Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Como Waldir R Nascimento nos pediu,se tivesse-mos algo importante para postar que o fizesse-mos aqui esta


Nibiru - A polêmica continua
 

Salvatore De Salvo responde ao artigo escrito por Marco Petit na edição da UFO 151, de março de 2009
A edição UFO 151 traz a reportagem Uma Nova Visão sobre a Existência e Suposta Ameaça deste Misterioso Astro a Terra de autoria do célebre e estimado ufólogo Marco Antonio Petitum dos nossos mais assíduos pesquisadores no campo da Ufologia e uma das principais colunas nas quais se apóia essa ciência, no Brasil e, por consequência, a Revista UFO. Todavia, em que pese à profunda admiração que nutro em relação ao autor do artigo, do qual me considero amigo, não é possível assistir calado ao que ele escreve e, por isso, passo a tentar esclarecer tanto ao público quanto ao Petit. Assim, tentarei responder às principais dúvidas por ele levantadas, trazendo mais informações e mais detalhes, de maneira que, espero, as nuvens sejam dissipadas.

Esclarecimentos

No XIII Diálogo com o Universo, realizado de 21 a 24 de fevereiro de 2009, em Curitiba, apresentei a palestra A Próxima Chegada do Planeta X. Na mesma, logo no início, revelei a fonte de minhas informações: um livro mundialmente conhecido e famoso de título: Planet X Forecast and 2012 Survival Guide, que, em sua primeira página traz sete citações de vários autores, que aqui transcrevo:

· A tour de force Planet X – 2012 Page Turner. Required reading for those who get it want to live through it (“Tour de force” Planeta X – 2012, Aquele que Virará a Página. Leitura obrigatória para aqueles que querem sobreviver à sua passagem) por Echan Deravy, autor de Solar Code.
· Written in an easy-to-read style that honors the 2012 predictions of the Maya(Escrito num estilo de fácil compreensão que honra as previsões Maias sobre 2012), pelo antropólogo maia George Erikson, autor de Atlantis in America: Navigators of the Ancient World.
· Chilling insights into how the world’s power elite are preparing for 2012. Truth that’s hard to handle (Deprimentes critérios de como a elite das potências mundiais estão se preparando para 2012. Verdade difícil para ser controlada), porPhilip Gardiner, autor de Secret Societies, Gnosis e The Shinning Ones.
· Delivers practical, life-sparing concepts that make sense (Distribuição prática, conceitos que fazem sentido para poupar vidas), por Frank Joseph, autor deThere Are No Coincidences, Survivors of Atlantis e Discovering the Mysteries of Ancient America.
· Required reading for those who are beyond the Planet X debate and now want to do something about it (Leitura obrigatória para aqueles que estão além do debate do Planeta X e que querem fazer algo a esse respeito), por Greg Jenner, autor dePlanet X and The Kolbrin Bible Connection.
· Be prepared, be very prepared: you need this book for 2012 (Esteja preparado, muito bem preparado: você precisa deste livro para 2012), por Andy Lloyd,autor de The Dark Star.
· Excellent analysis of the looming 2012 solar threat, and how Western governments are responding to it (Excelente análise do aparecimento gradual de um perigo solar em 2012 e como os governos ocidentais estão respondendo a isso), por Patrich Geryl, autor de How to Survive 2012The World Cataclysm in 2012 e The Orion Prophecy.

Para quem quiser adquirir as obras a quais me baseei, eis algumas informações mais: os autores são Jacco van der Worp, MSc, Marshall Masters & Janice Manning. Editora: Your Own World Books, Silver Springs, NV, PlanetXForecast.com, Youbooks.com ou Yowusa.com, registrada na Category: Non Fiction Astronomy - Categoria: Astronomia Não Fictícia, ou seja, Categoria de Astronomia não imaginária. O que me moveu a escrever o artigo foi a revolta crescente em mim, ao longo dos últimos anos, ao encontrar, em várias ocasiões, referências a esse misterioso planeta e aos esforços que os governos estão fazendo para esconder de nós esses conhecimentos, de maneira acintosa e totalmente desrespeitosa para nós, que, embora pagadores de impostos, estamos sendo vítimas de um complô mundial para esconder algo que temos o direito de conhecer. É minha opinião que, seja o que for o Planeta X, seja o que for que poderá ocorrer a esse nosso maravilhosos planeta, nada justifica a atitude dos governos de escamotear, confundir, controverter, negar, abster-se de informar, na que considero uma das maiores “sacanagens” perpetradas contra quem paga impostos e sustenta esses governos que, supostamente, deveriam ser nossos principais protetores.

Infelizmente, Marco Antonio Petit costuma não assistir minhas palestras, embora eu assista todas as dele. Talvez, ache que o que tenho a dizer não seja interessante, não sei, mas se tivesse presente não teria porque apresentar dúvidas quanto às minhas fontes de informação. Elas foram apresentadas logo no início da palestra. Considero minhas fontes como dignas, do maior respeito e as aceito como legítimas. Há algo mais a esclarecer. O título do livro diz claramente: Forecast, cuja tradução precisa é: Previsão, profecia, prognóstico. Acho não ser necessário explicar mais. O que os governos, a mídia, os cientistas e estudiosos têm hoje são previsões. E, no decorrer da palestra, várias vezes confirmei esse conceito. O retorno do Planeta X está sendo anunciado ao mundo, mas poderá não ocorrer - hipótese da qual sou ardoroso defensor, porque faço parte desta humanidade e a coisa poderá atingir-me e à minha família.

Respostas às afirmações de Petit

Diz Petit: “A edição UFO 148, de dezembro de 2008, veiculou um artigo bombástico de autoria do professor universitário Salvatore De Salvo...”. Bombástico não foi o artigo que escrevi. Bombástica seria a situação, e o artigo não poderia ser diferente. O que eu queria era chamar a atenção do público a respeito de um eventual perigo que ameaçaria a Terra. Como, então, deveria começar? “Queridos amigos - como disse a edição do Fantástico de 01 de março de 2009 - não tenham medo, tudo que dizem é mentira e nada acontecerá, fiquem tranqüilos” - e paguem suas dívidas. Isto é exatamente o que os governos apresentam à mídia que manipulam. Não é o que eu queria dizer e não é o que eu disse. Embora se trate de previsões, todos concordam que as informações que vazam continuamente convergem apenas numa direção: a do retorno do diabólico Nibiru. Vejamos:

Convergência de informações

Segundo Petit, a discussão sobre Nibiru começou com a publicação de Zecharias Sitchin, O 12º Planeta, Editora Best Sellers, 1990. Discordo, porque a discussão sobre esse astro existe há milênios, porque há referência sobre ele na Bíblia Sagrada, na Bíblia Kolbrin, nas obras dos Maias, nos textos védicos dos hindus e em numerosos livros, que considero excelentes, entre os quais sugiro Mundos em Colisão e Earth in Upheaval, de Immanuel Velikowsky. Quanto ao fato que Sitchin sustenta que a atual humanidade seja resultado de um cruzamento do animal que vivia aqui com os Annunaki que estariam chegando de Nibiru, também há algo a ser dito. Concordo com essa tese, tanto que a apresentei em meu livroO Enigma de Mu, de recente publicação. Concordo com o que declara Petit em sua obra Terra, Laboratório Biológico Terrestre [LIV-002, da coleção Biblioteca UFO] que a vida só é possível em certa faixa de distância da estrela mãe - o Sol, no nosso caso -, o que excluiria qualquer possibilidade de vida em Nibiru, devido à forte excentricidade de sua órbita; segundo Sitchin, os Annunaki têm tipo físico igual ao ser humano.

Pergunto: Por que isto seria impossível? Nada sabemos sobre esses visitantes, nem tampouco sobre o nível de avanço tecnológico que poderiam ter alcançado. Mas sabemos que vieram e que interferiram com a vida daqui. É algo lícito admitir que seres capazes de se deslocar nos espaços siderais devem ter alcançado níveis absolutamente impensáveis para nós. Ao se afastar do Sistema Solar, os Annunaki morreriam pelo frio. Quem pode afirmar que eles não tenham conseguido utilizar a energia do ponto zero ou, em outras palavras, a energia do vácuo, infinita e, desde sempre, a completa disposição de quem consiga capturá-la? Com energia infinita a disposição seria absolutamente possível a viagem interestelar e a vida, como a conhecemos, mesmo em situação aparentemente adversa. Sugiro que Petit leia minhas obras Sinfonia da Energética I e Sinfonia da Energética II, recentemente lançadas em Curitiba, para saber mais sobre essa energia. Esses dois livros são os únicos, em português, que falam sobre as energias virtuais e as ondas escalares. No volume I, trago as informações de dois dos nossos melhores físicos que calcularam que a energia contida no vácuo de uma xícara de chá seria suficiente para evaporar - não simplesmente aquecer - todos os oceanos da Terra. E é bom saber que nós também sabemos utilizar essa energia. Há cerca de 30 anos, na Suíça, existe uma comunidade cristã primitiva que é aquecida e iluminada em todas suas dependências por uma máquina que é posta em movimento com um dedo e, a partir daí, produz 2-3 kW/h, sem qualquer aporte de energia. Esta não é desinformação. É informação!

Fui, pessoalmente, participar a quatro Congressos mundiais, em Colorado Springs (EUA) sobre Nikolas Tesla, do qual sou um feroz admirador e lá aprendi que existe esse tipo de energia. Nas últimas semanas, 02 a 08 de março de 2009, o History Channel veiculou uma série de reportagens sobre Nibiru, previsões bíblicas e maias etc. e, numa delas, apresentou todos os tipos de energia que poderíamos utilizar na Terra em substituição ao petróleo e ao carvão. Todos os tipos. Mas nem uma palavra sobre a energia virtual ou do ponto zero. Pergunto: por quê? A resposta parece simples. Esta seria a maior de todas as revoluções, porque tornaria obsoletas todas as outras tecnologias e mudaria substancialmente nosso mundo, porque esse tipo de energia pode ser convertida em eletricidade e mover tudo, sem poluição. Pense um pouco nisso, amigo Petit. Baseados em meu livro Sinfonia da Energética II, dois jovens engenheiros do grupo do doutor Norberto Keppe, um genial psiquiatra, desenvolveram um motor que revelou ser superior a tudo que a ciência conhece e que foi apresentado e testado num Congresso em San Diego (EUA), em 2008. O mesmo motor foi apresentado no Evento Ecogerma 2009, realizado na Transamérica Expo Center, em São Paulo, de 12 a 15 de março de 2009. Outro motor, mais avançado, está para ser certificado pelo Centro de Pesquisas Nucleares da França como “motor overunity”. E, então, se nós já chegamos a isso, onde teriam chegado os eventuais “impossíveis” habitantes de Nibiru?

Outra questão

Afirma Petit que me baseei num informe do Washington Post sobre a observação do satélite IRAS [Satélite Astronômico Infravermelho]. Quanto ao IRAS, o texto consultado declara: “IRAS – A Primeira Observação Não Oficial do Planeta X.Lançado em 1983, o satélite astronômico infravermelho foi um projeto conjunto dos Estados Unidos, Reino Unido e Holanda, para mapear o céu com um telescópio infravermelho embutido. Colocado em órbita em volta à Terra, funcionou por 10 meses antes que um defeito forçou sua derrubada, mas, até então, ele conseguiu 350.000 fontes de radiação infravermelha e mapeou 96% do céu visível”. O livro no qual me apoiei publica o seguinte quadro:


Medidas de radiações:
Nanômetro (nm): um bilionésimo de metro; Mícron (m): um milionésimo de metro;
UV = 200 a 380 nm; Luz visível = 380 a 780 nm;
Infravermelho (próximo) = 780 nm (0,780 m) a 10 mícrons;
Infravermelho (distante) = 10 mícrons a 200 mícrons.

A desculpa formal para o término da missão IRAS foi o mau funcionamento do sistema de resfriamento do satélite. De acordo com John Maynardex-oficial da inteligência norte-americana, que se tornou um “alcaguete” do governo, esta explicação oficial não foi a verdadeira razão, porque os astrônomos do IRAS tinham detectado uma maciça fonte de calor no mais afastado ângulo do Sistema Solar, bem debaixo da eclíptica, vários meses antes. Para poder elaborar e disponibilizar uma efeméride melhor, os controladores de terra declararam o defeito do resfriador e cessaram de compartilhar os dados com os sócios europeus. Então, os controladores usaram os combustíveis remanescentes do satélite para continuar as observações em privado, antes dele ser definitivamente extinto. E o ufólogo Petit dedica boa parte de seu estudo para apresentar várias tentativas dos astrônomos para explicar e encontrar o tal Planeta X, que, segundo ele, não existe. Isto já aconteceu no passado. Tudo que precisamos fazer é persistir na busca com instrumentos mais sensíveis. E queira Deus que não o encontrem. Em questões de astronomia e de universo devemos sempre lembrar o que Isaac Newton declarou: “O que sabemos do universo é uma gota. O que ignoramos é um oceano”. Algo mais sensato, creio eu, seria observar os sinais indiretos que já existem para tentar ajuizar melhor uma ideia. E estes são inúmeros.

                                                                                       continua

           

Exibições: 60

Respostas a este tópico

Esse tipo de esclarecimento deve-se compartilhar e ser reforçado para as pessoas que possuem real interesse em saber daquilo que se encontra por "detrás das cortinas", e que é omitido da maioria da população que ainda não acordou.ACORDEM ESTÁ NA HORA.
Caro Sergio

Muito bem! por ter postado material de interesse e que tem a vem com o objetivo do nosso Grupo " Preparativos - Ultima Chamada"

Acordar e ajudar os nossos outros companheiros de existencia no Aqui e Agora tambem a Acordar.

Waldir
muitos estao dormindo fora da realidade num mundo ilusório nem acreditam que isso possa acontecer, precisamos desperta-los
Oi, pessoal, o Sr. Salvatore da palestras tambem, local na Casa do Consolador, sou fa dele e de seus livros, o site p/ saber dia e local das palestras e, www.casadoconsolador.com.br, clique em calendario, va ate o final, no dia 28/08/2010 tera o V Encontro de Ufologia e Espiritualidade. E no calendario de palestras, a dele sera dia 01/10.
Vale a pena.
Toda informacao deve ser compartilhada por quem sabe e estudada por quem precisa.
Luz e Sabedoria a todos
Bjs
Katia
Obrigado pelo seu comentário e principalmente por compartilhar o end. das palestras o importante é compartilhar

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço