Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Amados amigos e irmãos de caminho,
Venho compartilhar mensagem recebida via e-mail, como segue abaixo.

Grata pela atenção e pela partilha de Luz de Amor de todos.

Abraços fraternos.


_________________________________________________________________________________

Meus queridos amigos ,aqui está uma explicação do que está acontecendo.Como disse Jesus, Quem tem olhos que vejam , quem tem ouvidos que ouçam!

________________________________________


Vejam este informe-sintesi, que uma pessoa que mora em Carmo fez.




Irmãos,

Como para algumas pessoas eu já adiantei alguma coisa e para outros eu apenas avisei que iria enviar este e-mail, vou iniciar com uma breve explicação para que todos saibam do que se trata.

No dia 09/09/2011, durante um encontro semestral realizado em Figueira (Carmo da Cachoeira/MG), Nossa Senhora se manifestou e pediu que as pessoas ali presentes (cerca de 1200 participantes) retornassem diariamente ao mesmo local até o dia 25, período no qual Ela transmitiu mensagens, símbolos, instruções e tarefas. Entre estas tarefas está a divulgação de tudo o que ocorreu nestes 17 dias num relato fiel e sem acrescentar detalhes inexistentes, como infelizmente ocorre em alguns relatos fantasiosos que circulam pela internet tentando tornar mais extraordinário um evento que já é suficientemente extraordinário por si e por seu conteúdo.

Neste e nos próximos e-mails, pretendo atender ao que foi pedido, fazendo um relato responsável e procurando trazer informações de forma correta e não deturpada, bem como disponibilizando alguns links para aqueles que sintam necessidade de um aprofundamento.

Onde aconteceram as manifestações?

Estas manifestações têm acontecido de forma esparsa desde 2007 em Aurora, no Uruguai. Porém, neste mês de agosto de 2011 teve início uma série de 13 dias consecutivos de aparições em Aurora (de 28/08 a 02/09/2011) seguidos de 17 dias consecutivos de aparições em Figueira (de 09 a 25/09/2011).

Como alguns de vocês já têm conhecimento, existe no sul de Minas, em Carmo da Cachoeira, no campo de atuação do Centro Planetário Mirna Jad, um centro espiritual e de serviço chamado Figueira (www.comunidadefigueira.org.br) que desde 1985 oferece um amplo campo de trabalho para aqueles que aspiram a um desenvolvimento da consciência através de estudos, retiros, oração e serviço altruísta, bem como a possibilidade de se viver a experiência de uma vida grupal fraterna e harmoniosa, lançando as sementes de novos padrões de conduta para uma nova humanidade, menos egoísta e mais inclusiva.

Este centro trabalha em cooperação com outros centros e grupos ao redor do planeta com propósitos afins, como a Casa Redención, localizada na área do Centro Planetário Aurora, no Uruguai. Em Aurora estão estabelecidos dois monastérios (um masculino e um feminino) da Ordem Graça Misericórdia, ordem inicialmente fundada e sediada no Brasil (em Figueira, Mirna Jad), que não constitui e nem segue uma religião, e que é formada por seres que se propõem a viver uma vida consagrada à oração e ao serviço. Um dos monges de Aurora, Frei Elias, é um jovem que desde criança vê, ouve e recebe mensagens de Nossa Senhora e este dom, aliado a uma vida de obediência, entrega, serviço e oração, foi se ampliando e fortalecendo com o tempo. Através deste canal de contato, e seguindo as instruções da Mãe Universal, foram criadas a Ordem Graça Misericórdia (www.ogmisericordia.org) , com monastérios de serviço, monastérios de cura e monastérios contemplativos espalhados em vários países, e a Rede Fraternidade de Oração (www.vidaorante.org) que conta atualmente com milhares de seres orantes ao redor do planeta.

De tempos em tempos, de acordo com necessidades prementes do planeta e da humanidade, Mainhdra (nome cósmico com o qual Nossa Senhora se apresenta) pede que a Rede de Oração se una e ore em prol de determinado propósito, como auxiliar no trabalho de resgate de almas e amenizar o sofrimento em catástrofes naturais (como a enchente no Japão ou os vulcões no Chile) ou catástrofes sociais (como a fome na África). Estas mensagens, às vezes com um intervalo de alguns meses entre elas, estão todas disponíveis no site da Rede Fraternidade de Oração (link Chamados da Mãe Universal --> Voz de Mainhdra). Algumas têm um caráter de convocação enquanto outras atuam como preparação e instrução, como a série de sete profecias que foram transmitidas em Aurora em 2007 e que estão sendo publicadas no boletim Sinais de Oração (também disponível no site www.vidaorante.org).

O arquivo ADOTANDO_ALMAS.pdf, em anexo, é um exemplo dessas mensagens e foi a mais recente a ser divulgada antes das manifestações em Aurora e Figueira. Divulgada em 05/08/2011, traz um pedido de Mainhdra para que adotemos uma alma em nossas orações.
ADOTANDO_ALMAS.pdf

Estes pedidos e estas informações estão e sempre estiveram disponíveis a todos os buscadores sinceros. Porém, a divulgação é feita de maneira cuidadosa e com muita cautela para se evitar sensacionalismo. Não se faz alarde e nem se procuram os meios de comunicação para não atrair publicidade indesejada e a inevitável divulgação deturpada de fatos e informações. Para difundir o ensinamento recebido e transmitido em Figueira e nos demais centros foi criada uma editora sem fins lucrativos, a Irdin Editora (www.irdin.org.br) em cujo site estão disponíveis cerca de 1600 palestras gravadas em áudio, a maioria disponível para download gratuito.

Desta vez, no entanto, foi diferente. A própria Mãe, em suas mensagens, deixou claro que era para dar ampla divulgação às mesmas. Todas as mensagens foram gravadas e serão transcritas e disponibilizadas em espanhol, português e inglês, como foi pedido por Ela.

Como aconteceram as manifestações?

Da mesma forma que as aparições de Fátima, Lourdes, Medjugorje (ex-Iugoslávia, atual Bósnia) e outros locais, as mensagens são transmitidas a algumas pessoas escolhidas pela Virgem e que têm a tarefa de atuar como mensageiros nestes eventos. Neste caso específico o “porta-voz” escolhido pela Mãe para realizar esta tarefa foi o Frei Elias, um jovem monge residente no Monastério da Iluminação, em Aurora, Uruguai. Pelo menos uma hora antes do horário marcado, todos iniciávamos um trabalho de oração grupal com o intuito de preparar as condições (do ambiente e das pessoas) para o encontro. Quando o Frei Elias dava o sinal, todos silenciávamos e ouvíamos atentamente enquanto ele transmitia o que ia vendo e ouvindo. A mensagem vinha através de palavras e símbolos, como se verá pelas transcrições.

Já li alguns comentários na internet ironizando o fato de termos tido encontros com Nossa Senhora com dia e hora marcados. É importante que fique claro que tudo o que foi feito, o foi seguindo à risca as determinações de Mainhdra. Ela determinava dia, hora, local, as orações a serem feitas, as músicas a serem cantadas, etc. Não foram encontros de adoração, mas sim encontros de trabalho, onde as pessoas presentes estavam dispostas a fazer o que fosse pedido, cientes de que a Mãe Universal, que era quem dirigia os trabalhos, tinha um propósito e sabia o que estava fazendo. Quem faz este tipo de crítica, desconhece o fato de que nas manifestações de Fátima, em 1917, também foram marcados dia e hora (de maio a outubro, sempre no dia 13 ao meio-dia), bem como em Medjugorje (iniciadas há 30 anos, para um grupo de videntes, acontecem mensalmente no dia 2 para Mirjana, no dia 18 para Marija, anualmente no dia 25 de junho para Ivanka, etc).

Nestes encontros em Figueira Ela pedia que nos reuníssemos em horários variados. Em alguns dias eram apenas encontros noturnos (a maioria das vezes às 20:00 horas, algumas vezes às 19:00 horas, às 18:00 horas e uma vez às 22:00 horas), em outros dias tivemos duas manifestações: às 12:00 horas e mais tarde, à noite. Em um dos encontros ao meio-dia Ela declarou que aquela era uma de suas horas prediletas para este tipo de trabalho (de resgate de almas) pois a ação do fogo era mais forte o que facilitava o trabalho com pontos obscuros.

Com que nomes Ela se apresentou?

De acordo com o ponto do planeta e a pessoa (ou grupo de pessoas) para o qual Ela se apresenta, Nossa Senhora evoca determinados nomes que facilitam o contato com aqueles que estão recebendo a mensagem. Assim, quando se apresenta como Maria, Nossa Senhora, Virgem, Mãe do Mundo, Mãe Universal, Mainhdra, Mãe Divina, Mãe Celestial, etc, é a mesma e única consciência celestial que está se manifestando. Em suas mensagens em Aurora desde 2007, bem como nos 13 dias de manifestações no Uruguai e nos 17 dias aqui no Brasil, ela se apresentou às vezes de forma poética (Ave do Sol, Amanhecer do Amanhã, Ave Luminosa, Senda do Amor), às vezes fazendo referência a atributos (Rainha da Paz, Senhora da Sagrada Oração, Guardiã da Fé, Mãe da Infinita Esperança, Rainha da Redenção), às vezes com nomes específicos (Mãe da Divina Concepção da Trindade, Mãe do Sagrado Coração da Paz), às vezes fazendo referência à outras aparições ou à Sua encarnação (“Eu Sou a Mãe de Nazareth”, “Eu Sou a mesma de Fátima, Lourdes e Medjugorje”, “Eu Sou a mesma de ontem e de hoje”, “Eu Sou Aquela que esteve na Terra como Maria, Mãe de Jesus”), às vezes misturando todas estas formas (“Eu Sou a Rainha da Nova Concepção, Sou o Espírito do Amor e da Paz, Sou a Mãe dos sofredores e dos que estão sós, Sou a Mãe de todos”).

Em suas mensagens em Figueira, Ela afirmou que não pertencia a nenhuma religião, raça, credo ou nação e que era a mãe de todos e por isso Ela aparecia em diversos locais, para que todos soubessem e se preparassem.

O que quer dizer Mainhdra?

Mainhdra é um nome que a Mãe utiliza muito em suas comunicações com este grupo. Segundo Ela nos ensina, um nome tem uma forte ligação com a tarefa que é desempenhada. Quando se fala em Maria, todos imediatamente trazem à mente Sua presença na Terra há dois mil anos atrás, quando Ela teve por tarefa trazer ao mundo Jesus, apoiá-Lo até o momento de Sua ascenção e posteriormente divulgar Sua mensagem. Atualmente, a Mãe Universal tem como tarefa primordial o resgate de almas e este nome está associado a esta tarefa. Portanto, quando ela traz alguma mensagem como Mainhdra, é para que façamos uma rápida associação com o momento planetário atual e com este trabalho para o qual Ela pede a nossa ajuda.

O que foi falado durante as manifestações?

Muito foi falado, por palavras e por símbolos, e tudo será disponibilizado no site www.vidaorante.org. Já começaram a ser publicadas as transcrições das manifestações no Uruguai e em breve serão publicadas as do Brasil. O arquivo “Mensagens de Mainhdra_Aurora_1a5.pdf” e “Mensagens de Mainhdra_Aurora_6a10.pdf”, em anexo, contém a transcrição dos 10 primeiros dias em Aurora (a narrativa é feita pelo frei Elias, receptor das mensagens).
Mensagens%20de%20Mainhdra_Aurora_6a10.pdf


Vou dar aqui um resumo do que eu compreendi como sendo a mensagem principal destes 17 dias que tive a graça de acompanhar aqui no Brasil.

Basicamente, trata-se de um pedido de ajuda e de um aviso à preparação. O pedido de ajuda é no sentido de que nós A ajudemos na tarefa que Ela tem de resgatar as almas. Em todas as mensagens, Ela repetia incessantemente o Seu apelo: “Orem. Orem. Orem.”. Mas não para orarmos para nós mesmos e nem para pedir nada. Pelo contrário, é para orarmos para os outros, pelos que não oram. É para orarmos como doação, de forma desinteressada. Não é nem mesmo para orarmos pedindo por fulano ou sicrano. É para orarmos simplesmente, sabendo que nossa oração será direcionada para onde for mais necessária.

Podemos orar individualmente ou em grupo (tem mais força), mas sempre unindo nossas orações às Dela. Ela sempre repetia: “Orem comigo”, “Unam-se à Mim na oração”. Muitos de nós podem não ter a prática da oração e nem saber direito como começar, que oração escolher ou como fazer. Pode ser qualquer oração, desde as universalmente conhecidas até uma oração nova, criada por você. Os boletins Sinais de Oração, disponíveis no site www.vidaorante.org podem ser de auxílio para aqueles que vão dar os primeiros passos ou que estão meio enferrujados na prática da oração. Há também dois livretos disponibilizados no site (Sempre Orando I e II) com uma coletânea de orações que podem ser utilizadas.

Alguns podem se achar pouco dignos ou merecedores de participar deste trabalho junto com Ela, ou mesmo que, estando um pouco distantes de uma prática religiosa mais ativa, não teriam muito a oferecer em termos de oração ou que talvez suas orações não tenham tanta força assim. Isto é um engano. Qualquer um pode e deve participar, desde que faça com desprendimento, sinceridade e amor. Deve-se orar sem esperar nada em troca, sem querer ver o resultado, sem ter a menor noção de como estas orações serão usadas, mas na fé de que irão para onde forem mais necessárias. É como se as orações fossem uma espécie de combustível que geram um potencial de energia que pode ser usado para realizar coisas grandiosas. Nós estamos dando nossa humilde contribuição que, unidas às de tantos outros, irão abastecer um reservatório que será utilizado pela Mãe em Sua tarefa. Em um dos dias da primeira semana, Mainhdra disse que graças à resposta que estávamos dando e graças ao empenho que estávamos colocando nas orações, Ela já tinha podido, durante aqueles dias, elevar cerca de dois milhões de almas, mas que era preciso fazer muito mais.

Um dos símbolos transmitidos foi o seguinte: em uma das mensagens, o Frei Elias disse que enquanto a Mãe Universal falava, surgiu a seu lado um anjo segurando uma balança que tinha um prato mais baixo e outro mais alto. E que esse anjo ia colocando no prato mais alto contas de oração e com isso o prato ia ficando mais pesado e a balança ia se equilibrando. Esta simbologia qualquer um pode entender facilmente: as orações têm o poder de equilibrar situações em desequilíbrio. Algumas outras imagens, no entanto, não eram tão fáceis de serem compreendidas e a própria Mãe disse que algumas das coisas que estavam sendo transmitidas nós só iríamos compreender mais tarde.

Uma outra coisa que era repetida em todas as mensagens era a noção de que estamos em um final de tempos. Expressões como “Venho nesta última hora”, “Este é Meu último chamado”, “o Pai, na Sua infinita Misericórdia, pediu que Eu viesse neste final de ciclo”, e outras de mesmo teor, passavam uma urgência, um sentimento de que o tempo está terminando e que Ela, neste tempo que resta, precisa elevar o máximo possível de almas que se encontram na escuridão, na dor e no sofrimento, e para isso Ela conta com nossa ajuda através das orações.

Também foi repetida algumas vezes a informação de que uma Grande Guerra era iminente e que ainda poderia ser evitada mas que para isso Ela precisaria de muitas orações para poder interceder.

Falou ainda, sem entrar em detalhes, em eventos terríveis que iriam se passar na purificação planetária, antes do início de um novo ciclo, e que deveríamos estar preparados através da oração perpétua e da união com o Pai e que se fizéssemos assim, estaríamos protegidos e que nada temêssemos que nada iria nos acontecer. Falou de três dias de escuridão durante os quais devemos estar dentro de casa com portas e janelas fechadas com velas acesas e em oração contínua enquanto lá fora se desenrola o embate entre as forças da luz e as outras; que a oração será o nosso escudo de proteção durante esta prova.

Disse que não temos tempo para muita preparação, que temos que agir rápido e que nestes tempos a única coisa recomendada é a oração. Não é tempo de meditação, contemplação, etc, o único remédio eficaz e recomendado neste momento é a oração.

Enfim, resumindo: para quem já ora, o momento é de intensificar a prática. Para quem não ora, o que Ela pede é que comece. Não se envergonhe de não saber ou não se sentir à vontade no início, apenas ore porque a própria oração faz um trabalho invisível no ser orante, preparando-o e fortalecendo-o para a prática. Lembrando sempre que é uma oração desinteressada. Não vamos fazer pra ganhar pontos ou algo assim. Vamos fazer por amor, porque Ela está pedindo.

Ela pediu que no topo do Morro do Cristal (local onde ocorreram as manifestações) fosse construído um campanário e que se preparasse o local para receber todos que lá chegassem e que aquele local deveria se converter em um local de peregrinação e oração. Disse que retornará no dia 25 de cada mês, de novembro a junho, e que no dia 8 de julho faria sua última aparição em Figueira. Para maiores detalhes sobre datas, horários e organização (como chegar, etc), pode-se contatar o Acolhimento Geral em Figueira (35-3225-3102 e 35-3225-3108 ou acolhimento@fazendafigueira.org.br).

Há alguma comprovação de que essas manifestações de fato ocorreram?

Não. Aqui não se trata de fatos externos ocorridos em plano físico e mensuráveis em aparelhos. Estamos falando de fatos internos ocorridos em planos sutis. Para fatos internos como esse, precisamos usar o coração e não a mente para averiguar a veracidade.

Não estou dizendo que devemos aceitar todo e qualquer relato desse tipo. Pelo contrário, devemos sempre usar nosso senso crítico para evitar sermos manipulados. Mas lembrem-se que a mente analítica e racional é impotente diante de fatos internos e sutis. Para estes, deve-se perguntar para o eu interno e a resposta virá pelo coração.

As mensagens de um ser elevado e evoluído como a Mãe Universal, vêm acompanhadas de uma energia que faz vibrar o nosso ser, como uma corda que foi afinada no mesmo diapasão. Quem, ao ler as transcrições das mensagens, sentir no seu íntimo que aquilo é algo verdadeiro, quem sentir que deve seguir o que está sendo transmitido e que deve passar isto adiante, vá em frente, é isso mesmo que Ela está pedindo. Quem sentir que não é pra fazer nada, não faça nada. O importante é ter a coragem de seguir o próprio coração e estar em paz com a própria consciência, ainda que a mente fique indignada e grite a plenos pulmões: “Mas cadê a comprovação?”.

De minha parte, só posso dar o meu testemunho. Não pertenço a nenhuma religião organizada. Embora sempre tenha me interessado e estudado diversas religiões e filosofias, sempre achei que não existia uma fórmula única, tipo receita de bolo, para se relacionar com Deus. E que a minha maneira podia ser muito boa para mim mas não para outros e vice-versa. Dou bastante valor ao meu lado mental e racional mas aprendi a dar ouvidos ao coração e à intuição, porém sem emocionalismos, que são a porta aberta para fanatismos, radicalismos e outros “ismos”.

Isto posto, não tenho a menor dúvida de que o que presenciei nestes 17 dias foi algo verdadeiro. Pessoalmente, não vi e nem ouvi nada, mas sei que Ela estava ali transmitindo Suas mensagens. Como é que eu sei? Boa pergunta, não faço ideia. Só sei que era algo real, não cabiam questionamentos mentais, lógico e racionais naqueles momentos. Não é que eu esteja dizendo que estava tomado por um transe ou frenesi emocional e que isso impedia minha mente de raciocinar. Nada disso, não tinha ninguém se descabelando, gritando, gemendo ou sapateando, como ocorre em alguns pseudo cultos por aí. Tudo transcorreu na maior serenidade, tanto durante as orações coletivas que antecediam as manifestações, quanto durante as transmissões das mensagens. É que simplesmente não cabiam questionamentos. Era óbvio que o que estava acontecendo era real. E ponto. Como não tenho como colocar em palavras o que nem mesmo eu sei explicar, não vou tentar explicar. Que cada um julgue por si e faça o que sua consciência determinar.

Que orações foram transmitidas?

As principais orações trabalhadas durante estes 17 dias foram a Oração à Mãe Universal, a Ave Luminosa (estas duas transmitidas em mensagens anteriores) e algumas orações curtas que Ela transmitiu na hora. Seguem abaixo:

ORAÇÕES DIVERSAS Bendita Tu Eres, Entre todas las criaturas, Porque fuiste concebida por una Gracia Mayor
(Bendita És Tu, Entre todas as criaturas, Porque fostes concebida por uma Graça Maior)*

Espíritu Santo, Misericordia para las mônadas que están dormidas e Luz para las almas que camiñam
(Espírito Santo, Misericórdia para as mônadas** adormecidas e luz para as almas que caminham)*

Madre Divina, Fuente espiritual de vida, Gracias por quanto nos dás
(Mãe Divina, Fonte espiritual de vida, Graças por quanto nos dás)*


* Tradução livre minha
** Mônada = Espírito




ORAÇÃO A MÃE UNIVERSAL



Nós Te saudamos Ó Mãe Universal Plena é Tua Graça
A Unidade está em Ti
Sagrada Energia Feminina
Gestas em Ti a Nova Humanidade

Ó suprema Mãe Universal
intercede por nós
seres da superfície da Terra
para que possamos consagrar-nos
como dignos filhos de Deus
na fé, na luz
na paz, na proteção
na cura, na unidade
no amor, no perdão
na reconciliação, na caridade
na humildade, na transmutação
e na fraternidade

Agora
e no momento da nossa total
e definitiva entrega
ao Pai Criador

Amém






AVE LUMINOSA



Ave Luminosa, nossas vidas resplandecem
sob Tua Presença
Universal

Que o coração de
Tua Divina Misericórdia
nos alivie de toda dor
e nos resguarde
de todo mal

Mãe Divina,
sempre Tua Luz
reinará

Amém
Amém
Amém





Ela também pediu que usássemos a Ave Maria, que é uma oração que está intimamente ligada à Sua essência, mas que muitas vezes foi mal utilizada e precisa ser redimida.

Os arquivos Madre1 e Madre2, em anexo, são da imagem pintada na Espanha, a partir de indicações dos monges de Aurora, das aparições como Mãe da Divina Concepção da Trindade. Nas páginas 8 e 9 do boletim Sinais de Oração nº 1 (disponível em www.vidaorante.org), encontram-se a reprodução em página inteira desta imagem, bem como a explicação dos símbolos que a compõem.

Finalmente, o arquivo “Canción a la Madre”, em anexo, traz a letra e a música de uma singela canção que Ela nos pedia para entoar no final das transmissões, enquanto Ela se elevava aos céus. O som está muito baixo, precisa aumentar o volume ao máximo. Foi explicado que CAMULA OLOTAM é uma expressão dos povos indígenas que significa “a sagrada energia feminina está descendendo em nosso planeta”.
Canci%C3%B3n%2Ba...wmv

Assim que eu tiver as transcrições, encaminharei a todos via e-mail, mas se vocês ficarem de olho no site www.vidaorante.org, é lá que elas serão publicadas.



Luz,
Mauricio Kuris

--

Em união.
Oficina da Passagem
Estrada do Paiol, 3113
012-3971 2292
São Bento do Sapucaí - SP

Exibições: 58

Respostas a este tópico

Grata pela linda mensagem. Melisa
Grata , namastê

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço