Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

O que é a Páscoa?

O Pessach é a principal festa judaica e é comemorado por sete dias.
Relembra a libertação dos hebreus, depois de um longo período de cativeiro
no Egito, há mais de 34 séculos, conforme está escrito em Ex 12.1-28; Lv
23.5-8, Nm 9.1-14.

Assim, o sentido da cerimônia é o de louvar a libertação. É o "sacrifício
de Pêssach a D'us, que passou sobre as casas dos filhos de Israel no Egito
quando Ele golpeou os egípcios e poupou nossas moradas." Pois foi só depois
da morte de todos os primogênitos do Egito (até mesmo dos animais) que o
Faraó permitiu que os hebreus partissem. Mas na casa dos hebreus as
crianças foram poupadas, o anjo "passou por cima".

A ceia desta festa consta de pão ázimo (pão sem fermento, pois, na pressa
de deixar o Egito, os hebreus não podiam esperar que o pão fermentasse). É
tradição também comer ovos, símbolo da vida eterna; raiz forte e folhas
amargas, representando as amarguras da escravidão; um purê de maçãs ou
tâmaras, que lembram a argamassa que os escravos usavam nas construções das
pirâmides do Egito.

Os cristãos deram novo significado à Páscoa. A Páscoa cristã celebra a
ressurreição de Jesus no domingo, conforme Lc 24.1; At 20.7; 1Co 16.2 e Ap
1.10. É a memória do sacrifício de Jesus na cruz, a nova vítima pascal
segundo 1Cor 5.6-8; 11.26, e de sua vitória sobre a morte pela
ressurreição. Surgiu no início do segundo século em Roma quando o
cristianismo gentílico desprendeu-se das tradições judaicas, em um processo
lento e conflituoso discutido no sínodo de Nicéia (325 d.C.). A data cristã
foi fixada como sendo "o primeiro domingo após a primeira Lua Cheia que
ocorre após ou no equinócio da primavera boreal, adotado como sendo 21 de
março (a partir desse fenômeno, também é determinada a data do Carnaval).


A páscoa cristã é festejada no início da primavera no norte da Europa,
mesma época das festas que homenageavam Ostera (Oestra ou Esther - em
inglês, Easter quer dizer Páscoa) que comemora a fertilidade, um
tradicional e antigo festival pagão que celebra o evento sazonal
equivalente ao Equinócio da primavera. Ostera, a Deusa da Primavera, segura
um ovo (símbolo da chegada de uma nova vida) em sua mão e observa um
coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés
nus.

A páscoa para os cristãos é a festa da esperança na vida eterna. Temos os
símbolos cristãos que evocam um novo desabrochar da vida, uma passagem da
morte para a vida, através da ressurreição. Os ovos da páscoa representam o
sepulcro que liberta a nova vida; a bênção do fogo novo, as velas ou círio,
simbolizam Cristo ressuscitado; o pão é enfeitado porque é alimento que
sustenta a vida. O significado profundo é que, se Ele ressurgiu três dias
após sua morte, todos nós também vamos ressurgir para a vida eterna.

A Páscoa, para os judeus, é vida e liberdade; para os cristãos, é vida e
ressurreição.

Em ambas existem símbolos comuns: o cordeiro sem ossos quebrados e seu
sangue, marcando o povo para uma nova realidade de mudanças e libertação em
meio a toda opressão. Cristo é o cordeiro imolado que salva a humanidade
com seu sangue onde nenhum dos seus ossos foi quebrado.


A Páscoa sempre representou a passagem de um tempo de trevas para outro de
luzes, isto muito antes de ser considerada uma das principais festas da
cristandade.

Reflita, medite nisso, e pergunte-se:

- Que limpeza profunda necessito fazer em minha casa (meu corpo, meu templo
sagrado: físico, mental, emocional e energético)?

- Que lixo devo queimar?

- O que deve ser deixado pra trás?

- O que será sacrificado? A cabala ensina que o fermento representa as
imperfeições morais e as tendências negativas do homem. Da mesma forma que
a massa fermentada enche-se de ar e cresce, assim também é o homem que se
enche de vaidade.

Ostera chega na primavera, repleta de vida (ovo) e prosperidade (coelho)
após o inverno, tempo de trevas e escuridão. Moisés leva o povo através do
Mar Vermelho depois de anos de exílio e escravidão. E por fim, Cristo
ressuscita dos mortos depois de flagelação e morte.

O renascer, a vitória da morte sobre a vida, a libertação, acontecem após
um período de provações e aprendizado. Portanto, aproveite a páscoa para
renovar-se, libertar-se e vencer através de uma nova vida, deixando morrer
tudo que não é mais necessário.

Símbolos da Páscoa, o pão e vinho foram escolhidos por Jesus Cristo para simbolizarem seu corpo e sangue e a vida eterna, pois já sabia que seria perseguido e morto na cruz. Dessa forma, ofereceu aos seus discípulos na Santa Ceia esses que, na Antiguidade, eram os alimentos mais comuns para muitos povos, instituindo a Eucaristia.

A colomba pascal é um pão de origem italiana cuja receita é parecida com a do panetone, a diferença está em seu formato parecido com o de uma pomba que, no cristianismo, representa a vinda do Espírito Santo e a paz. Ainda pode ter variações com raspas de laranja e cobertura com glacê e amêndoas. Conta a lenda que a receita surgiu quando um confeiteiro presenteou o rei lombardo Albuíno com o pão em forma de pomba , fazendo com que o monarca desistisse de invadir um vilarejo na Itália, promovendo a paz no local.

A tradição de comer peixe nessa celebração também está ligada ao cristianismo, mas a prática deve ser realizada na Sexta-feira Santa, ou seja, a sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa. O costume de não comer carne vermelha nessa data entre os cristãos é um símbolo de abstenção, sacrifício e fé. Atualmente, no Brasil, é bastante comum o consumo de bacalhau nessa ocasião, um peixe originário dos mares frios do hemisfério norte e muito saboroso.

O ovo é um dos símbolos pascais mais conhecidos e no cristianismo representa a vida e a ressurreição de Cristo, mas a tradição de presentear outras pessoas com ovos pintados e enfeitados já vem de algumas civilizações da Antiguidade. Posteriormente, em vários países, assim como no Brasil, os ovos decorados foram substituídos por ovos de chocolate e atualmente podemos encontrar variedades dessas delícias, desde os simples aos recheados e em diferentes tamanhos.

Tenha uma Feliz Páscoa, agora com o seu verdadeiro significado...

Fonte: seraphisbey.multiply


 

Léa Cristina Ximenes

Facilitadora/Consultora Metafísica

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com

Skype: lea.seraphisbey

Fone: (13) 3477 98113

Exibições: 89

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Roberto Farraz Silveira Junior em 2 abril 2013 às 17:48

Muito Obrigado Lea!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço