Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

     NOTAS:

       Não é nossa pretensão assustar ninguém mas apenas alertar melhor a todos de que os Abismos infernais existem mesmo. Embora acreditemos que ninguém que anda neste blogue lá mereça cair − mas aqui estamos a esclarecer melhor −, ai daqueles que viverem a vida depravada, viciada, corrupta e criminosa!... Nem sabem nem sonham os horrores dementores que os aguardam, além da morte!...

       Já na Itália, o florentino Dante Alighieri (1265-1321) tinha feito a viagem astral consciente e, em desdobramento, conduzido por um Instrutor espiritual (Virgílio), tinha ido ao Além, aos mundos infernais (Astral Inferior ou Baixo Astral) assim como ao Astral Médio e ao Superior), perfeitamente consciente, sem perder a recordação quando acordou do denominado «sono psíquico».  A sua obra literária, dividida em três partes fundamentais, o Inferno, o Purgatório e o Paraíso, ficou conhecida por Divina Comédia e foi uma obra épica referencial em toda a Idade Média.

       Também existe a tradição da Igreja que afirma que Sta. Teresinha foi ao Inferno em vida. Hoje há muita gente a fazer a viagem astral consciente, e alguns destes (bem poucos) a verem com os próprios olhos (de visu), mas não da carne, esses mundos de supremo horror e sofrimento inominável. Todavia, para se entrar nos Abismos mais tétricos e pavorosos dos Submundos astralinos, é preciso ser-se muito criminoso ou muito Santo − diz-se nos meios do Ocultismo sagrado −, uns, respectivamente, por afinidade vibratória da perversão e outros, pela Pureza superior que já não se deixa contaminar nem perturbar quando estudam as Regiões obscuras, cavernosas, trevosas e horripilantes do Astral Inferior, onde todos os mais inimagináveis e agónicos sofrimentos e sinistros pavores existem e se configuram na vida supinamente desgraçada e infeliz dos que lá caem.

     NO TEXTO NARRATIVO DA VISÃO DO INFERNO, DE STA. FAUSTINA, PODE LER-SE:

      «O pecador deve saber que será torturado por toda a eternidade...». E nós acrescentámos: (melhor: para muito tempo). Porquê? Sabemos perfeitamente, porque estudámos latim, que esse conceito de «por ou para toda a eternidade» é oriundo de uma má interpretação bíblica, devido à deficitária compreensão dos tradutores sobre as expressões idiomáticas latinas da Roma imperial, onde o termo latino "aeternitas/atis" significava «por um longo período» ou «por muito tempo» e não «para sempre».

        Quando em latim se pretendia referir o «para sempre», «para todo o sempre» ou «eternamente», os povos latinos usavam a expressão "sempiternus/a/um", que se pode traduzir também, em português, por «sempiterno», «perpétuo», «sem princípio nem fim», «eterno», «de tempo ilimitado» (ou, melhor, nulo).

       O fogo do Inferno «eterno» é um conceito impreciso de intemporalidade que não é verdadeiramente real, e é originário dos maiorais (chefões) das Trevas, que, no Baixo Astral, tentam convencer as almas em penar de que estão irremediável e eternamente perdidas e condenadas, para fazê-las desesperar. Mas tal é apenas uma mentira da perversidade, pois a condenação eterna não existe para ninguém, porque os que caem nos Abismos tétricos sairão de lá, algum dia, para novas oportunidades de evolução, de aprendizado e de emenda... rumo à Perfeição divina.

       Quando Dante Alighieri visitou esses Submundos infernais, viu lá letreiros, postos pelos maiorais trevosos e diabólicos, que afirmavam: “Lasciate ogni speranza, voi ch'entrate!” − «Deixai toda a esperança, ó vós que entrais!» − Inferno, III, 9, exactamente para convencer os desgraçados em sofrimento que jamais terão perdão de Deus.

       Pena é que a Igreja não tenha compreendido isto e continue a meter medo com o «fogo eterno» do Inferno aos "pobres pecadores"... Mas quem dentre nós condenaria um filho a um sofrimento eterno, sem remissão e oportunidade de se emendar e converter? Nenhum de nós seria tão justiceiro e carrasco dos infelizes. E Deus não é um Pai de muito maior Amor, Bondade e Perdão?... Só está à espera que nos emendemos todos, de vida para vida, ao longo dos milénios, e nos convertamos ao Bem, para a nossa glorificação eterna − esta sim, eterna!...

     * Para maiores detalhes sobre esses mundos inferiores do Astral e também sobre os Mundos de Luz celestial...

     QUEIRAM LER EM:

           http://aquariusidadedeouro.blogspot.pt/

           02: A "Desencarnação da Alma"

          19: Os Sete Mundos Espirituais

          03: Vida Além-Provas Científicas

 

     PAZ PROFUNDA!...

     P.A.I. − Paz, Amor, Iluminação!...

     PROF. ASTROPHYL, J.F.S., um Sábio de Portugal. 

Exibições: 130

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço