Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar


Mikhail Naimy, morto em 1988,deixou como herança literária e espiritual uma candeia que ilumina a escuridão dos pesquisadores do caminho interior. O seu Livro de Mirdad é a expressão maior.

Nascido em Baskinta, uma aldeia da região central do Libano ao sopé da montanha Sannin,
em 17 de outubro de 1889, Mikhsil Naimy era o terceiro filho de uma família de
fé greco-ortodoxa, na qual havia, além dele, cinco irmãos e uma irmã.

Naimy era um homem puro e modesto. No decorrer de sua vida, deixou a aldeia natal e
viveu na Rússia e Estados Unidos, voltando mais tarde para Baskinta. A vida na Russia
fez com que sua gentileza oriental inata e sua percepção aguda fossem acrecidas da
racionalidade e da força de ação ocidentais.

Ao mesmo tempo em que trabalhava como teórico e crítico literário,
escreveu obras de destaque no árabe, como o maravilhoso O livro de Mirdad,
publicado pela Editora Rosacruz. Quando as pessoas lhe pediam que escrevesse
mais um livro tão bonito, ele confessava: ¨Eu bem que gostaria que Deus
me deixasse escrever outro como esse.¨


RETIRADO DO "LIVRO DE MIRDAD"

O colóquio entre dois Arcanjos e
dois Arquidemônios na ocasião,
independente do tempo,
em que nasceu o Homem.


MIRDAD:
Na ocasião, independente do tempo, em que nasceu o Homem - dois arcanjos, no pólo superior do Universo, mantiveram a seguinte conversa:

Disse o primeiro arcanjo:

1º: Uma criança prodigiosa nasceu à Terra, e a Terra está brilhante de luz.

Disse o segundo arcanjo:

2º: Um glorioso rei nasceu ao Céu, e o Céu está vibrante de alegria.

1º: Ele é o fruto da união do Céu com a Terra.

2º: Ele é a união eterna - o pai, a mãe e o filho.

1º: Nele a Terra é exaltada.

2º: Nele o Céu é justificado.

1º: O dia dorme em seus olhos.

2º: A noite está desperta em seu coração.

1º: Seu peito é um ninho de tempestades.

2º: Sua garganta é uma escala de canções.

1º: Seus braços abraçam as montanhas.

2º: Seus dedos beliscam as estrelas.

1º: Há mares bramindo em seus ossos.

2º: Há sois girando em suas veias.

1º: Sua boca é uma forja e um molde.

2º: Sua língua é uma bigorna e um martelo.

1º: Em volta de seus pés estão as cadeias do Amanhã.

2º: No seu coração está a chave dessas cadeias.

1º: Este nenê ainda está no berço do pó.

2º: Mas envolto nas fraldas dos eões.

1º: Tal como Deus, ele conhece todos os segredos dos números. Tal como Deus, ele conhece o mistério das palavras.

2º: Sabe ele todos os números, exceto o número sagrado, que é o primeiro e o último. Conhece ele todas as palavras, menos a Palavra Criadora, que é a primeira e a última.

1º: No entanto, ele saberá o Número e a Palavra.

2º: Somente quando houver retirado os seus pés dos caminhos perdidos do Espaço; somente quando seus olhos já não olharem para as medonhas cavernas do Tempo.

1º: Maravilhoso, muito maravilhoso é este filho da Terra.

2º: Glorioso, muito glorioso é este rei dos Céus.

1º: Aquele que não tem nome o chamou de Homem.

2º: E ele chamou o que não tem nome de Deus.

1º: Homem é a palavra de Deus.

2º: Deus é a palavra do Homem.

1º: Glória àquele cuja palavra é Homem.

2º: Glória àquele cuja palavra é Deus.

1º: Agora é para sempre.

2º: Aqui e em toda parte.

Assim falaram os dois arcanjos no pólo superior do Universo na ocasião, independente do tempo, em que nasceu o Homem.

Ao mesmo tempo dois arquidemônios, no pólo inferior do Universo, estavam assim conversando.

Disse o primeiro arquidemônio :

1º: Um valente guerreiro entrou para as nossas fileiras. Com seu auxílio venceremos.

Disse o segundo arquidemônio :

2º: Dize antes um covarde queixoso e manhoso. E a traição está encerrada em sua cabeça. Terrível na covardia e na traição.

1º: Impávido e selvagem é o seu olhar.

2º: Lamuriento e desanimado é o seu coração. Mas inspira pavor pelo seu desânimo e suas lágrimas.

1º: Penetrante e perseverante é a sua mente.

2º: Vagaroso e estúpido é o seu ouvido. Mas é perigoso na sua vagarosidade e na sua estupidez.

1º: Rápida e precisa é a sua mão.

2º: Hesitantes e preguiçosos são os seus pés. Mas é terrível a sua preguiça e alarmante sua hesitação.

1º: Nosso pão será aço para os seus nervos. Nosso vinho será fogo para o seu sangue.

2º: Ele nos apedrejará com as arcas dos nossos pães e quebrará em nossas cabeças as bilhas do nosso vinho.

1º: A sua concupiscência pelo nosso pão e a sua sede pelo nosso vinho serão o seu carro na batalha.

2º: Com uma fome insaciável e uma sede inapagável, ele se tornará inconquistável e provocará rebelião em nosso acampamento.

1º: Mas a Morte será a condutora do carro.

2º: Com a Morte como condutora do carro, ele se tornará imortal.

1º: Poderá a Morte levá-lo a algo que não seja a Morte?

2º: Ai! Tão exausta ficará a Morte de suas constantes lamentações que acabará por levá-lo ao acampamento da Vida.

1º: Será a Morte traidora da Morte?

2º: Não. A Vida será fiel à Vida.

1º: Excitaremos o seu paladar com frutos raros e deleitosos.

2º: Ele ansiará por frutos que não crescem neste pólo.

1º: Seduziremos seus olhos e seu nariz com flores lindas e fragrantes.

2º: Mas os seus olhos buscarão outras flores, e seu nariz outras fragrâncias.

1º: E encantaremos os seus ouvidos com doces e distantes melodias.

2º: Mas os seus ouvidos estarão voltados para outros coros.

1º: O medo o acorrentará a nós.

2º: A Esperança o protegerá contra o medo.

1º: A dor o subjugará a nós.

2º: A Fé o libertará da dor.

1º: Encheremos o seu sono de sonhos misteriosos e espalharemos sombras enigmáticas nas suas andanças despertas.

2º: Sua fantasia desfará os mistérios e decifrará os enigmas.

1º: Poderemos contar com ele como sendo um de nós.

2º: Conta-o como sendo um de nós, se assim o quizeres; mas conta-o também como sendo contra nós.

1º: Pode ele ser, ao mesmo tempo, a nosso favor e contra nós?

2º: Ele é um guerreiro solitário no campo. Seu único adversário é a sua sombra. Conforme muda a sua sombra, muda a batalha. Ele está conosco quando sua sombra está diante dele. Está contra nós quando sua sombra está atrás.

1º: Não o vamos manter, então, constantemente de costas para o Sol?

2º: Mas quem conservará constantemente o Sol detrás dele?

1º: Este guerreiro é um enigma.

2º: Esta sombra é um enigma.

1º: Salve o cavaleiro solitário.

2º: Salve a sombra solitária.

1º: Salve! Quando está conosco.

2º: Salve! Quando está contra nós.

1º: Agora e para sempre.

2º: Aqui e em toda parte.

Assim falaram dois arquidemônios no pólo inferior do Universo na ocasião, independente do tempo, em que nasceu o Homem.

Exibições: 4

Responder esta

Respostas a este tópico

boa noite querida, obrigada por trasmitires mais cultura mais cohecimento. beijos. ziza.

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço