homem em encarnação física, o objetivo terá, então, sido atingido. O homem não mais será o que seu corpo físico o torna, quando identificado com ele, a vítima do mundo. Ele caminhará livre, com o rosto resplandecente (I. Cor. 3), e a luz de seu rosto projetar-se-á sobre tudo que encontrar. Seus desejos não mais inclinarão a carne para a atividade e seu corpo astral não mais controlá-lo-á nem o subjugará.

Pela libertação da paixão e pelo equilíbrio dos pares de opostos ele se terá livrado de seu temperamento, sentimentos, anseios, desejos e reações emocionais, que caracterizam a vida do homem comum, e terá chegado ao ponto da paz. O demônio do orgulho, a personificação da natureza mental mal empregada e as distorcidas percepções da mente são vencidas e ele se torna livre dos três mundos. A natureza da alma, as qualidades e atividades inerentes à natureza amorosa de um Filho de Deus e a sabedoria que se evidencia quando o amor e a atividade (o segundo e o terceiro aspectos) se unem, caracterizam sua vida na terra e ele pode dizer como o Cristo: "Está consumado".

Transcrito por Ismael de Almeida

 

Exibições: 9

Respostas a este tópico

Bom dia, Ismael!

Agradeço de coração todas as mensagens enviadas, através delas tenho tentado melhorar e buscar o melhor caminho a seguir.

Desejjo a você e sua família uma feliz Páscoa, e que Jesus esteja sempre presente em sua vida.

Um abraço

Solange

ÓTIMO TEXTO.OBRIGADO.

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço