Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

No princípio dos tempos, logo após Deus ter criado o universo, os anjos estavam ajudando a arquitetar as bases da criação material. Eles ajudavam a construir o universo, mas ainda não tinham um conhecimento profundo das nuances da infinita criação divina.

Certo dia, Deus foi falar diretamente com os anjos, e lhes trouxe algumas das matérias-primas que deveriam ser utilizadas como fundamento para que todas as coisas fossem construídas. Então Deus trouxe as estrelas, os planetas, os asteroides, os primeiros compostos primitivos do universo, etc. Mas o Senhor do Universo também trouxe uma coisa ainda mais importante e disse:

- Com esta matéria-prima deves unir todos os seres e coisas do universo, mas cuidado: é preciso saber usa-la da melhor forma. Eu confio a vocês, meus anjos, esta tarefa. Então Deus entregou aos anjos uma bola de luz branca muito brilhante.

De início, os anjos ficaram sem entender bem como deveriam usar aquela energia que parecia ser tão sagrada. Um dos anjos pegou uma parte da luminosidade branca e tentou coloca-la numa caixa, prendendo-a para que, na hora certa, descobrisse sua serventia. No momento em que o anjo prendeu a energia branca, ele mesmo se viu preso dentro de uma caixa muito semelhante a que havia prendido aquela energia trazida por Deus. Os anjos então retiraram a energia branca da caixa, e o anjo preso instantaneamente foi libertado. Um dos anjos comentou:

- Mas que energia será essa que, ao ser aprisionada, tem o poder de nos aprisionar?

- Não sei, disse o outro anjo, mas se ela é assim, precisamos tentar compreende-la ao máximo, para que ela não nos cause algum dano.

Alguns anjos concordaram e começaram a estudar aquela misteriosa energia. Começaram a fazer de tudo para desvenda-la. Porém, quanto mais se debruçavam para tentar compreende-la, mais eles ficavam confusos, desorientados, desalinhados e sem coisa alguma compreender. Ficaram até meio perturbados com tantas dúvidas, até que decidiram parar de tentar decifra-la.

- Não podemos prende-la, que somos presos; também não conseguimos desvendar sua natureza, pois ficamos mais e mais desorientados e confusos. Então o que fazer? Questionou um dos anjos.

- Já sei! disse outro anjo. Vamos então ignora-la. Deixe essa energia parada e vamos fazer outras coisas.

Os anjos concordaram, e se detiveram em outras tarefas de cunho cósmico. No entanto, conforme o tempo ia passando, eles começaram a sentir que algo estava diferente. Todos eles se sentiram um pouco vazios, sem entender o porquê. No momento em que desempenhavam suas funções na construção do universo, sentiam como se algo estivesse lhes faltando. Os anjos começaram a sentir algo que nunca haviam sentido… Eles batizaram esse sentimento com o nome de carência. Depois da carência veio um outro sentimento, que eles denominaram de tristeza. Com a carência e a tristeza, já não se sentiam capazes de dar continuidade ao trabalho divino da Criação, e suspeitaram que isso tinha relação com a energia misteriosa que eles deixaram de lado.

Assim que voltaram ao local onde haviam deixado a energia luminosa, instantaneamente o sentimento que eles chamaram de carência passou, e os anjos sentiram-se bem melhores. Um dos anjos disse:

- Bem, não podemos prende-la, caso contrário nós somos presos. Não podemos tentar entende-la, caso contrário ficamos desnorteados; não podemos sequer ignora-la, caso contrário, sentimos uma ausência profunda que parece nos desvitalizar e nos paralisar. Então, o que podemos fazer com ela?

Nesse momento, um dos anjos,sem nada dizer, pegou uma pequena porção da energia luminosa, e colocou no centro do seu peito. Foi então que o anjo viu que a energia luminosa começou a se expandir dentro dele, foi se intensificando e se tornando mais abrangente, até que o incluiu por inteiro. Em pouco tempo, o anjo todo estava repleto e maravilhosamente iluminado por aquela energia sagrada. O anjo teve uma sensação de completude e inteireza, como se nada mais o faltasse. O anjo disse:

- Descobri o que fazer com essa energia. Ela só faz sentido se estiver integrada em cada um de nós, no centro do nosso ser, e se igualmente cada um de nós estiver integrado a ela. Não adianta tentar prende-la, desvenda-la-la ou ignora-la, pois isso nos trará consequências indesejáveis. Procurem todos vocês se integrarem completamente nela.

Nesse momento, cada anjo pegou uma porção dessa energia e colocou no seu peito. A luz sagrada foi se expandindo até cobrir a todos plenamente. Cada um dos anjos relatou um sentimento de completude e perfeição estando envoltos e pertencendo a essa energia. Um dos anjos disse:

- Essa será a energia que a tudo deve tornar completo, perfeito e divino. Será a energia que servirá de matéria prima para a união de todos os seres do universo. A energia que une tudo e que tudo faz regressar a Deus. Só podemos lidar com ela de um modo incondicional, e não limitado; sem utiliza-la para fins pessoais e condicionados, ou para objetivos de interesse meramente individual. Que nome vamos dar a essa energia?

- Amor… disse um dos anjos. Vamos chama-la de amor.

(Hugo Lapa)

Exibições: 27

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço!

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço