Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

http://www.parascientifica.com/img/lemuria.jpg

 

Saudações, meus queridos, Eu sou Kryon do Serviço Magnético. Nos
últimos dias esta sala tem se preenchido com tanta energia! (Este é
o terceiro dia da conferência do Monte Shasta). Tem havido muitas
trivialidades, ensinamentos, e cura. Também tem havido revelação – talvez
o início de uma revolução no pensamento pessoal.

...

Sobre Lemúria

Não é nossa intenção informar-lhes sobre Telos (a cidade interdimensional
na montanha), pois isto, meus queridos amigos, está bem descrito e
bem canalizado de uma forma muito sucinta e bela. Não. Ao contrário,
desejamos voltar e contar-lhes um pouquinho sobre a antiga experiência
lemuriana, e apenas abordar alguns itens que podem ajudar-lhes a
compreender um pouco mais esta profunda família.

Mais uma vez gostaríamos de avisá-los: Não retornem em sua estrutura
de tempo, em sua antropologia, em sua sociologia, além de 100000 anos
atrás, pois vocês não encontrarão ninguém como vocês. Às vezes esta
afirmação tem sido mal compreendida ou até mesmo mal interpretada
dizendo-se que Kryon disse que não havia humanos há mais de 100000
anos atrás. Isto é ridículo. O que estamos dizendo é que a Terra que
foi criada para o seu teste humano passou por muitos estágios, todos
importantes e necessários. Seu desenvolvimento espiritual e consciencial
não aconteceu todo de uma vez só. De fato, centenas de milhares de
anos fizeram parte do passado lemuriano. Eles são a raça central do
planeta. São mais antigos que os Sumérios, e também do que os povos
do vale do Indo. Eles estiveram aqui tempo o bastante para que sua
linguagem evoluísse e mudasse enormemente provendo as sementes de
algumas das línguas mais profundas que vocês conhecem atualmente...
a dos egípcios, dos israelenses e dos polinésios... todas derivadas do que
chamaremos a língua original de Solara Maru. Nestas línguas existiam
verdades básicas com as quais vocês lutam até hoje, e se deve a algo que
os lemurianos possuíam, mas que vocês não possuem. Deixe me falar
sobre os lemurianos físicos que existiam na Terra há muito tempo atrás.
Eles eram a raça central, mas não eram como vocês são hoje em dia.

A Semente Biológica

O primeiro atributo é sua grandeza. Esta foi a raça que recebeu a semente
biológica das estrelas. O que vocês chamam de sua humanidade inicial foi
providenciada pelos Pleiadianos através dos lemurianos. A energia das
Sete Irmãs veio e os visitou fisicamente, e esta energia de fora do planeta
contribuiu para a experiência lemuriana, e até mesmo para a cultura, para
sua raça e a forma como pareciam. Darei-lhes algo; lançarei um desafio:
quero que vejam algo que não foi percebido anteriormente.

(O que se segue refere-se à experiência durante a conferência do Monte
Shasta): No telão apresentado na sexta feira à noite, vocês viram uma
imagem canalizada do Sumo sacerdote de Telos, e seu nome era Adama.
Vocês puderam olhar para esta imagem canalizada e perceber como ele
se parecia de maneira um tanto quanto acurada. Vocês tiveram cerca de
uma hora para olhar para ele. Eu desejo que se lembrem pois aqui está
o desafio: Durante as últimas centenas de anos tem havido visitantes das
Plêiades. Três grandes visitas ocorreram, e mais de uma delas foi bem
documentada. Foram feitas ilustrações daqueles que se encontraram
com humanos, e estas ilustrações estão disponíveis em suas bibliotecas
mostrando como se parece um pleiadiano do ponto do vista daqueles que
foram visitados e relataram isto. Agora lhes direi como eles se parecem:
Eles se parecem com Adama! Encontrem as imagens! Permitam que
esta seja a prova da linhagem do planeta e do papel que os lemurianos
desempenharam, pois seria tolo pensar que de alguma forma todas estas
pessoas de diferentes momentos e culturas de alguma forma se reuniram
para pregar uma peça em vocês. Eles não fizeram isto. É assim que se
parecem os pleiadianos... e também os lemurianos.



Adama é o grão Sacerdote de Telos , Líder espiritual da cidade lemuriana 
sagrada (de 5ª dimensão) chamada Telos sob o Monte Shasta (Califórnia, EUA). 
Ele é o presidente do Alto Concílio Lemuriano de Luz em Telos.

(Segundo Kryon esta é a aparência dos pleidianos.)  


Muitas vezes nós os chamamos de lemurianos porque vocês são velhas
almas, mais antigas do que a história registrada. E vocês foram de fato
parte de uma experiência da qual não podem se lembrar, mas que surte
através do seu DNA. Como vêm os lemurianos não eram iguais a vocês
e isto parecerá estranho... mas eles tinham uma dimensão extra além
da percepção normal. Vocês podem chamar a esta percepção extra de
Número 5 se desejarem, mas em uma conversa interdimensional isto não é
acurado.

Os lemurianos caminharam sobre este planeta com uma qualidade
dimensional com atributos além dos seus. Os lemurianos compreendiam
a interdimensionalidade muito antes de Telos. Com o passar do tempo,
eles se conscientizaram de que havia uma involução ocorrendo, e que eles
estavam perdendo algumas de suas habilidades. Além disto eles também
tinham consciência de que seu tempo no planeta estava limitado até um
certo ponto uma vez que perceberam a inevitável vinda das águas. Esta

involução se deveu simplesmente ao fato de que alguns dos atributos
dados a eles pelos pleiadianos não sobreviveram com o passar do tempo
dentro da energia do planeta Terra.

Há aqueles que se perguntam como seres físicos como os seres humanos,
naquela época, poderiam de repente decidir se tornar interdimensionais
e entrar em uma montanha permanecendo lá com os atributos de uma
cápsula de tempo (a estória lemuriana de Telos e Shasta). Isto é muito
inacreditável! Não é algo que possam conceber e acaba se tornando uma
informação estranha para aqueles que a escutam. Na verdade é por que
os lemurianos tinham uma percepção, dada a eles pelos pleiadianos,
equivalente a uma dimensão a mais do que as que vocês tem.

Vamos voltar no tempo e fazer algumas revelações. Sabemos que falar
sobre uma raça primordial de seres humanos que possuía uma percepção
extra dimensional é uma idéia exótica. Mas existe alguma evidência, e
agora eu lhes darei algo para pensarem: a raça antiga mais próxima de
vocês das quais possuem artefatos são os Sumérios. Os sumérios estavam
muito distantes dos lemurianos no tempo, mas ainda possuíam um pouco
da consciência que os lemurianos dispunham em sua cultura. Todas estas
coisas aconteceram ao longo de milhares de anos. O desafio: Dêm uma
olhada nos artefatos sumerianos. Antes de tudo vocês perceberão que sua
computação era toda na base 6 (um derivativo da matemática de base
12 e uma onda da natureza e da física real). Depois, o artefato conhecido
como o Selo de Berlin mostrava claramente que eles sabiam tudo sobre o
seu sistema solar! Eles sabiam sobre o movimento de seus planetas, e até
mesmo que alguns possuíam anéis... tudo sem nenhuma evidência de que
esta cultura possuísse telescópios.

Sua ciência riria disto e desacreditaria completamente a idéia de que eles
pudessem saber de tais coisas. Eles lhes dirão que esta sociedade deu
alguns palpites sortudos. Mas o estranho palpite sortudo que mostrasse
um acurado sistema solar, revelando até mesmo os anéis de saturno, seria
realmente muito mais inacreditável. Deixem me lembrar-lhes que sua
própria ciência postulou que toda a estrutura atômica é interdimensional,
e que a sua idéia de realidade como um ser humano é menos da metade
do que realmente existe. Eles também lhe disseram que quando vocês
começam a estudar as outras dimensões, tanto o tempo quanto o espaço
são quase totalmente anulados, entrelaçados, e em um estado quântico.

Agora eu lhes conduzo de volta aos sumérios. Eles não possuíam
telescópios, no entanto sabiam tudo sobre os cosmos. Isto se deve ao
fato de que a “visão interdimensional” lhes deu isto. Dentro da percepção
deles era absolutamente intuitivo “conhecer” o que estava ao seu redor.
Nem o tempo nem a distância eram problemas para se “ver” o sistema
solar. Portanto, para aquilo que vocês necessitam de uma tecnologia de
2004, eles faziam intuitivamente. Isto também é verdade com relação
aos lemurianos, mas com eles era ainda mais intenso. Os lemurianos não
apenas possuíam esta habilidade, mas também conhecimento intuitivo
do DNA interdimensional. Foi isto o que os levou facilmente a construir o
templo do rejuvenescimento, permitindo-lhe utilizar o magnetismo para
alterar seus relógios corporais.

Então, compreendam que nenhuma destas revelações sumerianas
necessitavam de alta ciência, como poderiam dizer, mas ao invés
disto apenas uma percepção simples que possuíam, mas que vocês
não possuem. Seria como uma sociedade de cegos repentinamente
encontrando uma que pudesse ver. Na realidade dos cegos, eles
precisariam ir até lá e descobrir como se parecia uma montanha distante,
mas vocês poderiam “vê-la” à distância! Esta é uma situação muito similar:
uma percepção versus a outra.

A Evolução Espiritual da Terra.

Devido à nova energia da Terra neste planeta, o aumento na vibração
(velocidade) e a subseqüente expansão do tempo, algumas das habilidades
da humanidade estão retornando. Nossos ensinamentos têm sido
exatamente como este, e talvez agora isto faça mais sentido. Muitos de
vocês estão pedindo pelo que tem chamado de “ativação do DNA”. Alguns
a chamaram até mesmo de status de ascensão, mas eu lhes direi que é
mais como um retorno a Lemuria.



A montanha atrás de vocês (Shasta) não está mudando (foto). Os lemurianos
dentro dela não são diferentes do que sempre foram. Ao invés disto,
eles tem esperado para que vocês mudem, e vocês tem se tornado cada
vez mais como eles! Vocês estão começando a ativar aqueles pedaços e
partes do DNA que sempre estiveram lá, mas que são interdimensionais
e portanto não intuitivos para vocês. Portanto, no grande esquema das
coisas eles tem estado esperando por vocês. E assim é que o que vocês
realizaram criou a habilidade de vê-los e saber o que fizeram em Telos.
Eles tem sido pacientes. O tempo deles é ligeiramente diferente que o seu,
mas eles tem sido pacientes. Eles sabiam que se a humanidade pudesse
evoluir espiritualmente, eles poderiam ser vistos, e ajudariam. Agora é o
momento.

Também havia uma forte crença de que eles pudessem ser o futuro do
planeta. É por isso que eles se seqüestraram permanecendo em um estado
interdimensional. Então mais uma vez eu lanço sobre vocês uma realidade
em mutação que pode ser diferente do que pensaram. A montanha não
muda - vocês sim! A cada ano, à medida que vocês mudam e percebem o
que isto significa, muitos serão capazes de ver e sentir mais sobre o que
realmente está acontecendo lá. As curas se tornarão mais grandiosas à
medida que percebem com o que estão lidando. Os que estão na montanha
serão capazes de visitá-los de uma maneira mais forte devido à sua
compreensão de sua própria linhagem. Vocês lhes dão permissão para
auxiliarem.

A cápsula de tempo que estão aqui na montanha, portanto, tem os mesmos
atributos sobre os quais falamos ontem quando ensinávamos sobre o
trânsito de Vênus (canalização de 19 de junho). É uma energia que lida
com algo que esteve sempre lá, mas que agora está desperta e pronta para
ser incrementada. Lembrem-se disto: Interdimensionalidade está sempre
lá. Não algo que vocês criam. Se existem 12 maçãs e vocês apenas vêm 4,
não significa que as outras não existem. Se de repente você desenvolver
a habilidade de ver mais uma maçã não se surpreenda se ela disser, “Olá!
Estava esperando por você!” Sempre esteve lá esperando que você a
descobrisse. Agora você tem mais alimento do que antes (mais maçãs para
comer).

Vocês estão desenvolvendo uma nova consciência planetária e tem auxilio.
Esta foi a intenção lemuriana durante todo o tempo. Aqueles que se
reúnem com vocês agora estão dizendo, “Finalmente existe o despertar!
” Eles estão olhando para você e dizendo, “Nós não somos incomuns
e não somos estranhos. Somos apenas uma dimensão que desperta.
Se vocês nunca escolhessem isto, estaríamos lá de qualquer forma, e
sobreviveríamos até o fim do planeta Terra juntamente com vocês. Vocês
poderiam nunca ter despertado, mas nós ainda estaríamos na montanha,
apenas com nossas tarefas sem serem cumpridas.”

Esta é a beleza da missão de Telos. Ela existe pela humanidade e não para
si mesma. É a cápsula do tempo do que poderia ser, apenas ativada se a
humanidade fizesse certas escolhas... o que ela fez.

As Escolas de Lemúria

Deixe me contar-lhes um pouco mais sobre a Lemúria e alguns atributos
de sua sociedade. Você poderá dizer, “Por que você faria isto?” O motivo
é para que vocês comecem a conectar os nós sobre o que mais está
acontecendo no planeta. Agora eu falarei sobre o jeito lemuriano na época
deles, em uma terra que era bela antes do oceano cobri-la. Deixe me
contar-lhes sobre as crianças deles.

A educação era muito, muito diferente em grande parte da Lemúria. Isto
foi antes de Atlântida, e era assim: Os professores eram chamados de
anciãos. Eram muito respeitados, pois eles entregavam o conhecimento
da cultura. Todos eles eram seniores, e representavam alguns dos mais
elevados atributos da sociedade. No entanto, eles não dirigiam as escolas
como seus professores fazem atualmente, e também não tinham nada a
ver com os negócios do dia a dia. Não havia administradores nem mesmo
prédios administrativos nas escolas, e todos os prédios eram pequenos ,
isolados e as salas de aula não tinham tinham conexão umas com as
outras.

Também não havia sistema linear! Ao contrário, os anciãos se reuniam
e decidiam o que as crianças deveriam aprender e conhecer durante um
certo período. Os pais enviavam seus filhos para as classes locais quando
atingiam certa idade. Em uma sala de aula típica, as crianças e os anciãos
(professores) decidiam juntos o que precisava ser aprendido. As crianças
então assumiam e decidiam coletivamente o quão rápido poderiam
aprender, comunicando suas resoluções aos anciãos posteriormente. O
professor precisaria ser flexível e compartilhar o desenvolvimento do plano
das crianças. Depois as crianças freqüentemente escolhiam um líder entre
elas, ou um calendário de rodízios de líderes estudantis, para ajudar nas
tarefas de manutenção e administração de suas metas.

Portanto, os anciãos estavam lá para dispensar conhecimento e
assegurarem-se de que as crianças receberam o conhecimento apropriado.
Mas as crianças tinham idéias de conceitos elevados e freqüentemente
podiam conceber todo o projeto de um ano de aprendizado em apenas
um dia. Então mesmo sem o conhecimento em si, elas podiam expor o
que sentiam ser a melhor forma de aprender, o método mais rápido, e
como “conectar” melhor tudo isto com a sua agenda de aulas. Quando
sentissem que haviam aprendido a matéria, as crianças pediam para serem
testadas. Se a turma passasse, todos eles ganhariam o fim do período e as
férias começavam (a verdadeira meta das crianças daquela idade).

Portanto, ao invés de um período de duração comum, eles poderiam iniciar
ao mesmo tempo, mas não havia término definido. Assim as crianças
podiam determinar a duração do período de acordo com a rapidez com que
aprendiam. Isto era conceitual e reflete sua habilidade de compreender
o que precisava ser aprendido sem realmente conhecer a informação.
Não havia ano escolar ou graduação - apenas a meta de certos graus
de conhecimento, e a meta de conseguir isto para que depois pudessem
brincar! As crianças estavam no comando, mas elas compreendiam
completamente que precisariam aprender o que era necessário.

Muitos podem exclamar, “Não, isto é muito incomum e estranho. Não
poderia funcionar. A natureza humana não permitiria isto!” Minha
resposta é: Talvez a natureza humana 4D nunca permitiria isto, mas
uma criança conceitual e multidimensional poderia fazê-lo facilmente.
O motivo pelo qual estou dizendo isto é que este é o atributo inicial das
crianças Índigo sobre as quais canalizamos há muitos anos atrás. É muito
lemuriano! Até mesmo alguns dos “rótulos” das Crianças Índigo foram
listados como sendo interdimensionais.

De volta a Lemúria: Se houvesse crianças com aprendizado lento na turma,
as crianças poderiam observar esta situação imediatamente e ensiná-
las! O que vocês hoje chamam de dever de casa era uma tarefa delegada
a cada aluno para que pudessem ensinar outros de forma que pudessem
todos estar em dia com as aulas. Mas a única coisa que eles levavam para
casa eram outros alunos! Quanto mais rápido aprendessem, mais rápido
teriam férias. Isto fazia sentido para as crianças. Você pode dizer, “Bem, e
o que acontecia com os causadores de problemas? Havia algum deles nesta
grande terra da Lemúria?” Claro. Não façam julgamentos enquanto eu
revelo como se lidava com isto.

As próprias crianças lidavam com a disciplina – oh, não o sistema
amedrontador, pois aquilo não estava na consciência de uma criança
de mentalidade conceitual. Lembrem-se, neste tipo de consciência,

o panorama é a meta do grupo e não o poder individual. As crianças
poderiam lidar com isto de forma lógica. Se houvesse outro aluno
atrapalhando seus planos de férias, eles poderiam tutorá-lo da melhor
maneira que pudessem. Se alguns não correspondessem, ou fossem
encrenqueiros, eventualmente os alunos o expulsariam.

Qualquer um que fosse expulso da escola por um consenso dos próprios
alunos nunca mais poderia se juntar àquela turma novamente. Ao
invés disto, eles precisariam ir para outras escolas que não estivessem
na grande Lemúria. Isto (é claro) criou outra sociedade inteira, uma
sociedade desonrada e que freqüentemente não vivia por muito tempo, já
que não tinham o direito de ir ao Templo do Rejuvenescimento, que era
uma grande parte do sistema de saúde da Lemúria.

Duro, vocês podem dizer? De fato. Dentro dos padrões evoluídos de hoje,
talvez fosse. Mas era assim que as escolas funcionavam. Sua sociedade
progrediu de maneiras que eles não progrediram pois vocês trabalharam
em outros aspectos de sua iluminação.

Estas explicações podem ajudar-lhes a compreender por que a escola é
algo tão difícil para os índigos atuais, para os Cristais, e para todas as
crianças da nova energia. Pois dentro delas está uma camada de DNA que

está ativada e pronta para funcionar. E ela se lembra.

...

Querido humano, você é amado além de qualquer medida por todos nós,
e foi um privilégio estar aqui esta noite.

E assim é.

Kryon

 

 

Fonte: http://ensinamentos-das-pleiades.blogspot.com/

 

Leia mais no nosso blog:

MENSAGEIROS DO AMANHECER

Venha nos fazer uma visita!

Ibiatan Upadian

 


Exibições: 15

Anexos

Respostas a este tópico

A montanha atrás de vocês (Shasta) não está mudando (foto). Os lemurianos
dentro dela não são diferentes do que sempre foram. Ao invés disto,
eles tem esperado para que vocês mudem, e vocês tem se tornado cada
vez mais como eles! Vocês estão começando a ativar aqueles pedaços e
partes do DNA que sempre estiveram lá, mas que são interdimensionais
e portanto não intuitivos para vocês. Portanto, no grande esquema das
coisas eles tem estado esperando por vocês. E assim é que o que vocês
realizaram criou a habilidade de vê-los e saber o que fizeram em Telos.
Eles tem sido pacientes. O tempo deles é ligeiramente diferente que o seu,
mas eles tem sido pacientes. Eles sabiam que se a humanidade pudesse
evoluir espiritualmente, eles poderiam ser vistos, e ajudariam. Agora é o
momento. 

É apaixonante saber que estão tão perto e que temos a chance de recuperar contatos perdidos...

Vale a pena estudar o assunto para intensificar esta evolução.

Acredito que assim é, pois sempre tive a sensação de que estamos aqui para ajudar estas Crianças maravilhosas,como direciona-las ou algo assim....

Querido amigo, grata pela mensagem esclarecedora.

Abraços de Luz e Alegria.

Tenho plena certeza que meu filho foi uma criança índigo, e agora é um jovem índigo, ele não conseguia se adaptar em nenhuma escola, era uma trabalheira faze-lo ir a escola, embora fosse muito inteligente e criativo,ele

desenha muito bem desde os 3 anos, faz poesias, músicas, aprendeu tocar piano rápido, violão,aprendeu inglês sozinho e fala fluentemente,e ele sente(ia) uma agonia que não sabia explicar, era um vazio, que nada preenchia,o médico dele diagnosticou ele como bipolar,  sofri muito para cria-lo pois na época eu não entendia patavinas porque ele era diferente,se eu soubesse o que sei hoje, teria orientado ele melhor, e acho que eu não estaria passando pelo que eu estou passando hoje, dia 24 de abril vai fazer 4 anos que não vejo meu filho, nesse dia ele saiu de casa e nunca mais voltou, ele tinha 20 anos na época, até hoje não me recuperei e nunca vou, desculpem o desabafo. Ibiatan, sempre tive fascinação pela Lemúria e a Atlântida, desde que ouvi pela 1ª vez esses nomes, obrigada por essas informações.

Qto mais eu leio sobre estes assuntos, mais encantada fico, na certeza de estar fazendo as escolhas certas. É como se  repentinamente , os olofotes clariacem minha mente.

A suspeita de já ter vivido em Atlanta sempre foi mto gde, mas nunca tinha pensado que poderia ter vivido na Lemúria. Isto é mto intrigante !!!

Bem não sei ao certo a respeito mais gostaria de mais informações sobre os Lemurianos...o Assunto é novo pra mim.

Por favor pessoal me envie mais material sobre os Lemurianos e também sobre Teles pois não entedi muito bem o assunto e felizmente acho super importante tudo que nos é mostrado. Gostaria de entender melhor a respeito, mais pelo o pouco que endendia me corrigam se eu estiver errada é que nesta época dos Lemurianos seja o que foi feito, o que aconteceu era o que tinha de acontecer era necessario, ou era imposto, ou talves até o que nós deviamos fazer de melhor como uma gloria e honra, por isso vejo como uma (importancia) não se julgar e não se culpe. Este tempo era outro tempo. Talves quem sabe tinha de ser assim .....Hoje vamos aprender, ficar atentos a tudo sempre pessoal, hj temos a oportunidade de aprender e escolher...vamos aproveitar  

Beijos de Luz

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço