Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar


~ Namo Kwan Shi Yin Pu Sa ~
Amados Filhos,
Trago a todos vocês as Bênçãos da Misericórdia e da Compaixão Divina materializadas nesta Novena Milagrosa para que possais encontrar a Liberdade e a Cura para vossas consciências. Todo aquele que rezar esta Novena com fé e confiança encontrará nela um roteiro seguro e harmonioso de libertação e alegria nestes momentos de transição pela qual passa o planeta Terra.
As orações desta Novena estão organizadas de forma tal na Luz de Deus Pai-Mãe que criaram de imediato um campo de luz poderoso de Compaixão e Misericórdia sobre a pessoa que a reza e no ambiente a sua volta.
A utilização das Chamas Violeta e Dourada proporcionaram os milagres necessários ao crescimento pessoal e planetária, purificando e libertando a pessoa que a reza das ilusões do carma.
Todo aquele que rezar esta Novena, estará sobre as Bênçãos da Misericórdia e da Compaixão em meu coração, proporcionando maior crescimento e desenvolvimento espiritual no seu dia – a – dia.
Utilizai as Chamas Violeta e Dourada para se libertarem das ilusões de vossos egos acelerando a vossa evolução em direção da Nova Era de Luz que se instala na Terra. Buscai a essência Divina do Cristo em vossos corações despertando o cálice sagrado da Chama Trina em vossos espíritos, pois eu estarei ao lado de cada um de vocês, amparando cada passo seu em sua jornada evolutiva.
Busquem a Misericórdia e Compaixão em meu coração e muito mais vos oferecerei.
Kwan Yin
~~~~~~~~~~
Enviar Amor é o dever mais bonito de um ser humano que percebeu a sua razão de viver. Ele recebe a maior graça para a eliminação das suas próprias cargas negativas - as vibrações do Amor voltam sem empecilho à sua própria vida e trazem consigo Bênçãos e Luz.
Kwan Yin

Novena canalizada por Clarindo Melchizedek!
Mineiros - Goiás
INTRODUÇÃO

Saudações de Luz
Esta Novena Milagrosa foi ensinada pela Bem Amada Mãe Kwan Yin na noite da lua cheia do mês de fevereiro de 2008 no Centro de Cura Cósmica, na cidade de Mineiros - Goiás e desde então grandes bênçãos já foram realizadas através desta pratica sagrada.
É da vontade da Bem Amada Mãe Kwan Yin, que esta Novena Milagrosa alcance o maior numero de corações humanos para que todos possam usufruir dos benefícios de praticar a sua Novena Milagrosa.
Você pode realizar esta novena sozinho ou em grupo(em grupos seu poder é sentido de forma muito intensa pelas pessoas participantes).
Você pode realiza-la durante 9, 21 ou 33 dias consecutivos, sempre no mesmo horário.
Você necessitará de um copo ou jarra com água para ser consagrada na finalização da pratica diária da novena.
Quando estiver trabalhando com as Chamas Violeta e Dourada, visualize essas duas Chamas Sagradas, desbloqueando e despertando cada parte adormecida do seu cérebro e todas as energias de limitação caindo por terra e sendo transmutadas.
A Bem Amada Mãe Kwan Yin tem se mostrado muito presente para aqueles que tem praticado esta novena e muitas bênçãos tem sido alcançadas desde então. Kwan Yin esta sempre pronta para socorrer a quem quer que seja, e sempre pronta para atender ate mesmo o menor dos pedidos.
Confie nela, tenha fé, convide-a para sua vida e ela muito fará por você, como tem feito por muitos de nós.

Um Abraço no Coração!
Clarindo Melchizedek.


~ Avalokitesvara Kwan Yin ~


É o Bodhisattva Celestial da Compaixão, é a mestra da hierarquia divina que trabalha na freqüência da Misericórdia, Compaixão e Amor Incondicional. Há uma confiança implícita na graça salvadora e nos poderes curadores de Avalokitesvara Kwan yin. A invocação de seu nome a traz imediatamente ao lugar do chamado. Desejo que a energia de Avalokitesvara Kwan Yin possa invadir seu coração agora como um perfume doce e suave e que você possa receber esta energia amorosa como uma dádiva Divina.

Ela é a Deusa da Misericórdia, da Compaixão e do Amor Incondicional.

Kwan Yin é uma divindade chinesa — a deusa da compaixão e misericórdia, venerada em diversos países da Ásia. No Budismo corresponde ao Bodhisattva Avalokitesvara (em tibetano: Cherenzig), que representa a suprema compaixão de todos os budhas. No Japão esta personificação da caridade é representada como uma divindade masculina, chamada Kannon Bosatsu.

Kwan Yin é a Salvadora Compassiva. Por todo o Oriente altares dedicados a esta Mãe da Misericórdia podem ser achados em templos, casas e grutas nos caminhos. Orações à Presença dela e à sua Chama estão incessantemente nos lábios dos devotos à medida que buscam orientação e socorro em todas as áreas da vida.

Muito presente na cultura oriental, Kwan Yin tem despertado interesse em seu caminho e ensinamento entre um número crescente de devotos ocidentais, que reconhecem a poderosa presença da "Deusa da Misericórdia", junto com a da Virgem Maria, como iluminadora e intercessora da Sétima Era de Aquário.

A longa história de devoção a Kwan Yin mostra-nos o caráter e o exemplo desta Portadora de Luz que não somente dedicou sua vida a seus amigos, mas sempre assumiu o papel de intercessora e redentora. Durante séculos, Kwan Yin simbolizou o grande ideal do Budismo Mahayana em seu papel de bodhisattva (chinês p'u-sa), literalmente, "um ser de BDI, ou iluminação", destinado a se tornar um Buda, mas que renunciou ao êxtase do nirvana, como um voto para salvar todas as crianças de Deus.

O nome Kwan Ce Yin, como é freqüentemente chamada, significa literalmente "aquela que considera, vigia e ouve as lamentações do mundo". Segundo a lenda, Kwan Yin estava para entrar no céu, porém parou no limiar ao ouvir os gritos do mundo.

Existe ainda muito debate acadêmico relativo à origem da devoção à bodhisattva feminina Kwan Yin. Ela é considerada a forma feminina de Avalokitesvara, bodhisattva da compaixão do Budismo indiano, cuja adoração foi introduzida na China no terceiro século.

Embora Kwan Yin tenha sido retratada como um homem até o século X, com a introdução do Budismo Tântrico na China no século oitavo, durante a dinastia T'ang, a imagem da celestial bodhisattva como uma bela deusa vestida de branco era predominante e o culto devocional a ela cresceu em popularidade. No século nono havia uma estátua de Kwan Yin em cada monastério budista da China.

Apesar da controvérsia acerca das origens de Kwan Yin como um ser feminino, a representação de um bodhisattva, ora como deus, ora como deusa, não é inconsistente com a doutrina budista. As escrituras explicam que um bodhisattva tem o poder de encarnar em qualquer forma - masculino, feminino, criança e até animal - dependendo da espécie de ser que ele procura salvar. Como relata o Sutra do Lótus, a bodhisattva Kuan Shih Yin, "pelo recurso de uma variedade de formas, viaja pelo mundo, conclamando os seres à salvação".

Kwan Yin, representa a grande força da Mãe Universal no Oriente - assim como Mãe Maria, no Ocidente. Antes de Saint Germain, era ela a Chohan do Sétimo Raio. Hoje, sustenta os atributos do Raio Lilás (violeta e rosa) do perdão e da misericórdia divina, irradiado de seu Templo da Misericórdia sobre Pequin, na China.

São ilimitados o seu amor e compaixão pelos homens. A Deusa da Misericórdia, que é mediadora do Conselho Cármico, está sempre pronta a atender os desejos dos seres humanos, concedendo-lhes mais auxílio do que em verdade merecem.

O Raio Lilás ampara os seres que transgrediram gravemente as leis universais e não conseguem suportar os retornos cármicos, necessitando de uma energia mediadora ou intercessora entre o mundo das criações e a Grande Lei.

Também conhecida como deusa da misericórdia, representa a grande força da Mãe Universal no Oriente como Mãe Maria no Ocidente. Ela é o Bodhisattva Celestial da Compaixão, é a Mestra da Hierarquia Divina que trabalha na freqüência da Compaixão e Amor Incondicional. Bodhisattva é um ser humano que atingiu o estado de perfeição e ascensão, tendo se libertado da roda da reencarnação e do ciclo de samsara (ciclo de reencarnações sucessivas visando o aprendizado e ascensão do ser, relacionados a lei do carma - ação e reação).

Kwan Yin já era conhecida no Extremo Oriente antes do advento do Budismo. Dentre suas várias encarnações na China, a mais conhecida foi como filha do Imperador Miao Chunang Wang da Dinastia Chou, 700 a.C. Diz a lenda que ela se determinara a seguir uma vida religiosa, tendo se recusado a casar, apesar das ordens do seu pai, e das súplicas dos seus amigos. Aí, por ordens do seu pai, foi submetida às mais árduas tarefas, que de forma alguma enfraqueceram o seu zeloso amor por Deus.

Enraivecido pela sua devoção, seu pai, ordenou que fosse executada, mas quando a espada a tocou partiu-se em mil pedaços. Ele então ordenou que fosse asfixiada, mas quando a sua alma deixou o seu corpo e desceu até o inferno, transformou-o num paraíso. Transportada numa flor de lótus até a Ilha de P'ootoo, próxima a Nimpo, aí viveu durante nove anos, curando os enfermos e salvando marinheiros do naufrágio.

Certa vez, quando soube que seu pai estava muito doente, cortou um pedaço da carne dos seus braços, e usou-a como um remédio que lhe salvou a vida. Em gratidão, ele ordenou que uma estátua fosse erigida em sua honra, comissionando ao artista que a representasse com 'olhos e braços completamente formados'. Entretanto, o artista compreendeu mal, e até hoje Kwan Yin algumas vezes aparece representada com 'mil braços e mil olhos', sendo capaz dessa forma, de olhar e cuidar de todo o seu povo sendo também chamada de Avalokitesvara.

Ela hoje é madrinha da nação chinesa, onde se encontra altares em todos os lugares, como lojas, restaurantes, até mesmo em pára-lamas ou painéis de carros. Há uma confiança implícita na graça salvadora e poderes curadores de Kwan Yin. Acredita-se que até mesmo a mera invocação de seu nome a traz imediatamente ao lugar do chamado.

Kwan Yin fez o voto de bodhisattva, para trabalhar junto às evoluções deste planeta e deste sistema solar para lhes mostrar o caminho dos Ensinamentos dos Mestres Ascensos. Ela diz que enquanto houver uma única alma sofrendo na Terra, Ela estará presente!



O Templo da Misericórdia e da Compaixão

O suntuoso Templo da Misericórdia, que é circundado por doze graciosos Templos menores, situa-se no Reino Etérico, sobre Pequim, China. Cada um desses Templos menores é consagrado a uma determinada virtude ou qualquer característica da Perfeição Divina. O discípulo carente de uma ou mais virtudes poderá receber maior impulso e purificação, para manifestar com mais perfeição as qualidades requeridas, freqüentando esses Templos, enquanto, à noite, seu corpo físico descansa.

A característica predominante que rege estes Templos é o admirável e extraordinário silêncio. O discípulo é elevado a uma vibração suave que penetra em seus corpos mental e sentimental, enquanto a sua consciência se preenche com o desejo de perdoar tudo que lhe foi imposto como injustiça. Ele também se liberta dos sentimentos de ódio, vingança e auto-justiça em relação a outras pessoas, quando, conscientemente, apela por amor e misericórdia, vivenciando, novamente, a leveza de sua consciência e alegria proveniente desta espontânea atitude.

A Mestra KWAN YIN, Deusa da Misericórdia e Amor, conhecida dos orientalistas por Mãe Divina, atrai do Coração Celeste a Chama da Misericórdia e Compaixão para a atmosfera mais baixa da Terra, onde, temporariamente, a alma, a mente e o corpo sofrem as experiências amargas da vida, como retorno de sua energia mal aplicada. Há muitos e muitos séculos, os filhos do homem conheciam a Bem-Amada KWAN YIN e sua Misericordiosa Chama Violeta, que tem o poder de transmutar os carmas negativos entre pais e filhos, assim como a infelicidade do próximo.

Em determinadas épocas, KWAN YIN e sua Corte Espiritual costumavam percorrer grande parte da Ásia oriental. Aqueles crentes que não podiam empreender uma longa peregrinação que os levasse até o Templo da Misericórdia, eram atendidos, pessoalmente, por esta Deusa da compaixão, embora invisível ao olho físico dos filhos do homem. Ela sempre se interessou, e principalmente hoje, em auxiliar filhos e pais, para extinguirem, mutuamente, seus próprios carmas de várias existências, de modo que passem a expressar, sem perda de tempo, a Perfeição de suas próprias Presenças Eu Sou.

Em tempos idos, muitas crianças foram levadas à Bem-Amada KWAN YIN para receberem o batismo e a bênção do Fogo Violeta, enquanto Ela, durante o Cerimonial mantinha a criança em Seus próprios braços, transmutando bondosamente (de modo invisível aos olhos físicos) o carma daquele pequenino ser, tanto quanto Ela podia fazê-lo e tanto quanto fosse permitido pela Lei Cósmica, antes que pudessem externar-se as culpas do passado, este carma destrutivo como sofrimento da alma, mente e corpo, em quaisquer circunstâncias da vida.

Naturalmente, essas energias destrutivas foram originadas em existências anteriores, por aquelas Emanações de Vida. Após o Véu de Maya ter sido criado pela massa humana, a adorável KWAN YIN – assim como outros Seres de Luz, apesar de Estes não serem visíveis aos olhos humanos – vêm continuando Seu excelente trabalho na esfera da Consciência Interna, o que, naturalmente, tem sido muito eficaz para auxiliar a evolução da humanidade, nosso planeta e sua atmosfera.

A atenção da humanidade vem a ser a “Porta Aberta” para tudo neste mundo, e através da mesma, ela se orienta. Assim, quando a Misericordiosa Deusa KWAN YIN se tornar mais conhecida entre os filhos dos homens, sendo notada Sua perfeição e amabilidade (como também daqueles que a auxiliam) todos tornar-se-ão visíveis aos olhos físicos dos homens; haverá a estabilidade da bênção de cura, do equilíbrio, alegria e paz para a humanidade, como nunca antes foi conhecida sobre a Terra.

Isto representa apenas algumas dádivas maravilhosas dos Sete Raios, do Sistema Solar a quem Ela vem servindo, devotadamente, há milhares de séculos, até quando desabrochar a por vindoura Idade de Ouro, tão ansiosamente esperada pelos humanos.
Em realidade, sábio é o discípulo que, nesta época, consciente e diariamente deposita no Coração de Nossa amorosa KWAN YIN, para o Seu bondoso e amorável auxílio, a geração jovem e os recém-nascidos. Grata aos discípulos que assim agem, Ela se prontificou a atender os seus apelos e cingir em Seus braços a respectiva Emanação de Vida, realizando para este ser o mesmo serviço de purificação que Ela, em tempos idos, costumava realizar para outros seres.

Ao final de uma vida terrena, após o homem passar a suposta “morte”, a amável KWAN YIN presta, novamente, um grande e especial serviço a cada um, auxiliando a transmutar com o Fogo Violeta muitas cicatrizes, desilusões aparentes, sentimentos de má sorte, remorsos, causas e germes que surgiram de situações aflitivas, tanto quanto a Lei Cármica destas pessoas permita que Ela o faça. Isto alivia, consideravelmente, o indivíduo que irá apresentar-se ante o Conselho Cármico a Quem, naturalmente, é dado ver tudo o que se passa no mundo do candidato.

Tal disposição possibilita ao bondoso e amoroso Conselho Cármico enviar aquela alma a esferas bem mais elevadas, onde ela é orientada num aprendizado entre as encarnações. A Bem-Amada Kwan Yin, Seus Irmãos e Irmãs do Templo da Misericórdia, juntamente com Suas inumeráveis Legiões que expandem este predicado, dedicam-se totalmente e com presteza, no sentido de afastar a causa e o germe do menosprezo e das pilhérias, do desrespeito a da suposta “justiça” que envolvem as mães solteiras e seus filhos ilegítimos. Uma dessas Legiões Angélicas forma sempre uma Presença protetora sobre todos os lares e asilos, onde estas pequenas Emanações de Vida necessitam de ajuda, tanto quanto lhes possa ser dispensada de acordo com a Lei Cósmica.

A Chama da Misericórdia e Compaixão envolve as mães e as futuras mamães, sejam ou não subvencionadas pelos seus concidadãos e, em muitos casos, os abortos e suicídios foram impedidos pelas forças mantenedoras da fé e pertencentes às Legiões de KWAN YIN, cujas irradiações representam uma gigantesca ajuda para as infelizes Emanações de Vida que, da forma descrita, se encontram enleadas.

O profundo silêncio do Templo da Misericórdia é o primeiro detalhe perceptível a um visitante. Os Irmãos e Irmãs movimentam-se de um Santuário ao Outro, silenciosamente, e prestam Seus serviços sem o menor alarde. Assim, a verdadeira misericórdia também atua nos seres humanos ainda não ascencionados.

A graça especial de KWAN YIN está presente em todas os Seus Auxiliares e também nos discípulos não ascencionados que pertencem à Sua Legião. Esta graça também é a especialidade predominante do Bem-Amado Mestre SAINT GERMAIN; é a sensação profunda de liberdade, não uma expressão superficial da alegria pueril ou irrefletida.

Existem muitos Seres pertencentes à presente evolução da Terra que não podem ou não querem perdoar as injustiças sofridas por eles. Discípulos sinceros, muitas vezes, cultivam sentimentos de ódio e de revolta perante ou contra outras Emanações de Vida, como também contra as situações infelizes. Para tais pessoas, recomendamos os apelos do verdadeiro sentimento de misericórdia, compaixão e perdão da amorosa KWAN YIN. Ela também irá repartir o total de Seu acumulado “Momentum Cósmico” de Misericórdia e alegria a cada geração, e, com este mesmo sentimento, está unida a vós.




~ NOVENA MILAGROSA DE KWAN YIN ~

INVOCAÇÃO DOS MESTRES
Eu(diga seu nome), invoco agora a Amada Presença de Deus Pai-Mãe, o Cristo Cósmico, o Espírito Santo, Meu Eu Superior, Minha Divina Presença EU SOU, o Mestre Saint Germain e todos os Anjos e Arcanjos da Poderosa Chama Violeta, os Mestres do Conselho Cármico e a Chama da Misericórdia Divina, o Conselho de Manifestação, o Mestre Khuthumi e todos os Anjos e Arcanjos da Chama Dourada da Sabedoria e da Iluminação, os Cinco Dhyani Budhas, os Mestres da Ordem do Manto Dourado, todos os meus Anjos, Guias e Mestres a Serviço do Cristo e em especial eu invoco agora a presença da Bem Amada Mãe Kwan Yin para me ajudar a Manifestar as Graças e as Bênçãos desta Novena Milagrosa em minha vida aqui e agora.
Bem Amada Kwan Yin
Invoco Tua soberana Luz
Divina Jóia do Lótus Sagrado
Habitai meu Coração.

Divina Deusa do Amor
Resplandece Tua Divina luz em meu caminho
Ilumina meus passos
Bem Amada Mãe de Misericórdia.

Sagrada Mensageira da Compaixão Divina
Despertai Tua Divina Luz em meu coração
Transforma meu mundo com Tua Divina Benção
Compadece-te de mim Divina Mãe.

Divina Jóia do Lótus
Fazei de mim instrumento de Tua Compaixão
Que vossa Divina Misericórdia
Resplandeça em meu coração hoje e sempre.

Divina Mãe Kwan Yin
Eu reverencio Tua Divina Compaixão
Que flui em meu coração na forma
Da Divina e Eterna Canção:

“OM MANI PADME HUM” - (3 x)
INVOCAÇÃO DA CHAMA VIOLETA
Através da Amada Presença de Deus, EU SOU, agora resplandecendo em meu coração, eu invoco o Amado Saint Germain e Bem Amada Mãe Kwan Yin e TODAS as Legiões de Luz por todo o infinito que estejam associadas às novas freqüências da 5ª Dimensão da Chama Violeta da Infinita Perfeição de Deus.

Amados Mestres, eu invoco através da Chama do meu Coração as freqüências mais intensificadas da Chama Violeta que a lei Cósmica permita para mim, para todos os seres que eu Amo e para toda a Humanidade do planeta Terra.

Poderosa Chama Violeta manifestai, manifestai, manifestai o fogo sagrado da transmutação e da cura em minha vida aqui e agora.

Amada Presença Eu Sou, resplandeça, resplandeça, resplandeça o momentum pleno deste Sagrado Fogo Violeta em minha vida aqui e agora.

AH HUM, AH HUM, AH HUM
NAMO KWAN SHI YIN PU SA – (3 X)
OM, OM, OM



LIMPANDO, TRANSMUTANDO E PURIFICANDO

Divina Mãe Kwan Yin intercedei por mim neste momento com vossa Divina Misericórdia e Compaixão, para que se realize aqui e agora a Limpeza, Transmutação e Purificação dos meus corpos físico, mental, emocional e espiritual e todo o meu sistema de chacras.

Amada Presença Eu Sou, resplandeça, resplandeça, resplandeça o momentum pleno deste Sagrado Fogo Violeta em, através e ao redor de cada elétron da preciosa energia da Vida que eu já tenha qualificado erroneamente, em qualquer estrutura do tempo ou dimensão, tanto conhecida, quanto desconhecida. Transmute estes padrões de causa, essência, efeito, registro e memória de imperfeição na Perfeição Infinita de Deus.

Poderosa Chama Violeta eu te invoco agora, limpai, transmutai e purificai o meu ser aqui e agora – (3 x).

Amada Presença Eu Sou, resplandeça as freqüências da 5ª Dimensão da Chama Violeta através de cada pensamento, palavra, ação ou sentimento, que eu já tenha expresso que reflita qualquer coisa menos do que o Conceito Imaculado de meu pleno Potencial Divino.

Poderosa Chama Violeta eu te invoco agora, limpai, transmutai e purificai o meu ser aqui e agora – (3 x).
Amada Presença Eu Sou, olhe para a minha vida agora e veja o que ainda permanece para ser equilibrado por mim para qualquer pessoa, lugar, condição ou coisa que eu possa ter prejudicado em qualquer tempo, de qualquer modo, por qualquer razão que seja.

Poderosa Chama Violeta eu te invoco agora, limpai, transmutai e purificai o meu ser aqui e agora – (3 x).

Amada Presença Eu Sou, que as suas grandes mãos amorosas de Luz alcancem agora toda a energia qualificada positivamente que eu tenha liberado através de minha permanência Terrena, e suscite mil vezes tanta perfeição quanto eu tenha errado.

Poderosa Chama Violeta eu te invoco agora, limpai, transmutai e purificai o meu ser aqui e agora – (3 x).

Amada Presença Eu Sou, forme desta substância de perfeição um Presente do Amor Divino, o que for necessário para equilibrar cada débito que eu tenha criado, que ainda permaneça não saldado com qualquer parte da Vida.

Poderosa Chama Violeta eu te invoco agora, limpai, transmutai e purificai o meu ser aqui e agora – (3 x).

Divina Mãe Kwan Yin intercedei pelo corpo físico, pela minha saúde mental, emocional e espiritual aqui e agora.

Eu Sou um ser de Fogo Violeta em ação aqui e agora, limpai, transmutai e purificai – (3 x) - Tudo aquilo que não for a vontade de Deus em Mim.

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a Chama Violeta em ação aqui e agora, limpando, transmutando, purificando todo os meus Negócios, as minhas Finanças, o meu Emprego, o meu Lar, a minha Família, as pessoas que Eu Amo (3 x).

Divina Mãe Kwan Yin, eu te entrego aqui e agora toda minha Dor e Sofrimento, trasmutai, transmutai, transmutai, protegei-me, protegei-me, protegei-me aqui e agora.

Divina Mãe Kwan Yin, protegei-me, protegei-me, protegei-me, prosperai, prosperai, prosperai todo os meus Negócios, as minhas Finanças, o meu Emprego, o meu Lar, a minha Família, as pessoas que Eu Amo (3 x).

Divina Mãe Kwan Yin, que vossa Luz fortaleça meu coração em teu Divino Amor e Misericórdia.

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
Namo Pai Fu Shou Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM
OM Avalokitesvara Kwan Yin eu me refugio na Tua Misericórdia.
Possa eu seguir as tuas pegadas e ser compassivo com todos os seres.
Ó Grande Mãe de Misericórdia,
Divina Mãe Kwan Yin eu abraço a Tua Luz que flui em mim aqui e agora.

Bem Amada Mãe Kwan Yin, em nome da Tua Divina Misericórdia eu te peço que me ajude...(Faça agora o pedido para a ajuda que esta necessitando).

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM

OM MANI PADME HUM – (108 x)

INVOCAÇÃO DAS CHAMAS VIOLETA E DOURADA
Através da Amada Presença de Deus, EU SOU, agora resplandecendo em meu coração, eu invoco o Amado Saint Germain, o Amado Mestre Khuthumi e a Bem Amada Mãe Kwan Yin e TODAS as Legiões de Luz por todo o infinito que estejam associadas às novas freqüências da 5ª Dimensão das Chamas Violeta e Dourada da Infinita Perfeição de Deus.

Amados Mestres, eu invoco através da Chama do meu Coração as freqüências mais intensificadas das Chamas Violeta e Dourada que a lei Cósmica permita para mim, para todos os seres que eu Amo e para toda a Humanidade do planeta Terra.

Poderosas Chamas Violeta e Dourada manifestai, manifestai, manifestai o fogo sagrado da transmutação e da Sabedoria que Liberta, libertando, libertando, libertando e despertando todas as partes adormecidas do meu cérebro físico, do meu corpo mental, meu corpo emocional, meu corpo espiritual, os meus negócios, as minhas finanças, os meus relacionamentos, o meu lar, a minha família, as pessoas que eu amo, de todo e qualquer dispositivo de limitação, implantes e crenças negativas limitadoras, parasitas e vibrações negativas de encarnados e desencarnados do passado e do presente, curando e libertando a minha vida aqui e agora. (3 x)


Amada Presença Eu Sou, resplandeça, resplandeça, resplandeça o momentum pleno destas Chamas Sagradas Violeta e Dourada em minha vida aqui e agora.

AH HUM, AH HUM, AH HUM
NAMO KWAN SHI YIN PU SA – (33 X)
OM, OM, OM

OM Avalokitesvara Kwan Yin eu me refugio na Tua Misericórdia.
Possa eu seguir as tuas pegadas e ser compassivo com todos os seres.
Ó Grande Mãe de Misericórdia,
Divina Mãe Kwan Yin eu abraço a Tua Luz que flui em mim aqui e agora.

Bem Amada Mãe Kwan Yin, em nome da Tua Divina Misericórdia eu te peço que me ajude...(Faça agora o pedido para a ajuda que esta necessitando).

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM

OM MANI PADME HUM – (108 x)


PRATICA DO PERDÃO


Divina Mãe Kwan Yin, colocai a Luz do Perdão em minha mente e em meu coração aqui e agora. (3 x)

Divina Mãe Kwan Yin, baixai a Luz Divina da Misericórdia e do Perdão em minha vida aqui e agora. (3 x)

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a Lei do Perdão em ação aqui e agora. (3 x)

Minha Amada Presença Eu Sou, eu Perdôo a todos aqueles encarnados e desencarnados do passado e do presente que conscientemente e inconscientemente possam ter me prejudicado de qualquer modo. (3 x)

Minha Amada Presença Eu Sou, eu peço Perdão a todos aqueles encarnados e desencarnados do passado e do presente que conscientemente e inconscientemente eu possa ter prejudicado de qualquer modo. (3 x)

Minha Amada Presença Eu Sou, eu lhe peço para perdoar através do poder da Chama Violeta aqui e agora, cada pessoa, lugar, condição ou coisa, que possa me ter prejudicado de qualquer modo, e equilibre, todos os débitos devidos a mim pela Vida em todo o lugar.

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a Lei do Perdão em ação aqui e agora. (3 x)

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
Namo I Ju Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM

OM Avalokitesvara Kwan Yin eu me refugio na Tua Misericórdia.
Possa eu seguir as tuas pegadas e ser compassivo com todos os seres.
Ó Grande Mãe de Misericórdia,
Divina Mãe Kwan Yin eu abraço a Tua Luz que flui em mim aqui e agora.

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM

Bem Amada Mãe Kwan Yin, em nome da Tua Divina Misericórdia eu te peço que me ajude...(Faça agora o pedido para a ajuda que esta necessitando).

OM MANI PADME HUM – (108 x)



ATIVANDO A CHAMA TRINA DO CORAÇÃO

Bem Amada Mãe Kwan Yin, em nome da vossa grandiosa Misericórdia ativai agora no centro do meu coração a Sagrada Chama Trina do Amor Incondicional, da Sabedoria Divina e do Poder Criativo – (3 x).

Em nome da minha Poderosa Presença Eu Sou, eu comando que a Sagrada Chama Trina em meu coração expanda a sua luz em todas as direções aqui e agora. (3 x)

OM Avalokitesvara Kwan Yin eu me refugio na Tua Misericórdia.
Possa eu seguir as tuas pegadas e ser compassivo com todos os seres.
Ó Grande Mãe de Misericórdia,
Divina Mãe Kwan Yin eu abraço a Tua Luz que flui em mim aqui e agora.

OM MANI PADME HUM – (108 x)

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Yin (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM








MANIFESTANDO E CONCRETIZANDO SEU DESEJO

Bem Amada Mãe Kwan Yin, em nome da vossa grandiosa Misericórdia e em nome da minha Bem Amada Presença Eu Sou, manifestai e concretizai, manifestai e concretizai, manifestai e concretizai.... (Faça agora o pedido para a ajuda que esta necessitando) em minha vida aqui e agora. (3 x)

OM Avalokitesvara Kwan Yin eu me refugio na Tua Misericórdia.
Possa eu seguir as tuas pegadas e ser compassivo com todos os seres.
Ó Grande Mãe de Misericórdia,
Divina Mãe Kwan Yin eu abraço a Tua Luz que flui em mim aqui e agora.

OM MANI PADME HUM (1000 X)


CONSAGRAÇÃO DA ÁGUA

(Estenda sua mão direita sobre a água e visualize Kwan Yin derramando de seu Jarro Sagrado sobre a água o Néctar Divino da Cura, da Abundância Divina, da Prosperidade, da Felicidade e da Libertação).


Bem Amada Mãe Kwan Yin, purificai, purificai, purificai, transmutai, transmutai, transmutai, magnetizai, magnetizai, magnetizai esta água em substancia de Luz Sagrada e Divina, derramai do vosso Jarro Sagrado o Néctar Divino para a cura do meu corpo físico, mental, emocional e espiritual. (3 x)

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Shi Yin Pu Sa (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM


LOUVOR E AGRADECIMENTO

Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, a Salvadora Compassiva.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, que ouve os lamentos do mundo.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, de grande Misericórdia e Compaixão.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, da Poderosa Chama Violeta.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, Vestida do Branco da Pureza.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, da Lótus Dourada da Iluminação.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, a Divina Jóia do Lótus Sagrado.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, doadora de Bênçãos e Curas.
Em Louvor eu agradeço a Bem Amada Mãe Kwan Yin, pela Manifestação e Concretização do meu pedido.

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo I Ju Kwan Shi Yin Pu Sa (33 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM


ENCERRAMENTO
Eu(diga seu nome), agradeço agora a Amada Presença de Deus Pai-Mãe, o Cristo Cósmico, o Espírito Santo, Meu Eu Superior, Minha Divina Presença EU SOU, o Mestre Saint Germain e todos os Anjos e Arcanjos da Poderosa Chama Violeta, os Mestres do Conselho Cármico e a Chama da Misericórdia Divina, o Conselho de Manifestação, o Mestre Khuthumi e todos os Anjos e Arcanjos da Chama Dourada da Sabedoria e da Iluminação, os Cinco Dhyani Budhas, os Mestres da Ordem do Manto Dourado, todos os meus Anjos, Guias e Mestres a Serviço do Cristo e em especial eu agradeço agora a presença da Bem Amada Mãe Kwan Yin por estar me ajudando a Manifestar as Graças e as Bênçãos desta Novena Milagrosa em minha vida aqui e agora.
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou,
A Jóia do Lótus de Kwan Yin Despertando aqui e agora.
Namo Kwan Shi Yin Pu Sa(3 x)
Ah Hum, Ah Hum, Ah Hum
OM, OM, OM









OS MANTRAS UTILIZADOS NA NOVENA
E SEUS SIGNIFICADOS



NAMO PAI FU SHOU KWAN YIN

Significado: Homenagem a Kwan Yin da Mão Branca que Arrebata e Varre

Kwan Yin da Mãe Branca que Arrebata e Varre deve ser invocada para obter a libertação de obstáculos e dificuldades do mal. Este deve ser feito para dissipar todos os obstáculos do corpo, eliminar obstruções cármicas e doenças dolorosas. Visualize a Mãe Kwan Yin varrendo completamente a situação dificultosa que você estiver vivendo no momento, visualize-a eliminando os obstáculos cármicos e curando as doenças postas pelo mal. Kwan Yin da Mão Branca que Arrebata e Varre é uma das 33 manifestações de Avalokitesvara como Kwan Yin.

NAMO KWAN SHIH YIN PU SA

Significado: Eu me refugio na Luz de Kwan Yin

É uma saudação à Kwan Yin, a mais Compassiva e Misericordiosa Bodhisattva. É a invocação ao nome de Kwan Yin - Salve Kwan Shih Yin, Bodhisattva. Poderoso mantra da Amada Kwan Yin. Ao pronunciarmos um mantra com respeito e devoção, formas pensamento emanadas pelo som produzido, se unem à formas idênticas emitidas por todos que entoam o mesmo mantra, no tempo e no espaço, criando um campo vibracional muito poderoso e retornam ao ponto de origem, ou seja, às pessoas que pedem pelas bênçãos do mantra e o cantam com fé.

Eu me refugio na Luz de Kwan Yin!!!


NAMO I JU KWAN YIN

Significado: Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da Unidade.

NA-MO I JU KWAN YIN.
NAH-MO EE ROO GWAN EEN






~ NAMO I JU KWAN YIN ~

A Matriz dos Mil Mantras de Kwan Yin

Neste momento em que o Brasil atravessa por tantos problemas e o planeta como um todo enfrenta os mais variados desafios, decorrentes do intenso retorno do carma deste final de ciclo e da má utilização da energia divina, um mantra da nossa querida Mãe do Oriente, a Amada Kwan Yin, pode ser um instrumento valioso para deter e consumir tudo o que não é da Vontade de Deus e garantir a vitória da Luz na Terra.

Segundo a Mensageira Elizabeth Clare Prophet, este mantra – publicado no Rosário de Cristal de Kwan Yin como o de número 30, das Trinta e Três Manifestações de Avalokitesvara como Kwan Yin – é um antídoto contra a guerra, inclusive a nuclear. Ele é tão poderoso que pode ser dirigido para erradicar qualquer tipo de problema, como por exemplo aborto, drogas, ataques às crianças e aos jovens e desequilíbrio econômico:

NAH-MO I JU KWAN YIN

Tradução: Salve! (Homenagem ao sagrado nome de) KWAN YIN NA UNIDADE

Recomenda-se que o mantra seja repetido 1000 vezes (leva cerca de 20 a 30 minutos) e afirma que seu efeito pode ser sentido em 72 horas. Num ensinamento específico sobre esse mantra, em 08 de outubro de 1988, ela explicou:

“Nesta representação, Kwan Yin se apresenta sobre uma nuvem, elevando-se pelos ares e conquistando o trovão, simbolizando que a verdade absoluta permeia todo o universo físico e que a Unidade não é dualidade. Eu afirmo que este mantra de Kwan Yin é o antídoto para tempos de guerra, até mesmo a guerra nuclear. Ele representa a Unidade do Ser, a união com Deus e no espírito. É o corpo que se mantém espiritual, alquímica e quimicamente na vibração do Uno Divino e que, portanto, pode neutralizar tudo o que aparenta ser a dualidade deste perigo, e a morte e o inferno que podem sobrevir à Terra.

Ela (Kwan Yin) está sobre uma nuvem para limpar o ar de todas as impurezas nefastas. Sobrevoa os ares e conquista o trovão, todos os trovões, todos os sons criados pelo homem, todas as explosões. Tudo o que poderia se abater sobre nós através do clima, ventos, ondas, furacões e através dos Deuses Nefilim em guerra, que têm executado os seus jogos de guerra neste planeta a milhares de anos. Nós triunfamos sobre os perigos do tempo e do espaço quando triunfamos sobre a dualidade. Neste mantra de Kwan Yin da Unidade encontramos nossa verdadeira proteção. A Unidade requer compaixão e resolução, equilíbrio do carma, que acertemos a conta com a vida, e que nenhuma animosidade contra qualquer parte da vida seja emitida por nós, pois isto imediatamente nos tornaria seres da dualidade. Pela Lei do Um transformamo-nos então em Amor e os nossos corpos devem refletir isto e, portanto, saímos ilesos.”

Veja a seguir um exemplo da matriz que pode ser adotada, individualmente ou nos serviços em grupo, para fazer este mantra:

Em nome da minha Poderosa Presença do EU SOU e do meu Santo Cristo Pessoal, em nome da poderosa Presença do EU SOU e do Santo Cristo Pessoal de todos aqui reunidos, nós concordamos, em nome do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo:

1. Que estes mantras de Kwan Yin sejam dirigidos para as causas e núcleos do aborto nessa nação, causas que podem deflagrar uma guerra nuclear e mudanças na Terra caso estas causas persistam.

2. Que estes mantras de Kwan Yin pela Unidade sejam dirigidos para estas condições e multiplicados por todas as dispensações que a Grande Lei permitir, a fim de derrotar estas situações de uma vez por todas.

3. Que os mestres Ascensos, Sanat Kumara e todo espírito da Grande Fraternidade Branca assumam o comando destas situações de aborto, daqueles que o praticam, consideram praticá-lo, propagam, apóiam e são tolerantes com esta prática, e que transformem tudo isto em completa Vitória Divina.

4. Que nos sejam mostrados os impactos e efeitos destes chamados, para que possamos construir e manter um tal momentum que nos possibilite alcançar a vitória agora e, através desta ação, deter as profecias negativas e manifestar a Era de Ouro.

Nós também concordamos que: “Nenhuma Luz seja concedida ilicitamente ou sem autorização a qualquer parte da Vida onde não haja compromisso com a salvação da alma e a adoração ao seu Deus.

Que nossos desejos sejam purificados pelo Fogo Sagrado até se tornarem desejos divinos e que nossa oração seja a oração do Filho de Deus em nós, totalmente aceitável como uma oferta aos olhos de Deus e de Seus santos anjos. Concedemos ao nosso Cristo Pessoal autoridade para anular quaisquer votos, decretos dinâmicos, vontade ou intenção, motivo ou causa que não expressem a Harmonia Divina, o Amor Divino e a Verdade Divina da Sua Presença.

E que nós, aqueles a quem estamos unidos carmicamente e (os que fazem parte de) nossas esferas de influência através de todos os planos de consciência e do tempo e espaço, sejamos completa e totalmente protegidos das forças das trevas, do choque de retorno deste chamado e das ações subseqüentes para reverter esta situação.

Que isto seja feito de acordo com a Sagrada Vontade de Deus. Amém.

Assim, Amada Kwan Yin, multiplica esses chamados para a nossa vitória pessoal, a vitória da nossa igreja, do Brasil, deste planeta e de todos que servem a Luz.”

Portanto, decretamos:


NAH-MO I JU KWAN YIN (1000X)

Comece vagarosamente, acelere aos poucos até manter uma boa velocidade, varie a intensidade e diminua o ritmo no final – o mantra soará “cantado” quando feito corretamente. Termine com o OM!!!

E com toda Fé eu aceito conscientemente que isto se manifeste, que se manifeste, que se manifeste (3 X) aqui e agora, com Pleno Poder, eternamente mantido, onipotentemente ativo, em contínua expansão e abrangendo o mundo inteiro até que todos tenham ascendido completamente na Luz e sejam livres! Amado EU Sou! Amado EU SOU! Amado EU SOU!





















~ OM MANI PADME HUM ~



Om mani padme hum é possivelmente o mantra mais famoso do Budismo; o mantra de seis sílabas do bodhisattva da compaixão: Avalokiteshvara Kwan Yin.
De origem indiana, de lá foi para o Tibete. É o mantra mais entoado pelos budistas tibetanos.
Om Mani Padme Hum.
• Om fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses [isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores]. Este sofrimento vem do orgulho.
• Ma fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (sânsc. asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja.
• Ni fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo.
• Pad fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles etc., e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância.
• Me fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (sânsc. pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância.
• Hum fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou ódio.
OM MANI PADME HUM
Tradução: Recebemos a Jóia da consciência no coração do Lótus. (O Lótus é o chakra).

Significa - Recebemos a jóia da consciência divina, no centro do nosso chakra da coroa.

Avalokitesvara Kwan Yin alcançou tão elevado grau de espiritualidade, como se tivesse subido a mais alta montanha. Destas alturas, estava para partir à planos ainda mais elevados, e distantes da terra, quando ouviu um gemido que vinha do inconsciente coletivo da humanidade.

O lamento por sua partida. Seu coração encheu-se de compaixão e Avalokitesvara prometeu ficar neste planeta trabalhando e servindo para evolução da humanidade. Este juramento bodhisattva, é feito por todos os Mestres que servem a Luz da Grande Fraternidade Branca. Eles deixam de seguir as sua evolução em planos superiores, para servir a Luz de seus irmãos ainda encarnados. Ao recitarmos o Mani Mantra, estamos penetrando a mesma roda metafísica que os Mestres Ascensos e não Ascensos da Grande Fraternidade Branca que estão constantemente empurrando - a Roda da Evolução Espiritual da humanidade.

Este mantra tem sua origem na Índia e de lá foi para o Tibet. Os tibetanos não conseguiram entoá-lo da mesma forma, mudando sua pronuncia para: OM MANI PEME HUNG este é o mantra mais utilizado pelos budistas tibetanos. Qualquer pessoa pode entoá-lo. Estando feliz ou triste, ao entoar o "Mani Mantra", uma espontânea devoção surgirá em nossa mente e o grande caminho será fortemente realizado.

O mantra OM MANI PADME HUM, é fácil de pronunciar e poderoso pois contém a essência de todo o ensinamento. Muito tem sido escrito sobre este mantra e é impressionante que apenas seis silabas possam atrair tanto comentário importante. De acordo com Dalai Lama, o propósito de recitar este mantra é transformar o corpo impuro de suas palavras e mente, no puro e louvado corpo, palavra e mente de um Buda. O som de cada silaba é visto como tendo uma forma paralela espiritual. Fazer o som de cada silaba portanto, é alinhar a si mesmo com aquela qualidade espiritual particular e para se identificar com isto.

Existe também um grande numero de outros beneficio que resultam da repetição deste mantra, incluindo a produção do mérito e destruição do carma negativo.

OM - A primeira silaba, recitá-la o abençoa para atingir a perfeição na pratica da generosidade.
MA - Ajuda a aperfeiçoar a pratica da ética pura.
NI - Ajuda a atingir a perfeição na pratica da tolerância e paciência.
PAD - Ajuda a conquistar a perfeição na pratica da perseverança.
ME - Ajuda a conquistar a perfeição na pratica da concentração.
HUM - Ajuda na conquista da perfeição na pratica da sabedoria.

A senda das seis perfeições é a senda de todos os budas. Cada uma das seis silabas elimina um dos venenos da consciência humana.

OM - Dissolve o orgulho
MA - Liberta do ciúme e da luxuria.
NI - Consome a paixão e os desejos
PAD - Elimina a estupidez e danos.
ME - Liberta da pobreza e possessividade.
HUM - Consome a agressão e o ódio.

Os mantras são freqüentemente, os nomes dos budas, bodhisattvas ou mestres e que o compuseram. Os mantras são investidos com um infalível poder de ação, de forma que a repetição do nome da deidade, transmite as qualidades de sua mente. O nome é idêntico a deidade ou essência da deidade que o compôs e com ele presenteia a humanidade dando a seus irmãos a essência de tudo aquilo que ele atingiu em muitas vidas de esforço e sagrado oficio. Dando o glorioso resultado de seu momentum de sabedoria.

Ao recitar este mantra, o meditante também pode conseguir as qualidades do Chenrezig, o bodhisattva da compaixão, conhecido na tradição Mahayana como Avalokitesvara. O mantra OM MANI PADME HUM, chamado de mani mantra, levanta algumas traduções misteriosas. Diz a tradição que este mantra significa o nome Chenrezig. Contudo, Chenrezig não tem nome, mas ele é designado por nomes. Estes nomes são a taça para a compaixão a benção e a força que ele derrama. Portanto este é apenas um dos nomes de Chenrezig, MANI PADME, colocado entre as duas silabas sagradas OM e HUM.

Chenrezig, Avalokitesvara e Kwan Yin são os nomes do mesmo Buda da compaixão.

OM - Representa o corpo de todos os budas, também o começo de todos os mantras.
MANI - Jóia em sânscrito
PADME - Lótus ou chakra
HUM - A mente de todos os budas e freqüentemente finalizam os mantras.
MANI - Refere-se a Jóia que Chenrezig segura no centro de suas duas mãos.
PADME - Refere-se ao lótus que ele segura na sua segunda mão esquerda.

Dizendo MANI PADME estamos nominando Chenrezig através de seus atributos: "Aquele que segura a Jóia e o Lótus". Chenrezig ou Jóia do Lótus são dois nomes para a mesma deidade. Quando recitamos este mantra, estamos na verdade repetindo o nome de Chenrezig. Este mantra é investido com a benção e o poder da mente de Chenrezig, sendo que ele mesmo reúne a benção e a compaixão de todos os budas e bodhisattvas. Desta forma o mantra é imbuído com a capacidade de purificar nossa mente de sua obscuridade. O mantra abre a mente para o amor e compaixão e a conduz ao despertar.

Sendo a deidade e o mantra um em essência, significa que é possível recitar o mantra sem necessariamente trabalhar a visualização. A recitação permanece efetiva.

Cada uma das seis silabas sagradas retêm um efeito purificador genuíno.

OM - Purifica o corpo
MA - Purifica a palavra
NI - Purifica a mente
PAD - Purifica as emoções
ME - Purifica as condições latentes
HUM - Purifica o véu que encobre o conhecimento

Cada silaba é ela mesma uma oração

OM - É oração dirigida ao corpo dos budas
MA - É oração dirigida à palavra dos budas
NI - É oração dirigida à mente dos budas
PAD - É oração dirigida às qualidades dos budas
ME - É oração dirigida à atividades dos budas
HUM - Reúne a graça (benção) do corpo, palavra, mente, qualidade e atividade dos budas.


Estas seis silabas correspondem à transcendental perfeição dos budas secretos.

OM - Ratnasambhava, Buda que nos inunda com sua sabedoria de igualdade e nos liberta do orgulho espiritual, intelectual e humano
MA - Amogasidhi, Buda que nos inunda com sua sabedoria que a tudo realiza, a sabedoria da ação perfeita e liberta-nos do veneno da inveja e do ciúme.
NI - Vajrasattva, Buda nos inunda com a sabedoria da vontade diamantina de Deus. Consome em nós o veneno do medo, da duvida e da descrença em Deus, o único Guru.
PAD - Vairochana, Buda que nos inunda com a sabedoria penetrante do dharmakaya, a poderosa Presença Eu Sou. Consumindo em nós o veneno da ignorância.
ME - Amithaba, Buda que nos inunda com a sabedoria da discriminação e consome em nós os venenos das paixões : Todos os desejos intensos, cobiça, avareza e luxuria.
HUM - Akshobhya, Buda que nos inunda com a sabedoria que se reflete como num espelho e consome em nós os venenos de raiva, ódio e criações de ódio.

As seis silabas sagradas OM MANI PADME HUM são a essência das cinco famílias de budas secretos. São a fonte para todas as qualidades e profunda alegria. É a senda que conduz a uma elevada existência para a liberdade da alma.


OM MANI PADME HUM
É muito bom recitar o mantra OM MANI PADME HUM, mas enquanto você estiver fazendo você deveria pensar em seu significado, pois o significado das seis sílabas é grande e vasto. O primeiro, OM é composto de três letras, A, U e M. Elas simbolizam o corpo,a fala e a mente impuras do praticante, elas também simbolizam o corpo, a fala e a mente exaltadas de um Buda.
O corpo, a fala e a mente impuras podem ser transformadas no corpo, fala e mente puras, ou elas são totalmente separadas? Todos os Budas são casos de seres que eram com nós e então na confiança do caminho se tornaram iluminados; o Budismo não afirma que existe alguém que desde o princípio está livre de faltas e possuem todas as boas qualidades. O desenvolvimento do corpo, fala e mente puras acontece gradualmente deixando que os estados e os seres impuros se transformem em puros.
Como isso é feito? O caminho é indicado pelas próximas quatro sílabas. MANI, que significa jóia, simboliza os fatores do método - a intenção altruísta de se torna iluminado, compaixão e amor. Tanto quanto uma jóia é capaz de remover a pobreza, ou dificuldades, da existência cíclica e da paz solitária. Da mesma forma que uma jóia preenche os desejos dos seres sencientes, a intenção altruísta de se tornar iluminado preenche os desejos dos seres sencientes.
A duas sílabas, PADME, que significa lótus, simbolizam sabedoria. Da mesma forma que o lótus cresce da lama mas não se imunda pelas faltas da lama, a sabedoria é capaz de colocá-lo numa situação de não-contradição apesar de que haveria contradição se você não tivesse sabedoria. Existe sabedoria que percebe a impermanência, sabedoria que percebe que as pessoas são vazias, de serem auto-suficientes ou substancialmente existentes, sabedoria que percebe a vacuidade da dualidade - que quer dizer, da diferença da entidade entre sujeito e objeto - e sabedoria que percebe a vacuidade da existência inerente. Portanto existem muitos tipos diferentes de sabedoria, e a principal de todas elas é a sabedoria de se perceber a vacuidade.
A Pureza deve ser conquistada por uma unidade indivisível de método e sabedoria, simbolizada pela sílaba final HUM, que indica indivisibilidade. De acordo com o sistema sutra, esta indivisibilidade de método e sabedoria se refere à sabedoria afetada pelo método e ao método afetado pela sabedoria. No veículo mantra, ou tatrico, ela se refere à consciência única na qual existe a forma completa de ambos, sabedoria e método, como uma entidade indiferenciável. Em termos das sílabas sementes dos cinco Budas Conquistadores, HUM, é a sílaba semente de Akshobhya - o imóvel, o que não vacila, aquele que não pode ser perturbado por nada.
Assim, as seis sílabas, OM MANI PADME HUM, significam que na confiança da prática de um caminho que é uma união indivisível de método e sabedoria, você pode transforma seu corpo, fala e mente impuras no corpo, fala e mente exaltadas de um Buda. É dito que você não deveria sair em busca do Budato fora de si mesmo, as substâncias para a aquisição do Budato estão dentro. Como Maitreya diz em seu Continuum Sublime do Grande Veículo (Uttaratantra), todos os seres naturalmente possuem a natureza de Buda dentro de seus próprios continuum. Nós temos dentro de nós a semente da pureza, a essência de um Assim Partiu (Tathagatagarbha), que pode ser transformada e completamente desenvolvido para o Budato.
Abaixo segue um trecho sobre Chenrezig (imagem) e seu mantra, traduzido do livro "The Heart Treasure of the Enlightened Ones", de Dilgo Khyentse Rinpoche. É um comentário belíssimo, fundamental, sobre os versos de Patrul Rinpoche conhecidos como "The Practice of View, Meditation and Action - A Discourse Virtuous in the Beginning, Middle and End":


Ah! Fonte da compaixão, meu lama-raiz, Senhor Chenrezig.

Você é meu único protetor!

O mantra de seis sílabas, essência de sua fala, é o Dharma sublime;

De agora em diante, não tenho nenhuma esperança a não ser você!


Chenrezig é um buda completamente iluminado que, para beneficiar os seres, toma a forma de um bodhisattva. Todos os budas têm apenas uma natureza, e sua compaixão é personificada em Chenrezig. Como personificação da compaixão de todos os budas, Chenrezig é ao mesmo tempo a fonte de todos os budas e bodhisattvas, já que a compaixão é exatamente a raiz da iluminação. Chenrezig é compaixão em si mesma na forma de uma deidade. Chenrezig é o Buda, Chenrezig é o Dharma, Chenrezig é a Sangha; Chenrezig é o Lama, Chenrezig é o Yidam, Chenrezig é a Dakini; Chenrezig é o Dharmakaya, Chenrezig é o Sambhogakaya, Chenrezig é o Nirmanakaya; Chenrezig é Amitabha, Chenrezig é o Guru Rinpoche, Chenrezig é Arya Tara; e, acima de tudo, Chenrezig é nosso próprio lama-raiz. Como cem riachos passando sob uma única ponte, Chenrezig é a união de todos os budas.
Receber suas bençãos é receber as bençãos de todos os budas, e realizar sua natureza é realizar a natureza de todos os budas. Chenrezig tem aparecido nesta era obscura na pessoa de Guru Rinpoche, cuja sabedoria, compaixão e poder são mais ágeis do que os de qualquer outro buda, já que foi para beneficiar especificamente os seres desta era que ele fez suas preces de aspiração. Chenrezig manifesta formas infinitas: reis, mestres espirituais, homens e mulheres comuns, animais selvagens, até montanhas, árvores e pontes -- o que for necessário para preencher as necessidades dos seres sencientes. Até uma brisa suave num dia de calor escaldante ou um momento de alívio durante uma dolorosa doença são manifestações da compaixão de Chenrezig.

De modo similar, o mantra de seis sílabas de Chenrezig, OM MANI PADME HUM, é a sabedoria compassiva de todos os budas na forma de som. Dentro dele está contido o significado essencial de todos os 84 mil ensinamentos de Buda. De todos os diversos mantras de vários tipos, como os mantras de estado desperto, dharanis e mantras secretos, nenhum é superior ao mantra de seis sílabas de Chenrezig. Os enormes benefícios da recitação desse mantra, conhecido como "mani", são descritos muitas vezes tanto nos sutras quanto nos tantras. Costuma-se dizer que recitar o mani mesmo uma única vez é o mesmo que recitar na íntegra os doze ramos dos ensinamentos do Buda. Recitar as seis sílabas do mani torna perfeitas as seis paramitas e bloqueia firmemente qualquer possibilidade de renascimento nos seis reinos do samsara. É uma prática simples, fácil de compreender e acessível a todos, e ao mesmo tempo contém a essência do Dharma. Se você tomar o mani como refúgio, tanto na felicidade quanto na tristeza, Chenrezig sempre estará com você. Você sentirá mais e mais devoção sem qualquer esforço, e por si só toda a realização do caminho Mahayana vai despertar no seu ser.

Segundo o Sutra Karandavyuha, se você recitar 100 milhões de manis, toda a miríade de organismos vivos em seu corpo será abençoada por Chenrezig, e quando você morrer até a fumaça da cremação de seu corpo terá o poder de proteger qualquer um que a inalar do renascimento nos reinos inferiores.

Até uma única sílaba do mantra por si só -- OM, MA ou NI -- carrega um poder inimaginável para abençoar e liberar os seres. Costuma-se dizer que um buda é capaz de feitos extraordinários além da capacidade de qualquer outro ser, como dizer exatamente quantas gotas de chuva iriam cair durante uma tempestade que durasse doze anos. Mas mesmo ele não seria capaz de descrever inteiramente o mérito gerado por uma única recitação do mani. Se ele fosse começar tal descrição, mesmo que todas as florestas da terra fossem transformadas em papel, nunca haveria papel suficiente para escrever mais do que uma parte mínima.

Não há nada no mundo todo que pode realmente assustar e afastar o Senhor da Morte, mas a irradiação aconchegante da compaixão de Chenrezig pode acabar completamente com o terror que uma pessoa sente com a chegada da morte. Isto é o que quer dizer "refúgio absoluto".
Totalmente livre do samsara, Chenrezig está sempre pronto para ajudar os seres sencientes, e mesmo seu movimento mais sutil -- um gesto de sua mão, um piscar de olhos -- tem o poder de nos liberar do samsara. Quando o invocamos recitando o mani, nunca devemos pensar que ele está longe demais para nos escutar, em algum distante campo búdico. Chenrezig está sempre ali com qualquer um que tenha fé nele. Nosso próprio obscurecimento nos impede de, efetivamente, ir para a Montanha de Potala na Terra Pura Exultante de Sukhavati para encontrá-lo face a face, mas na verdade sua compaixão jamais ignora nenhum único ser. Ele se manifesta constantemente em qualquer forma que possa beneficiar ao máximo os seres, particularmente na forma de grandes mestres espirituais. Então devemos compreender com convicção completa que Chenrezig, o protetor supremo que mostra a todos os seres sencientes o caminho da liberação, na verdade não é outro que o nosso lama-raiz.

A chuva de compaixão de Chenrezig cai em todo lugar nos campos dos seres sencientes imparcialmente; mas as mudas da felicidade não podem crescer onde as sementes da fé estão secas. Ter pouca fé é se fechar para o sol radiante de suas bençãos, como se você estivesse se trancando em um quarto escuro. Mas se você tem fé, não há distância, não há intervalo, entre você e as bençãos de Chenrezig.

Os ensinamentos do Senhor Buda são inconcebivelmente extensos e profundos. Adquirir uma exaustiva compreensão intelectual deles seria, realmente, um feito raro e digno de nota. Mas mesmo isso não seria suficiente por si só. A menos que alcancemos realização interior com a aplicação de fato dos ensinamentos, com eles unidos em nossa mente, qualquer conhecimento que adquirimos permanece teórico e vai servir apenas para aumentar nossa arrogância intelectual.

Nós temos lido muitos livros e ouvido muitos ensinamentos, mas isso não tem sido muito benéfico para a transformação verdadeira de nosso ser. Deixar a prescrição médica na cabeceira não vai curar a doença. Então volte sua mente para dentro e medite profundamente sobre o significado do Dharma até que ele permeie todo o seu ser.

É por isso que Patrul Rinpoche diz:

O que quer que eu saiba, deixei como teoria; não tem utilidade para mim agora.
O que quer eu tenha feito, gastei nesta vida; não tem utilidade para mim agora.
O que quer que eu pensei, foi tudo apenas ilusão; não tem utilidade para mim agora.
Agora já é tempo de fazer o que é realmente útil -- recitar o mantra de seis sílabas:

OM MANI PADME HUM
Outra explicação sobre o mantra de seis sílabas, Om Mani Padme Hum:
• Om fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses [isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores]. Este sofrimento vem do orgulho.
• Ma fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (sânsc. asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja.
• Ni fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo.
• Pad fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles etc., e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância.
• Me fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (sânsc. pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância.
• Hum fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou ódio.
Om Mani Padme Hum: O Mantra da compaixão

Om corresponde ao som sagrado, ao som da criação
Mani quer dizer jóia
Padme (diz-se pémé) traduz-se por flor de lótus
Hum (pronunciar hung) é um som sagrado tibetano


Não é traduzível numa simples frase, numa simples palavra. Penso que assim seja porque o caminho por ele indicado também não é simples.
No fundo, podemos pensar na flor de lótus que emerge do lodo, isto é, no nosso ser interior resplandecente que emerge para brilhar na nossa vida.
Quer isto dizer que todos possuímos aquilo que nos pode auxiliar a brilhar e contagiar os outros com a nossa alegria de viver, com a nossa compaixão pelo mundo e pelos outros.

Deixarmos o nosso lótus interior florescer significa que passamos a sentir-nos bem connosco, com os outros e com a vida; passamos a aceitar a diferença e a ser mais tolerantes; passamos a fazer parte da construção de um mundo melhor; passamos a contribuir para lapidar o lótus da humanidade através de pequenos gestos diários, às vezes tão corriqueiros como um sorriso ou uma palavra no momento certo; passamos a possuir um sentimento de pertença à mãe-terra que nos alimenta a vida e alma.


Mantras das 33 Manifestações de
Avalokiteshvara como Kwan Yin


01. NA-MO YANG LIU KWAN YIN.
NAH-MO YANG LEE_OH GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que segura a árvore Salgueiro.

02. NA-MO LUNG T'OU KWAN YIN.
NAH-MO LONG TOE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da cabeça de dragão.

03. NA-MO CH'IH CHING KWAN YIN.
NAH-MO TCHE(R) JING GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que contém os ensinamentos.
04. NA-MO YUAN KUANG KWAN YIN.
NAH-MO YU_EN GWANG GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da completa luz.

05. NA-MO YU HSI KWAN YIN.
NAH-MO YO (H)SHEE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da alegria e do humor.

06. NA-MO PAI YI KWAN YIN.
NAH-MO BUY EE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin do manto sagrado.

07. NA-MO LIEN WO KWAN YIN.
NAH-MO LEE_EN WAW GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que está sentada numa flor de lótus.

08. NA-MO LUNG CHIEN KWAN YIN.
NAH-MO LOHNG JYEN GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que está na queda-d’água ou na cachoeira.

09. NA-MO SHIH YAO KWAN YIN.
NAH-MO SHE(R) YOW GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que dá remédios.


10. NA-MO YU LAN KWAN YIN.
NAH-MO U LAHN GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da cesta de peixes.
11. NA-MO TE WANG KWAN YIN.
NAH-MO DUH WAHNG GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin, o rei do mérito.

12. NA-MO SHUI YUEH KWAN YIN.
NAH-MO SHWAY YU_EH GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da lua e da água.

13. NA-MO I YEH KWAN YIN.
NAH-MO EE YEH GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin de uma folha.

14. NA-MO CH'ING CHING KWAN YIN.
NAH-MO CHING JING GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da garganta azul.


15. NA-MO WEI TE KWAN YIN.
NAH-MO WAY DUH GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome da poderosa e virtuosa Kwan Yin.

16. NA-MO YEN MING KWAN YIN.
NAH-MO YEN MING GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que dá vida (longevidade).

17. NA-MO CHUNG PAO KWAN YIN.
NAH-MO JOHNG BOW GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin de vários tesouros.

18. NA-MO YEN HU KWAN YIN.
NAH-MO YEN WHO GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin caverna rochosa.

19. NA-MO NENG CHING KWAN YIN.
NAH-MO NUNG JING GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que acalma.

20. NA-MO A-NOU KWAN YIN.
NAH-MO AH-NO GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Anu Kwan Yin.

21. NA-MO A-MO-TI KWAN YIN.
NAH-MO AH-MO-DEE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin a destemida.



22. NA-MO YEH I KWAN YIN.
NAH-MO YEH EE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin do manto de folhas.

23. NA-MO LIU LI KWAN YIN.
NAH-MO LEE_OH LEE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Vaidurya.

24. NA-MO TO-LO KWAN YIN.
NAH-MO DWAW-LWAW GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin Mãe da salvação.

25. NA-MO KE LI KWAN YIN.
NAH-MO GUH LEE GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da ostra.

26. NA-MO LIU SHIH KWAN YIN.
NAH-MO LEE_OH SHE(R) GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin das seis horas.
27. NA-MO P'U PEI KWAN YIN.
NAH-MO POO BAY GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin universalmente compassiva.

28. NA-MO MA LANG FU KWAN YIN.
NAH-MO MA LAHNG FOO GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin esposa de Ma-Lang.

29. NA-MO HO CHANG KWAN YIN.
NAH-MO HUH JAHNG GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da oração.

30. NA-MO I JU KWAN YIN.
NAH-MO EE ROO GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da unidade.

31. NA-MO PU ERH KWAN YIN.
NAH-MO BOO "R" GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da não-dualidade.

32. NA-MO CH'IH LIEN HUA KWAN YIN.
NAH-MO TCHE(R) LEE_EN HWHA GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin que segura o lótus.

33. NA-MO SA SHUI KWAN YIN.
NAH-MO SAH SHWAY GWAN EEN
Homenagem ao sagrado nome de Kwan Yin da água pura.





AVALOKITESHVARA KWAN YIN





OM MANI PADME HUM
OM MANI PADME HUM
OM MANI PADME HUM

Exibições: 66

Respostas a este tópico

Fada San: Bendito hermano y compañero del Sendero, Bendito seas por compartir este hermso mensaje para mi hermana humanidad, que la Gloriosa y Bienamada Maestra Ascendida Kwan Yin, haga Descender sus Bendiciones, Gracias, Virtudes y Dones a Ti y a toda la humanidad, para Mayor Honor, Honra y Gloria de Dios Todopoderoso.
Recibe Todo el Esplendor de la Luz de mi Amor Cristico Cubriendo a Tu Divina Presencia Actuando en Ti, en el cual "Yo Soy". Aqui y Ahora. Asi es.
Tu humilde servidor.
Gerardo...

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço