Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Comentários de Marcia Macedo da Silva

Caixa de Recados (20 comentários)

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Às 16:26 em 11 janeiro 2011, Juliana Tiemi Marushita disse...

Boa tarde

Gostaria de compartilhar estes videos.

Assista a este video sobre o caminho do Homem rumo à Luz  http://www.youtube.com/watch?v=f2-29aQTZRw&feature=related

 

Assista a este vídeo e saiba mais sobre a grande energia que move o TODO.  http://www.youtube.com/watch?v=gJige_8g7tk

 

Beijos

Juliana

Às 15:53 em 8 novembro 2010, Verdade disse...

Parabéns hoje, felicidades sempre!!! Namasté.
Em 2:10pm on junho 24, 2010, Vilmar Farias Lautert deu para Marcia Macedo da Silva um presente...
Presente
Muito obrigado Marcia por sua amizade de LUZ. Bjs
Às 23:01 em 31 maio 2010, Gustavo Meyer disse...
Oi Marcia, sou novo por aqui. Criei um Grupo com o nome Vida Sem Segredos. Se te interessar dê uma olhada e me dê sua opinião. Se gostar, participe.
Obrigado. Abraço
Às 18:49 em 18 novembro 2009, MAURO DOMINGOS disse...


Querido irmão e irmã de jornada, todo meu carinho a você.

Venho lhe dizer para olhar para o Céu e vislumbrar o seu Lar em alguma estrela do infinito do UM.

Semente Estelar que você é, deixe-se conduzir pela beleza incomensurável da vastidão universal;

Interiorize e a REVELAÇÃO se fará em seu SER.......Fora do tempo e do espaço, sentirá a explosão silenciosa e revigorante de estar em harmonia e conectado com o TUDO O QUE È.

Perceba que é tempo de “ver” a magia que paira no ar.

O Amor norteia tudo...

A Lua sorri de lado...

O Sol te convida ao mergulho...

E as Estrelas...ahh as Estrelas.......elas clamam pelo seu retorno...

Chegou o momento derradeiro...

Simplesmente seja quem Você É...

A Fonte está em Você; Você está na Fonte...

Com amor e alegria,

Eu Sou Mauro Domingos.
Em 9:48pm on novembro 08, 2009, JOICE SOUSA MARTINS deu para Marcia Macedo da Silva um presente...
Presente
parabéns pelo teu aniversário.muita luz da joice.
Às 5:27 em 8 novembro 2009, Verdade disse...

Às 15:51 em 31 outubro 2009, Marcelo Rezende disse...

Às 16:10 em 17 outubro 2009, Marcelo Rezende disse...

Às 13:39 em 16 outubro 2009, Amigo dos Anjos(Fernando) disse...


Um convite especial para você.

Amigo dos Anjos(amigo_dos_anjos_144@hotmail.com)
Às 21:03 em 8 outubro 2009, MAURO DOMINGOS disse...


Boa noite Anjo de Luz.
Minha sincera gratidão a você por compartilhar comigo este momento da sua “ busca”.
Sinto-me como a criança na foto, apesar das adversidades(ilusões), o Amor, a Alegria e a GRATIDÃO preenchem todo meu SER.
Agradeço a todos os Seres de Luz que tutelam os nossos caminhos neste momento decisivo.
E agradeço a você, irmã e irmão de jornada.....agradeço por sua doação.....por sua atenção.....agradeço a você por fazer brilhar a Luz que Você É.
OBRIGADO.
Namastê.
Com Amor e Alegria,
Eu Sou Mauro Domingos.
Às 21:29 em 4 outubro 2009, Amigo dos Anjos(Fernando) disse...


O Educador Celeste, Jesus, o Cristo Ecumênico, nos ensina o conceito divino do Amor incondicional, do respeito às diversas crenças religiosas, do altruísmo, da fraternidade sem fronteiras, da solidariedade universal.

Tratado do Novo Mandamento de Jesus

Ensinou o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista: “Novo Mandamento vos dou: Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (...) O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos. E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos conceda. E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. (...) Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor".

(Reunido por Paiva Netto(www.paivanetto.com.br), consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; 15:12 a 17 e nono)

Quero oferecer ao seu coração a essência desta página, que para mim é a mais bela do mundo!
recadso para hoje

Excelentes mensagens você encontra aqui. Clique!


MSN e E-mail : fernando_s144@hotmail.com
amigo_dos_anjos_144@hotmail.com

(QUAL O SEU E-MAIL)

Um abraço fraternal Marcia

Amigos dos Anjos
Às 20:02 em 28 setembro 2009, Marilène Batista zunino disse...
Bem vinda querida amiga. Bjs iluminados
[b]Lembrei de você!
DoceRecado

Confira mais figuras de Boa Semana [link=http://www.scrapvirtual.com/imagens_boa-semana.html]Aqui[/link]


Recados imagens animadas http://www.scrapvirtual.com
Às 16:40 em 27 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Obrigada pela participação. Sua presença é muito importante em:
http://revistafroditequemquiser.ning.com/



CG ao lado dos profissionais de comunicação, Moisés (Operações) e o Fotojornalista e professor Alberi Pontes.

PROJEÇÃO, CONCEITOS E ENGRENAGENS NAS IDÉIAS DE CRISTINA GUEDES - UMA MULHER DE SUPERAÇÃO E ACESSO AOS LEITORES

by Aline Riedel


Não cabe aqui eu falar apenas sobre a vida de Cristina Guedes, porque até agora não encontrei nela o estereótipo de mulher com passado Colonial, como a grande maioria das autoras aqui do Sul e até algumas outras brasileiras que tentam escrever pelo país.

Perdoem-me as neoliberais de plantão, mas a visão dessa escritora e jornalista está além dos clichês, além até do mais comum, quando a sua grande esperança está em realçar essa emergência de conceitos novos sobre a relação homem-mulher. Eu seria muito pretensiosa e teria verdadeiras dificuldades com esses temas propostos por Cristina. Ou a complexidade da lógica me invadiria ou a falta de entendimento desses comportamentos do feminino de hoje me atrapalhariam na hora da análise.

No caso de Cristina Guedes isso é diferente. Ela faz um diagnóstico sistemático e ainda interpretando com sátiras os traços dessas mulheres desmanchadas pelas mazelas nacionais. Um avanço para que as elites das revistas femininas começassem a ver o foco atualizado dessa paraibana de argumento e resistência jornalística.

Aliás, querem mesmo saber, de vez em quando rolam umas piadinhas nas redações dizendo que a maioria das autoras do país só escrevem água com açúcar ou monólogos arrogantes que só a pedagogia das antigas Polyanas conseguiria ler junto às neo patricinhas do momento.

Tem até lógica isso para algumas. Mas Cristina Guedes sabe da divisão do seu cérebro e trabalha muito por uma restauração da identidade dessas meninas.

Não sei se vocês lembram de uma revista que mostrou no ano passado vários homens falando das contradições das atitudes femininas. No final, eles diziam que as mulheres amavam ser banalizadas como produtos e não conseguiam entendê-las quando elas reclamavam que não são apenas corpo, atraso e dívida do paraíso perdido. Se não me engano, eles debatiam o uso comercial das mulheres durante o carnaval.

Embates, conflitos e muitas lutas, homens e mulheres são diferentes, até a ciência já admitiu. Mas daí a dizer que mulheres são complicadas e difíceis de entender para o traçado do seu processo histórico é mais uma daquelas lendas que assombram muitas mulheres ainda: a famosa culpabilidade.

Pra derrubar esses mitos sinistros só reescrevendo a nova história da Mulher ou convidando uma Cristina Guedes pra andar com a gente como amiga e consultora. Quem me dera ela aqui de novo na marie claire!

Antigamente, pode até ser que fosse maluquice dos tampas da psicanálise. Porque tudo que se falava ou escrevia sobre a gente partia tão somente dos homens.

Portanto, eles tinham razão em dizer que não nos entendiam. Achavam que a mulher era assim uma fonte inesgotável de prazer, calor e muita passividade. E quando chegavam perto de uma dama, descobriam que era mesmo uma razão criadora. Como eram os meninos que mandavam mesmo na ebriedade de suas beldades românticas, pra que se esforçar em entender as pobres criaturas feminis?

Hoje em dia a coisa mudou. Obras sobre a educação dos sentimentos e a lógica feminina estão em todas as livrarias. Até as medrosas conversas sobre a sexualidade já avançaram no mercado e nas prateleiras.

Portanto, essa coisa de homem não entender a mulher é balela ou preguiça da turma. E como isso rende excelentes pautas para os nossos editores, fica difícil desfazer o mito da maçã. Né, Cristina?

E como consta no livro da nossa escritora, intitulado QUANDO RIEM AS MAÇÃS, ela nos pegou pelo humor junto aos nossos clichês que foram inteiramente reconceituados pela peculiaridade do seu olhar descritivo. A criativa Cristina seria uma cartunista de primeira linha se ela desenhasse com as suas tiradas textuais a sua irreverente mineira Ritinha.

Mas a própria Cristina já me falou em entrevista que acha ridícula essa história de que, pra saber lidar com as mulheres, os homens precisam de um manual de instrução, produção e procedimentos.

Ela me disse: “sinceramente, não me identifico em nada com a idéia antropológica e plantada pela Cultura de massa de que Mulher é tão especial quanto sagrada, não gosto quando escuto mulheres dizendo que somos seres mais sensíveis e que sofremos mais que os homens e por isso precisamos de maior compreensão.”

Eu realmente concordei com ela, essa coisa de dizer que só nós temos dotes místicos e somos as mais intuitivas do pedaço é conversa pra boi dormir.

Nada disso, tem muita mulher com as quais vocês não absorveriam essa idéia. Isso é o equívoco de uma cultura que tentou por séculos criar o medo nos homens sobre nós. Não concordo com isso, pois afasta os homens da essência do mistério que eles também possuem, é claro. Segundo Cristina isso é uma lenda que distancia e muito essa profunda identificação entre os seres.

Pois bem, suportar e animar os meandros da alma feminina é trabalho pra Hércules ou quem sabe, pra AFRODITE agora. Decifrá-las é trabalho inesgotável, minha gente.

Para entender o que eu digo, olhem os artigos de Cristina Guedes. Vocês leitores dos mundos mortais, por acaso, já viram alguma autora falar sobre mulheres e homens com tanta cortesia, simpatia e elegância. E pondo ainda o APARECER à serviço do SER. Apesar de todos viverem na época do TER.

Eu mesma nunca vi uma natureza destas por onde já percorri como leitora de periódicos. Lembro-me da época das Crônicas de Clarice Lispector que sempre adorei apesar das densidades clariceanas, mas Cristina Guedes é carimbada com um passaporte de outra natureza que ando tentando descobrir a cada dia e só vejo surpresas.

Desculpem as outras articulistas e colegas de profissão, mas essa mulher escreve como quem revela um jogo de xadrez. Lembrou-me muito os jogos analíticos de Isabel Aleende, mas tem hora que ela convoca o leitor para o simples e o fantástico de seus temas do cotidiano.

Deixem-me dizer que Cristina Guedes sabe argumentar sobre as criaturas humanas porque ela é uma baita poetisa e ela quase não fala sobre isso, e poesia é algo que é forte nela. Vi isso quando assisti a sua peça No Coração da Serpente, simplesmente uma bofetada na cara da hipocrisia. De onde ela tirou aquela personagem?

Agora eu não recebi toco e nem jabá para falar de Cristina Guedes e nem conhecia ela pessoalmente desde a hora da entrevista, mas tinha muito ouvido falar dela desde a época do Mulheres Emergente da mineira Tânia Diniz e visitei muitos dos seus poemas em sites e jornais.

O que eu sei dela tem sido uma descoberta sensacional para os enterros de outras mulheres que lia recentemente na internet para uma pesquisa particular e que agora não tenho mais como deixar de ler essa mulher semanalmente.

Isso tudo me passou pela cabeça quando fui conferindo e percebendo seu blog da AFRODITE QUEM QUISER. A idéia é que tudo está na sensibilidade e capacidade de enxergar as coisas de um ponto de vista filosófico-humorado e é o que me instigou a ler essa autora. Como eu a descobri? Primeiro no blog da marie claire e depois na revista Absoluta News do Ricardo Martins de POA.

Todavia, juntando o fantástico ao despojamento alegre com que ela fala da própria vida, e mais os traços de sua poética cotidiana com os quais ela retempera a boa prosa brasileira, percebe-se em Cristina Guedes que o bom dos seus artigos é a amizade particular e o respeito que ela tem pelos leitores.

A Cristina cronista é a mesma Cristina poeta e que também é a mesma Cristina jornalista que consegue trazer de volta alguns valores éticos para o leitor ao mesmo tempo em que preserva as características de uma deliciosa leitura.

Os temas podem ir a fundo, podem até ser prosaicos, mas a maneira de abordar sobre eles é que faz a diferença, e, sobretudo, para o bem das mulheres e dos homens inteligentes. Ainda vejo muito sentimento original em Cristina e até um convívio irreverente, social e sério que ela nos passa.

Em AFRODITE QUEM QUISER a vida está convidativa e é a preferência dos que querem continuar vivos e não serem rebaixados pelas recomendações fáceis da mídia. São uma mescla de crônica, resenhas, observação, engrenagem de palavras, otimismo e muita preservação da espécie humana.

Ficamos ligadas na hora e parece que ela está falando aquilo tudo com a gente. Pode até lembrar os sites de comunidades conselheiras das redes. Nada contra sua existência. Mas com Afrodite é diferentre.

Essa AFRODITE QUEM QUISER de Cristina Guedes é bastante diferente no contexto e na forma de expressar os valiosos conteúdos. É coragem, crítica e muita realidade.

Cristina ri do mundo e de si, mas com identidade e talento pra resgatar esquecidos valores, pois ela sabe que estamos na era da proximidade e da integração das coisas da vida. Afinal entre ser, ter e aparecer tudo pode acontecer. Mas a nossa autora prefere o tempo do SER que é agora e pra valer. Portanto, pra quem quiser AFRODITEM agora! Vamos ver.
Às 22:18 em 25 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá muito obrigada pela mensagem!

cristina guedes em seu programa AFRODITEQUEMQUISER.


das edições da Coluna AFRODITE QUEM QUISER

E assim transcorrerá nossos dias...numa troca incessante de oportunidades, destinadas a fundamentar neste espaço de Coluna, tomadas de posição mais tranqüilas e concentradas. Pois é assim que temos praticado nossas iniciações nesta praça de Anjos. É mais que um debate, mas um grande prazer filosófico que oferecemos a nós mesmos, mulheres e homens de alguma tribuna pacífica. O momento é este. Relembro que este espaço tem por objetivo limpar as camadas e camadas de poeiras dos séculos. Todos têm muita importância aqui. O desafio é estar presente e quando puderem acompanhem com excelente reflexão a minha coluna afroditequemquiser.

Abraços para todos!

Cristina Guedes
Editora



UM CAFÉ PARA A NOVA MULHER. Por Cristina Guedes


Fim da Idade Média, início da Renascença, lá se vai a sede de eternidade do feminino, enquanto a fome da carne toma o primeiro plano. Descobriam-se as curvas do Barroco, desejavam-se as curvas da anatomia feminina. E o importante para os artistas era retratar o aqui e o agora. Importância que teria talvez chegado até nós conservada se não fosse o intrometido do Romantismo medieval. Para os românticos a "nova mulher" daquela época era novamente distante, porém culta e insubstituível.

Hoje a nossa moda de revistas femininas em sua nova onda de descobertas quer mostrar o efêmero dessa mulher e a transitoriedade de todas as coisas. Compramos eletrodomésticos, bolsas, celulares, maquininhas, mas aceleramos nossa comunicação de massa e ainda substituímos filosofias aos ritmos das suposições desse feminino.

E como está o amor dessa "nova mulher"? No amor dela nós descobrimos o efêmero ou continuamos buscando o eterno? Pois é esse o âmago de ser ou não ser a questão.

Empurrada por muitos séculos para fora dos campos da Ciência, a mulher, ainda por cima, foi suplantada pelas ciências do coração. Ridicularizada em sua pretensão de querer ter acesso à verdade, ela teve ainda, por outro lado, que ceder lugar à política do masculino.

Mas resistiu para vencer seus males reais. E em se tratando de sua relação com o mundo, tudo foi para a mulher bem mais do que um jogo de espelhos. O sentimento dela tem, como tudo que é humano, sua evolução e sua história, que se assemelham sobremodo à evolução e à história de uma arte. E até hoje, na mulher, se sucedem destinos.

Mas o que queremos desse destino? Queremos mesmo reflexão? Então, romper para a nova mulher é mais angustiante do que a realidade do fato em si?

Muitas vezes não estamos interessadas em nós e temos até que pedir o encerramento das contas do medo. É natural deduzir que o que nos assusta não é exatamente a perda de um ente querido ou do amor, mas a perda em si...

Todavia precisamos perder essa opacidade que nos assusta. Ter em si nenhum eu é bastante complicado? Mas, diante das rupturas, cuidamos de valorizar o que já sabemos sem valor, tentamos nos convencer que as coisas consigam um dia melhorar, de que aquele amor tão sem jeito possa ser recuperado....Ao medo da perda, soma-se o medo de ter que recomeçar de novo.

Mas esquecemos de lembrar que a vida é recomeço sempre. Encerrar uma relação, minhas amigas, não significa ficar como a última da fila, desamparada e de lanterna na mão qual o mito de Diógenes....Significa reacender as esperanças e viver mais uma nova etapa de vida e emoções....

Sim, descobertas propícias, horizontes mais amplos, porque todos nós que habitamos este planeta estamos recebendo nossa iniciação no amor.

Claro, que muitos de nós já estudamos que o amor verdadeiro é desinteressado e livre do temor. Ele se irradia para o objetivo da afeição sem exigir qualquer retribuição. Sua satisfação profunda está no prazer de dar. Sim, o amor é Deus em manifestação e a mais poderosa força magnética curativa do universo.

Quase ninguém tem a menor idéia do que seja o verdadeiro amor. O ente humano é egoísta, tirânico ou receoso, perdendo assim as coisas que ama. O ciúme é o pior inimigo do amor, pois perturba a imaginação. E quanto mais cedo os casais re aprenderem a nova lição, mais depressa ficarão livres para o autoconhecimento.

E saibam, não é necessário o sofrimento para vocês se aperfeiçoarem, porque o que não deu certo em seus passados resultou de certas experiência necessárias das leis de evolução.

O espírito humano dispõe de grande autonomia para se curar, para acrescentar, pois ele vai descobrindo com o tempo que a Vida é regeneradora e ao mesmo tempo cheia de suprimentos. E toda doença e toda infelicidade provém da violação das leis do amor. As setas do ódio, ressentimentos e críticas que um ser pensa ou fala, voltam para ele, trazendo-lhe moléstias na alma.

Certas criaturas, muitas vezes, sentem remorsos por terem difamado alguém. Mas estes podem curar-se praticando um ato de bondade com outra pessoa. Agir e ver o existencial da outra pessoa.

A esse respeito, diz o apóstolo S.Paulo: "Mas uma coisa faço, esquecendo-me das coisas que ficam para trás, e avançando para as que estão adiante, prossigo em direção ao alvo."

Nesse processo, me vem a pergunta:

Para onde partiremos?

Para onde vamos com esse alvo?

Parece uma questão de lucidez porque para a área do amor convergem todas as emoções, todas as pressões sociais e familiares, as carências...

Há muito mais coisas envolvidas do que apenas um homem, uma mulher e o momento da sua consagração.

Se homens e mulheres viverem em planos de pensamentos harmoniosos, certamente eles viverão mais completos. Planos, idéias, interesses, gostos, ambições e sonhos tendem ao crescimento. E acredito que para cada um de nós, existe um complemento divino escolhido para o nosso progresso.

Mas na conta do querer bem universal, amor/realidade, é preciso chegar agora até a metáfora desse CAFÉ para remodelar a NOVA MULHER e ela ser um cumprimento das Leis divinas.

Harmonia, verdade, justiça e beleza formam a melhor surpresa com as coisas nos seus devidos lugares. Porém, é necessário que vocês possam dar o primeiro passo.

Recebam graças e triunfem. Caiam dentro de vocês, cada vez mais fundo, encharcando-se nesse estado e até criar lindas ondulações.


**************************************************************************
Para publicar, comprar ou divulgar os Artigos, Dicas e Crônicas desta página você escreve para: newscolunafrodite@yahoo.com.br. E saiba mais. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, portal, revista, jornal ou blog. Desde que mantenha os créditos da autora, tenha sua autorização e tenha corretamente um link genial apontando para:
http:// revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/list. Muitos já estão fazendo excelentes negócios dentro deste Portal.

Isto se chama a vida insubstituível dos direitos reservados ao autor.


@Cristina Guedes, colunista, começou cedo escrevendo em jornais e revistas. De carreira versátil, ainda jovem tornou-se modelo e apresentadora de tv. Depois, foi redatora publicitária, autora de peças teatrais e entrevistadora em Belo Horizonte, onde viveu a maior parte de sua carreira. Como escritora está em diversas Antologias pelo país, dona de um texto gratificante e cheio de cumplicidade com o leitor. Cristina é jornalista, ensaísta e poeta. Autora do Livro, QUANDO RIEM AS MAÇÃS - que reúne deliciosas crônicas e tiradas com humor sobre homens, mulheres, negócios, políticas tropicais e ainda traz a divertida e envolvente história da mineira Ritinha.
Às 21:13 em 23 setembro 2009, Reginaldo Macedo Campos disse...
MARCIA OBRIGADO POR ACEITAR A MINHA AMIZADE
UM ABRAÇO PAZ E LUZ.
Às 18:40 em 22 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá querida!

Só poderei passar os informes quando vc permitir e me adicionar como amiga neste Portal!

grata pela preferência,

Cristina Guedes
Editora, jornalista e taróloga
Às 10:05 em 22 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá receba uma Feliz Primavera!

Seja bem vinda e compartilhe de meu portal com seus amigos e amigas!

Cristina Guedes
Taróloga e consultora

atendimentos pelo 083-8790-7777 e 3225-5078


LEIA também:

SUSPENSE RESGATADO POR UM ATO. Por Cristina Guedes


COLUNA AFRODITEQUEMQUISER
http://revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/suspense-resgatado-por-um-ato

Quando me amei de verdade, então, pude relaxar e compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato e com a pessoa certa. Hoje sei que isso tem nome...

Você sabe que nome tem a sua verdade?

Estranha e misteriosa, daí pude perceber que o meu tempo sou eu que faço, a minha história, sou eu que escolho, muito bem, obrigada. E tudo é um sinal de que estou indo em favor de minhas verdades. Hoje sei que isso é... autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e que ela espichava-me por cima da cerca do meu jardim. Estremecia só de pensar que um gato podia ler um mapa para mim. Mas estava de excelente humor na maioria das minhas tentativas e petulâncias de viver. Comecei a ver que tudo o que me aconteceu contribuiu para meu espelho retrovisor de alma continuar feliz... e isso eu chamo amadurecimento.

Talvez eu não visse ainda as corujas que voavam concentradas em plena noite, talvez eu não atravessasse a rua para comprar um pãosinho doce na padaria defronte, mas compreendi que existem muitas pessoas que usam capas em tempestades e que eu não precisava tanto usar dessas capas para atravessar uma rua. Certamente que deve haver alguém prometendo uma noite chuvosa para você. Mas posso prometer que isto será muito, muito passageiro...

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é excelente realizar aquilo que desejo e sem reclamar das xícaras de chá dos meteorologistas de plantão. Eles nos dão notícias tão engraçadas. Teria que lhes dizer alguma coisa diferente hoje, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada para ouvir minhas previsões. Hoje sei que o nome disso é paciência.

Quando me amei de verdade, comecei a me encantar por tudo que é displicente e concentrado, tudo que pisca e não apaga, tudo que acende e eleva, tudo que antes era malvisto e que os olhos do gato me vigiava. Eu devia ter imaginado que existem os muros de pedra e que nós não devemos ser completamente idiotas diante deles.

Pessoas, temas, reparações, tarefas, estrelas, abafadores de orelhas, tudo e qualquer coisa temos muito que agradecer.

De início eu olhava as pessoas calmamente e finalmente. Hoje olho antes de olhar. É uma graça olhar as pessoas parecendo meio exasperadas com aquele jeito de Você-Sabe! Hoje sei que isso se chama observar sem gaguejar.

E você acha que é sensato deixar de temer seu tempo livre e desistir de fazer grandes planos, abandonar os projetos e certas lendas de crescer longe de tudo isso?

Hoje faço o que acho certo, o que gosto e é bom, quando quero e no meu próprio ritmo e tempo. Hoje sei que isso é ter o coração no lugar e saber segurar um presente com toda alegria e ter um beijo, sem aviso, e nunca, nunca mesmo, acionar o motor com algum pontapé.

Outra coisa fantástica dessa descoberta, aprendi a levantar vôo e desaparecer mesmo de dia.

Mas tudo isso porque passei a me amar de verdade e desisti de querer ter sempre razão e, com isso, erro muito menos vezes. Hoje descobri a estranha sensação de já ter conversado sobre sonhos antes. Um beijo e um abraço são grandiosos presentes, porque na mesma hora dizem o que querem dizer de verdade e desistem de ficar revivendo passado e pensando em futuro. Parece tão simples, mas beijar e abraçar na mesma hora nos mantém no presente, que é onde a vida acontece.

Hoje vivo um dia de cada vez e deixo terminar o que comecei...

Agora advinhem quem está falando com vocês?

Quem é bom demais para durar muito tempo?

Quem está disposto a dormir um sono solto?

Quem escutou você hoje?

Naturalmente você vai saber... Isso é plenitude, caminho, ser inteiro por dentro.

Quando você agora se amar de verdade, perceberá que sua mente poderá te atormentar e te decepcionar algumas vezes. E quando você colocar tudo a serviço do seu coração, sua vida se tornará uma grande e valiosa aliada.

Tudo isso é a sensação muito engraçada de saber viver!

Se importa de você mesmo sair do seu caminho?



Cristina Guedes


*****************************************************************************************
Para publicar, comprar ou divulgar os Artigos, Dicas e Crônicas desta página você escreve para: newscolunafrodite@yahoo.com.br. E saiba mais. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, portal, revista, jornal ou blog. Desde que mantenha os créditos da autora, tenha sua autorização e tenha corretamente um link genial apontando para:
http:// revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/list. Muitos já estão fazendo excelentes negócios dentro deste Portal.

Isto se chama a vida insubstituível dos direitos reservados ao autor.


@Cristina Guedes, taróloga, colunista, começou cedo escrevendo em jornais e revistas. De carreira versátil, ainda jovem tornou-se modelo e apresentadora de tv. Depois, foi redatora publicitária, autora de peças teatrais e entrevistadora em Belo Horizonte, onde viveu a maior parte de sua carreira. Como escritora está em diversas Antologias pelo país, dona de um texto gratificante e cheio de cumplicidade com o leitor. Cristina é jornalista, ensaísta e poeta. Autora do Livro, QUANDO RIEM AS MAÇÃS - que reúne deliciosas crônicas e tiradas com humor sobre homens, mulheres, negócios, políticas tropicais e ainda traz a divertida e envolvente história da mineira Ritinha.
Às 23:46 em 31 agosto 2009, Alexandre Apache disse...
...Boa noite Márcia,

Obrigado, tenha uma terça feira repleta de LUZ, e tranuila!!!

P.P.


abraços



^^
Às 23:43 em 31 agosto 2009, Marcia Macedo da Silva disse...
Ana obrigada pelo abraço,apertado de muito carinhos.
Que os anjos da chama violeta de ilumina sempre.

bejsssssssssss

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço