Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

http://www.encontroespiritual.org/bngsm_umvislumbre.html
Nove Postulados Básicos – Mestre Tibetano Alice Bailey
A Humanidade não segue um curso casual ou desconhecido – há um Plano.
A Humanidade determina a marcha de sua própria evolução e o cumprimento de seu próprio destino no Plano.
O sucesso do Plano depende da inteligente cooperação de todos os homens e mulheres de boa vontade em qualquer lugar do mundo.
Pessoas de boa vontade que cooperam fazem parte do Novo Grupo de Servidores do Mundo, que está trabalhando para implementar o Plano.
Os líderes do Novo Grupo de Servidores do Mundo são aqueles que iniciam e realizam atividades que beneficiam a humanidade como um todo. Esses líderes são conhecidos por suas qualidades de inofensivos, construtivos e inclusivos. Eles provêem a visão e moldam a opinião pública.
Por trás desses líderes e pessoas de boa vontade e cooperadoras estão os Guardiões do Plano, “o Governo espiritual interno do Planeta”.
Os membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo são encontrados em todo partido político e em todas as religiões. Eles representam uma atitude mental.
Trabalhando em todos os principais campos da atividade humana e em todos os países do mundo, o Novo Grupo de Servidores do Mundo age como um fator sintetizador no seio da humanidade e estabelece as bases para as corretas relações humanas e a unidade mundial essencial.
O Novo Grupo de Servidores do Mundo necessita de um maior reconhecimento, cooperação e suporte no seu trabalho para a humanidade. Cada um de nós pode compartilhar da ação do Novo Grupo de Servidores do Mundo na construção do Plano.
Início
O Novo Grupo de Servidores do Mundo - Introdução
Ter conhecimento do Novo Grupo de Servidores do Mundo e a compreensão da sua função são necessários para os discípulos em treinamento porque todos discípulos, não importa qual seu raio e tipo de serviço, são membros do Novo Grupo mesmo se eles estiverem ou não cientes disto na sua consciência. O Novo Grupo de Servidores do Mundo veio à existência como resultado da bem sucedida fusão e a mais estreita inter-relação de todos os pontos focais de recepção e distribuição de energia que chamamos “os Ashrams dos Mestres”. A alma do relacionamento dos membros dos Ashrams e daqueles em treinamento para sê-lo se transformou assim num propósito e intenção fundidos e unidos, com um conseqüente efeito na habilidade da Hierarquia para estimular e imprimir o Plano na consciência grupal de milhares de discípulos e servidores em todo o mundo. Também resultou no aumento da capacidade na parte individual e unidades grupais dentro do grupo maior para perceber a visão com clareza e implementá-la com habilidade.
No “Destino das Nações” (pág. 20) nos é dito que: “Este grupo foi escolhido pela Hierarquia como seu principal canal de expressão. Tal grupo, composto como é, de todos os discípulos mundiais e de todos os iniciados ativos, encontra seus representantes em todos os grupos de idealistas e servidores em todos os agrupamentos de pessoas que expressam o pensamento humano, particularmente no reino do aperfeiçoamento e da elevação humanos.”
Somos também informados que na medida que a era Aquariana for se desenvolvendo, com sua ênfase sobre o serviço e o valor do trabalho grupal, o Novo Grupo de Servidores do Mundo se tornará o principal campo de treinamento bem como o campo de expressão de serviço para os discípulos mundiais.
O núcleo interno do Novo Grupo é composto de conhecedores conscientes do Plano e de discípulos iniciados da Hierarquia. Outros agrupamentos, dentro do grupo maior, incluem aqueles em diferentes níveis do discipulado e os homens e mulheres de boa vontade. A consciência de todos discípulos em treinamento para ocupar seus lugares no trabalho do Ashram, expandirá oportunamente até identificar-se com este grupo graduado de servidores. Daí o valor e a necessidade para o aspirante e estudante esoterista entender, nas primeiras etapas do seu treinamento, que ele é parte do Novo Grupo de Servidores do Mundo e que experimentará, na consciência, esta relação e identificação.
Início
O Novo Grupo de Servidores do Mundo - Quem São Eles?
Fora da confusão de idéias, crenças e sistemas no mundo – política, econômica, social e religiosa – dois padrões emergentes podem ser reconhecidos. Primeiro, aquelas pessoas que, aderindo aos métodos reacionários de encontrar e expressar a verdade, preferem obedecer a autoridade da pureza do pensamento e a auto-imposição da guia de suas próprias almas.
Segundo, aqueles que, embora afirmem as verdades essenciais por meio das quais a humanidade tem evoluído, são sensíveis à impressão da alma e reconhecem que as respostas à necessidade humana e ao desenvolvimento espiritual são os fatores determinantes que conduzirão a humanidade à nova era de paz e abundância. Esses são o Novo Grupo de Servidores do Mundo cuja expressão externa são os homens e as mulheres de boa vontade. Eles não pertencem a nenhuma raça, cor ou credo e entendem que a separatividade, e métodos competitivos causam conflitos e impedem o estabelecimento de corretas relações humanas.
O Novo Grupo de Servidores do Mundo não é uma organização. Não tem escritório central, nem presidente, nem funcionários ou membros. Tem apenas servidores da humanidade em todos os países, ocupados na tarefa de descobrir e ajudar todos os homens e mulheres de boa vontade.
Cada homem e mulher em cada país estão trabalhando para sanar as brechas entre pessoas, em evocar o senso de fraternidade, em estimular o senso de mútua inter-relação e interdependência, e aquele que não vê barreiras raciais, nacionais ou religiosas, é parte do Novo Grupo de Servidores do Mundo, mesmo que nunca tenha ouvido nada sobre seu nome.
Os membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo são procedentes de todos os campos da atividade humana. Eles são encontrados entre os artesões, operários, no lar e nas frentes de trabalho. Há cientistas que, mesmo repudiando violentamente o que não foi comprovado, estão dando tudo que têm de habilidade e de conhecimento científico a serviço da humanidade – cada um no seu específico campo científico; há homens de finanças que respeitam o dinheiro como uma responsabilidade para ser sabiamente distribuída a serviço dos outros; há educadores, preocupados com sábias formulações do conhecimento e com um enciclopédico entendimento de resguardo da Sabedoria das idades, com as quais buscam prover a geração mais jovem a viver bela, construtiva e criativamente; há os sacerdotes e líderes religiosos. Em todos eles é encontrado o espírito de luz e eles amam inteligentemente as outras pessoas.
Esses servidores do mundo são os homens e mulheres que têm uma visão internacional, que de nenhuma maneira interferem na boa cidadania no país que reivindica a lealdade deles e que de nenhuma maneira militam contra a ativa participação deles na fé religiosa que os atrai e que exige o serviço deles. Eles são encontrados trabalhando hoje em cada país do mundo e em muitas organizações – religiosas, políticas, científicas. Também e acima de tudo eles são distinguidos por sua habilidade de trabalhar juntos de linhas construtivas.
Esses trabalhadores enfatizam os pontos de ligação e não os pontos de discórdia. Não estimulam nenhum sectarismo e trabalham para o fim do ódio racial e das várias distinções de classe. Chamam a atenção para o bom e verdadeiro e anunciam os princípios do entendimento fraternal, a boa vontade comum e a paternidade de Deus, na qual toda irmandade tem de ser baseada. Eles representam uma atitude mental.
Quando ativos no campo da política internacional, não esquecem que cada nação tem algo de valor a contribuir para a família de nações; a idéia governando suas atividades é então serviço mundial. Quando ativos no campo religioso, sanam diferenças e reconhecem a universalidade da verdade. Não atacam nenhum povo, classe ou sistema, e sob nenhuma circunstância, nunca condenam ou criticam nenhuma raça ou nação. Desse modo eles buscam hoje a base do entendimento internacional que trará um mundo de paz e assinalam que a relação espiritual com Deus e com cada um trará fim às nossas diferenças religiosas.
Os membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo não são, no entanto, um grupo de místicos sem sentido prático. Sabem perfeitamente o que procuram fazer, e os seus planos traçados de modo tal que – sem prejudicar situação alguma existente – estão descobrindo e reunindo os homens e mulheres de boa vontade em todo o mundo. Sua única exigência é que essas pessoas de boa vontade se mantenham juntas em completa compreensão e constituam, assim, um corpo lentamente crescente, cujo interesse é demonstrado em favor da humanidade e não primariamente no interesse do seu próprio ambiente imediato. O seu interesse pelo bem geral não impedirá no entanto que sejam bons cidadãos do país onde o destino os colocou. Conformar-se-ão e aceitarão a situação na qual se encontram, mas (nesta situação e sob as regras governamentais e religiosas) trabalharão para a boa vontade, para a destruição de barreiras, e para a paz mundial. Evitarão qualquer ataque a regimes existentes e personalidades; cumprirão as leis dos países em que vivem, cultivarão o espírito de cooperação, utilizando toda oportunidade para realçar a fraternidade das nações, a unidade da fé e a interdependência econômica.
Estas são largas generalizações que governam a conduta de pessoas de boa vontade que cooperam no e com o trabalho sendo feito pelo Novo Grupo de Servidores do Mundo. Podem ser vistas como a corporificação do emergente reino de Deus na Terra, mas deve ser lembrado que este reino não é um reino Cristão ou um reino terreno. É o agrupamento de todos aqueles que – pertencendo a qualquer religião mundial e a qualquer nação, raça e partido político – estão livres do espírito de ódio e de separatividade, e buscam ver corretas condições estabelecidas na Terra por meio da mútua boa vontade entre todas as pessoas em qualquer lugar do mundo.
Início
Um Vislumbre do Planejamento Hierárquico
No “Tratado sobre Magia Branca” esbocei um dos primeiros passos feitos pela Hierarquia no trabalho de inaugurar o novo Plano. Este Plano foi formulado como tentativa em 1900, numa das grandes reuniões trimestrais da Hierarquia. Na seguinte grande reunião de cooperação, em 1925, o novo Plano foi discutido detalhadamente, certas mudanças necessárias (como conseqüência da Guerra Mundial) foram negociadas, e os membros deste importante Conselho determinaram duas coisas:
Primeiro, que haveria um esforço unido de todos os membros da Hierarquia planetária por um período de vários anos (isto é, até 1950) para se conseguir certos resultados definitivos, e que durante esse tempo a atenção dos Grandes Seres seria direcionada para uma definitiva atenção a fim de expandir a consciência da humanidade e instituir uma espécie de processo forçado, e assim, a perspectiva de expansão do pensamento humano seria tremendamente alargada, sua fé, confiança e conhecimento igualmente aumentados e reforçados. Foi decidido que certas áreas de dúvidas seriam esclarecidas.
Segundo, foi determinado unir mais estreita e subjetivamente os discípulos avançados, aspirantes e trabalhadores no mundo. Para este fim, todos os Mestres puseram Seus grupos pessoais de discípulos em contato uns com os outros subjetivamente, intuitivamente e algumas vezes telepaticamente. Assim o Novo Grupo de Servidores do Mundo veio à existência.
Portanto, em vez de sete grupos de trabalhadores no mundo, todos absorvidos com atividades ao longo das sete maiores linhas de força – seu lugar no esquema determinado pelo seu raio – os Mestres, Seus discípulos e os principiantes em prova agruparam-Se em três divisões principais para que os departamentos da evolução humana, política, religiosa e educacional, pudessem ser adequadamente servidos.
Ao mesmo tempo Eles organizaram o grupo intermediário dos Servidores do Mundo que agiriam como meio de ligação, intérpretes e intermediários entre o interior ativo da Hierarquia e os pensadores do mundo e também serviriam como agentes em cada país e em cada grupo.
Assim todos grupos que estavam animados por algum desejo de servir e que eram (apesar de erros na técnica e método) de alguma utilidade para os seus semelhantes, foram arrastados pela corrente de estímulo espiritual com a intenção de aumentar a sua eficiência. Como um todo, os grupos que estavam cristalizados e sectários não responderam, mas em todos eles, mesmo entre os mais apáticos, foram encontrados alguns que responderam ao novo impulso.
O principal objetivo foi o estabelecimento de um estado mental e não o estabelecimento de uma utopia mística e impossível, ou dessas condições materiais nas quais um grupo é inteiramente subordinado pelo amor ao poder de outro grupo que força uma condição padronizada e uniforme por meio do uso de uma forma ou outra de poder. O trabalho indicado e proposto ao Novo Grupo de Servidores do Mundo consiste em enunciar os princípios de relações nacionais que se tornem a base dum estado ou federação mundial, e que as suas instruções sejam ouvidas pelos chefes dos vários países e assim vagarosa e gradualmente despertar as massas (por intermédio deles) para o verdadeiro significado desta tão facilmente falada, mas pouco compreendida, palavra Fraternidade. (Psicologia Esotérica Vol I, pág. 171-173)
Início
A Tarefa de Inaugurar a Nova Ordem Mundial
O Novo Grupo de Servidores do Mundo está ocupado com a tarefa de inaugurar a nova ordem mundial, com a formação em todo o mundo – em cada nação, cidade e vila – de um agrupamento de pessoas que se baseiam na divindade essencial do homem; seu programa está fundamentado na boa vontade porque é uma característica humana fundamental.
Vejamos por um momento o panorama mundial tal como começa a ser reconhecido presentemente (1941) pelo observador inteligente dos assuntos mundiais. Nada do que é dito aqui deve ser considerado como crítica, porque isso seria infringir uma das regras básicas do Novo Grupo de Servidores do Mundo, o que seria inconcebível. Por conseguinte, não mencionaremos grupos, nações ou partidos especificamente; nem faremos referência a qualquer personalidade em particular. Só nos interessa um assunto: a introdução da nova ordem mundial. Para fazê-lo devemos reconhecer a situação tal como se apresenta. Ocupamo-nos da formação deste novo partido que reunirá nas suas fileiras todos os homens de paz e boa vontade, sem interferir nas suas fidelidades e esforços específicos, embora provavelmente modifiquemos seus métodos consideravelmente, quando baseados na velha ordem. Este novo partido pode ser visto como que personificando o emergente Reino de Deus na Terra, mas é preciso recordar que este reino não é um reino cristão, nem um governo terrestre. É um agrupamento de todos aqueles que – pertencendo a cada uma das religiões do mundo e a cada nação e tipo de partido político – estão livres do ódio e separatividade e procuram ver estabelecidas na Terra corretas condições por meio de mútua boa vontade.
Os povos do mundo estão divididos atualmente em quatro grupos, segundo o ponto de vista Daqueles Que procuram guiar a humanidade para a Nova Era. Esta é certamente uma ampla generalização e há muitos grupos intermediários entre as quatro grandes divisões:
Primeiro, as massas ignorantes...
Segundo, a chamada classe média, com os seus níveis superior e inferior...
Terceiro, os pensadores do mundo...
Quarto, o Novo Grupo de Servidores do Mundo...
Estas são as pessoas que estão começando a formar uma nova ordem social no mundo. Não pertencem a nenhum partido ou governo, no sentido partidário. Reconhecem todos os partidos, todos os credos e todas as organizações sociais e econômicas.
Os servidores da Hierarquia espiritual e os discípulos do mundo são encontrados em todas as nações; são leais à ideologia nacional ou tendência política do pensamento ou governo; os membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo adotam toda crença política e reconhecem a autoridade de toda religião. Homens e mulheres de boa vontade podem ser encontrados funcionando em todo grupo, não importando qual sua ideologia, credo ou fé. A Hierarquia não busca colaboradores numa determinada escola de pensamento, credo político ou governo. Encontra-os em todos e coopera com todos. Tenho freqüentemente dito isto, embora vocês encontrem dificuldades em aceitá-lo, pois muitos de vocês estão convencidos que a sua crença peculiar e sua particular aceitação da verdade é indubitavelmente a melhor e a mais verdadeira. Pode ser para vocês, mas não para seu irmão de outra convicção, nação ou religião.
Por isso, como bem sabem, encontramos membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo disseminados por toda parte. São os únicos agentes que a Hierarquia decidiu utilizar neste momento e a eles confiou a tarefa de fazer as seguintes coisas:
1 – Restaurar o equilíbrio mundial por meio da compreensão e da boa vontade.
2 – Levar harmonia e unidade aos homens e às nações pela revelação da boa vontade generalizada em toda parte.
3 – Precipitar o Reino de Deus na Terra, por meio da percepção espiritual e da correta interpretação.
Esta é uma tarefa gigantesca mas não impossível, desde que haja aspiração e sacrifício unidos e inter-relação de três grupos:
1 – A Hierarquia planetária, que é a Hierarquia espiritual, chamada no ocidente o Reino de Deus.
2 – O Novo Grupo de Servidores do Mundo ou os discípulos e aspirantes e os intelectuais espirituais do mundo.
3 – Os homens e mulheres de boa vontade encontrados em toda parte.
O Novo Grupo de Servidores do Mundo proporciona o canal através do qual o poder de Deus, focalizado na Fraternidade Planetária, pode fluir e esse poder NÃO está destinado (como é necessário, às vezes, segundo o plano evolutivo) a ser destrutivo. As forças destruidoras do planeta estão realizando o seu trabalho necessário e dirigido, mas os efeitos devem ser contrabalançados e compensados pelo trabalho dos Servidores do Mundo. O poder a ser liberado pode curar, e curará, as feridas da humanidade e unirá todos os homens numa síntese planificada.
Os trabalhadores no mundo interno e os discípulos responsáveis pela aplicação do Plano fizeram grandes esforços para alcançar e estimular o Novo Grupo de Servidores do Mundo. E conseguiram. Um tal sucesso não depende de maneira alguma do reconhecimento da Hierarquia por parte dos Servidores. Quando este reconhecimento existe, constitui uma ajuda, mas está dependente da receptividade à impressão espiritual, o que significa responder às novas idéias que expressam o espírito de fusão, de síntese, de compreensão e boa vontade cooperadora. Procurem estas pessoas e trabalhem com elas. Não adotem a atitude tão corrente de que elas têm que trabalhar com vocês. Compete a nós, que talvez conheçamos um pouco mais o Plano, realizar a aproximação, compete a nós evidenciar compreensão inteligente e dar o exemplo necessário, subordinando as nossas próprias idéias e desejos ao bem do todo. (Extratos do Cap. III de Psicologia Esotérica, Vol II)
Início

Exibições: 18

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de dharma dhannyá em 10 novembro 2009 às 19:44

Comentário de dharma dhannyá em 10 novembro 2009 às 9:49
querida amiga, minhas meditações estão centradas na flor acima da minha cabeça ou seja onde estão os átomos permanentes e outros... memoria divina de Deus ... é um longo tema que tenho estudado, mas medito um sol acima da minha cabeça útero da Divina Presença, que guarda dentro de si o antakarama cósmico, e dele flui uma luz para o segundo sol, alma que flui para a flor logoica, e ai um outro sol fui deste para o centro da cabeça, e ilumina minha mente e minha cabeça, então circula pelos chakras visão... desce até o basico, circula na coluna e retorna e ilumina meu corpo de luz, e nesta tempo posso sentir a Divina Presença sinto o amor de Deus sinto e emano o amor do meu coração para a Unida de. beijos é só depois falo mais...
a flor pulsa e pulsa abrindo suas pétalas amarelo interna rosa e azul.. Eu imagino... Um abraço. dhannya
Comentário de dharma dhannyá em 10 novembro 2009 às 9:44

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço