Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

CAROS AMIGOS E CARAS AMIGAS - VEJAM A MATERIA, PODEM PARECER, MAS NÃO EXISTEM COINCIDENCIAS E SIM: CAUSA E EFEITO, CAOS E CALMA HARMONIOSA . O LAGO É O MESMO, POREM A SUPERFICIE DO LAGO REFLETE O MOVIMENTO QUE NÓS DERMOS OU A SUA CALMA NATURAL, TUDO NESTE MUNDO É POLARIDADE (FRIO-QUENTE, HOMEM-MULHER, DIA-NOITE, POSITIVO-NEGATIVO) COMO O SIMBOLO DO YIM-YAM, QUE NA UNIÃO DOS OPOSTOS TEMOS A HARMONIA, OU SEJA TUDO DEPENDE E DEPENDERÁ DO NOSSO LIVRE ARBITRO. SE HÁ MENSAGENS VINDO É QUE DEVEMOS ESTUDA-LAS E ATRAVES DO NOSSO QUERER PASSARMOS A EFETUARMOS OS PREPARATIVOS (O NOSSO AGIR).


Vejam que o Calendário Maia tem pontos comuns com Profecia Hindu e Mistério do Egipto apontam que as Pirâmides de Gisé estão alinhadas com a Constelação de Orion que em nossos estudos descrevem como papel importante nos acontecimentos futuros (vide nossa postagem anterior - ponto de discussão: O retorno da Pomba) e que na matéria postada - ponto de discussão: Profecias Perdidas de Nostradamus esclarece que o cume dos acontecimentos será quando Sagitário (constelação) aponta sua flecha para o centro da galáxia que é o Cinturão de Orion. As datas, as medições, profecias, estudos estão coincidindo - se fechando. Antes de tudo não há certeza fatalista dos eventos e sim tempo de mudanças, de preparações (internas e externas). E se estão chegando informações é porque podemos e devemos estudar e discutir os preparativos.
Lembre-se que "O PLANTIO É OPCIONAL, MAS A COLHEITA É OBRIGATORIA".


Calendário Maia corrobora Profecia Hindu


Algumas fontes sugerem que estamos actualmente a aproximar-nos do final do Kali Yuga (Idade do Ferro) que, segundo a tradição Hindu, é a última e mais negativa das quatro eras evolucionárias do grande ciclo manvantárico. Existiu uma Idade de Ouro (Satya Yuga), mas à medida que o tempo avançou, o planeta entrou numa espiral descendente negativa e a qualidade de vida em cada Yuga (Idade ou Era) tornou-se gradualmente removida do conhecimento da verdade e da lei natural. O Kali Yuga é caracterizado pela intoxicação, prostituição, matança de animais, destruição da natureza e pelo vício do jogo. Esta é a era onde a gratificação dos sentidos é a meta da existência, onde se acredita somente no que se vê, onde não existe misericórdia e onde Deus se tornou um mito. Existem guerras, o vício e a ignorância são dominantes e a verdadeira virtude é praticamente inexistente. Os líderes que governam a Terra são violentos e corruptos e o mundo tornou-se completamente pervertido.
Segundo os preceitos do hinduísmo, Kalki, o 10º e final avatar de Vishnu, virá montado num cavalo branco, manuseando uma espada flamejante com a qual irá derrotar o mal e restaurar o dharma, dando início a um novo ciclo, uma nova Idade de Ouro ou Satya Yuga. No “Brahma-Vaivarta Purana”, que é um texto religioso Hindu, o senhor Krishna diz a Ganga Devi que uma nova Idade de Ouro irá começar 5 000 anos depois do início do Kali Yuga e que esta durará 10 000 anos.
Esta previsão da chegada de um novo mundo é também profetizada pelos maias. O calendário maia começou com o 5º Grande Ciclo em 3113 a.C. e terminará em 21 de Dezembro de 2012. O Kali Yuga Hindu começou em 18 de Fevereiro de 3102 a.C. Só existe uma diferença de 11 anos entre o começo do Kali Yuga e o começo do 5º Grande Ciclo dos maias. Os antigos Hindus utilizaram principalmente calendários lunares, mas também calendários solares. Se o calendário lunar normal equivale a 354,36 dias por ano, então seriam 5270 anos lunares desde que começou o Kali Yuga até à data de 21 Dezembro de 2012. São cerca de 5113 anos solares de 365,24 dias por ano desde o início do Kali Yuga até ao Solstício de Inverno de 2012. Desta forma, o calendário Maia parece corroborar o calendário Hindu.
Quer por anos solares ou lunares, de acordo com as antigas escrituras Hindus, parece ter chegado o tempo da profecia de Krishna se realizar. Uma idade de ouro pode assim começar em 2012. É impressionante porque ambos os calendários começam mais ou menos ao mesmo tempo, há cerca de 5000 anos atrás e ambos prevêem um novo mundo totalmente diferente, uma Idade de Ouro que se iniciará cerca de 5000 anos depois do começo dos mesmos. E não deixa de ser espantoso porque, historicamente, estas duas culturas antigas não tiveram nenhum tipo de contacto. Mais uma vez parece existir alguma verdade por detrás disto.

Mistérios do Egipto


Um cuidadoso exame dos sítios chave mundiais de pirâmides revelam que elas são sofisticadas estruturas harmónicas, não somente espelhando as posições dos planetas e sistemas estelares, mas também destinadas a representarem os chacras e cavidades harmónicas do corpo humano. Mesmo cada pedra dentro da Grande Pirâmide de Giza, no Egipto, é harmonicamente sintonizada a uma frequência específica ou tom musical.
A Grande Pirâmide de Quéops é considerada por muitos como sendo um gigante calendário de pedra que conta a história do mundo e que descreve o chamado "Ciclo Phoenix" da nossa órbita galáctica. Uma linha completa de tempo da evolução da humanidade desde os últimos 4000 anos está escrita, em pedra, directamente nas passagens internas da Grande Pirâmide. Isto não está escrito em palavras, mas sim através do uso de um sistema numerológico compreensivo.
O grande corredor da pirâmide parece mostrar os acontecimentos mais importantes da história mundial, mesmo tendo em conta que foi construído antes de 2000 a.C. O grande corredor/calendário parece também mostrar que estamos a chegar ao fim deste ciclo temporal. Na Câmara do Rei existe um túmulo vazio que se acredita ser o símbolo do fim da morte. Os autores Robert Bauval e Adrian Gilbert sugerem que a Grande Pirâmide funciona como um relógio estelar precessional e que a forma como esta está disposta no terreno aponta para uma determinada era do ciclo precessional. A era que corresponde a 12 500 anos atrás, como é indicado pela Grande Pirâmide, seria uma era na qual os primeiros egípcios estariam especialmente interessados (isto teria sido quando as 3 pirâmides de Giza estavam alinhadas com a constelação de Órion).
Existe também quem defenda que a Grande Esfinge foi construída por volta de 10 500 a.C. e que a sua forma de leão seria uma referência definitiva à constelação e à era de Leão. Consequentemente, a orientação e disposições da Esfinge, pirâmides de Gizé e do rio Nilo, com relação uns aos outros no chão é interpretada como uma imagem espelhada exacta ou "mapa" das constelações de Leão, Órion (cinturão) e da Via Láctea.

Estudos do Zodíaco no templo de Dendera e o antigo Livro dos Mortos egípcio mostram que os Egípcios acreditavam na natureza cíclica do “fim do mundo”e alguns sugerem que eles previram uma data para o final do ciclo actual - fim de Dezembro de 2012.




O Zodíaco de Dendera demonstra que os Egípcios tinham conhecimento acerca da precessão dos equinócios. O Zodíaco mostra o movimento do sol (nos dias de equinócio) através das constelações. Segundo Patrick Geryl, o Zodíaco astronómico dos Egípcios descreve a data exacta dos anteriores cataclismos na Terra e as suas consequências.


Peço a licença do blog O GRANDE CICLO DAS ERAS E O FINAL DOS TEMPOS na transcrição, a seguir, do seu objetivo (que tem tudo a ver com o nosso grupo de estudo) e apresentação que é:

divulgar determinadas informações relacionadas com os ciclos evolutivos da Terra, de modo a despertar a consciência das pessoas sobre estes processos.
Serão apresentadas, entre outras informações, diversas profecias - provenientes de diferentes origens, mas que convergem para esta visão de existência de ciclos evolutivos - bem como aspectos científicos que parecem corroborar certos dados de profecias e de mitos e a existência de ciclos de evolução terrestre.
O material aqui apresentado não deve ser visto como verdade absoluta, consiste numa recolha de dados e alguns são apenas interpretações, existindo espaço para outras ideias e opiniões. No entanto, acreditamos que grande parte do que é aqui exposto poderá vir a acontecer num futuro próximo.

APRESENTAÇÃO
Civilizações perdidas, a idade do ouro, será que existe alguma verdade nestes antigos mitos? Os nossos antepassados falaram-nos de um grande ciclo trazendo eras de iluminação e eras de escuridão, marcadas pelo movimento dos astros.
Assim como dia e noite ocorrem devido ao movimento de rotação da Terra e as estações do ano ocorrem por causa do movimento da Terra em torno do Sol, algumas antigas culturas acreditavam que existe um ciclo ainda maior que influencia a queda e a ascensão das civilizações! A História e a Astronomia, bem como outras ciências, poderão ajudar-nos a descobrir este ciclo esquecido, um ciclo que se diz ser tão vasto que vai para além do nosso sistema solar. A este ciclo de eras foram dados diferentes nomes por diferentes culturas e cada idade ou era tem as suas próprias características. Um ciclo completo dura cerca de 26 000 anos e é identificado através de um fenómeno chamado Precessão dos Equinócios.
Muitas tradições e culturas antigas apontam para um cataclismo global associado a uma mudança de ciclo que podemos esperar que venha a acontecer por volta do ano 2012. É uma espécie de profecia que nos vem, mais notavelmente, das civilizações maia e egípcia. Para muitos, estas são civilizações descendentes da lendária Atlântida. Há quem defenda que os atlantes tinham conhecimentos astronómicos bastante avançados e que foram capazes de prever com exactidão um cataclismo que aconteceu cerca de 10.000 anos a.C. Assim, construíram um grande número de barcos para escapar à destruição e fugiram para o Egipto e para a América do Sul. Fontes históricas referem-se a uma cápsula do tempo esquecida num enorme labirinto no Egipto. Falam de câmaras secretas cheias de documentos, que foram criadas pelos atlantes e pelos antigos egípcios, com o intuito de preservar a sua sabedoria para a posteridade.
As referidas civilizações parecem dizer-nos que a presente era vai chegar ao fim. Para estas, tal não significa que a Terra inteira e a humanidade serão destruídas, mas sim que a nossa sociedade não continuará como actualmente a conhecemos. Os maias tinham uma visão do tempo muito diferente da nossa. Para nós o tempo é linear, para eles o tempo era cíclico: algo que aconteceu no passado voltará a acontecer continuamente. No final de um ciclo de cerca de 26 000 anos a Terra e o Sol aproximam-se do centro da Via Láctea e há um evento solar de grandes proporções, o que causa a inversão dos pólos magnéticos da Terra, fenómeno este que provoca grandes catástrofes naturais e permite o início de uma nova era.
Para muitos, tudo isto são apenas profecias sem importância, mas o facto é que até a própria ciência começa a reconhecer que há sinais que indicam uma mudança catastrófica iminente: mudanças significativas nos campos magnéticos terrestre e solar, mudanças climáticas, suposta aproximação de uma nova idade do gelo, suposta aproximação de um corpo celeste de enormes proporções, entre outros. Além disto, a Terra encontra-se prestes a completar um movimento de precessão.
Estamos então a viver um momento único na Terra. Para os mais racionais, estamos prestes a entrar em extinção; para os cépticos este momento não é único e nada irá acontecer em breve; para os mais espirituais este momento consiste num balanço de fim de era para a Transição Planetária, Juízo Final ou Final dos Tempos, defendendo que estamos prestes a evoluir para um novo modo de viver, de pensar e de nos relacionarmos com os outros.
O que podemos concluir é que nos encontramos prestes a testemunhar uma mudança de ciclo. Se estamos a ponto de evoluir para uma nova civilização e uma nova humanidade, ou para um mundo não muito diferente do de hoje, ou se para uma extinção em massa, só o dia de amanhã o dirá.

Exibições: 54

Respostas a este tópico

Como você mesmo disse, está aqui para ser lido e refletido. Para quem não leu ainda é tempo de ler A Caverna Dos Antigos, O Eremita de Lobsang Rampa, Eram os Deuses Astronautas? de Erik Von Danikem e o seu terceiro livro onde ele encontra uma das Cavernas dos Antigos que está bem vigiada e camuflada evem a corroborar que vivemos em ciclos e além disso já houve ciclo mais evoluido do que estamos atualmente e também pode ser visto em A História Desconhecida dos Homens que não lembro o autor. É impressionante como escritos tão antigos podem nos mandar esses recados. Será que nós hoje em dia que nos achamos tão"BONS ESPERTOS E INTELIGENTES"teríamos condições de fazer previsões para daqui a 26mil anos ou mesmo daqui a 5mil???????????????

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço