Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM - Série das Asas - SHOUD 11. Apresentando ADAMUS SAINT GERMAIN,  canalizado por Geoffrey Hoppe - Círculo Carmesim em 7 de julho de 2018.

ADAMUS - SÉRIE DAS ASAS - SHOULD 11


OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM

Série das Asas - SHOUD 11 

Apresentando ADAMUS SAINT GERMAIN, 
canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Círculo Carmesim
em 7 de julho de 2018
www.crimsoncircle.com


Eu Sou o que Sou, Adamus of Saint Germain.


Vamos respirar bem fundo juntos enquanto começamos este último Shoud da Série das Asas. Ah! A energia aqui com todos vocês está muito rica hoje.


Estou vindo um pouquinho mais como Saint Germain do que o normal. Vejam, Adamus é – como explicou Cauldre –, Adamus é Saint Germain e todos vocês, Cauldre, Linda, todo mundo. Ocorreu uma interessante atuação da consciência para se criar Adamus. Precisava ser algo que não fosse muito semelhante ao velho Saint Germain. Que serviu a um propósito. Muitas informações excelentes, muitas e muitas décadas atrás. Muitas pessoas ainda o leem, ainda o seguem. Mas, para os Shaumbra, eu tive que projetar algo um pouco diferente, com um pouquinho mais de tempero, um pouquinho do que vocês chamam de energia pirata, algo um pouquinho irreverente. Do contrário, vocês todos teriam caído no sono. [Algumas risadas] E não queremos isso.


Vejam, quantas coisas da Nova Era que vocês faziam no passado realmente não davam sono? Muito sono. Na realidade, pediam muito a vocês que fechassem os olhos. Nós não fazemos isso aqui. Olhos abertos. Olhos bem abertos pra que vocês possam ver exatamente pra onde estão indo, pra que vocês possam estar na experiência. Mesmo quando consideram um dia ruim, um dia horroroso, é uma experiência e tanto! E que histórias vocês vão ter pra contar no Clube dos Mestres Ascensos!


Assim, Adamus foi uma atuação da consciência cuidadosamente produzida e, algum dia, algum dia, nós simplesmente vamos explodir com Adamus. É isso. Nenhum Adamus mais. Vocês não precisarão dele. O mundo não precisará dele, porque as pessoas terão vocês em vez de Adamus. Mas que bela temporada estamos passando juntos. Ainda temos um caminho a percorrer. Que bela temporada estamos passando juntos com esta atuação da consciência conhecida como Adamus.


Assim como pra mim, Saint Germain, provavelmente, tem sido mais divertido – definitivamente, tem sido mais divertido – do que qualquer outro personagem, incluindo meus personagens shakespereanos. É sério, porque este personagem que representa todos vocês, junto comigo, é mais do calor do momento, é mais engraçado, é mais provocador, mais profundo. Ah, tem sido incrível. Vai ser difícil, em algum momento, largar esse personagem que todos nós estamos representando, o personagem Adamus. Mas, nesse ínterim, temos algumas coisas a fazer. Temos trabalho a fazer.


A Nova Série


Vejam, estamos terminando a Série das Asas. Asas, emergindo do casulo, preparando-se para voar, se tornando uma borboleta. Vamos entrar em nossa próxima série no mês que vem. As coisas vão mudar. A dinâmica energética vai mudar pra vocês, pra mim. Vou chamar a próxima série de... e levou um tempinho, eu tive que fazer umas consultas no Clube dos Mestres Ascensos. Por sinal, alguns se perguntam: “Existe mesmo esse lugar?” Existe, sim. Existe. É onde, ah, mais de 9.700 de nós nos reunimos. Todos estivemos na forma humana antes. Sabemos como é. Nós nos reunimos pra conversar, compartilhar, beber muito sem ficar de ressaca, fumar charutos ruins e charutos bons. Mas, sim, existe esse lugar, e não levará muito tempo pra vocês estarem lá também, estarem nesse Clube dos Mestres Ascensos.


Mas, planejando o futuro, examinando o que vem em seguida, eu arranjei um nome para a próxima série. Conversei com alguns Mestres Ascensos e alguns ficaram, de fato, um pouco chocados, usar essa terminologia para nossa próxima série de Shouds, dizendo: “Vocês estão realmente prontos? Será que estão realmente prontos?” E eu disse: “Bem, certamente. Com certeza, eu sinto dessa forma.”


Disseram: “Mas, Adamus, parece que muitos Shaumbra querem continuar trabalhando e se esforçando nas coisas.” [Algumas risadas] “Querem continuar a busca, essa procura.” Eu disse: “Sim, é verdade, mas nós não vamos deixá-los fazer isso, porque já tem Shaumbra suficiente chegando à Realização.” De bocado em bocado talvez. Grandes Realizações num dia e, no dia seguinte, afundam, é claro. Mas há um número suficiente que está chegando lá. Há Shaumbra suficientes que, de fato, estão fazendo a passagem agora para o outro lado, que... E o número, acho eu, não é uma coincidência. Nestes dias, 144 Shaumbra fizeram a passagem e permitiram sua iluminação. Não permaneceram no corpo físico nem se arrependem disso, realmente. Digo, eles meio que queriam estar aqui no corpo físico, mas, quando chegam naquele ponto de Realização, particularmente no leito de morte, não há, de fato, nenhum arrependimento de não ficarem aqui.


Mas chegamos nesse ponto. Temos massa suficiente, massa crítica suficiente naquilo que estamos fazendo. Nós estamos prontos. Mesmo o meu mensageiro, meu canalizador, Cauldre, chegou a me questionar, acreditem ou não, perguntando: “Você vai mesmo usar esse nome? Será que estamos realmente prontos?”


Eu devolvi a pergunta pra ele: “Você está pronto, meu caro?” Ficou meio chocado. E, então, vejam, como é típico de muitos de vocês quando pegam o microfone, eu perguntei a Cauldre: “Você está pronto?” E sabem o que ele fez? Ele disse: “Vou ter que pensar sobre isso. Vou pensar.” E tudo que eu precisava era de um sim ou um não, mas “vou pensar sobre isso”. Não soa como [alguém diz “eu não sei”] “eu não sei”? [Risadas] Não soa como muitos de vocês? Está aqui. Está pronto. Então, eu vou chamar a nova série de Série Emergindo.


Vejam, vocês afundaram, por assim dizer, em ciclos de vida neste planeta. Vocês vieram das esferas angélicas, mergulharam neste planeta, Gaia – bem, ela está partindo agora, enfim, mas vocês mergulharam aqui – para assumir um corpo físico, algo que não é nada natural. Vocês se acostumaram a isso depois de sabe-se lá Deus quantos bilhões de anos. Vocês meio que ficaram acostumados ao corpo físico, mas ainda assim não é algo natural. Vocês conhecem as peculiaridades, as idiossincrasias do corpo. Vocês sabem que ele fica doente, solta pum e faz coisas assim. [Algumas risadas] Mas não é algo muito natural. Jamais era pra se tornar um estado natural. E ainda bem que vocês estão mudando isso agora.


Mas vocês submergiram aqui. Meio que começaram aqui [indicando o topo de um círculo] e mergulharam no planeta [fazendo a volta, descendo nesse círculo], começando a passar por uma existência atrás da outra, sem qualquer motivo além da experiência. Nenhum teste. Não se trata de tentar obter favores de Deus, porque Deus não quer saber. Essa é a beleza de Deus, que eu descobri muito tempo atrás. Deus não liga a mínima se... Estou dizendo isso pra sacudir vocês, mas ele não liga. Ele não liga. Essa é a boa notícia. Se vocês não entenderem isso agora, entenderão depois. Simplesmente, não importa.


Mas, enfim, vocês vieram pra cá e passaram por todas essas existências só pela experiência. Só isso. Não pra obter mais poder, não pra ser um tipo de Deus por direito. Nada disso, só pela experiência. E, então, vocês meio que chegaram ao fundo e começaram a trabalhar numa forma de subir... de sair desse círculo de existências. Vocês passaram pelo despertar e todo o resto, e agora – que é onde estamos – fecham o círculo, emergindo dos estados não naturais, emergindo do corpo físico, emergindo das limitações da mente, emergindo das velhas identidades, com suas belas histórias, mas emergindo além delas agora.


Assim, estou chamando nossa próxima série, que se inicia no mês que vem, de Série Emergindo, e a pergunta, de novo, dos Mestres Ascensos e de Cauldre: Será que estamos realmente prontos? Ou seja, este é o momento para a Realização? E a resposta é definitivamente um sim. Sim. Por que estender mais isso? Por que deixar pra depois? Tem gente suficiente de vocês já chegando à Realização. Pode-se dizer que tem antigravidade suficiente em ação no momento. Tem gente o suficiente que está... que não está mais em cima do muro. Vocês estão abrindo caminho para a Realização. E eu posso chegar e empurrar vocês, se for preciso.


Por que esperar mais tempo? Por que continuar pensando sobre isso? Por que continuar trabalhando nessas coisas? Algumas das questões, algumas das coisas que ficam no caminho de vocês nós vamos exterminar aqui. Simplesmente, vamos exterminá-las. E preciso dizer agora mesmo que a maior coisa que fica no caminho de vocês são vocês mesmos. [Adamus ri.] O eu humano. E vamos nos divertir quando o exterminarmos. Vamos nos divertir quando o tirarmos do caminho. Essas coisas são como pedregulhos na estrada, meio que impedindo o fluxo natural. Nós vamos explodir todos eles. O humano ficará bem no processo. O humano, de fato, secretamente, talvez não tão secretamente, espera que a gente o extermine.


E o humano, de certa forma, fica gritando: “Ah! Você não pode exterminar as coisas. Não deveria falar assim, Adamus! Explodir tudo, e paz, amor e alegria.” Eh, nós vamos exterminar tudo isso, e o humano vai ficar muito agradecido, porque o humano está lá sentado observando esses pedregulhos na estrada há muito tempo, se perguntando sobre os pedregulhos na estrada: “Por que os pedregulhos estão lá? O que os pedregulhos estão tentando me dizer?” [Risadas] “Talvez, se eu contatar outras pessoas com pedregulhos, nós possamos todos conversar sobre os pedregulhos na estrada.” [Mais risadas] E nada acontece.


Falta tão pouco agora. É, na verdade, meio assustador, de certo modo, mas, de outro modo, é meio divertido. Mas, a partir da nossa próxima série, vamos fazer isso. Nova vida, emergindo, deixando pra trás todo esse lixo que fica pendurado pelo caminho. Chegou a hora.

Eu sei... Sintam as energias aqui, um instante, na sala, on-line. Sintam as energias.

[Pausa]

Quando digo que vamos entrar na Série Emergindo: “Ah, droga! Ah, sim! Ah, droga! Ah, sim! Ah, droga!” [Algumas risadas] “Será que estamos realmente prontos? Sim, estamos. Eu acho que não.” [Mais risadas] É um conflito interessante, se vocês olharem de fora e sentirem isso um instante. E, depois, é claro, o humano: “O que vai acontecer?” E o Mestre: “Quem liga?” [Algumas risadas] E o Eu Sou diz: “Ei, entre na sua criação.” É isso. Só isso. Não importa o que acontece. Emergir trata realmente de entrar na sua criação. Não na criação de Deus. Na verdade, Deus realmente não cria. Não, Deus não cria. Isso é falso. Vocês vão entrar em suas criações conscientes, então, vocês se preocupariam com o quê? Quero dizer, é de vocês, com a sabedoria do Mestre, a consciência do Eu Sou. É isso que estamos fazendo agora, emergindo.


Se houver alguma coisa com que... não com que se preocupar... mas da qual estar consciente, qualquer coisa enquanto chegamos à Realização, é que isso vai separá-los da consciência de massa, separá-los de outras pessoas, mais do que nunca. Vai fazê-los se sentir mais diferentes do que nunca, talvez vai tornar mais difícil lidar com algumas coisas. Mas isso se abranda depois de um tempo, e vocês descobrem que estão, ah, Permitindo totalmente. Cauldre ia dizer “em paz”, mas não quero usar essa palavra.


Vocês estarão Permitindo tanto, através de si mesmos, do humano, do Mestre, do Eu Sou que, em breve, as outras pessoas não vão... não vão incomodar tanto vocês. Alguns de vocês se tornaram altamente sensíveis a barulhos, à energia dos outros, a estar numa cidade grande, ao ar, a tudo ao redor, às energias invisíveis que estão em toda parte, seja vindo de um celular, de um canal de TV ou simplesmente dos ruídos. Vocês se tornaram realmente muito sensíveis a essas coisas, mas isso se acalma, porque vocês percebem lá no fundo, não apenas mentalmente, mas realmente percebem: “Isso não pertence a mim. Nada disso é meu.” E vocês podem passar a aceitar essas coisas sem que elas precisem atormentá-los. Vocês não têm que lutar contra essas energias e a sua sensibilidade. De repente, elas passam direto por vocês e é assim: “Ah, estou consciente de que elas estão lá. Estou consciente de que a energia dos outros pode, às vezes, ser muito terrível. Estou consciente, mas ela não pertence mais a mim. Não é minha.”


Então, vocês percebem, depois disso, vejam bem, que, de vez em quando, talvez sintam falta do drama, e o drama é meio divertido, às vezes, de vez em quanto. Vocês talvez percebam isso e digam: “Estou realmente sentindo falta de um bom drama.” Tipo, se vocês estiverem controlando o que comem – coisa que não deveriam fazer, mas se estiverem controlando o que comem –, vai ser assim: “Ah, só uma pizza. Dois meses que não como. Só uma pizza!” [Algumas risadas] Por que – não entendo – os humanos de qualquer lugar do mundo suplicam por pizza e batata frita? [Mais risadas] Eles adoram. Mas, de repente, vocês percebem: “Ah, eu posso comer pizza. Posso entrar no drama e brincar com isso um pouco.” Mas, enquanto Mestre, vocês percebem: “Estou só brincando com isso por divertimento e pela experiência, mas não tem a ver comigo.”


Assim, se houver algo especial com relação a vocês estarem emergindo, é que se sentirão um pouquinho mais distantes das outras pessoas, da consciência de massa, por um tempo, e isso é bom. Isso é bom. Vejam, na verdade, tem levado muito, muito tempo pra chegar lá. Em outras palavras, vocês realmente gastaram existências se sentindo como forasteiros, existências se sentindo que até a família biológica de vocês não era realmente a de vocês. Vejam, quantos se perguntaram se não eram adotados? Quantos desejaram que tivessem sido adotados? [Algumas risadas] Mas foram existências sentindo essa energia “forasteira”. E, vejam, um dos maiores desafios que Tobias enfrentou ao trabalhar com vocês foi fazer com que vocês parassem de tentar se enquadrar. Não dá certo. Vocês não vão conseguir. Mas vocês tentaram assim mesmo, fazendo muitas coisas diferentes. Ah, quantos casamentos por aí não são vocês tentando se enquadrar e ser uma pessoa normal? E não deu certo. E agora eu acho que vocês podem aceitar isso a esta altura. Vocês podem deixar isso ir.


Então, haverá um pouco mais de um certo mal-estar por ficar com outras pessoas, por ficar na energia da consciência de massa, mas depois isso vai se abrandar – realmente se abrandar –, e não estamos falando de 20 anos pra isso acontecer. Num período de tempo muito curto, isso se abranda e vocês passam a sentir tamanha aceitação pelos outros, sem sentirem pesar por elas. Passam a sentir o humor, sem rirem na cara delas. Passam a sentir humor. Primeiro, mesmo inicialmente, alguns de vocês vão dizer: “Ah, eu queria pegar essas pessoas, sacudi-las e dizer que o fundamental é permitir e respirar. Isso é que é fundamental. [Algumas risadas] E, então, vocês vão sorrir pra si mesmos e perceber que isso não faria nenhum bem. Elas estão na jornada delas. Quando estiverem prontas, se um dia estiverem prontas, elas virão até vocês ou até alguém como vocês e, ah, nos piores momentos, nos momentos mais desesperadores, na escuridão mais pesada, quando tudo na vida delas estiver desmoronando – vocês sabem como é –, elas virão até vocês e perguntarão: “O que é isso? O que é isso? Eu vi essa mudança ocorrer na sua vida, o que você fez? Foi uma água sagrada que você bebeu?” [Adamus ri.] “Ou foi uma música sagrada que você escutou?” Vocês sabem como é.


E, então, vocês param, respiram fundo e percebem que é realmente muito simples. Vocês vão olhar pra trás, para a própria jornada, e ela é realmente muito simples. Mas vocês a tornaram complexa. É realmente linda, mas vocês sempre olharam para o lado sombrio da sua Realização ou do caminho para a Realização.


E isso é meio engraçado, porque... trabalhar com vocês é assim, às vezes, particularmente quando Tobias trabalhou com vocês. Ah! Era uma queda de braço diária. E o abuso infligido a nós dois, as palavras com que nos xingavam, além da raiva, da intolerância e... Mas nós respiramos bem fundo e sorrimos, porque sabíamos que vocês chegariam aqui. É uma jornada natural. Sabíamos que vocês chegariam neste ponto. Eu continuava repetindo as coisas indefinidamente. Eu repetia as coisas que Tobias dizia por anos a fio. E repetia: “E e Permitir. E e Permitir.” Agora, enfim, está acontecendo. Estamos aqui, Emergindo.


Vai ser interessante. Em nossos encontros, nossos Shouds, quando nos reunimos assim, vai haver uma certa reviravolta, porque não se tratará de ficar tentando arrancar as velhas questões de vocês, mas será sobre... bem, é um novo jeito de viver, o modo como vocês estão fazendo a coisa, o que está acontecendo. E ainda terá um resíduo do passado. Ainda haverá momentos em que a sedução, a gravidade, vai tentar puxá-los de volta para essas velhas maneiras. Vejam, não vamos combater isso. Vamos apenas observar isso com grande sabedoria e humor.


Sabedoria e humor eu diria que é pra onde vamos, na Série Emergindo. Essas são qualidades que Kuthumi tem – sabedoria e humor. Se vocês pudessem imaginar um instante a vida de vocês mais adiante, com sabedoria e humor... e a energia servindo vocês, mas com sabedoria e humor... que ótima maneira de se viver. Ser sábio e engraçado, ao mesmo tempo. Muito impressionante.


Assim, tudo isso está acontecendo. É incrível. Parece tão... às vezes, alguns de vocês acham que está acontecendo rápido demais. Tudo isso acontecendo enquanto o planeta está mudando. Vejam, eu falo sobre as mudanças planetárias... outros falam bem mais sobre isso do que eu, mas eu falo sobre as mudanças planetárias no nível da consciência humana, no planeta, no nível verde do planeta. Muitas pessoas ainda negam – elas negam –, não as Shaumbra necessariamente, mas as pessoas em geral, elas negam o que está acontecendo. Elas não querem que essas mudanças ocorram. As mudanças estão em toda a volta, estão acontecendo todos os dias e estão acontecendo cada vez mais rápido. Muitas pessoas meio que se escondem em suas conchas, em seus lares, em seus trabalhos, em suas velhas maneiras. Não querem que as coisas mudem. Querem que as coisas permaneçam como eram. Que fiquem talvez só um pouco mais fáceis, um pouco melhores, mas basicamente iguais. E isso é impossível. Muitos vão ignorar todas as mudanças que estão acontecendo no mundo, que estão ocorrendo mais rapidamente do que nunca, do que jamais estiveram.


Pode-se ter a tendência, uma vez ou outra, de não se querer as mudanças no planeta, de manter tudo como era. Mas não vai ser assim. Não vai ser algo ruim nem vai ser algo bom. Vai apenas ser. É só algo mudando.


A questão é que vocês passaram por todas essas mudanças. Vocês realmente conduziram a consciência para muitas dessas mudanças. Agora, isso está acontecendo no mundo, e logo as pessoas vão ter que realmente acordar e perceber que o mundo que elas conheciam, o mundo em que passaram tantas existências de experiência, ele está mudando rapidamente. Não só porque Gaia está partindo, mas por causa da tecnologia. E, mais do que isso, pela consciência das pessoas. É isso realmente que está mudando as coisas, a consciência das pessoas. O que realmente vai mudar o planeta são pessoas como vocês que estão escolhendo ficar aqui encarnadas, realizadas, sem saírem por aí pregando, tentando converter os outros, sem pegarem bicicletas e ficarem batendo de porta em porta, mas simplesmente estando em sua radiância. É isso, simplesmente estando em sua radiância. É isso que está causando mais mudanças.


Vejam, falei sobre isso muitos anos atrás no que chamam de Salto Quântico (Quantum Leap). Falei sobre todas as mudanças ocorrendo no planeta na medicina, na tecnologia, nas finanças, na indústria manufatureira, na energia, em tudo, e é tudo por causa da consciência. Não estaria acontecendo se não fosse pela consciência, não apenas de vocês, mas de muitos humanos pelo planeta.


Assim, vamos respirar bem fundo com isso.


Vamos entrar na Série Emergindo. Eu gostaria que o vídeo de abertura fosse bem bonito. A Série Emergindo é o que estamos fazendo. É o que estamos fazendo.


E foi preciso uma boa faxina na casa também. Tivemos que nos manter focados. Os que iam realmente, realmente, realmente permitir sua Realização encarnada tiveram meio que enxotar os outros, porque eles... bem, serei muito sincero aqui. Eles estavam só se aproveitando da energia. Estavam na aba do trabalho e da dedicação que vocês têm aqui. Estavam tentando se aproveitar das energias, e tivemos que pedir que fossem embora; e eles foram. Então, agora, nos próximos anos, vocês, outros Shaumbra, eu, nós vamos ficar muito... focados não é bem a palavra certa... Nós vamos entrar muito na experiência. Haverá clareza sobre o que estamos fazendo nos próximos anos. Depois disso, observem. Vai ser um jogo totalmente diferente por aqui. Nos próximos anos, vamos ter esse grupo estreito, unido, com muita clareza sobre o que estamos fazendo e o que estamos vivenciando. Ótimo.


Respirem bem fundo com isso.


Sabedoria dos Shaumbra

Agora, Linda no microfone, por favor, porque, bem, é uma das minhas coisas prediletas. É aquela hora em que temos a Sabedoria dos Shaumbra. Linda no microfone, por favor.
Leia no lnk  abaixo a mensagem completa

com as Perguntas e Respostas:

http://www.decoracaoacoracao.blog.br/2018/07/adamus-serie-das-asas-...

***
Gratidão, Paz, Luz!

Exibições: 725

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Dulce Varela em 16 novembro 2018 às 20:34

Boas noticias! Gratidão Arcanjo Miguel, PAZ, AMOR E LUZ A TODOS.

OBRIGADA.

Comentário de angela tavares de castro em 29 julho 2018 às 13:01

Gratidão!

Comentário de maria cristina garmatter em 22 julho 2018 às 15:56

Ótimo, adorei ler todos estes parágrafos e todas estas mudanças acontecendo.

Gratidão a Mestre Adamus.

Comentário de Alodir de Oliveira em 21 julho 2018 às 20:35

MUITA  GRATIDÃO  ..   MUITO   AMOR  ,MUITA PAZ  E  MUITA  LUZ...

Comentário de João em 19 julho 2018 às 18:49

Grato :)

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço