Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Comentários de Patricia Rubin

Caixa de Recados (15 comentários)

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Em 10:23pm on maio 08, 2011, Ibiatan Upadian deu para Patricia Rubin um presente...
Presente
Seja bem vinda amiga e irmã estelar, é uma grande alegria te-la conosco no grupo de estudos MENSAGEIROS DO AMANHECER. Esperamos que os estudos correspondam a vossa expectativa e lhe tragam muita luz.
Às 20:49 em 8 maio 2011, elciene maria tigre galindo disse...

Seja Bem vinda Patrícia! Você esta no caminho certo,passamos muitos séculos

alienados, vivendo sem entender nem a razão da vida, depois que despertamos para Luz, tudo fica mais claro,então a conexão entre a Divindade vai se aprofundando, e somente com aprendizado,troca de idéias,lições,descobertas,meditações,orações,etc.. vc vai gostar!

Fica com Deus! paz e alegrias para todos...

Abraço,

Elciene Maria.

Às 14:58 em 4 outubro 2010, Verdade disse...

Parabéns hoje, felicidades sempre!!! Namasté.
Às 13:34 em 4 outubro 2010, Leonice disse...
Feliz Aniversário: 3
Às 20:03 em 4 junho 2010, Gustavo Meyer disse...
Oi Patricia, sou novo por aqui. Criei um Grupo com o nome Vida Sem Segredos. Se te interessar dê uma olhada e me dê sua opinião. Se te agradar participe. Obrigado. Abraço
Às 0:47 em 24 abril 2010, RITA DANUNCIAÇÃO BRANDAO MANTA disse...

Obrigada por me add. Paz e Luz em seu coração!
Às 16:58 em 29 outubro 2009, Maria Luísa Tavares de Bastos disse...
BOA NOITE, PATRÍCIA.
É VERDADE. EM PORTUGAL É OUTONO. MAS, COMO VIVO NO SUL, A TEMPERATURA É AMENA, MESMO NO INVERNO, ESTAMOS MUITO PERTO DE MARROCOS E DO DESERTO DO SAHARA, MAS NADA QUE SE COMPARE COM O CLIMA DA AMAZÓNIA - MANAUS -. ACREDITE, AMIGA, QUE A CHUVA ERA UMA BENÇÃO PARA MIM. E O AR CONDICIONADO, CLARO.
MAS FOI INCRÍVEL PASSAR TANTO TEMPO COMO O QUE PASSEI, TANTO EM MANAUS COMO EM BELÉM DO PARÁ. INCRÍVEL É TAMBÉM A PICADA DO MOSQUITO!
SIM, PATRICIA, SERÁ MUITO BOM VOLTAR A MANAUS. E NO REGRESSO, VIR A PATRICIA COMIGO, CONHECER FARO, E TODO O ALGARVE, QUE É A ÚLTIMA FAIXA DO CONTINENTE EUROPEU, JÁ NO ATLÃNTICO DE ÁGUA MAIS QUENTE.

UM GRANDE ABRAÇO,
MARIA.
Às 22:20 em 19 outubro 2009, Canal de KRYON Ginaiá Brito disse...
Querida irmã da LUZ e do AMOR! Que bom que chegou aqui... Neste espaço iluminado e cheio do Amor Magnético da Família... Aqui SOMOS UM! Encontrará pessoas muito lindas e cheias de boa vontade em compartilhar suas buscas, descobertas e sobretudo suas experiências cheias de peripécias na Terra! Aqui é muito bacana! Tem muitas pessoas dispostas ao serviço da Luz! Estou em um Grupo chamado Eventos Kryon no Brasil aqui no site que divulga os Eventos que promovemos para realizar o trabalho de reconstrução da Nova Terra, tem também o Portal dos Anjos e a Universidade Reikiana! Tem muitos Blogs, postagens e mensagens de muito Amor! Sinta-se acolhida! A Família saúda SUA DIVINA PRESENÇA entre nós! Com muito Amor Magnético... EU SOU GINAIÁ
gynaya@acaciaconsult.com.br
atendimento@kryonnobrasil.com.br
www.luzdegaia.org/kryon/ginaia.htm
www.kryonnobrasil.com.br
Para ser informada dos Eventos, mensagens, canalizações e trabalhos da Luz envie seu e mail para o meu e manteremos você sempre informada. Sempre que precisar estou à sua disposição!
Às 22:20 em 19 outubro 2009, Canal de KRYON Ginaiá Brito disse...
OLá querida Patrícia da Luz e do Amor Magnético que nos une! EU SOU GINAIÁ, canalizadora de Kryon no Brasil e sou amazonense!
Às 23:14 em 4 outubro 2009, Amigo dos Anjos(Fernando) disse...


O Educador Celeste, Jesus, o Cristo Ecumênico, nos ensina o conceito divino do Amor incondicional, do respeito às diversas crenças religiosas, do altruísmo, da fraternidade sem fronteiras, da solidariedade universal.

Tratado do Novo Mandamento de Jesus

Ensinou o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista: “Novo Mandamento vos dou: Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (...) O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos. E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos conceda. E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. (...) Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor".

(Reunido por Paiva Netto(www.paivanetto.com.br), consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; 15:12 a 17 e nono)

Quero oferecer ao seu coração a essência desta página, que para mim é a mais bela do mundo!
recadso para hoje

Excelentes mensagens você encontra aqui. Clique!


MSN e E-mail : fernando_s144@hotmail.com
amigo_dos_anjos_144@hotmail.com

(QUAL O SEU E-MAIL)

Um abraço fraternal Patricia

Amigos dos Anjos
Às 14:13 em 4 outubro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Receba um Feliz Aniversário pelo seu dia! E venha um dia conhecer meu portal AFRODITEQUEMQUISER! RECEBA MINHAS BOAS VINDAS TAMBÉM




COLUNA AFRODITE QUEM QUISER - ARTIGO


O DIVINO NÃO TEM LIMITES! Por Cristina Guedes
http://revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/o-divino-nao-tem-limites-por



A revolução mais importante do nosso corpo foi a relação e o aumento da “eroticidade” (isto existe?). Muitos passaram nos séculos anteriores esquecidos dos encantamentos e jogos amorosos do corpo. Homens e mulheres desde pequenos ouviram a vida inteira: "isso pode" ou "isso não pode". Não fomos criados para cair nos braços de Eros, o deus do amor? Claro que fomos e somos.

E o problema não está sobre o que pensamos de nós, mas está sobre o que desconhecemos ainda em nós. E poucos são os que sabem que nascemos profundamente bem sucedidos entre quase todos os mamíferos. Aliás, nascemos como brotos de romãs, como disse o rei Salomão no Cantar dos Cantares. Impressionante este texto e está lá na nossa Bíblia com Sulamitas aromáticas e os muros do seu palácio.

Isso me faz lembrar de algumas mulheres que escuto dentro desse contexto entre almas e corpos. Mas convido-os agora a escutar esta parte tão importante de vocês, meninas e meninos, não minhas palavras. Convido-os a sentir e escutar seus corpos de âmbar e memória.

E lembrem-se, a vida lhes foi dada após um ato de encontro muito rústico e adocicado, um ato estimulante para uma direção que nos deu sentido estarmos aqui nesse diálogo. Sim, nós somatizamos um corpo de sentidos dentro de nós. Um corpo afetivo e enraizado para a evolução no amor.

E foi após o nascimento que o corpo do bebê entrou em relação com um outro corpo feminino, procurando a fusão e a unidade que ele acabou de perder. Então, o bebê cresce sobre uma corrente tumultuosa de desejos não revelados ou insinuados, excitação, prazer, êxtase, alegria, dilemas, arrependimentos, dor e esperança. Um dia torna-se um adolescente. Talvez impaciente. Mas preparado ao tilintar dos chamados esplêndidos e imperiais. Depois é que viramos essas correntes de homens e mulheres eletrocutados por termos esquecido dessa abordagem profunda, úmida e até túrgida sobre os corpos

Sim, temos baterias minúsculas e outras jóias vislumbradas pelos poetas e artistas. Um olhar honesto e sensível, uma palavra passada pela textura da pele e o tom dos murmúrios crescendo em camas ou lugares escolhidos no mundo inteiro. A vida toda é essa busca pelo leito das taças ou certas brisas cumpridas em suntuosos esconderijos. Todos necessitam se expressar nessas horas.

Mística e espiritual, o mundo complexo da nossa sexualidade insinua no ar os espelhos e energias divinas. A união dos opostos em todos os planos adotam movimentos e mistérios. Por razões práticas, dizem que mulheres se erotizam mais pelo que escutam e que os homens pelo que vêm ou podem tocar. Pode ser e pode nem ser. Há tantas escutas em nós.

Certamente, que alguns até ganham a vida improvisando o melhor possível o que se tem à mão, sem pensar muito no assunto e sem muita pompa, agradecidos pelos toques e afagos que restam e pela sorte imensa de ter a quem abraçar pela vida. Etiqueta nessas horas? Calma, talvez costas retas, uma opinião certa, mas aprendam a serem espontâneos e simples nessas horas. Os costumes e as idéias afrancesadas podem complicar a vida de muitos seres.

Mas desde sempre a humanidade tem recorrido aos virtuosos jogos de fertilidade. Empilham-se uns sobre os outros. Escorregam-se nas regiões mais rurais e afermentadas da cerimônia. Outros debatem-se nas redondezas mais macias. Por isso que por muito tempo, luteranos pálidos, calvinistas relativos e outros aspirantes à perfeição cristã viveram muito mal e ainda fizeram muito mal pra muita gente saudável, incriminando-os ao lendário "pecado original."

Para outras culturas orientais, a eroticidade é componente de boa saúde, inspira a criação e faz parte do caminho da alma, não está associada à culpas ou segredos expiatórios de Igrejas. No tantrismo a cópula é uma forma de meditação. Ambos, homem e mulher,contam suas respirações, enquanto os corpos se ligam entre si com serena elegância. Assim dá gosto meditar e não ficar falsamente só nas obras de caridade.

Mas os caminhos do pátio oriental é temível para muitos e suas filosofias desconhecidas pelo ocidente não permitiram os seres voarem nos seus tapetes. Talvez tendo vinhos, cócegas ou secretas métaforas, muitos amantes sofreram em suas histórias. Calculando quando poderão se abraçar. Mas com fôlego e repertório eles vencem o tempo.

Alguém já lhes disse que a conversa é o sexo da alma? Mas nada escapa ao olfato de um texto que pode abrir suas janelas.

Todavia, guardada como relicário de séculos, a literatura sempre trouxe seus ingredientes determinantes para tantos personagens e ainda desenvolveu muito bem a eroticidade contida em muitos dos leitores.

Todavia da torre de Babel de nossos corpos emergimos com hormônios, estimulantes, pinturas e outros estilos silvestres além da inocência dos coelhos. Entre nós, pouparíamos tantos terapeutas e até amigos ilustres se adotássemos melhor nossa natureza ao invés da nossa cultura imantada por crimes. Tantos se perderam em labirintos da história apenas porque desejaram se amar.

Agora, pais, mestres e fazedores do decoro magistral, saibam que nada poderá conter os seres que irradiam brilho, juventude e desejo. Existem dentro deles substâncias consideradas fatais e essencias nobres. Entre eles está a devoção, o ritmo, o estímulo, as excentricidades, a energia e os fôlegos. Respeitem seus jovens filhos nessa descoberta natural.

E, damas e cavalheiros, alguns malabarismos balsâmicos podem também dar renovadas chamas em vocês que estão tão cheios de quebrantos em suas colunas. Instalem outros programas para as suas cartesianas confusões.

Às vezes um espírito curioso quer apenas esgotar sua contida fantasia sobre uma humilde cadeira. Mas quem poderá mudar os amantes, meus amigos e amigas? Eles sempre se renovarão na confusão de braços e pernas. Por isso cultivem melhor as salas de suas casas. Falem de assuntos prazerosos e gozosos em vez das fatídicas novelas. Talvez poderíamos passar tantas informações em vez de sermões para os nossos filhos.

Cortem solenemente o pão urbano de suas mesas, desfilem suas robustas toalhas engomadas, mas não esqueçam das atitudes dos assuntos prazerosos e positivos do amor. Saiam de seus envoltórios originais. E não temam os travessos fantasmas que costumam visitá-los de seu inconsciente profundo. Seus sonhos dizem tanto.

E ainda aquelas amigas telepáticas ou até místicas lhes chamarão ao riso demasiadamente humano que passará a ser a sua vida. Vivam com atitudes de excelência em suas casas. Prefiram que seus medos saiam dos seus conventos pobres e descuidados. Saibam que amar é se conhecer.

Mulheres amem, mas saiam de suas tenções cotidianas. Floresçam em suas festividades por mérito de Eros. Ouçam um ruído diferente. Olhem-se no espelho. Sintam a brisa chegando. Expulsem os sombrios rescaldos da memória. Ponham asas na alma e olhos no infinito. O universo vai lhes responder carinhosamente aos seus desejos! Dispensem o controle, os padrões, o gesso. E, com uma certa e boa vontade, eduquem-se no amor e saibam que, o divino não tem limites!

Não esqueça desse algo que já é total por natureza.


Abraços para todos os leitores,

Cristina Guedes

Editora da Coluna AFRODITE QUEM QUISER



**********************************************************************************************

© Cristina Guedes é autora do Livro, QUANDO RIEM AS MAÇÃS - que reúne deliciosas crônicas e tiradas com humor sobre homens, mulheres, políticas tropicais e ainda traz a divertida e envolvente história da mineira Ritinha.

Para publicar os Artigos e Crônicas da escritora e jornalista Cristina Guedes você escreve para: newscolunafrodite@yahoo.com.br. E saiba mais. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, portal, revista, jornal ou blog. Desde que mantenha os créditos da autora, tenha sua autorização e tenha corretamente um link genial apontando para:
http:// revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/list

Isto se chama a vida insubstituível dos direitos reservados ao autor.
Às 12:14 em 4 outubro 2009, Verdade disse...

DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO: Parabéns pelo teu dia e Feliz Aniversário!!! Que Deus te conceda a realização dos teus maiores desejos. Abraço fraterno.

Me Add.
Às 11:41 em 4 outubro 2009, Fatima dos Anjos disse...

Às 10:15 em 22 setembro 2009, Cristina Guedes - Taróloga disse...
Olá receba uma Feliz Primavera!

Seja bem vinda e compartilhe de meu portal com seus amigos e amigas!

Cristina Guedes
Taróloga e consultora

atendimentos pelo 083-8790-7777 e 3225-5078


LEIA também:

SUSPENSE RESGATADO POR UM ATO. Por Cristina Guedes


COLUNA AFRODITEQUEMQUISER
http://revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/suspense-resgatado-por-um-ato

Quando me amei de verdade, então, pude relaxar e compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato e com a pessoa certa. Hoje sei que isso tem nome...

Você sabe que nome tem a sua verdade?

Estranha e misteriosa, daí pude perceber que o meu tempo sou eu que faço, a minha história, sou eu que escolho, muito bem, obrigada. E tudo é um sinal de que estou indo em favor de minhas verdades. Hoje sei que isso é... autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e que ela espichava-me por cima da cerca do meu jardim. Estremecia só de pensar que um gato podia ler um mapa para mim. Mas estava de excelente humor na maioria das minhas tentativas e petulâncias de viver. Comecei a ver que tudo o que me aconteceu contribuiu para meu espelho retrovisor de alma continuar feliz... e isso eu chamo amadurecimento.

Talvez eu não visse ainda as corujas que voavam concentradas em plena noite, talvez eu não atravessasse a rua para comprar um pãosinho doce na padaria defronte, mas compreendi que existem muitas pessoas que usam capas em tempestades e que eu não precisava tanto usar dessas capas para atravessar uma rua. Certamente que deve haver alguém prometendo uma noite chuvosa para você. Mas posso prometer que isto será muito, muito passageiro...

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é excelente realizar aquilo que desejo e sem reclamar das xícaras de chá dos meteorologistas de plantão. Eles nos dão notícias tão engraçadas. Teria que lhes dizer alguma coisa diferente hoje, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada para ouvir minhas previsões. Hoje sei que o nome disso é paciência.

Quando me amei de verdade, comecei a me encantar por tudo que é displicente e concentrado, tudo que pisca e não apaga, tudo que acende e eleva, tudo que antes era malvisto e que os olhos do gato me vigiava. Eu devia ter imaginado que existem os muros de pedra e que nós não devemos ser completamente idiotas diante deles.

Pessoas, temas, reparações, tarefas, estrelas, abafadores de orelhas, tudo e qualquer coisa temos muito que agradecer.

De início eu olhava as pessoas calmamente e finalmente. Hoje olho antes de olhar. É uma graça olhar as pessoas parecendo meio exasperadas com aquele jeito de Você-Sabe! Hoje sei que isso se chama observar sem gaguejar.

E você acha que é sensato deixar de temer seu tempo livre e desistir de fazer grandes planos, abandonar os projetos e certas lendas de crescer longe de tudo isso?

Hoje faço o que acho certo, o que gosto e é bom, quando quero e no meu próprio ritmo e tempo. Hoje sei que isso é ter o coração no lugar e saber segurar um presente com toda alegria e ter um beijo, sem aviso, e nunca, nunca mesmo, acionar o motor com algum pontapé.

Outra coisa fantástica dessa descoberta, aprendi a levantar vôo e desaparecer mesmo de dia.

Mas tudo isso porque passei a me amar de verdade e desisti de querer ter sempre razão e, com isso, erro muito menos vezes. Hoje descobri a estranha sensação de já ter conversado sobre sonhos antes. Um beijo e um abraço são grandiosos presentes, porque na mesma hora dizem o que querem dizer de verdade e desistem de ficar revivendo passado e pensando em futuro. Parece tão simples, mas beijar e abraçar na mesma hora nos mantém no presente, que é onde a vida acontece.

Hoje vivo um dia de cada vez e deixo terminar o que comecei...

Agora advinhem quem está falando com vocês?

Quem é bom demais para durar muito tempo?

Quem está disposto a dormir um sono solto?

Quem escutou você hoje?

Naturalmente você vai saber... Isso é plenitude, caminho, ser inteiro por dentro.

Quando você agora se amar de verdade, perceberá que sua mente poderá te atormentar e te decepcionar algumas vezes. E quando você colocar tudo a serviço do seu coração, sua vida se tornará uma grande e valiosa aliada.

Tudo isso é a sensação muito engraçada de saber viver!

Se importa de você mesmo sair do seu caminho?



Cristina Guedes


*****************************************************************************************
Para publicar, comprar ou divulgar os Artigos, Dicas e Crônicas desta página você escreve para: newscolunafrodite@yahoo.com.br. E saiba mais. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, portal, revista, jornal ou blog. Desde que mantenha os créditos da autora, tenha sua autorização e tenha corretamente um link genial apontando para:
http:// revistafroditequemquiser.ning.com/profiles/blogs/list. Muitos já estão fazendo excelentes negócios dentro deste Portal.

Isto se chama a vida insubstituível dos direitos reservados ao autor.


@Cristina Guedes, taróloga, colunista, começou cedo escrevendo em jornais e revistas. De carreira versátil, ainda jovem tornou-se modelo e apresentadora de tv. Depois, foi redatora publicitária, autora de peças teatrais e entrevistadora em Belo Horizonte, onde viveu a maior parte de sua carreira. Como escritora está em diversas Antologias pelo país, dona de um texto gratificante e cheio de cumplicidade com o leitor. Cristina é jornalista, ensaísta e poeta. Autora do Livro, QUANDO RIEM AS MAÇÃS - que reúne deliciosas crônicas e tiradas com humor sobre homens, mulheres, negócios, políticas tropicais e ainda traz a divertida e envolvente história da mineira Ritinha.
Às 19:46 em 13 setembro 2009, Sebastião Junior disse...
SEJA BEM VINDA!!!




Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço