Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

AULA Nº 11:

ASSISTA ONLINE ABAIXO A GRAVAÇÃO EM VIDEO DESTA AULA

Clique no PLAY para assistir:

OU CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O AUDIO DESTA AULA EM MP3

 

CAPÍTULO V

 Quem conduz os fios de luz?

(2ª Parte)

 

 

[A ativação do DNA e dos chakras extra-físicos]

 

Continuando a nossa história, os deuses criadores inva­sores, que saquearam o planeta, precisavam que vocês operas­sem de uma certa forma para conseguirem controlá-los. Eles precisavam desligar a vossa inteligência, e assim o fizeram, espalhando e desligando os filamentos de códigos-luminosos que formam as hélices do vosso DNA. Agora, estes filamentos começam a religar-se às hélices. As hélices evoluirão em gru­pos de três até que hajam doze fios, ou hélices. Quando estas doze hélices, ou fitas, compostas por diversos filamentos de códigos-luminosos, começarem a vibrar dentro do corpo, cada fita corresponderá a um chakra.

Existem milhares de centros energéticos, ou chakras, bem como milhares de hélices em potencial que podem ser formadas. Neste momento o denominador comum relativo ao número de hélices e chakras que a consciência da humanida­de pode manejar sem se destruir, é doze. Então estamos lidan­do agora com a evolução de doze hélices para ligá-las a doze chakras - sete dentro do corpo e cinco fora. Os sete chakras dentro do corpo não são difíceis de serem trabalhados porque, se permitirem-se sentir, serão capazes de localiza-los fisica­mente e tocar cada um deles. Os três primeiros são os chakras da sobrevivência, sexualidade e sensação perceptiva. O quar­to chakra é o coração - centro da compaixão e união com todas as coisas. O quinto é o chakra da garganta, relacionado à fala. O sexto é o terceiro olho, a visão. O sétimo é o chakra da coroa que abre para o conhecimento de que a identidade de cada um ultrapassa a forma física. Quando chegarem aos cinco fora do corpo, começarão a encontrar novas formas de entender o que está acontecendo, como algo que nem sabem com certeza se é real.

O oitavo chakra encontra-se dentro do vosso plano de atividade. Paira a trinta centímetros ou mais acima da vossa cabeça. A maioria das pessoas mantém o oitavo chakra próxi­mo a seu corpo físico. O nono chakra também se encontra per­to, a menos de um metro do corpo. Quando nove hélices forem formadas este chakra irá se dirigir à atmosfera da Terra para tornar-se uma espécie de fio terra, ligando o planeta à rede cósmica. É um elo de ligação.

O décimo, décimo-primeiro e décimo segundo chakras acham-se bem mais distantes. O décimo chakra, quando esti­ver funcionando, estará ligado ao vosso sistema solar. O déci­mo-primeiro chakra irá dirigir-se ao sistema galáctico, e o décimo-segundo estará localizado e ancorado em algum lugar deste universo.

Você receberá informação destes centros pessoais, pois eles são também centros coletivos. À medida que aprender a traduzir as experiências dos chakras, irá descobrir que a vida nunca mais será a mesma.

Nem todas as pessoas do planeta passarão por essas mu­danças agora porque nem todas foram codificadas para isso. Cada um de vocês veio com uma certa ordem - um mapa de quando, onde e como operariam melhor. Muitos estão apren­dendo como seguir este plano que os levará a descobrir o seu Eu superior. Quando aprenderem a fazer isso, a vida vai se tor­nar muito mais fácil, pois irão se transformar em veículos da luz movidos apenas pela intenção de comprometer-se.

Diversos seres humanos serão expostos a estas mudan­ças em épocas diferentes, porque tantas mudanças não devem ocorrer de uma só vez. Isto criaria o caos, onde uma certa or­dem é necessária. Quando um indivíduo passa pelas mudan­ças e traduz a experiência pode pedir ajuda a quem já as vivenciou. Para os principiantes o processo pode ser muito difícil. Vocês são aqueles que mostram o caminho. Quando forem capazes de passar pelas mudanças, podem seguir o ca­minho e mostrar aos outros. Existem mapas das rotas indicando certos eventos que podem ocorrer se desejarem ligar-se a esta corrente do tempo. Quanto mais se dedicarem a cada momento da vossa evolução, mais cedo as mudanças irão ocor­rer para a última pessoa.

Houve um tempo em que a espécie humana ocupava freqüências dimensionais mais elevadas; vocês eram capazes de locomoverem-se através de realidades diferentes e de mani­pular a matéria. Muitas dessas capacidades foram eliminadas propositadamente pelos seres que tomaram conta da vossa realidade. É necessário que compreendam que cada realidade possui a sua guarda, e que há diferentes administrações e di­ferentes guardiões em cada período.

Estamos usando o termo guarda de forma neutra. Vocês usam o termo guarda para alguém que protege. Nós estamos dizendo que um guardião encarrega-se de uma realidade e a guarda, impedindo que outros seres cheguem e efetuem algu­ma mudança. Os guardiões a que estamos nos referindo não são necessariamente seres benevolentes que ajudam a evolu­ção. Estas entidades que estão guardando a vossa realidade podem estar impedindo o acesso de seres que viriam libertá-los.

A vossa falta de memória se deve ao fato de terem sido re-instrumentados e muitas de vossas capacidades inerentes espalhadas e desligadas para não funcionarem mais. O con­trole baixou sobre as mentes em vossa sociedade. Existem véus de proteção que foram colocados em torno da Terra, para que, se vocês tentassem conectar-se a algumas dessas informações, não dispusessem de instrumentos nem fundamentos ou capa­cidade de compreender essas realidades.

Neste momento o planeta inteiro encontra-se imerso em realidades expansivas. Para chegar a estas outras realidades, primeiro precisam explorar profundamente a realidade de vocês. Não há mais tempo para vinte anos de psicanálise. Pre­cisam desenvolver habilidades e capacidades em poucas ho­ras, que lhes permitam viajar algumas décadas em vossa evolução emocional. Terão de viajar na estrada emocional, porque o corpo humano se expressa através das emoções. Esta é a singularidade e o dom que a vossa espécie recebeu.

Primeiro é necessário que abram as estradas emocionais até áreas que mantiveram escondidas de si mesmos nesta vida. Poderão ser inundados por lembranças à medida que os vos­sos arquivos internos se alinharem - lembranças de aconteci­mentos difíceis quando ocorreram, ou fatos que talvez não possuíssem o contexto onde inseri-los. Algumas pessoas poderão lembrar-se de contatos extraterrestres, que todos tive­ram na infância. Muitos poderão desvendar expressões de se­xualidade que não compreenderam na época, tendo sido participantes ativos ou passivos. O corpo mental emite um tre­mendo julgamento e esse é o motivo por tais situações terem sido soterradas pelo corpo emocional humano que é muito sensível ao julgamento. O corpo emocional, ligado ao corpo espiritual, esconde-se disto.

Todos vocês acham que sabem quem são. As histórias sobre quem são baseiam-se nas lembranças desta vida. O que nós queremos comunicar-lhes é que vocês têm inúmeras exis­tências paralelas, legítimas, com memórias diferentes das que possuem. Vocês bloqueiam estas memórias, ou não focalizam os eventos relativos a elas, porque o vosso corpo emocional não consegue computá-las.

Grande parte daquilo em que irão esbarrar está ligado à sexualidade, porção do ser humano que não foi compreendida e que deve ser estudada para que conheçam a sua finalidade. De que se trata a sexualidade? Quem estabeleceu as regras so­bre a expressão sexual apropriada ou inapropriada? Irão aflorar, também, lembranças de contatos e energias que os acompanhavam quando pequenos com o propósito de ensina-­los; vocês bloquearam estes acontecimentos por não terem re­cebido o suporte necessário para acreditar que eles tenham realmente ocorrido.

Ao começarem esta exploração multidimensional as me­mórias que esconderam de si mesmos irão aflorar. Será uma grande surpresa constatarem como puderam esquecer com­pletamente acontecimentos inteiros, trechos de suas vidas, es­pecialmente eventos ocorridos antes dos doze anos. Ficarão perplexos ao explorarem a capacidade que o sistema nervoso possui de interromper o fluxo de informação que a mente não consegue computar. E contudo, os registros estão lá, vocês podem acessá-los. Agora terão capacidade de computar muitas dessas coisas porque irão aprender a ser neutros e não julgar os acontecimentos de que participaram.

Quando forem explorar o vosso corpo, a vossa identida­de e a vossa vida atual, façam-no rapidamente. Vocês não dis­põem de anos para estudá-los. Quando a informação em vosso DNA for re-instrumentada e re-ligada serão capazes de sentir como os eventos desta vida se ligam e desabrocham, tendo uma corrente de objetivos que se liga a diversos lugares onde viveram e a diversas identidades que ocuparam.

O ideal seria agir sem julgar, e assim conseguiriam per­ceber o que realmente aconteceu aqui, vivenciando tudo isso em primeira mão através da memória celular. A única forma de prosseguir em direção a uma freqüência mais alta e determi­nar o futuro de vossas vidas no planeta é não julgar a vossa participação no processo. Isso é muito complexo e muito impor­tante: sintam o que acabamos de dizer. Este processo envolve esmagar o paradigma existente e se tornar um herege da reali­dade. Começarão a entender que uma existência legítima, real, foi simplesmente escondida de vocês. É imperativo que comecem a lembrar-se quem são.

Vocês não estão sozinhos nem poderiam fazer isto sozi­nhos. Mesmo quando dizemos que são os portadores das vos­sas almas, existem outros aspectos de vocês que entenderam a história e estão voltando a este momento do tempo para criar o vórtice de energia que irá afetar todas as realidades. Nós não conseguimos enfatizar suficientemente a importância desta época, a excitação e alegria que ela contém - se vocês quiserem mudar.

Se não quiserem mudar, nem abdicar de muitas coisas, terão que passar por experiências nada agradáveis. Todos têm certas coisas das quais não querem abrir mão. Esta pode ser a dificuldade, pois cada um tem a sua área de apego. Mesmo assim, vocês vieram para cá com um objetivo: prosseguir suas jornadas e realizar o que vossas almas anseiam. É como se ti­vessem negócios inacabados aqui. Em muitos de vocês o véu está bem cerrado para que não possam voar para longe e di­zer: "O que estou fazendo aqui de novo? Vou cair fora”!

Quem compreende os planos mais elevados, diversas vezes já se sentiu muito só neste planeta. Existem milhões de pessoas neste momento formando um tremendo grupo de apoio. Vocês estão começando a se encontrar e a tecer vossas consciências - um fino fio de seda com outros fios de consciên­cia. Irão ver a mais bela criação formar-se sem grande esforço, porque faz parte de um plano onde todos são motivados a fa­zer determinadas coisas.

O planeta inteiro tem sido controlado de forma a que, desde a primeira vez que chegaram aqui, fossem educados e treinados para achar que não controlavam a vossa própria rea­lidade. Ensinaram-lhes que tudo é circunstancial, pois depende de algo em que não podem interferir. Isto está errado! São vocês que controlam o vosso DNA.

Vocês possuem o controle absoluto sobre tudo. Até des­cobrirem e acreditarem nisso, estarão sujeitos a qualquer coisa que qualquer um deseje fazer com vocês, nesta zona de livre ­arbítrio. Em vossa inocência permitiram que o vosso DNA, a vossa inteligência e muitas coisas mais fossem controladas.

 

NOTA: Todas as informações que se encontram entre colchetes [ ] e inclinadas são comentários inseridos pelo Coordenador de Estudos do Grupo no texto original , visando facilitar a sua compreensão.

 

RESUMO:

[A ativação do DNA e dos chakras extra-físicos]

Continuando a nossa história, os deuses criadores inva­sores, que saquearam o planeta, precisavam que vocês operas­sem de uma certa forma para conseguirem controlá-los. Eles precisavam desligar a vossa inteligência, e assim o fizeram, espalhando e desligando os filamentos de códigos-luminosos que formam as hélices do vosso DNA. Agora, estes filamentos começam a religar-se às hélices. As hélices evoluirão em gru­pos de três até que hajam doze fios, ou hélices.

Neste momento o denominador comum relativo ao número de hélices e chakras que a consciência da humanida­de pode manejar sem se destruir, é doze. Então estamos lidan­do agora com a evolução de doze hélices para ligá-las a doze chakras - sete dentro do corpo e cinco fora.

Os três primeiros são os chakras da sobrevivência, sexualidade e sensação perceptiva. O quar­to chakra é o coração - centro da compaixão e união com todas as coisas. O quinto é o chakra da garganta, relacionado à fala. O sexto é o terceiro olho, a visão. O sétimo é o chakra da coroa que abre para o conhecimento de que a identidade de cada um ultrapassa a forma física. Quando chegarem aos cinco fora do corpo, começarão a encontrar novas formas de entender o que está acontecendo, como algo que nem sabem com certeza se é real.

O oitavo chakra encontra-se dentro do vosso plano de atividade. Paira a trinta centímetros ou mais acima da vossa cabeça. A maioria das pessoas mantém o oitavo chakra próxi­mo ao seu corpo físico. O nono chakra também se encontra per­to, a menos de um metro do corpo. Quando nove hélices forem formadas este chakra irá se dirigir à atmosfera da Terra para tornar-se uma espécie de fio terra, ligando o planeta à rede cósmica. É um elo de ligação.

O décimo, décimo-primeiro e décimo segundo chakras acham-se bem mais distantes. O décimo chakra, quando esti­ver funcionando, estará ligado ao vosso sistema solar. O déci­mo-primeiro chakra irá dirigir-se ao sistema galáctico, e o décimo-segundo estará localizado e ancorado em algum lugar deste universo.

Nem todas as pessoas do planeta passarão por essas mu­danças agora porque nem todas foram codificadas para isso. Cada um de vocês veio com uma certa ordem - um mapa de quando, onde e como operariam melhor. Muitos estão apren­dendo como seguir este plano que os levará a descobrir o seu Eu superior. Quando aprenderem a fazer isso, a vida vai se tor­nar muito mais fácil, pois irão se transformar em veículos da luz movidos apenas pela intenção de comprometer-se.

Diversos seres humanos serão expostos a estas mudan­ças em épocas diferentes, porque tantas mudanças não devem ocorrer de uma só vez. Isto criaria o caos, onde uma certa or­dem é necessária. Vocês são aqueles que mostram o caminho. Quando forem capazes de passar pelas mudanças, podem seguir o ca­minho e mostrar aos outros.

Houve um tempo em que a espécie humana ocupava freqüências dimensionais mais elevadas; vocês eram capazes de locomoverem-se através de realidades diferentes e de mani­pular a matéria. Muitas dessas capacidades foram eliminadas propositadamente pelos seres que tomaram conta da vossa realidade. É necessário que compreendam que cada realidade possui a sua guarda.

Os guardiões a que estamos nos referindo não são necessariamente seres benevolentes que ajudam a evolu­ção. Estas entidades que estão guardando a vossa realidade podem estar impedindo o acesso de seres que viriam libertá-los.

Existem véus de proteção que foram colocados em torno da Terra, para que, se vocês tentassem conectar-se a algumas dessas informações, não dispusessem de instrumentos nem fundamentos ou capa­cidade de compreender essas realidades.

Para chegar a estas outras realidades, primeiro precisam explorar profundamente a realidade de vocês. Pre­cisam desenvolver habilidades e capacidades em poucas ho­ras, que lhes permitam viajar algumas décadas em vossa evolução emocional. Terão de viajar na estrada emocional, porque o corpo humano se expressa através das emoções.

Primeiro é necessário que abram as estradas emocionais até áreas que mantiveram escondidas de si mesmos nesta vida. Poderão ser inundados por lembranças à medida que os vos­sos arquivos internos se alinharem.

Algumas pessoas poderão lembrar-se de contatos extraterrestres, que todos tive­ram na infância. O corpo mental emite um tre­mendo julgamento e esse é o motivo por tais situações terem sido soterradas pelo corpo emocional humano que é muito sensível ao julgamento.

O que nós queremos comunicar-lhes é que vocês têm inúmeras exis­tências paralelas, legítimas, com memórias diferentes das que possuem.

Grande parte daquilo em que irão esbarrar está ligado à sexualidade, porção do ser humano que não foi compreendida e que deve ser estudada para que conheçam a sua finalidade. Irão aflorar, também, lembranças de contatos e energias que os acompanhavam quando pequenos com o propósito de ensina-­los.

Ao começarem esta exploração multidimensional as me­mórias que esconderam de si mesmos irão aflorar. Será uma grande surpresa constatarem como puderam esquecer com­pletamente acontecimentos inteiros, trechos de suas vidas, es­pecialmente eventos ocorridos antes dos doze anos. Serão capazes de sentir como os eventos desta vida se ligam e desabrocham, tendo uma corrente de objetivos que se liga a diversos lugares onde viveram e a diversas identidades que ocuparam.

O ideal seria agir sem julgar, a única forma de prosseguir em direção a uma freqüência mais alta e determi­nar o futuro de vossas vidas no planeta é não julgar a vossa participação no processo. Isso é muito complexo e muito impor­tante: sintam o que acabamos de dizer. É imperativo que comecem a lembrar-se quem são.

Vocês não estão sozinhos nem poderiam fazer isto sozi­nhos. Se não quiserem mudar, nem abdicar de muitas coisas, terão que passar por experiências nada agradáveis. Todos têm certas coisas das quais não querem abrir mão. Esta pode ser a dificuldade, pois cada um tem a sua área de apego.

Existem milhões de pessoas neste momento formando um tremendo grupo de apoio. Vocês estão começando a se encontrar e a tecer vossas consciências.

Ensinaram-lhes que tudo é circunstancial, pois depende de algo em que não podem interferir. Isto está errado! São vocês que controlam o vosso DNA.

Vocês possuem o controle absoluto sobre tudo. Em vossa inocência permitiram que o vosso DNA, a vossa inteligência e muitas coisas mais fossem controladas.

 

 
PERGUNTAS DESTINADAS A FACILITAR A COMPREENSÃO DO TEXTO E PROMOVER O DEBATE:

 1 – Quem desligou a nossa conexão com o nosso Eu superior e desativou as hélices de DNA, espalhando os seus filamentos e por que fez isto?

2 – Com este processo de reativação e reorganização destes filamentos do DNA passaremos a ter quantas hélices de DNA?

3 – Qual a relação destas hélices do DNA com os nossos chakras?

4 – Quais mudanças as  hélices irão provocar ao nosso sistema de chakras?

5 – Todas as pessoas do planeta passarão por este processo de mudança do DNA?

6 - Estas mudanças no DNA atingirão a todos ao mesmo tempo?

7 – Alem das alterações no DNA quais foram as outras capacidades nossas que foram tiradas pelos nossos deuses criadores ao invadirem o planeta?

8 – O que são “guardiões de realidade”?

9 – Através das alterações do DNA vão se abrir as “estradas emocionais” de nosso corpo que vão nos levar a que?

10 – Você já diagnosticou quais são suas áreas de apego e as coisas das quais não deseja abrir mão?

11 – Sabe quais as conseqüências se não conseguir se despegar delas?

 

 

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DOS PLEIADIANOS E NOSSA EXPERIÊNCIA PESSOAL NO PROCESSO DE ATIVAÇÃO DO DNA


Queridos amigos(as) e irmãos(ãs) estelares,

Repassamos abaixo as informações que nos foram passadas pelos Irmãos Pleiadianos Interdimensionais sobre o nosso despertar e ativação do DNA, juntamente com nossas experiências pessoais no processo, que estão sendo conduzidas pelos irmãos pleiadianos interdimensionais de luz Eridan, Matidi, Eluarantana e outros (todos seres constituídos de pura luz e energia do sistema de Aracelis, das Plêiades). Segundo os irmãos pleiadianos muitas são as famílias estelares envolvidas neste processo de transição do planeta Terra, assim como muitas são as origens estelares das sementes estelares que aqui estão neste momento em missão no planeta. Temos aqui como sementes estelares, seres de luz das mais variadas procedências e das mais diversas famílias estelares, inclusive reptilianos e insectóides. Segundo eles cada família estelar esta encarregada de uma etapa do processo. Assim até a pouco tempo tínhamos os irmãos arcturianos trabalhando a nossa saúde e preparando a nossa estrutura física para que pudéssemos estar em condições de agora ancorarmos estas energias que vem promover o despertar de nossas consciências, etapa esta que está sob a responsabilidade da família pleiadiana (não confundir com os nibiruanos, que se dizem pleiadianos e nem das Plêiades são):

1 - Conforme já havíamos lhes passado através das informações complementares que constam do final da Lição nº 10, a primeira grande onda de energia para o despertar de nossa consciência e ativação do nosso DNA nos chegou com os primeiros raios de sol, ou seja, às 6:30 hs da manhã do dia 11/03/2011, a segunda grande onda em 01/04/2011, a terceira em 15/04/2011, a quarta em 21/04/2011, a quinta em 27/04/2011 e a sexta em 03/05/2011;

2 - As energias que já estão a promover a ativação do nosso DNA são energias do tipo eletromagnéticas que tem como origem o nosso grande Criador Primordial e nos chegam através do nosso sol que as retransmite para todos os seres do planeta. SINTOMAS: somos acordados de manhã por uma reconfortante sensação de paz, alegria, amor incondicional, força, vitalidade, poder, coragem e grande clareza mental (é uma sensação maravilhosa de verdadeiro estado de êxtase);

3 - Essa energia vem através de ondas que duram alguns dias, cada onda chega mais intensa com os primeiros raios de sol do primeiro dia e depois sua intensidade vai diminuindo nos dias seguintes até extinguir-se após alguns dias de sua chegada. (as primeiras ondas duraram em torno de tres dias, as últimas já duraram próximo de cinco dias);

4 - Há um intervalo entre uma onda e outra, intervalo este que vai diminuindo a cada onda que chega (nas primeiras ondas o intervalo foi de 14 dias e depois diminuiu para 7 dias e continua diminuindo a cada onda que chega);

5 - Cada onda que chega vem mais intensa que a anterior, permanece mais tempo que anterior e tem um intervalo cada vez menor entre elas, até que vai chegar um ponto que as ondas vão se unir uma após a outra, não havendo mais intervalos entre elas;

6 - As ondas vão atingir a todos indistintamente, mas somente as pessoas de um determinado grupo que está codificado para receber as energias daquelas ondas, conseguirão captá-las e dentre as pessoas deste grupo, aqueles que estiverem mais conscientes e mais receptivos as absorverão mais intensamente e por isso sentirão mais intensamente os seus efeitos e despertarão mais rapidamente que os demais do grupo;

7 – Depois que um grupo estiver bem adiantado e que as várias ondas forem substituídas por uma única onda contínua, novas ondas começarão a chegar com outra codificação para ativar outro grupo de pessoas e assim ocorrera com um grupo após outro;

8 – As energias das primeiras ondas vão promover a nossa limpeza, física, emocional e mental, trazendo a tona todas as nossas recordações, mágoas, traumas, emoções reprimidas ou bloqueadas, etc. Estas energias vão promover uma faxina em nosso subconsciente e nos forçar a passar a limpo nossas vidas, revivendo tudo aquilo que ficou mal resolvido ou que não foi devidamente processado ao longo de nossa vida atual e até de vidas passadas. O objetivo é ajudar a nos conhecermos e nos dar o perfeito entendimento e a compreensão destes eventos para que eles possam ser aceitos e assimilados naturalmente, sem qualquer tipo de julgamento de nossa parte. SINTOMAS: um turbilhão de emoções, na maioria das vezes emoções associadas a imagens ou fatos de diversas épocas de nossa vida se manifestam ao mesmo tempo, muitos fatos e situações e muitas emoções boas e ruins dos quais já nem nos lembrávamos mais;

9 – São também energias altamente restauradoras promovendo a aceleração e alinhamento dos chakras físicos, o equilíbrio energético e conseqüentemente a restauração e cura física e mental. Também terão a importante função de preparar o nosso sistema nervoso para que o mesmo tenha condições de absorver as ondas mais intensas que vem depois;

10 – Na medida em que estas energias vão ativando os filamentos de DNA e formando as novas fitas ou hélices, vai promovendo a aceleração de nossos chakras físicos e a ativação dos chakras extra-físicos e na medida em que estas mudanças ocorrem em nossos chakras os nossos sentidos extra-físicos (vidência, intuição, telepatia, clarividência, clariaudição, clariolfato, clarisenciência, cognição, premonição, projeção astral, multidimensionalidade, etc.) começam a despertar e nos libertar da limitação dos sentidos físicos e nos possibilitar a percepção das dimensões e realidades paralelas. SINTOMAS: nos momentos em que, durante a meditação, se atinge o máximo de receptividade e de comunhão com o grande Criador Primordial é possível sentir uma suave pressão sobre os ossos, principalmente da coluna e das juntas de pernas e braços acompanhada de uma dorzinha contínua, muito pequena e quase imperceptível alem de uma sensação de eletricidade correndo pela coluna e uma pequena pinicação na língua;

11 – Na proporção em que as nossas capacidades extra sensoriais ou psíquicas começam a se manifestar a nossa conexão com o nosso Eu Superior começa a se efetivar e a nossa percepção da verdade de todas as coisas começa a ocorrer de maneira muito rápida e até assustadora e na medida que isto ocorre as funções da nossa mente física, racional e linear começam a ser substituídas gradativamente pela nossa mente espiritual, mudando também a forma de processar este conhecimento (ou raciocínio, se é que nesta situação podemos assim chamar). SINTOMAS: sente-se inicialmente uma pequena, mas crescente dificuldade de se operar com a mente racional ao processar operações típicas da mente racional, como cálculos, leituras, etc., como se houvesse um certo bloqueio, acompanhado de uma sonolência (o irmão pleiadiano Eridan até brincou conosco dizendo que nestas situações se observássemos bem a data de validade de nossa mente racional de 3ª Dimensão, iríamos perceber que ela já esta vencida);

12 – Ao nos tornarmos receptivos a estas energias iremos perceber que ela vai rapidamente começar a desativar os gens do medo (que os nossos deuses criadores incluíram em nosso DNA por ocasião da manipulação do mesmo) e em conseqüência disto vamos sentir uma crescente sensação de coragem, de poder, de liberdade, de independência e de auto-suficiência em relação a tudo. Ao mesmo tempo vamos sentir aflorar uma crescente capacidade de perceber a verdade em todas as coisas, o que vai nos possibilitar uma perfeita percepção de todas as articulações e tentativas de controle e manipulação de nós pelas elites, pelos nossos governantes, pela mídia, pelas pessoas que nos rodeiam e até por entidades enganadoras que querem se fazer passar por entidades da luz;

13 – Conforme vamos recebendo estas energias sentimos uma crescente necessidade de ficar sozinhos, em silencio e em meditação, principalmente em contato com a natureza;

14 – Vamos começar a sentir um desapego cada vez maior das pessoas (desapego não é desligar-se ou deixar de amar alguém) e das coisas materiais e uma crescente despreocupação em relação às nossas necessidades físicas e materiais. Haverá um gradativo desinteresse pelas coisas fúteis e supérfluas e uma crescente sensação de confiança em nós e na espiritualidade e a certeza de que as coisas materiais básicas de que necessitamos virão sempre a nós na hora e na medida certa, sem a necessidade de nos preocuparmos com isto (desde que façamos a nossa parte, é claro, sem ficarmos de braços cruzados);

15 – Vamos cada vez mais sentir as vibrações das pessoas e perceber quem é da luz e quem não é, mesmo a distância;

16 – Teremos as mais diversas experiências resultantes das manifestações de nossos sentidos extra-físicos. Como alguns exemplos podemos citar o de conseguir saber antes de atendermos o telefone quem esta nos ligando; o de regularmente e naturalmente colocarmos a chave na fechadura de pronto na primeira tentativa sem nem ao menos olhar para a mesma; o de conseguir captar o pensamento das pessoas próximas ou distantes; de sair do corpo e ir a outro lugar e voltar em um segundo enquanto estamos conversando com outra pessoa, etc.

17 – Contudo, de todas as experiências a percepção de diferentes realidades e dimensões que começam a se manifestar na forma de fleches, cada vez mais freqüentes e mais duradouros, é a experiência mais maluca que se pode imaginar e de mais difícil compreensão e aceitação, principalmente quando somos conduzidos pelos irmãos pleiadianos a conhecer outros “eus” ou diferentes identidades nossas que coexistem ao mesmo tempo em diferentes dimensões ou realidades paralelas. Isto realmente dá um nó em nossa cabeça e se não é a assistência que temos de nossos mentores e dos irmãos pleiadianos iríamos começar a duvidar de nossa própria sanidade.

 

ALGUMAS DICAS COM BASE NA NOSSA EXPERIÊNCIA PESSOAL:

1 – O mais importante neste momento em que as ondas de energia do despertar de nossa consciência chegam até nós é estarmos o mais receptivos possível para desta forma colaborarmos e agilizarmos o processo. Assim é importantíssimo que aumentemos a pratica da meditação, que deverá ser feita a qualquer hora que tenhamos oportunidade para tal, contudo o melhor horário é entre as 06:30 e 09:30 hs, principalmente nos dias que percebermos a chegada de uma nova onda energética;

2 – Não devemos perder nenhuma oportunidade, assim há momentos em que a prática da meditação não é possível, como os momentos em que estamos no transporte para o trabalho, mas que é possível estabelecermos uma conexão mental e uma comunhão com o Criador e nos colocarmos receptivos a estas energias;

2 – A meditação deve ter como base sempre uma total entrega e comunhão com o grande Criador Primordial e por isso sempre que possível deve ser precedida de uma oração do tipo da Oração de São Francisco;

3 – A oxigenação é fundamental para que estas energias possam mais facilmente ativar e organizar os filamentos de nosso DNA, assim é importante que ao iniciarmos as meditações e em todos os momentos que seja possível que façamos exercícios de respiração visando aumentar a oxigenação de nosso sangue. O método sugerido pelos irmãos pleiadianos é o de respirarmos lentamente, pausadamente e profundamente (como num suspiro) de uma maneira natural e relaxada. A prática em locais naturalmente oxigenados pela natureza, locais com muitas árvores, córregos e principalmente cachoeiras, como parques, bosques ou matas naturais seriam os locais ideais e ajudaria muito;

4 – Da mesma forma é importante que neste período tomemos bastante água natural e água de côco e que comamos regularmente melancia, segundo os pleiadianos, “muito importante pelas elevadas propriedades eletrolíticas que essa fruta contém”;

5 – A rotineira colocação dos pés na terra ou grama durante este período é também muito importante (a areia também ajuda, mas a terra é mais eficaz para isto) principalmente nos momentos em que estivermos em meditação ou apenas receptivos, pois ajuda a ancorarmos no planeta esta energia ao mesmo tempo que ajuda a mantermos o sistema nervoso mais descarregado e mais disponível para que estas energias através dele possam atuar em nosso corpo (se pudermos meditar deitados na terra ou na grama, melhor ainda, a diferença será bastante perceptível);

6 – Outra recomendação dos irmãos pleiadianos é que nas meditações em que fizermos deitados que sempre que possível usemos os cristais sobre os chakras. Os cristais devem ser de preferência brancos e não totalmente transparentes como o vidro, devem ter uma ponta natural (lapidada não é eficaz) composta de seis faces e devem ter o tamanho da ponta à base de aproximadamente 8 cm. Devem estar devidamente limpos, descarregados e programados e devem ser usados de preferência em contato direto com a pele, com a ponta sobre o chakra, mas sempre voltada para a nossa cabeça. O ideal é termos 6 ou 7 cristais para isto, mas para quem tem apenas um deve usá-lo sobre o chakra do plexo solar para trabalhar na liberação das emoções reprimidas, se tiver dois um sobre o plexo e outro sobre o cardíaco e se tiver três coloque o terceiro sobre o terceiro olho na testa (entre outras finalidades os cristais vão ajudar no equilíbrio dos chakras e no descarrego e limpeza de nosso sistema nervoso e assim facilitar a recepção destas energias);

7 – A utilização de Florais de Bach também ajuda muito na liberação do medo e das emoções reprimidas ou bloqueadas e é muito importante neste momento;

8 – Banhos de ervas também ajudam na limpeza e equilíbrio energético, facilitando também a recepção destas energias (uma delas a rosinha branca);

9 – O desapego de tudo é fundamental neste momento, devemos estar focados em nosso despertar, em nossa evolução e em nossa missão espiritual, todo o restante vem naturalmente, cada coisa ao seu tempo, inclusive as materiais. É só confiar, exercitem isto, façam a experiência.

10 – Finalmente, para encerrar queremos recomendar que independente de qual seja a vossa origem estelar, que busquem sempre a ajuda e assistência dos irmãos pleiadianos interdimensionais que são os seres da luz encarregados desta etapa de nossa evolução e que estão sempre prontos a nos ajudar. Chamem por eles sempre que precisarem e suas presenças de luz serão sempre sentidas dentro de uma vibração de intensa alegria e amor incondicional.

Abraços fraternos a todos e fiquem na luz e na paz profunda.

Amamos a todos vocês.

Ibiatan Upadian


 

Exibições: 88

Anexos

Respostas a este tópico

Antes de mais nada quero agradecer pelas informações complementares que você vem acresentando a cada aula, tem sido bastante importantes para a compreensão dos processos que estamos vivenciando. Tenho percebido muitos dos sintomas a que você se referiu, principalmente na última semana uma sensação de torpor mental e sonolência. Hoje pela manhã recordei fragmentos de um sonho, mas lembro claramente de ver meu corpo com a forma atual agonizante e encarei isso com muita tranquilidade dizendo a alguem que me acompanhava no sonho que isso era esperado que aquela forma teria que morrer. Você acha que essa sensação faz parte do desapego que está se instalando ou indica uma trasnformação profunda que vem se processando?

Em profunda gratidão

Muita Luz

 

Querida Sonia, amiga e irmã estelar,

Acreditamos que a experiência que a irmã teve não foi exatamente um sonho, foi mais que isto.

Quanto a questão que a irmã propõe, acreditamos que ambas as respostas estão corretas, mas que talvez não sejam tudo.

Veja a Aula nº 13 que postamos hoje e principalmente as informações complementares dos pleiadianos contidas na mesma e veja se a situação vivida pela irmã não se encaixa.

Qualquer dúvida sobre a questão, por favor volte a nos contatar.

Independente disto gostariamos de saber de vossas conclusões após a analise que estamos lhe propondo.

Agradecemos de coração a vossa participação.

Sinta-se carinhosamente abraçada, num abraço fraterno e afetuoso e fique na luz e na paz profunda.

Amamos você.

Ibiatan Upadian

Grata , pelas explicações.Com esta clareza de

detalhes vamos conseguir superar os nossos medos,

e seguirmos rumo á nossa ascenção e ajudar uns aos

outros a passar esta transição.

Amor ,Paz e Luz  para todos. 

Tudo isso é fantástico. Adorei. Obrigada. Muita luz.

Pelo que li!passei por esses processos de mudança, e na qual continua alternando as vibrações, sem fixação,mas sempre positiva...

percebo também um impulso de grande rejeição ao que não está vibrando na luz e no amor, apesar ter a consciência plena do sentimento de compaixão,benevolência,amor e caridade,mas a convivência é difícil e confusa, mas com amor supera-se, e as energias de baixa densidades e sombrias se afastam naturalmente, me sinto mais forte....Obrigada! Continuarei os estudo....somos eternas crianças em aprendizado...que assim é. Amém.

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço