Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Comentários de Lucineia de melo

Caixa de Recados (24 comentários)

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Às 21:04 em 16 junho 2010, Gustavo Meyer disse...
Oi querida, grato pela sua atenção e presença. Abraço
Às 19:44 em 4 junho 2010, Gustavo Meyer disse...
Oi Lucineia, sou novo por aqui. Criei um Grupo com o nome Vida Sem Segredos. Se te interessar dê uma olhada e me dê sua opinião. Se te agradar participe. Obrigado. Abraço
Às 20:57 em 25 março 2010, alzira de lima disse...

É uma delícia receber mensagem de vocês ...
Tambem adoro essas coisas maravilhosas ...
Que vibra, emociona E Traz lenitivo ao coração ...
Um Fraterno Abraço...
Em 7:28am on fevereiro 17, 2010, maria helena silva moura deu para lucineia de melo um presente...
Presente
Carinho
Às 13:34 em 16 outubro 2009, Amigo dos Anjos(Fernando) disse...


Um convite especial para você.

Amigo dos Anjos(amigo_dos_anjos_144@hotmail.com)
Às 19:54 em 15 outubro 2009, Patricia disse...
Eu sou
um poema inacabado
que ninguém nunca leu.

Eu sou
a paisagem daquele quadro
que o pintor não terminou.

Eu sou
uma tarde quente de verão
em que não choveu.

Eu sou
Aquele rio que secou
Antes de alcançar o mar.

Eu sou
aquele sonho bonito
que ninguém realizou.

Eu sou
a escultura quase perfeita
que caiu da mão e quebrou.

Eu sou
aquela paixão gostosa
que por medo, alguém sufocou.

Eu sou
o amor que alguém esperava
mas nunca chegou.

Eu sou
metade do que eu desejava ser...
o dobro do que eu nunca esperei!!!
Às 19:10 em 13 outubro 2009, alzira de lima disse...

"Grandes realizações não são feitas por impulso, mas por uma soma de pequenas realizações."

(Vincent Van Gogh )

Um Abraço.
Às 21:55 em 11 outubro 2009, Patricia disse...
Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas

quando nunca pensei me decepcionar,

mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
“quebrei a cara muitas vezes”!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é “muito” pra ser insignificante
Às 19:25 em 10 outubro 2009, Patricia disse...
Reverência ao destino

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.
Às 12:24 em 4 outubro 2009, Sidnei de Medeiros Vicente disse...
Obrigado, anjo. Tudo de melhor pra você também.

Beijos.

Namaste
Às 21:49 em 1 outubro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá querida Lu, muito obrigada pela bela mensagem. Espero vc lá em Afrodite também!

beijos fraternos
CG



BEM-VINDOS LEITORES!

AFRODITE QUEM QUISER NASCEU DA VONTADE DE HONRAR LEITORES ESPECIAIS COMO VOCÊS. AQUELES GOLPEADOS PELAS NECESSIDADES DE INFORMAÇÃO E ORIENTAÇÃO SOBRE OS ASSUNTOS QUE MAIS OCASIONAM CURIOSIDADES ENTRE HOMENS E MULHERES MODERNAS QUE FAZEM ESSE PAÍS.

UMA GAMA DE DICAS PRÁTICAS, CONSELHOS, TRABALHO, CULINÁRIA, BELEZA, NEGÓCIOS E DOSES GRATIFICANTES DE BOM HUMOR, PROVOCAÇÃO E MUITA INSPIRAÇÃO PARA VOCÊS.

COMO PEDRA DE TOQUE PARA UM NOVO OLHAR NA CONSTRUÇÃO DAS REVISTAS ELETRÔNICAS, A COLUNA AFRODITE QUEM QUISER SE ESFORÇA PARA REINVENTAR E APERFEIÇOAR DE UM MODO SIMPLES, ALGUNS TESOUROS IMPORTANTES DE INFORMAÇÃO.

AOS NOVOS EGRESSOS, AOS MEUS CONHECIDOS LEITORES E AOS COMENTARISTAS RECEBAM O MEU MUITO OBRIGADO PELA COMPANHIA INCENTIVADORA.

SEMPRE ME SINTO MUITO PRÓXIMA DE CADA UM DE VOCÊS E AINDA TENHO UMA FELICIDADE E RESPONSABILIDADE ENORME POR ESTAREM AQUI.

O RESULTADO DE TUDO ISSO SIGNIFICA CUIDAR E REVOLUCIONAR O REQUINTE DE FORNECIMENTO DESSES ARTIGOS, CRÔNICAS, TÓPICOS E DISCUSSÕES.

TODOS VOCÊS DEVEM SOMAR PROFISSIONALISMO, RESPEITO E VALOR, POIS AS DEMANDAS E NECESSIDADES DO MERCADO SÃO MUITO EXIGENTES HOJE.

APESAR DAS REVISTAS ESTAREM LOTADAS DE TÍTULOS POR AÍ, CONFIEM NOS QUESTIONAMENTOS LEVANTADOS AQUI.

SALTEM COMO TIGRES PARA O AMANHÃ, ALCANCEM O FOCO DAS ÁGUIAS MAIS ALERTAS E NADEM COMO PEIXES SERENOS E VIRTUOSOS NO MAR DESSAS RECOMENDAÇÕES.

CORRESPONDAM, COMENTEM E ALCANCEM SUAS REALIZAÇÕES PESSOAIS COM MELHORES GESTOS DE AFETIVIDADE!

AFRODITE QUEM QUISER É DIFERENTE DE QUALQUER OUTRA COLUNA DE SEU GÊNERO, PORQUE COMPARTILHA, INSPIRA, OUSA E ATINGE O LEITOR.

UM TRABALHO QUE FUNCIONA PARA TRAZER O MODERNO E O SAGRADO DENTRO DE UM REINO JORNALÍSTICO DE INTERATIVIDADE, CREDIBILIDADE E REFERÊNCIA.

O FATOR HUMANO AQUI É TUDO! O COMPORTAMENTO ÉTICO É A EXCELÊNCIA QUE TRAZ A CONFIANÇA DE VOCÊS EM MEUS ARTIGOS.

SAIBAM QUE VOCÊS SÃO POTENCIALIZADORES PRINCIPAIS EM QUE ACREDITO. PORQUE PARA UMA EQUIPE DE SERES ACONTECER É PRECISO A MATÉRIA-PRIMA DESAFIAR E TRAZER À TONA PENSAMENTOS PROFUNDOS, CONTÍNUOS E ALEGRES.

GOSTAREI REALMENTE DE VÊ-LOS ENVOLVIDOS AQUI COM A BUSCA DECIDIDA DA REFLEXÃO.

SIM, TUDO COMEÇA COM UM CONVITE ESPECIAL!

DEPOIS A AVENTURA É CONTINUAR NA INSPIRAÇÃO PODEROSA DAS LEIS UNIVERSAIS REGIDAS EM AFRODITE QUEM QUISER:

SIM, SOU APENAS UMA ESCRITORA E JORNALISTA DECIDIDA POR SENTIMENTOS GRATIFICANTES DE PROVAR A ALMA DAS COISAS BOAS.

CLARO QUE ALGUM FEEDBACK ESTÁ ACONTECENDO E ESSE É O MEU JEITO DE DIZER QUE A SUA EXPERIÊNCIA DE VIDA PODE E DEVE SER MARAVILHOSA.

BOM SENSO, BOM HUMOR E ATENÇÃO SÓ SE ADQUIREM AO LONGO DOS ANOS E AO LONGO DE DEDICADAS OBSERVAÇÕES.

EU ACREDITO QUE VOCÊS PODEM ALCANÇAR UMA NOVA CONSTRUÇÃO E ESTÃO DESAFIADOS A AVALIAR E REFLETIR SOBRE OS ERROS E ACERTOS DE SUAS FORMAÇÕES.

ENTÃO, VOCÊS PODEM TIRAR TUDO DE MELHOR DA COLUNA AFRODITE QUEM QUISER E COMEÇAR JÁ DE ONDE VOCÊS ESTIVEREM A CRIAR UM OLHAR DESCONDICIONADO, SAUDÁVEL E MAIS FELIZ!

MAS AGORA UMA PERGUNTINHA:

VOCÊS JÁ DESEJARAM REALMENTE COMPARTILHAR PRECIOSAS REFLEXÕES SOBRE AS LEIS QUE REGEM SUAS VIDAS?

SORRIAM E TIREM O MELHOR PROVEITO DAQUI, POIS AS REVELAÇÕES DEIXARAM DE SER SECRETAS E PASSARAM A SER CONCRETAS!

PORTANTO, VIVEMOS A PLENA ERA DA REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS REVISTAS ELETRÔNICAS, LOGO EU QUE PASSEI GRANDE PARTE DE MINHA VIDA AMANDO O IMPRESSO E FAZENDO TELEVISÃO. MAS TUDO VALE À PENA VER, LER E CONFERIR EM AFRODITE QUEM QUISER.

AGUARDO TODOS NA AUTÊNTICA TOTALIDADE DE SUAS CONQUISTAS.

ABRAÇOS DE BOAS-VINDAS
PARA TODOS OS ESCOLHIDOS E MUITOS CHAMADOS!

CRISTINA GUEDES
Editora
http://revistafroditequemquiser.ning.com/
Às 18:28 em 29 setembro 2009, alzira de lima disse...

Agradecendo a Vida ...

Comece o seu dia com bons pensamentos.
Agradecendo a vida!!


Quando agradecemos estamos reforçando
que gostamos da vida
e automaticamente elevamos a nossa vibração.


Ser grato a vida é acessar o nosso arquivo vivo.
Quando entramos em sintonia com ele a vida vale à pena,
e expressamos as virtudes divinas do nosso interior,
através da alegria,
do entusiasmo, da bondade, da compaixão,
da tranqüilidade, da paz interior, da paciência.


Tem gente que vive constantemente
revirando o arquivo morto,
naquelas lembranças de mágoas,
ressentimentos, sentimentos guardados
e não resolvidos, culpas, fracassos...
experimentando as tristezas o tempo todo.
Não dá valor ao que tem... não agradece ao que recebe.


Não que esses arquivos não sejam importantes,
mas devemos acessá-los somente em ocasiões muito raras.


Os nossos “arquivos” guardam registros
de toda as nossas experiências vividas,
estão todas arquivadas
esperando o momento de saírem para fora.


Quando acessamos o arquivo vivo estamos querendo
vivenciar a experiência deste exato momento e
abrimos espaço para o novo entrar,
e trazer novas sensações e realizações para a nossa vida.


Que tal permanecer no arquivo vivo,
e preenchê-lo de coisas boas.
Afinal ele será o nosso arquivo morto do amanhã...
(D - A).

Refletir e Sentir...
Um Doce Abraço ...
Às 16:15 em 27 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Obrigada pela participação. Sua presença é muito importante em:
http://revistafroditequemquiser.ning.com/



CG ao lado dos profissionais de comunicação, Moisés (Operações) e o Fotojornalista e professor Alberi Pontes.

PROJEÇÃO, CONCEITOS E ENGRENAGENS NAS IDÉIAS DE CRISTINA GUEDES - UMA MULHER DE SUPERAÇÃO E ACESSO AOS LEITORES

by Aline Riedel


Não cabe aqui eu falar apenas sobre a vida de Cristina Guedes, porque até agora não encontrei nela o estereótipo de mulher com passado Colonial, como a grande maioria das autoras aqui do Sul e até algumas outras brasileiras que tentam escrever pelo país.

Perdoem-me as neoliberais de plantão, mas a visão dessa escritora e jornalista está além dos clichês, além até do mais comum, quando a sua grande esperança está em realçar essa emergência de conceitos novos sobre a relação homem-mulher. Eu seria muito pretensiosa e teria verdadeiras dificuldades com esses temas propostos por Cristina. Ou a complexidade da lógica me invadiria ou a falta de entendimento desses comportamentos do feminino de hoje me atrapalhariam na hora da análise.

No caso de Cristina Guedes isso é diferente. Ela faz um diagnóstico sistemático e ainda interpretando com sátiras os traços dessas mulheres desmanchadas pelas mazelas nacionais. Um avanço para que as elites das revistas femininas começassem a ver o foco atualizado dessa paraibana de argumento e resistência jornalística.

Aliás, querem mesmo saber, de vez em quando rolam umas piadinhas nas redações dizendo que a maioria das autoras do país só escrevem água com açúcar ou monólogos arrogantes que só a pedagogia das antigas Polyanas conseguiria ler junto às neo patricinhas do momento.

Tem até lógica isso para algumas. Mas Cristina Guedes sabe da divisão do seu cérebro e trabalha muito por uma restauração da identidade dessas meninas.

Não sei se vocês lembram de uma revista que mostrou no ano passado vários homens falando das contradições das atitudes femininas. No final, eles diziam que as mulheres amavam ser banalizadas como produtos e não conseguiam entendê-las quando elas reclamavam que não são apenas corpo, atraso e dívida do paraíso perdido. Se não me engano, eles debatiam o uso comercial das mulheres durante o carnaval.

Embates, conflitos e muitas lutas, homens e mulheres são diferentes, até a ciência já admitiu. Mas daí a dizer que mulheres são complicadas e difíceis de entender para o traçado do seu processo histórico é mais uma daquelas lendas que assombram muitas mulheres ainda: a famosa culpabilidade.

Pra derrubar esses mitos sinistros só reescrevendo a nova história da Mulher ou convidando uma Cristina Guedes pra andar com a gente como amiga e consultora. Quem me dera ela aqui de novo na marie claire!

Antigamente, pode até ser que fosse maluquice dos tampas da psicanálise. Porque tudo que se falava ou escrevia sobre a gente partia tão somente dos homens.

Portanto, eles tinham razão em dizer que não nos entendiam. Achavam que a mulher era assim uma fonte inesgotável de prazer, calor e muita passividade. E quando chegavam perto de uma dama, descobriam que era mesmo uma razão criadora. Como eram os meninos que mandavam mesmo na ebriedade de suas beldades românticas, pra que se esforçar em entender as pobres criaturas feminis?

Hoje em dia a coisa mudou. Obras sobre a educação dos sentimentos e a lógica feminina estão em todas as livrarias. Até as medrosas conversas sobre a sexualidade já avançaram no mercado e nas prateleiras.

Portanto, essa coisa de homem não entender a mulher é balela ou preguiça da turma. E como isso rende excelentes pautas para os nossos editores, fica difícil desfazer o mito da maçã. Né, Cristina?

E como consta no livro da nossa escritora, intitulado QUANDO RIEM AS MAÇÃS, ela nos pegou pelo humor junto aos nossos clichês que foram inteiramente reconceituados pela peculiaridade do seu olhar descritivo. A criativa Cristina seria uma cartunista de primeira linha se ela desenhasse com as suas tiradas textuais a sua irreverente mineira Ritinha.

Mas a própria Cristina já me falou em entrevista que acha ridícula essa história de que, pra saber lidar com as mulheres, os homens precisam de um manual de instrução, produção e procedimentos.

Ela me disse: “sinceramente, não me identifico em nada com a idéia antropológica e plantada pela Cultura de massa de que Mulher é tão especial quanto sagrada, não gosto quando escuto mulheres dizendo que somos seres mais sensíveis e que sofremos mais que os homens e por isso precisamos de maior compreensão.”

Eu realmente concordei com ela, essa coisa de dizer que só nós temos dotes místicos e somos as mais intuitivas do pedaço é conversa pra boi dormir.

Nada disso, tem muita mulher com as quais vocês não absorveriam essa idéia. Isso é o equívoco de uma cultura que tentou por séculos criar o medo nos homens sobre nós. Não concordo com isso, pois afasta os homens da essência do mistério que eles também possuem, é claro. Segundo Cristina isso é uma lenda que distancia e muito essa profunda identificação entre os seres.

Pois bem, suportar e animar os meandros da alma feminina é trabalho pra Hércules ou quem sabe, pra AFRODITE agora. Decifrá-las é trabalho inesgotável, minha gente.

Para entender o que eu digo, olhem os artigos de Cristina Guedes. Vocês leitores dos mundos mortais, por acaso, já viram alguma autora falar sobre mulheres e homens com tanta cortesia, simpatia e elegância. E pondo ainda o APARECER à serviço do SER. Apesar de todos viverem na época do TER.

Eu mesma nunca vi uma natureza destas por onde já percorri como leitora de periódicos. Lembro-me da época das Crônicas de Clarice Lispector que sempre adorei apesar das densidades clariceanas, mas Cristina Guedes é carimbada com um passaporte de outra natureza que ando tentando descobrir a cada dia e só vejo surpresas.

Desculpem as outras articulistas e colegas de profissão, mas essa mulher escreve como quem revela um jogo de xadrez. Lembrou-me muito os jogos analíticos de Isabel Aleende, mas tem hora que ela convoca o leitor para o simples e o fantástico de seus temas do cotidiano.

Deixem-me dizer que Cristina Guedes sabe argumentar sobre as criaturas humanas porque ela é uma baita poetisa e ela quase não fala sobre isso, e poesia é algo que é forte nela. Vi isso quando assisti a sua peça No Coração da Serpente, simplesmente uma bofetada na cara da hipocrisia. De onde ela tirou aquela personagem?

Agora eu não recebi toco e nem jabá para falar de Cristina Guedes e nem conhecia ela pessoalmente desde a hora da entrevista, mas tinha muito ouvido falar dela desde a época do Mulheres Emergente da mineira Tânia Diniz e visitei muitos dos seus poemas em sites e jornais.

O que eu sei dela tem sido uma descoberta sensacional para os enterros de outras mulheres que lia recentemente na internet para uma pesquisa particular e que agora não tenho mais como deixar de ler essa mulher semanalmente.

Isso tudo me passou pela cabeça quando fui conferindo e percebendo seu blog da AFRODITE QUEM QUISER. A idéia é que tudo está na sensibilidade e capacidade de enxergar as coisas de um ponto de vista filosófico-humorado e é o que me instigou a ler essa autora. Como eu a descobri? Primeiro no blog da marie claire e depois na revista Absoluta News do Ricardo Martins de POA.

Todavia, juntando o fantástico ao despojamento alegre com que ela fala da própria vida, e mais os traços de sua poética cotidiana com os quais ela retempera a boa prosa brasileira, percebe-se em Cristina Guedes que o bom dos seus artigos é a amizade particular e o respeito que ela tem pelos leitores.

A Cristina cronista é a mesma Cristina poeta e que também é a mesma Cristina jornalista que consegue trazer de volta alguns valores éticos para o leitor ao mesmo tempo em que preserva as características de uma deliciosa leitura.

Os temas podem ir a fundo, podem até ser prosaicos, mas a maneira de abordar sobre eles é que faz a diferença, e, sobretudo, para o bem das mulheres e dos homens inteligentes. Ainda vejo muito sentimento original em Cristina e até um convívio irreverente, social e sério que ela nos passa.

Em AFRODITE QUEM QUISER a vida está convidativa e é a preferência dos que querem continuar vivos e não serem rebaixados pelas recomendações fáceis da mídia. São uma mescla de crônica, resenhas, observação, engrenagem de palavras, otimismo e muita preservação da espécie humana.

Ficamos ligadas na hora e parece que ela está falando aquilo tudo com a gente. Pode até lembrar os sites de comunidades conselheiras das redes. Nada contra sua existência. Mas com Afrodite é diferentre.

Essa AFRODITE QUEM QUISER de Cristina Guedes é bastante diferente no contexto e na forma de expressar os valiosos conteúdos. É coragem, crítica e muita realidade.

Cristina ri do mundo e de si, mas com identidade e talento pra resgatar esquecidos valores, pois ela sabe que estamos na era da proximidade e da integração das coisas da vida. Afinal entre ser, ter e aparecer tudo pode acontecer. Mas a nossa autora prefere o tempo do SER que é agora e pra valer. Portanto, pra quem quiser AFRODITEM agora! Vamos ver.
Às 11:48 em 27 setembro 2009, alzira de lima disse...

Experiência de Viver

A experiência de viver é única.
Você pode selecionar o que vai colher.
Você também pode plantar na mesma proporção.
A palavra tem poder cintilante e dura apenas o tempo que você permitir em sua existência. Passe a substituir em sua vida todo entendimento sobre a experiência negativa por atos e palavras sempre harmônicas e otimistas.
Os aborrecimentos são excelentes oportunidades de rever conceitos e ações.
Se sua manhã está falida, inaugure com sabedoria e otimismo a sua tarde.
Há sempre a possibilidade de inaugurar o seu novo dia pelo amor, pois é só utilizar o coração como expressão no amplo arco-íris do Universo.
Passe a selecionar pensamentos mais predominantes na sua mente, conviver com experiências e pessoas mais harmoniosas e a aceitar que toda experiência negativa é um desafio e tende a mostrar e fortalecer o seu lado positivo, sendo eles conscientes ou inconscientes, passamos automaticamente a vivermos numa realidade onde nós temos sempre um tempo de espera para alcançar as riquezas infinitas.
Tudo vêm constantemente ao seu tempo, mas a um certo prazo, o que é muito bom e muito melhor em sua existência para praticar a equidade.
Em harmonia ou desarmonia as Leis Universais são perfeitas.
Nunca é tarde para ser feliz e atuar como um instrumento da Divindade.
Não deixe o seu amor virar cicatriz.
Lembre-se que gratidão gera gratidão e qualquer que seja o instrumento de sua fé dará resultados, afinal, nada muda se você não mudar o seu calendário interior.
A agenda está aberta e é tempo de semear, tempo de colheita e tempo de amar.
Viver é ter missão a cumprir.
Boas energias.

LINDO ANJO:...UM FRATERNAL ABRAÇO.
Às 22:33 em 25 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá muito grata se você visitar meu portal!

cristina guedes em seu programa AFRODITEQUEMQUISER.


das edições da Coluna AFRODITE QUEM QUISER

E assim transcorrerá nossos dias...numa troca incessante de oportunidades, destinadas a fundamentar neste espaço de Coluna, tomadas de posição mais tranqüilas e concentradas. Pois é assim que temos praticado nossas iniciações nesta praça de Anjos. É mais que um debate, mas um grande prazer filosófico que oferecemos a nós mesmos, mulheres e homens de alguma tribuna pacífica. O momento é este. Relembro que este espaço tem por objetivo limpar as camadas e camadas de poeiras dos séculos. Todos têm muita importância aqui. O desafio é estar presente e quando puderem acompanhem com excelente reflexão a minha coluna afroditequemquiser.

Abraços para todos!

Cristina Guedes
Editora



UM CAFÉ PARA A NOVA MULHER. Por Cristina Guedes


Fim da Idade Média, início da Renascença, lá se vai a sede de eternidade do feminino, enquanto a fome da carne toma o primeiro plano. Descobriam-se as curvas do Barroco, desejavam-se as curvas da anatomia feminina. E o importante para os artistas era retratar o aqui e o agora. Importância que teria talvez chegado até nós conservada se não fosse o intrometido do Romantismo medieval. Para os românticos a "nova mulher" daquela época era novamente distante, porém culta e insubstituível.

Hoje a nossa moda de revistas femininas em sua nova onda de descobertas quer mostrar o efêmero dessa mulher e a transitoriedade de todas as coisas. Compramos eletrodomésticos, bolsas, celulares, maquininhas, mas aceleramos nossa comunicação de massa e ainda substituímos filosofias aos ritmos das suposições desse feminino.

E como está o amor dessa "nova mulher"? No amor dela nós descobrimos o efêmero ou continuamos buscando o eterno? Pois é esse o âmago de ser ou não ser a questão.

Empurrada por muitos séculos para fora dos campos da Ciência, a mulher, ainda por cima, foi suplantada pelas ciências do coração. Ridicularizada em sua pretensão de querer ter acesso à verdade, ela teve ainda, por outro lado, que ceder lugar à política do masculino.

Mas resistiu para vencer seus males reais. E em se tratando de sua relação com o mundo, tudo foi para a mulher bem mais do que um jogo de espelhos. O sentimento dela tem, como tudo que é humano, sua evolução e sua história, que se assemelham sobremodo à evolução e à história de uma arte. E até hoje, na mulher, se sucedem destinos.

Mas o que queremos desse destino? Queremos mesmo reflexão? Então, romper para a nova mulher é mais angustiante do que a realidade do fato em si?

Muitas vezes não estamos interessadas em nós e temos até que pedir o encerramento das contas do medo. É natural deduzir que o que nos assusta não é exatamente a perda de um ente querido ou do amor, mas a perda em si...

Todavia precisamos perder essa opacidade que nos assusta. Ter em si nenhum eu é bastante complicado? Mas, diante das rupturas, cuidamos de valorizar o que já sabemos sem valor, tentamos nos convencer que as coisas consigam um dia melhorar, de que aquele amor tão sem jeito possa ser recuperado....Ao medo da perda, soma-se o medo de ter que recomeçar de novo.

Mas esquecemos de lembrar que a vida é recomeço sempre. Encerrar uma relação, minhas amigas, não significa ficar como a última da fila, desamparada e de lanterna na mão qual o mito de Diógenes....Significa reacender as esperanças e viver mais uma nova etapa de vida e emoções....

Sim, descobertas propícias, horizontes mais amplos, porque todos nós que habitamos este planeta estamos recebendo nossa iniciação no amor.

Claro, que muitos de nós já estudamos que o amor verdadeiro é desinteressado e livre do temor. Ele se irradia para o objetivo da afeição sem exigir qualquer retribuição. Sua satisfação profunda está no prazer de dar. Sim, o amor é Deus em manifestação e a mais poderosa força magnética curativa do universo.

Quase ninguém tem a menor idéia do que seja o verdadeiro amor. O ente humano é egoísta, tirânico ou receoso, perdendo assim as coisas que ama. O ciúme é o pior inimigo do amor, pois perturba a imaginação. E quanto mais cedo os casais re aprenderem a nova lição, mais depressa ficarão livres para o autoconhecimento.

E saibam, não é necessário o sofrimento para vocês se aperfeiçoarem, porque o que não deu certo em seus passados resultou de certas experiência necessárias das leis de evolução.

O espírito humano dispõe de grande autonomia para se curar, para acrescentar, pois ele vai descobrindo com o tempo que a Vida é regeneradora e ao mesmo tempo cheia de suprimentos. E toda doença e toda infelicidade provém da violação das leis do amor. As setas do ódio, ressentimentos e críticas que um ser pensa ou fala, voltam para ele, trazendo-lhe moléstias na alma.

Certas criaturas, muitas vezes, sentem remorsos por terem difamado alguém. Mas estes podem curar-se praticando um ato de bondade com outra pessoa. Agir e ver o existencial da outra pessoa.

A esse respeito, diz o apóstolo S.Paulo: "Mas uma coisa faço, esquecendo-me das coisas que ficam para trás, e avançando para as que estão adiante, prossigo em direção ao alvo."

Nesse processo, me vem a pergunta:

Para onde partiremos?

Para onde vamos com esse alvo?

Parece uma questão de lucidez porque para a área do amor convergem todas as emoções, todas as pressões sociais e familiares, as carências...

Há muito mais coisas envolvidas do que apenas um homem, uma mulher e o momento da sua consagração.

Se homens e mulheres viverem em planos de pensamentos harmoniosos, certamente eles viverão mais completos. Planos, idéias, interesses, gostos, ambições e sonhos tendem ao crescimento. E acredito que para cada um de nós, existe um complemento divino escolhido para o nosso progresso.

Mas na conta do querer bem universal, amor/realidade, é preciso chegar agora até a metáfora desse CAFÉ para remodelar a NOVA MULHER e ela ser um cumprimento das Leis divinas.

Harmonia, verdade, justiça e beleza formam a melhor surpresa com as coisas nos seus devidos lugares. Porém, é necessário que vocês possam dar o primeiro passo.

Recebam graças e triunfem. Caiam dentro de vocês, cada vez mais fundo, encharcando-se nesse estado e até criar lindas ondulações.


**************************************************************************
Para publicar, comprar ou divulgar os Artigos, Dicas e Crônicas desta página você escreve para: newscolunafrodite@yahoo.com.br. E saiba mais. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, portal, revista, jornal ou blog. Desde que mantenha os créditos da autora, tenha sua autorização e tenha corretamente um link genial apontando para:
http:// revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/list. Muitos já estão fazendo excelentes negócios dentro deste Portal.

Isto se chama a vida insubstituível dos direitos reservados ao autor.


@Cristina Guedes, colunista, começou cedo escrevendo em jornais e revistas. De carreira versátil, ainda jovem tornou-se modelo e apresentadora de tv. Depois, foi redatora publicitária, autora de peças teatrais e entrevistadora em Belo Horizonte, onde viveu a maior parte de sua carreira. Como escritora está em diversas Antologias pelo país, dona de um texto gratificante e cheio de cumplicidade com o leitor. Cristina é jornalista, ensaísta e poeta. Autora do Livro, QUANDO RIEM AS MAÇÃS - que reúne deliciosas crônicas e tiradas com humor sobre homens, mulheres, negócios, políticas tropicais e ainda traz a divertida e envolvente história da mineira Ritinha.
Às 20:24 em 24 setembro 2009, Patricia disse...


Obrigado pelo carinho...muita luz
Às 17:37 em 24 setembro 2009, alzira de lima disse...

"Otimismo significa esperar o melhor, mas confiança significa saber como se lidará com o pior".
(Max Gunther)
UM FRATERNO ABRAÇO/"PAZ E LUZ"...
Às 10:19 em 24 setembro 2009, Ary disse...
Oi Lu,
Não sou eu...
[]´s
Ary
Às 23:42 em 23 setembro 2009, Amigo dos Anjos(Fernando) disse...


O Educador Celeste, Jesus, o Cristo Ecumênico, nos ensina o conceito divino do Amor incondicional, do respeito às diversas crenças religiosas, do altruísmo, da fraternidade sem fronteiras, da solidariedade universal.

Tratado do Novo Mandamento de Jesus

Ensinou o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista: “Novo Mandamento vos dou: Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (...) O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos. E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos conceda. E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. (...) Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor".

(Reunido por Paiva Netto(www.paivanetto.com.br), consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; 15:12 a 17 e 9)

Quero oferecer ao seu coração a essência desta página, que para mim é a mais bela do mundo!
recadso para hoje

Excelentes mensagens você encontra aqui. Clique!


MSN e E-mail : fernando_s144@hotmail.com
amigo_dos_anjos_144@hotmail.com

(QUAL O SEU E-MAIL)

Um abraço fraternal Lucineia

Amigos dos Anjos
Às 16:53 em 24 julho 2009, Heloísa Valéria Fernandes disse...
oiiii, lucinéia!!!
muito obrigada por me adicionar.
fico mto feliz em ser sua amiga aqui!!!
bjs!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

COMPRE AQUI LIVROS ESOTÉRICOS NA AMAZON

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço!

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço