Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

 

comida vegetariana, melancia, fundo branco, salada de fruta

UMA PROPOSTA DECENTE
VEGETARIANISMO POR UM DIA!


Tendência mundial de consumo crescente de carne é insustentável. Surge proposta amenizadora, que exige só um pouco de esforço dos consumidores. Leia!
 
Um dado assustador, tanto do ponto de vista ecológico quanto da saúde pessoal, é que está consolidando-se a tendência global de abuso no consumo de carne. Além de sermos muito mais habitantes no planeta, o consumo “per capita” está aumentando. Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação), a seguir o ritmo atual, o consumo de carne no mundo será multiplicado por dois em meados deste século, o que será absolutamente trágico do ponto de vista ambiental.
 
DANOS AMBIENTAIS DA PECUÁRIA EXCESSIVA
 stock photo : Roasted vegetables with pasta penne
O gado está na ponta da mira dos ecologistas não apenas pelo CO2 que emite através de seu sistema digestivo. Também porque para a sua alimentação são desmatadas grandes extensões de florestas. 
A FAO calculou em 2006 que o setor pecuário emite mais gases de efeito estufa – 18%, que o setor dos transportes. (O sistema digestivo dos ruminantes, especialmente do gado bovino, faz com que estes animais emitam muito metano através de arrotos e flatulências). Além disso, grandes extensões de florestas, sobretudo na América Latina, foram dizimadas para convertê-las em pastos ou produzir forragens para alimentar o gado. E o estrume produz óxido nitroso, com um potencial 296 vezes maior de aquecimento global que o CO2.

“Extensões cada vez maiores de terras são destinadas ao cultivo da soja, com a finalidade de utilizá-la como proteína para as rações, sobretudo na Argentina e no Brasil”, explica Miguel Ángel Soto, especialista em desmatamento do Greenpeace. “Em 2006, elaboramos um relatório no qual fizemos algumas observações às grandes empresas produtoras de soja e aos maiores importadores europeus, como o McDonald’s. Os frangos dos McNuggets se alimentavam com soja produzida em granjas situadas em áreas de desmatamento. Levamos os diretores da multinacional a esses locais para que o vissem”, explica Soto.
stock photo : Spaghetti with tomato sauce, sun dried tomato and shrimps on white plate
Como decorrência da viagem, a empresa se uniu a uma moratória sobre a compra de soja procedente de áreas de desmatamento recente. Segundo o Greenpeace, a intensidade do desmatamento flutua de acordo com os preços da carne e da soja. Quando o preço de ambos os produtos cai nos mercados internacionais, o ritmo do corte de árvores se reduz no ano seguinte.

“90% da soja produzida na América Latina é destinada à alimentação animal nos países ricos. Um filé que se come na Espanha, por exemplo, muito provavelmente terá vindo de um boi europeu alimentado com produtos brasileiros, plantados em terras onde antes havia árvores ou floresta”, explica Lasse Bruun, porta-voz da Compassion in World Farming. “Uma mudança de comportamento nos consumidores seria muito importante”, opina Bruun, que também luta para que o tema seja incluído na Cúpula Mundial do Clima que acontecerá em dezembro próximo em Copenhague (Dinamarca). 
 stock photo : Vegetable
UMA CAMPANHA SIMPLES E EFETIVA
 
Levando em conta esses dados e também os alertas constantes de organizações de saúde sobre os males causados à saúde pessoal pelo excesso de ingestão de carne, foi lançada uma campanha mundial que propõe um dia vegetariano por semana para frear esta alta no consumo de carne. Para seus organizadores, este pode ser um método rápido e eficaz para que cada cidadão contribua para frear o aquecimento global. Menos consumo de carne implicaria em menos rebanho e menos emissões. 

A campanha, apoiada por celebridades como Paul McCartney, foi posta em prática no Reino Unido com o lema “Segunda-feira sem carne”. O objetivo: converter-se em vegetariano um dia por semana para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Segundo o ex-Beatle, esta é uma forma de contribuir individualmente e sem grandes esforços na batalha contra o aquecimento global. A carne pode ser medida em emissões de CO2: consumir um quilo de carne bovina equivale a viajar 250 quilômetros de carro.

Uma voz de peso que apóia a campanha é Rajendra Pachauri, presidente do Painel Intergovernamental para a Mudança Climática da ONU e Prêmio Nobel da Paz em 2007. Em uma conferência em Londres, o cientista indiano explicou que “um granjeiro pode alimentar 30 pessoas durante um ano com um hectare de terra se produzir vegetais, frutas e cereais. Se a mesma área for utilizada para produzir ovos, leite ou carne, o número cai para entre cinco e 10 pessoas”. 

A Espanha é um dos países onde o aumento do consumo de carne - cerca de 120 quilos por ano/habitante, segundo a FAO – foi maor que qualquer outro país europeu. “Até 1984, a dieta na Espanha seguia praticamente ao pé da letra os saudáveis padrões da dieta mediterrânea”, comenta José Manuel Ávila, da Sociedade Espanhola de Nutrição. “Deveríamos adaptar a nossa dieta ao nosso gasto de proteínas, comer de tudo um pouco meno,s e tratar de substituir parte das proteínas por hidratos de carbono”, aconselha Ávila, que acredita que uma campanha como a de McCartney na Espanha seria boa. “O consumo recomendado de carne é de oito vezes ao mês. Ou seja, duas vezes por semana e não quase diariamente, como estamos fazendo.”

O Fórum Mundial de Pesquisa sobre o Câncer, situado no Reino Unido, recomenda limitar o consumo da carne vermelha, como o boi, o suíno ou a ovelha, e evitar por completo as carnes processadas – como o bacon ou o salame. Para reduzir o risco de ter câncer, o consumo não deveria ser superior a meio quilo por semana.
 stock photo : Just harvested fresh and ripe biological vegetables and fruits in a wooden box isolated over white. Clipping path.
PARTICIPAÇÃO CRESCENTE

O fato de propor uma simples redução no consumo de carne e não um vegetarianismo radical tem provocado a adesão de muitas pessoas. Afinal, não adianta reclamar da devastação do ambiente e nem ao menos abrir mão de um dia de hábito alimentar.

A cidade de Gante, na Bélgica, foi a primeira a aderir à campanha e declarou as terças-feiras “dia vegetariano”. Vários chefs no Reino Unido apoiaram o projeto de McCartney e criaram receitas vegetarianas para a página da campanha na internet. A receita desta semana é do próprio McCartney: “A salada de Paul para lamber os dedos”. Folhas de espinafre e rúcula, tomates cherry, abacate e queijo.

Entre nessa, faça sua parte e reduza seu consumo de carne. A sua saúde e a do planeta agradecem.
 
Fonte: Antía Castedo, do jornal “El País”, Madrid

stock photo : Food collage including pictures of vegetables, fruit, pasta

Exibições: 21

Respostas a este tópico

Muito boa a matéria.

Saude e LUZ para você todos os dias.

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço