Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar



Um dia estava na Fadalândia , era novembro , entardecer , e uma chuvinha fina caía e o Sol estava se pondo...Comecei a observar os pássaros que voavam e em seus bicos havia uma luzinha brilhante . Achei tão lindo! Os pássaros estavam pegando cupins em pleno voo e , com a chuva e o reflexo do Sol esses cupins em seus bicos brilhavam...brilhavam...e os pássaros voavam...voavam... Sinceramente, achei que estava em outra dimensão , e acho que estava mesmo...
Minha cachorrinha então começou a latir e eu fui olhar o que era . Ela latia para uma coisinha caída no chão, no meio do mato , uma coisinha que piava ! Era um filhote de pássaro preto ainda sem penas , feio e que caira lá provavelmente no meio dessa dança de pássaros de bicos brilhantes .
Peguei a coisinha e embrulhei-a para esquentá-la . Peguei também alguns cupins, tirei as asas deles e dei para o passarinho comer. E ele gostou ! Deixei-o aquecido sob uma lâmpada de abajur e ele passou a noite quietinho...
No dia seguinte ao acordar a primeira coisa que fiz foi olhá-lo , achei que tinha morrido.
Que nada! Lá estava ele , faminto ! E começou a piar quando me viu ! Peguei mais cupins e ele comeu , comeu...
Dei um nome ao passarinho : Açai . E passei a cuidar dele com muito amor e alegria. Alimentava-o com minhocas e depois com ração para passaro preto que molhava e fazia papinha e ele comia bem.


Açaí foi criado por nós e toda família adotou-o como um filho . Ele era meu filhinho querido e um grande companheiro. Foi criado solto só indo para a gaiola durante a noite . De manhã cedinho eu o soltava e ele costumava ficar pelo quintal de nossa casa da cidade . Lembro que a primeira vez que ele voou passou a noite fora e eu achei que fora embora , mas no dia seguinte pela manhã , lá estava ele no quintal e pulou na minha cabeça ao me ver .


Quando eu ia pra Fadalândia , o levava comigo. Muitas vezes ficamos nós dois lá e era uma convivência maravilhosa . Jamais me sentia só ao lado dele .

Em todos os encontros da Fadalândia , lá estava ele! Como ele vivia fazendo cocozinho nas pessoas eu dizia que era um cocozinho da sorte . rsss Muitos tiraram fotos com ele , um amigo fez um vídeo que colocou no Youtube. Eu e Açai tomamos banho de arco iris também.


Uma vez , na Fadalândia , ele me transmitiu algo . Eu estava no mirante e ele pousou no meu ombro. Pareceu-me que ele me dizia : "Vou lhe mostrar quem Eu Sou " . E vi em minha tela mental ele crescendo e ficando multicolorido . Ele tinha uns 3 metros , era pássaro ainda e multicolorido. Ele me convidou para subir entre suas asas e me levou para sobrevoar a Fadalândia . Sim , eu vivi isso ! Ao regressarmos para o mirante ele voltou a ser o pequeno pássaro preto e eu estava maravilhada !

Muitos momentos maravilhosos e engraçados eu vivi com Açai . Eu o amava e ainda o amo . E eu ficava pensando...pensando...eu o amo mas não sou capaz de prendê-lo em uma gaiola para que jamais me abandone...Eu o amo e por isso mesmo ele sempre será livre. Eu o amo e sei que neste mundo de impermanência ele não ficará para sempre comigo. Eu o amo e aceito isso.

E o dia chegou. Ele conheceu outros pássaros pretos e ficava brincando com eles no quintal. E um dia não dormiu em casa . Noutro dia passou 3 dias fora regressando de manhãzinha...No outro dia, saiu cedinho e nunca mais regressou...

Esse passarinho me ensinou muita coisa e a experiência está viva em meu coração. Eu sou grata por ter vivido esta experiência e acho até que foi algum prêmio espiritual conviver com ele .

Aprendi a aplicar isso em pessoas que conheço e convivo e que partem . Sei que neste mundo de impermanência o que permanece mesmo é o AMOR . Pessoas chegam em nossas vidas , partem...mas o AMOR permanece.

Um beijo de alegria e amor para todos vocês . Amo a cada um de vcs .

Exibições: 149

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Luciana Regis em 28 novembro 2009 às 18:21
amigo passarinho que alegria que amor!!! abro um sorriso só de lembrar...http://www.youtube.com/watch?v=GJitzClGJV4
Comentário de Ana Paula Ferreira em 11 novembro 2009 às 13:53
O que acabei de ler deixou-me com vontade de cada dia que passa oferecer mais AMOR a todo ser vivo, porque com o que conta vemos que é transmitindo o nosso carinho verdadeiro recebemos o dobro.
Um beijo para vc e familia que inclui Açai.
Comentário de Marga Ester Staggemeier em 27 outubro 2009 às 22:57
vc é uma fada mesmo tem uma consciencia de Deus altamente desenvolvida deixando o passaro livre, Prender em uma gaiola é uma crueldade. Este é o verdadeiro amor aceitar qd chega a hora de separar o amor nao possui nem se deixa possuir. Neste mundo de impermanencia o apego que sentimos pelos seres q amamos é muito dificil de vivenciar. è uma linda historia, bjs de luz em seu iluminado coraçao linda fadinha.
Comentário de Elenita em 27 outubro 2009 às 19:09
Linda história, pena que ele foi embora, mais a vida é assim mesma com pessoase animais, depois é só saudade........triste né? amamos e perdemos ao mesmo tempo.....
Comentário de zilea da silva em 27 outubro 2009 às 16:20
boa tarde boa fada! contatos com animais e muito gratificante, eu mesma vivo esperiencias maravilhosas ,no quintal da minha casa e cheio de arvores com muitos passaros,resolvi pegar uma telha e colocar no meio do coqueiro com bastante quirelinha ,voçê pode imaginar a farra que é,todos os dias mtos passaro de todas as qualidades vem banquetear, e nesse vai e vem ,eu aprendo liçoes de vidas. salve nosso pai maior que nos da condições de aprender cada vez mais.
manasté
Comentário de Maria Coutinho em 26 outubro 2009 às 23:58
Nossa vida é um rio a correr e as aguas nunca passarão no mesmo lugar e é assim a nossa vida, como se fosse um filme sempre continuação nada é permanente apenas aquilo que temos neste momento é apenas emprestado neste momento e neste lugar e por isso não ha lugar para ganhos e perdas pois nada é permanente. Muito obrigada pela linda história entre muitas outras que decerteza que existira neste mundo fora. Na paz....
Amitabha!
Comentário de Nadeje Carvalho Neves em 26 outubro 2009 às 23:27
O que voces acham de darmos liberdade para eles? Posso soltá-los? Aqui perto tem um Parque enorme cheio de pássarinhos,tenho a sensação que eles vão para lá. Se sim, me dê um sinal, sim? O Fen e a Tanzinha me pareceu que estavam despedindo dos filhotes, ela costumava me chamar com seu assovio e virava toda de barriguinha pra cima quando eu atendia, para coçar as peninhas dela. Soltei os filhotes, abri a portinha do viveiro e as janelas de casa. Foram saindo um por um e tomaram o rumo do espaço lá fora. primeiro ficaram por perto voando pelas árvores que temos aqui no prédio e depois os quatro voaram... Alguns dias depois me contaram que viram quatro Piriquitos azuis no Parque municipal. Agradeci a São Francisco e aos Devas dos Passáros por estarem tomando conta dos baixinhos. e contei para a Tanzinha e Fen o que me disseram. Os dois começaram uma algazarra como estivessem esperando notícias da família Viveram comigo seis anos. A Tanzinha foi embora primeiro, e depois o Fen. Jurei a mim mesma nunca mais ficar com passarinho em gaiola na minha vida. Para matar um pouco a saudade, coloco a fita K7 onde esta gravada as vozes deles todos. Namastê! Nadéje
Comentário de Nadeje Carvalho Neves em 26 outubro 2009 às 23:14
Amei sua historia com Açai. Linda demais! Só uma vez na minha vida tive um casal de Peiquitos em gaiola, isso porque quando me deram, foram criados presos. Coitados nem sabiam mais que a vida deles era voar. Abria a gaiola dentro do apartamento e os dois voavam aos poucos de manhã e a tarde quando chegava do trabalho. E voavam para a gaiola.Ambos eram de um azul cobalto lindos. O Fen e a Tanzinha, nomes tirados de um romance. Faziam uma festa incrível quando eu voltava. Resolvi experimentar colocar um ninho na gaiola, comprei uma maior para terem mais espaço, bem grande mesmo...meu coração ficava apertado, deixava a porta aberta e eles não saiam dali. Mas eles eram dois namoradeiros e o ninho deu resultados surpreendentes... 6 ovinhos.... e fui cuidando de tudo para que nada lhes faltasse nessa fase de acasalamento. e fui vendo os ovinhos se romperem e nascerem aquelas criaturinhas peladas, feinhas(para os meus olhos físicos) e era papinha, frutas amassadas, verduras,calcio...alpiste, e outras sementinhas que preparava para a ração daquela família... e foram crescendo, emplumando e lindos e brincalhões...Quando chegou a época de sair fora do ninho, a Tanzinha jogava os filhotes para fora. Se deixasse iria viver colocando ovinhos um atras do outro. entendi que se não tirasse o ninho dali o assunto iria ficar sério. dos seis quatro crescerem e dois foram para o céu, tres meninos e uma menina, colocamos os nomes Blu, Curru ,Esmeralda e Dandy... Era uma alegria e uma conversa o dia inteiro, colocava musica classica para eles, dava banho de chuveirinho e depois os colocava ao sol. Era lindo ver o pai ensinando defesa pros filhotes. E quando vi que as crianças ja estavam prontas para seguir a vida deles, primeiro os soltava dentro de casa, para aprender a voar. Ainda bem que tenho muitas plantas dentro de casa. Tinha na época romanzeira, mini laranjeira, samanbaias... para os pequeninos era uma festa, ficar voando pra ca e pra la. Num sábado disse pra Tanzinhae pro Fen:
Comentário de Debora Cristina da Silva Mota em 26 outubro 2009 às 22:49

Achei essas flores pelo caminho e resolvi dá-las à você!
Muita Luz em sua vida!
Debora
Comentário de Luz em 26 outubro 2009 às 22:10
Obrigada por partilhar a experiência!
luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço