Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar


Consciencia.
“Podemos vencer um milhão de homens em uma só batalha. O maior guerreiro, porém é aquele que vence a si mesmo”. Dhammapada.
Parar e ouvir nossos pensamentos, nossas emoções é preciso colocar um termômetro em nossa vida mental e espiritual...
Nosso mundo interior, atrairá à nossa atmosfera a “pestilência” das nossas concepções, valores, ações...

Se vivemos em mundo interior de agitação, ódio, revolta, inveja, desejo de destruir, com medo e carente... atrairemos para nossa realidade o cenário, os atores, para expressarmos as nossas emoções internas. Somos os diretores e escritores da nossa realidade.

“Proteja seu espírito dos venenos. Viva em plena consciência. Seja feliz. Quando o veneno chegar, abandone-se e se volte para a canção dos sentidos”.

Estaremos sempre repetindo situações e conflitos anteriores, só mudam os personagens; entramos em filmes, em ambientes que espelham o nosso mundo interior, e quando percebemos somos atores, protagonistas de uma realidade que tecemos com nossos pensamentos e emoções, estamos atraindo para o nosso mundo, pessoas e situações que estão “vivas” em nossa mente.

Quando uma pessoa entra em nosso destino, em nosso caminho, nós entramos em seu destino, em seu caminho que se torna nosso por afinidade e por escolhas.

O cenário do nosso futuro será revelado nos acontecimentos, na sorte que irá tecer bons ou maus momentos para aquele lugar, para aquele momento tecido individualmente, à dois ou coletivamente...
"Mas, se eu já nasci, em um ambiente de conflito, de guerras, serei filho deste lugar?"

Então, é necessário buscar a harmonia anterior, interior, a essência pura e cristalina da harmonia, que nascerá daquele lugar.
“Aquilo que não nos mata nos torna mais forte”.

Olhar para dentro é olhar para a causa e não para o efeito do lado de fora...
Pierre Lévy no ensina que “A maioria dos pensamentos tece um véu que nos separa do mundo e de nós mesmos. Eles desviam nossa atenção do que acontece aqui e agora. Impedem-nos de sentir. Tentamos escapar da experiência direta do grande fluxo porque tememos renunciar à solidez ilusória de nosso eu e do mundo “exterior”. No entanto, por trás do borrão dos pensamentos, conceitos, preconceitos e de todas as formas de loquacidade mental brilha a luz do despertar”.

“Para orientar nossa existência, é preciso saber discernir. Para saber discernir, temos de aprender a ver as coisas tais como são. Para ver as coisas tais como são, é preciso cessar de projetar nossos estados mentais no mundo. Para cessar de projetar, devemos nos conhecer. Para nos conhecer, precisamos ser nosso próprio amigo. Para ser nosso próprio amigo, esforcemo-nos para acolher com carinho todos os pensamentos.

" Para aceitar todos os pensamentos, paremos de distinguir entre os bons e os maus. Se quisermos sinceramente cessar de distinguir entre os bons e maus pensamentos, temos que meditar com constância e disciplina. Para meditar, é preciso distinguir sem julgar, entre a plena consciência do instante e a fuga dos pensamentos. Nesse estágio, o problema de se orientar na vida não mais se apresenta. Moramos desde sempre no coração da existência”.

“Quando certos automatismos da emoção e do intelecto nos dominam, sentimos necessidade de alimentá-lo continuamente. O automatismo se faz passa por aquilo que temos de mais íntimo, quando na verdade, ele é o parasita que vem sugar nossa vida.

Só conseguimos sair desse sistema através da disciplina do afastamento e da presença. Sim, o antídoto absoluto do automatismo é a presença, pois quando estamos presentes, verdadeiramente presentes, não nos deixamos mais manipular por esses autômatos que estão sempre nos governando. Um autômato não pode estar presente. Um ser presente já não pode ser um autômato.

Vencer o mal em si e vencer o mal no mundo são exatamente a mesma coisa. Cessar de lutar contra o mundo e contra si mesmo são uma coisa só: a vitória sobre o mal.
O mal não abandona sua presa facilmente: luta até morrer.
O ego é a isca da alma, que o sustenta com seus parasitas.
O sofrimento é um vampiro.

A consciência plena é o caminho da imortalidade
“A negligência, o caminho da morte
Os vigilantes nunca morrem
Os negligentes vivem mortos.” Dhammapada.

Todo ser é divino. Todos somos inocentes. Pobres de nós que um turbilhão de pensamentos, palavras e atos apoderou-se de tal modo de nosso ser que não conseguimos mais sair de um sistema auto-sustentado de sofrimento e de provocação de sofrimento.

Não há erro, julgamento, nem punição dos culpados.
Simplesmente, os pensamentos, as palavras e os altos te conseqüências.
Aquele que perdoa é o primeiro beneficiário do perdão.

Toda maledicência é uma blasfêmia, porque todos os nomes são nomes de Deus.
O maledicente tem um revolver na boca.
Os mortos vivos estimulam com habilidade os mecanismos do ego (medo, esperança, culpa, inveja, cobiça, necessidade de identidade, etc). Dividem-nos contra nós mesmo, fazem-nos agir contra nossa própria vida”. Pierre Lévy...

“Fique do Lado da Causa na sua Vida”.
Joshua no ensina que “A chave do ouro seguinte foi a atitude e a prática de ficar na minha vida do lado da causa e não do lado do efeito. Esse ideal da condição de mestre, em vez de vítima. Permanecendo ao lado da causa a todo momento e usando a minha força pessoal, a oração, afirmações, visualizações e ações positivas, tenho sido capaz de manifestar de modo permanente tudo aquilo de que preciso.

Tenho usado a força da lei hermética que diz: “Assim como dentro, assim também fora; assim como em cima, assim também embaixo.” O domínio da minha mente levou ao domínio das minhas emoções, o que redundou no domínio da minha mente subconsciente e do meu sistema de quatro corpos. Esse nível de força pessoal atraiu e magnetizou tudo aquilo de que precisei, porque as mentes supraconsciente, consciente e subconsciente estiveram de acordo.

Isso, a par da oração e do uso da força de Sai Baba, dos mestres ascensionados e de Deus, proporcionou milagre após milagre. Em verdade, contudo, não existem milagres, mas de preferência os subprodutos naturais do uso de leis universais.

Obviamente, não tenho o controle completo sobre tudo o que aparece na minha esfera de vida e de influência; mas tenho completo controle sobre minha atitude com relação às coisas que surgem na minha vida. Ao me comprometer com pensar com a mente crística em todos os momentos, e não com minha mente egóica, sou capaz de magnetizar e atrai para minha vida apenas aquilo que é mais elevado e mais sublime”.


"O fundamento da vida e de toda prática espiritual".
Joshua nos diz que o "amor incondicional é a principal chave de ouro para a ascensão. Se você quer ser Deus, manifestar a Divina Presença , então “eu teria de agir como Deus”. Percebi que, se mantivesse na prática de ser um mestre ascensionado, eu terminaria por me tornar um. Tenho o hábito de cumprimentar todas as pessoas como se fossem Mestre Jesus, Buda -o que em verdade, elas são. Isso também me ajudou a desenvolver um enorme amor pelos animais.Não basta simplesmente pensar sobre Deus ou apenas sentir. Cada um tem de ser Deus. Esta pode ser a sadhana ou prática espiritual mais importante de todas".

"Transforme todos os pensamentos de agressividade em amor. Trata-se do desapego de todos os pensamentos agressivos. Fiz um voto, diante de mim mesmo e de Deus, em que me comprometi a nunca atacar, ainda que seja atacado pelos outros.

Farei o que for necessário para manter uma atitude de amor, por mais que me veja atacado ou enganado. Isso não quer dizer que eu não precise me defender com os meus próprios recursos e me apoiar em minha própria força. Mas, faço isto com um forte amor. Relaciona-se com a atitude de ver tudo por meio da nossa mente crística".

"Encontros sagrados : ver Deus em todas as pessoas.Todo encontro é sagrado. Cristo encontrando Cristo. Eu sou Cristo e você é Cristo."

"Somos todos perfeitos e somos todos unos com os outros e com Deus. O mundo é um espelho do nosso próprio pensamento. Aquilo que vemos em nossos irmãos e irmãs é em verdade o que vemos em nós mesmos. A fim de curar-se , temos de ver Deus em toda pessoa, assim como em nós mesmos. Isso também se aplica à maneira como vemos o sexo oposto. Você vê uma pessoa primeiro como corpo físico ou como Deus vivendo num corpo físico?” (1)

Mas, se você não consegue manifestar esta atitude de paz de harmonia, se dentro de você o “inferno” acontece? Você não é diferente da maioria das pessoas, nós somos potencialmente agressivos; muitos são controlados, outros aprenderam a lidar com sua raiva.

Você sente, que dentro de você é um vulcão de ódio, inveja, raiva, tristeza, que você não pode ajudar a ninguém que você é vitima do mundo?

Primeiro é necessário você se aceitar, colocar sua alma no colo, muita paciência com a sua ferida, muitas pessoas feridas, ultrajadas e violentadas estão vivendo em seu interior o desequilíbrio que a dor da vida, da necessidade, carência e desamparo.

Escreva uma carta para Deus (sugestão de Joshua) falando da sua dor, da sua raiva, da sua indignação e do seu jeito de ser.
Escreva e escreva, no momento que você é consciente você assume o poder da sua vida, das suas atitudes, isto é consciência – portal da transcendência.

Quando você compreende o seu sofrimento, compreende o mundo e as pessoas a consciência revela a sua luz, apesar de tudo.
“Meus Deus eu queria ser diferente, queria ser passivo, mas não sou, queria ser pacífico, mas sou muito agressivo, explosivo, incontrolável”.
Imagine seu Anjo da Pessoal lendo a carta para você, com compreensão com carinho, porque a Divina Presença é solidária e amiga de todos, não importa quem.

As pessoas não nascem agressivas, intolerantes, e vingativas, as pessoas nascem com temperamentos fortes, com uma tendência a construir uma personalidade forte, muitos são líderes por natureza, pela força que irradiam. Alguns nascem com uma agitação mental, neurológica, são ativos, inquietos e sua energia precisa ser canalizada. Você precisa conhecer o seu jeito de ser, de viver, de responder ao mundo, aos desafios, aos confrontos.

Uma criança que teve a uma base famíliar com limites e amor, aprendeu a se controlar e a viver. A gente aprende a viver, aprende e se adaptar... Mais ou menos...!?!?
Não exija muito de você... Você é o que se apresenta nesta realidade, mas você pode ser muito mais; você é muito mais...

Você é a Divina Presença não importa, em qualquer circunstância.
A gente leva muitas vidas para aprender, muitos nascem com um banco de memória privilegiada...
Joshua nos diz que “quem se deixa controlar pela mente subconsciente é controlado também pelo corpo emocional, pelo corpo astral e pelo corpo do desejo. Essas pessoas deixam de ser a causa das próprias emoções e se tornam suas vítimas. Essas pessoas deixam de ser a causa das próprias emoções e se tornam suas vítimas! Isso significa que o ego negativo passa a dominar sua vida porque, quando o corpo emocional assume o controle, o ego negativo se torna automaticamente o programador.

Esse é um fato indisputável: é uma lei da mente. Assim, a criança interior e os desejos do eu inferior passam a controlar a vida dessas pessoas. Além disso, elas são controladas pela mente inferior, o que lhe tira o a paz interior, embora estejam no caminho Espiritual. Com isso, elas vivem cometendo um inacreditável número de erros! A mente subconsciente espalha a confusão e essas “Pessoas Espirituais” não conseguem descobrir por quê.

A razão é a falta de controle sobre a mente subconsciente, sobre o corpo do desejo e sobre a mente consciente. Com isso, o ego negativo assume o controle e sabota essas pessoas a torto e a direito. Elas têm a mente controlada por uma mente sem raciocínio, mas nem se dão conta disso. Assim, sua vida é um erro atrás do outro. Sem querer julgar ninguém, é espantoso observar este fato. Como alguém tão versado em coisas Espirituais ter tão poucas clareza e viver cometendo erros em tudo o que faz?”

“Isso gera também a mais inacreditável distorção da percepção. O sistema de crenças e a percepção de realidade dessas pessoas passam a ser controlados pela mente subconsciente e pelo ego negativo. Muita gente acha que o amor é suficiente, mas isso não é verdade. Ele é necessário, mas também é necessário assumir o pode pessoal e ter um pouco de sabedoria psicológica. A chave é sempre o equilíbrio correto entre Amor, Sabedoria e Poder! Ter apensa uma dessas qualidades resulta em desequilíbrio, distorção e fragmentação do ego negativo.”

É importante o controle da mente, dos pensamentos, o equilibrio interior diante dos desafios. Crianças que encontram um lar equilibrado, uma escola que acolha e que ensine a pensar, quando adultos,muitos assumem postos de lideranças, sabem negociar, conservam seus amigos, e se adaptam em várias situações de desafios e conflitos.
Adultos movidos pela emoção, não conseguem amadurecer... crescer emocionalmente, porque não teve oportunidade de aprender a pensar, meditar refletir.

Primeiro temos que olhar para dentro, ouvir o nosso interior, fazer diários e entrar em contato com os nossos muitos “eus”. Não adianta buscar lá fora a chave, nem pedir a chave, temos que buscar a chave no autoconhecimento. Muitos não conseguem ouvir a voz interior, olhar para sua vida interna.
temos que aprender a observar nossa raiva, inveja, ódio, cíúme e compreender estes sentimentos.
Somos um universo paralelo, construímos o mundo em nossas percepções, entendemos a realidade de acordo com as nossas crenças.
Nos piores momentos da nossa turbulência mental, é necessário parar e ouvir; quem está dentro da gente, e buscar o nosso verdadeiro Eu, nossa Divina Presença.
O canal é o amor e a tolerância, a porta que se abre para o divino é a bondade... Você não precisa dar tudo que tem; ouvir e compreender sem julgar é um gesto que abre oportal da mente para a Divina Presença.
Como é difícil ouvir e compreender... Nosso ego negativo não ouve ninguém, ele é narcísico por natureza. Podemos começar por ai, sem divisão, sem separação, paredes, barreiras. Se você é capaz de aceitar o outro como ele é, então, será possível encontrar com a luz interior – você é capaz de aceitar seu jeito de ser.
A meditação é um aliado do Eu divino, é uma porta para a transcendência.

Inspirado nos livros de Joshua Davi Stone. Resumo de um texto do livro Chaves de Ouro para a ascensão.
Eu sou Dharma Dhannyá.

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço