Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Estou postando a materia abaixo (novamente a fonte é cientifica - astronomos) e agora nos descrevendo que foi localizada uma (Planeta) Anã Marron (este termo Anã Marrom foi designado pelos cientistas para rebaixar Plutão como condição de Planeta devido ao seu "pequeno" tamanho, portanto foi descoberto um novo "planeta" Anã.

Será que é o tão falado profeticamente : NEBIRU , PLANETA X, HERCOLOBUS ????????

VEJA A MATERIA A SEGUIR (que foi gentilmente traduzida do espanhol para o português pela nossa Amiga Rosa Muruci) :



Localizada la enana marrón(Estrela Anã Marrom) cerca de Plutón. La
otra verdad del 40th aniversario.

Localizada a anã marron(Estrela Anã Marron)perto de PLUTÃO.
A outra verdade do 40º aniversário.

con 407 comentarios

Desde hace dos semanas, Plutón ha sufrido el impacto, calentamiento y
perturbación de un nuevo cuerpo celeste demasiado próximo a su órbita.
La razón: Una Enana Marrón del tamaño de 1.9Mj que está posicionada
justo en “Sagitario”, y que en estos momentos está perturbando la
órbita de Plutón. Pero no sólo la de Plutón, también, está perturbando
la órbita de Júpiter, y del resto de los planetas del sistema solar.
De hecho, el Sol, ha emitido CMEs durante las últimas semanas que han
provocado un desplazamiento de nuestro eje geomagnético exactamente en
19º, así como un incremento de la sismicidad de 1,33 MW respecto a la
sismicidad media del año 2008, por lo que “literalmente” se confirma
la teoría “binaria de nuestro sistema solar”. Algo se aproxima, y
claramente, el pico de la nube de Oort en la zona de Sagitario, está
causado por una Enana Marrón, que además, puede visualizarse en el
WorldWideTelescope, (WWT), justo, trazando la órbita de Plutón. Foto:
20/07/2009

Há duas semanas ,Plutão vem sofrendo o impacto,aquecimento e pertubação de um corpo celeste demasiado próximo de sua órbita.A razão:Uma Anã Marron do tamanho de 1.9MJ que está posicionada justo em "SAGITÁRIO",e que nestes momentos está perturbando a órbita de Plutão.Mas não só de Plutão,também está perturbando a órbita de Júpiter,e do resto dos planetas do sistema solar.
De fato ,o sol,tem emitido CMEs durante as duas últimas semanas ,que tem provocado um movimento no nosso eixo geomagnético exatamente em19º,assim como um aumento de sismos de 1,33MW,com respeito aos sismos médios do ano 2008,pelo que "literalmente"se confirma a teoria "binária" do nosso sistema solar".Algo se aproxima ,e claramente ,o pico da nuvem de Oort na zona de Sagitário,é causado por uma Anã Marron,além do mais ,pode visualizar-se no World Wide Telescope(WWT),justo,traçando a órbita de Plutão.

Compañera del Sistema solar. Sol-b).-En WWT.G1.9+0,3.

COMPANHEIRA DO SISTEMA SOLAR. SOL-b).-Em WWT.G1.9+0,3.

Se observarmos detidamente ,tem dois satélites ,que podem ser observados detidamente.Isto explicaria as pertubações sofridas pela nuvem de Oort durante os últimos tres meses,e por suposto,as alterações que o Sol está experimentando nos ciclos e emissões de raios cósmicos.Claramente ,a atração estelar entre ambos os astros,contraem gravitacionalmente as órbitas do resto dos planetas,e claramente ,se verificam ,as teorias dos dois doutores copia acima.........................,assim como,os modelos propostos pelo Dr copia.......................................e as observações realizadas pelos doutores copia..................................... O modelo se fechou.Especialmente,quando no dia 17 de julho de 2009 ,a NASA afirma em uma nota a imprensa ,que""o cinturão de asteróides pode ter-se formado muito longe do sol"".A NASA nos tenta contar algo de forma dúbia,mas já é um avanço.
Agora ,já é um fato.Temos aí a nossa Anã Marron,interatuando com Plutão e bombardeando asteróides de Oort contra Plutão e Júpiter.
No momento podemos ficar tranquilos ,pois os grandes planetas exteriores nos protegem contra impactos de asteróides de Oort,mas,não impedem a contração gravitacional de 41%prevista por copia.....................

Si se observa detenidamente, tiene dos satélites, que pueden ser
observados con detenimiento. Ésto explicaría las perturbaciones
sufridas por la nube de Oort durante los últimos tres meses, y por
supuesto, las alteraciones que el sol está experimentando en los
ciclos y emisiones de rayos cósmicos. Claramente, la atracción estelar
entre ambos astros, contrae gravitacionalmente las órbitas del resto
de los planetas, y claramente, se verifican las teorías de los
doctores Michael P. Aubry, Christopher T. Russell, and Margaret G.
Kivelson así como , los modelos propuestos por el Dr. John. J..
Matese, y Dr. John. B. Murray, y las observaciones realizadas por los
Doctores Geoffrey W. Marcy, y Ben. R. Oppenheimer. El modelo se ha
cerrado. Especialmente cuando el día 17 de julio de 2009, Nasa afirma
en una nota de prensa, Que ” El cinturón de Asteroides puede haberse
formado muy lejos del sol“. La Nasa nos intenta contar algo de forma
sesgada, pero ya es un avance.
Ahora, ya es un hecho, Tenemos ahí a nuestra Enana Marrón,
interactuando con Plutón y Bombardeando asteroides de Oort contra
Plutón y contra Júpiter. De momento podemos estar tranquilos, pues los
grandes planetas exteriores nos protegen contra los impactos de
asteroides de Oort, pero, no impiden la contracción gravitatoria del
41% prevista por Murray , Matese y Oppenhheimer.

Diagrama del Impulso estelar.

DIAGRAMA DO IMPULSO ESTELAR
Em qualquer caso ,tal e como se encontra Plutão ,que está sendo afetado por G1.9(nomenclatura utilizada por WWT,para descrever o evento),e no Google Earth 5.0,pode ver-se "incinerado",assim mesmo,esta imagem obtida ontem de Júpiter ,põe de relevo ,o impacto de um asteróide ,justo na zona de seu hemisfério sul,observe-se a mancha que é do tamanho da Terra,pelo que claramente se trata de um objeto procedente da nuvem de Oort.

En cualquier caso, tal y como se encuentra Plutón, que está siendo
afectado por G1.9 (Nomenclatura utilizada por WWT para describir el
evento), y en Google Earth 5.0, puede verse “incinerado”, así mismo,
esta imágen obtenida ayer de Júpiter, pone de relieve, el impacto de
un asteroide justo en la zona de su hemisferio sur. Observese la
mancha que es del tamaño de la tierra, por lo que claramente se trata
de un objeto procedente de la nube de Oort.

Impacto asteroide en Júpiter. Mancha central ecuatorial del tamaño de la tierra.

Impacto asteróide em Júpiter .Mancha central equatorial do tamanho da terra.
Mas por que a NASA esperou o40º aniversário da Missão Apolo,para nos contar parte disto?Nos estão dando á contas gotas a informação

Pero, ¿ Por qué la NASA ha esperado al 40 aniversario de la misión
APOLO, para contarnos parte de ésto? Nos están goteando la
informac

Algo terrible, o tal vez no. La cuestión está en el aire. ¿Para qué
duplicar esfuerzos científicos sobre eventos que NASA ya conocía?.
¿Por qué NASA espera 20 años para reconocer que el Dr. Murray tenía
razón?. ¿Por qué esperar 20 años para corroborar las teorías de los
doctores Michael P. Aubry, Christopher T. Russell, and Margaret G.
Kivelson,? Y sobre todo…¿Por qué, justo dos días después del estudio
más profundo que ha realizado la comunidad científica con seguimiento
en tiempo real por primera vez en la historia? .¿ Es ésto una forma
tácita de contarnos la verdad?

Algo terrível ou talvez não.A questão está no ar .Para que duplicar esforços científicos sobre eventos que a NASA já conhecia?
Por que a NASA espera 20 anos para reconhecer que o Dr............tinha razão? Por que esperar 20 anos para corroborar as teorias dos doutores..........................................................................? e sobretudo...Por que ,justo dois dias depois do estudo mais profundo que realizou a comunidade científica com o seguimento,em tempo real,pela primeira vez na história? È isto uma forma tácita de nos contar a verdade?

Lo cierto es que muy poca gente leerá este artículo. Tal vez sólo
miles de personas leerán esta ciencia, todos estarán pendientes de las
noticias facilonas del 40 aniversario de la llegada del hombre a la
Luna, mientras un reducido grupo de científicos, estamos intentando
contarle al mundo lo que hoy sucede y la causa de ello. Hoy, 20 de
Julio de 2009, Una Enana Marrón de 1.9MJ está justo interceptando
literalmente la órbita de Plutón. Su denominación científica es: G1.9,
y puede verse en WWT, en Sagitario junto a Plutón. Quien quiera, que
lo mire, y el que no quiera que no mire. Las evidencias están ahí
G1.9- constelacion de Sagitarius.
O CERTO É QUE MUITO POUCA gente lerá este artigo.Talvez só milhares de pessoas lerão está notícia ,todos estão pendentes das notícias fáceis do 40º aniversário da chegada do homem a lua ,enquanto um reduzido grupo de cientistas ,estão tentando contar ao mundo o que hoje está sucedendo e a causa disto.HOJE ,20 DE JULHO DE 2009 ,uma anã marron de 1.9MJ está justamente interceptando ,literalmente ,a órbita de plutão.Sua denominação científica é: G1.9.e pode ver-se em WWT,em ságitário junto a Plutão.Quem queira .que olhe ,e o que não queira não olhe .As evidencias estão aí G1.9 contelação de saagitário


De acordo com "0 GLOBO", de 29.08.90:
"COMETAS REVELAM 0 DÉCIMO PLANETA - Astrônonios de todo o Mundo já dispõem de provas indiretas da existência de um ou dois corpos; invisíveis de grande massa situados além de Plutão, o planeta mais afastado do sistema solar. As pesquisas mais adiantadas estão sendo feitas pelo professor Vladimir Radziyevsld, da URSS, e pelo cientista John Anderson, dos EUA. As pesquisas de Anderson baseiam-se no clássico método da teoria das perturbações, pelo qual se descobre a órbita, massa e posição de um planeta desconhecido através das chamadas "discrepâncias" no movimento de um planeta conhecido. Essa teoria mostrou ser correta na descoberta de Netuno, próximo de Urano, que provoca enormes discrepâncias na órbita de seu vizinho. 0 cientista soviético, no entanto, elaborou um método diferente e, na sua opinião, o planeta desconhecido tem, no mínimo, massa dez vezes superior à determinada pelo cientista americano. 0 astrônomo soviético utiliza as estatísticas sobre cometas para "sondar" o espaço distante, além de Plutão. 0 método é considerado eficiente porque o número de cometas é muito grande, o que aumenta as possibilidades das estatísticas, e porque eles se afastam do Sol durante muito tempo e a grande distância.
Os planetas ainda não descobertos agem como um corpo perturbador à órbita elíptica dos cometas. 0 deslocamento do ponto de cruzamento da órbita dos chamados cometas diretos ocorre, segundo os astrônomos, em sentido inverso, ou seja no sentido dos ponteiros do relógio. De acordo com os cálculos do professor Radziyevski, a velocidade do deslocamento dos pontos de cruza~ mento de todos os cometas de curto período é inferior às previsões teóricas. Baseado nesta discrepância, ele calculou a ma ssa do corpo perturbador e verificou que devena ser enorme, milhares de vezes superior à terrestre. Como uma massa dessa magnitude não pode pertencer a um planeta com órbita circular, questiona-se a possibilidade de este corpo ser um anão negro (estrela fria) ou até um buraco negro".



Em 15/06/88 o jornal "O GLOBO" publicou o artigo abaixo, de que extraímos parte :
"SONDAS PIONEER REFORÇAM A TEORIA SOBRE DÉCIMO PLANETA - Mountain View, Califórnia - Em funcionamento perfeito após 15 anos de serviço, as sondas espaciais americanas Pioneer 10 e 15 - as mesma que já enviaram à Terra as primeiras fotos detalhadas de Júpiter e Saturno - estão procurando agora o misterioso "Planeta X", cuja suposta órbita se situaria além de Plutão, informaram cientistas do laboratório da Nasa em Mountain View. A existência desse planeta, que seria o décimo do Sistema Solar, é indicada pelas anomalias observadas nas órbitas de Urano e Netuno, as quais poderiam ter sido provocadas pelas forças de gravitação do "X", disse um dos cientistas, o professor John Anderson.
Estamos seguros, com 99 por cento de possibilidades de acerto, de que as órbítas de Urano e Netuno estão desestabilizadas, e que um dos possíveis causadores de tal fenômeno é esse planeta ainda desconhecido - acrescentou.
Segundo Anderson, esse planeta, se de fato existe, tem no mínimo uma massa igual à da Terra, e no maxímo quatro vezes maior


A Revista "SUPER INTERESSANTE", em seu número de novembro de 1988, publica o seguinte artigo:
"EM BUSCA DO PLANETA X - Não é apenas junto a estrelas distantes que os astrofísicos procuram planetas. Eles acreditam que existe um solitário corpo celeste perdido no Sistema Solar, para lá de Plutão, que fica a 5,9 bilhões de quilômetros do Sol. A massa desse décimo planeta poderia ser cinco vezes maior que a da Terra; o tamanho, o dobro. Apropriadamente chamado Planeta X, demoraria nada menos de mil anos para dar urna volta completa ern torno do Sol, de tão longe que estaria dele. A procura desse planeta começou no século passado, depois que o astrônorno americano Percival Lowell (1855-1916) previu sua existência matematicamente, a partir das perturbações nas órbitas de Urano e Netuno. Para Lowell, elas só podiam ser causadas pela atração gravitacional de um planeta mais distante. A sonda Pioneer 10, que já quase alcançou o limite do sistema solar, ainda não viu sinal de X. Isso poderia ser explicado, segundo os espe- cialistas da NASA, por sua estranha órbita, praticamente perpendicular à a Terra".

"JORNAL DO BRASIL" de 05.06.89:
"PIONEER 10 - UMA JORNADA INTERMINÁVEL - Este mês faz seis anos que a nave Pioneer 10 passou pela órbita de Plutão em busca das fronteiras exteriores do Sistema Solar, à velocidade de 40 mil quilômetros por hora. Nessa viagem aos limites do nosso sistema planetário, os cientistas tia NASA esperam conseguir informações sobre a possível existência de um décimo planeta e,..."

"0 GLOBO", de 13.01.90:
"ASTRÔNOMOS INTENSIFICAM BUSCA A DÉCIMO PLANETA DO SISTEMA SOLAR - WASHINGTON - Astrônomos do Observatório Naval americano informaram ontem estar concentrando esforços na busca de um décimo planeta numa região específica do Sistema Solar. As teorias sobre a existência desse planeta surgiram devido ao "empurrão" gravitacional que interrompe as órbitas de Urano e Netuno... Com o uso de computadores, cientistas simulam teorias sobre a possível localização do planeta...
Harington diz que o planeta seria de três a cinco vezes maior que a Terra e se encontra numa órbita três vezes mais distante do sol que as de Netuno e Plutão".

Exibições: 40

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço