Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

APRENDENDO A MORRER


Ora, se no universo não existe o nada, então, antes da existência do universo não existia o nada, pois, o NADA, NADA GERA.

Com o universo surge o tempo e o espaço, ou melhor, com o surgimento da consciência aparece a apreensão de tempo e espaço. Afinal, o tempo e o espaço são fenômenos da consciência.

O tempo e o espaço se inserem no universo da relatividade e, para existir o relativo é necessário existir o absoluto, caso contrário, o relativo tornar-se-ia absoluto. Não tem como existir o relativo se não existir o absoluto.

Existindo, portanto, o absoluto, ele é eterno, imutável e infinito. Estas são qualidades que atribuímos a uma mente superior, ou melhor, Deus.

Ora, se o universo material é relativo, ou seja, se apresenta dentro do tempo e espaço (noções que só a consciência pode captar), então, sua origem está no absoluto, no imaterial, já que ele (o relativo) não poderia se auto-gerar. Para isto, ele teria que estar além do tempo e espaço, ou seja, no absoluto.

Este campo imaterial (o absoluto) não é o nada, porque o nada nada gera. Deste universo imaterial surgiu o universo material consequentemente. Ou seja, do invisível surgiu o visível. A energia (invisível), por exemplo, faz surgiu tudo que é sólido, tátil, visível.

Então, qual a natureza deste ser, que em muitas culturas recebe vários nomes?

A sua natureza, logicamente, só pode ser absoluta, imutável, infinita. Todas as outras concepções (principalmente religiosas) são limitações da apreensão desta verdade, embora, estejam essencialmente certas.

Mas, como limitados e vivendo no mundo da relatividade do tempo e espaço, podemos entender completamente este ser?

Não podemos.

Só podemos tentar nos aproximar deste ser através de sua criação. Ou melhor, ao nos conhecermos melhor, estamos comungando com Deus.

Curioso, tentamos entender o mundo (físico, manifesto) através de nossa consciência, presos ao tempo e espaço, ou seja, limitados, e chamamos isto de ciência (o que é correto), contudo, temos que admitir que isto é uma limitação. Só a experiência pode nos confirmar certas teorias. Mas, seja como for, o nosso instrumento de investigação (científico e filosófico) é a consciência.

Mas, há como nossa consciência transcender o tempo e o espaço? Há como vivenciarmos o absoluto?

Toda técnica de meditação se fundamenta na suspensão dos sentidos para, assim, irmos além da consciência objetiva, limitada pelo tempo e espaço.

Fechamos os olhos, ficamos em silêncio e imóveis e, assim, vamos gradativamente perdendo a noção de tempo e espaço, mas, diferentemente do sono, conscientemente. Quando isto acontece eficientemente a nossa consciência naturalmente entra num estágio de apreensão diferente daquele quando estamos completamente ativos.

A maior luta, no entanto, para atingir este nível de consciência são os pensamentos. É necessário aprender a “desacelerar” a mente. Quando ela se aquieta, então, entramos no universo além do tempo e espaço, ou seja, do absoluto.

Óbvio, portanto, que esta vivência (bem real) é intraduzível, afinal, tratar-se de um universo sem referências.

Ou seja, a apreensão do absoluto (Deus) só pode ser atingida de forma transcendente. Não se tem como racionalizar esta experiência.

A comunhão com Deus é uma vivência pessoal e, portanto, intraduzível. Todavia, esta é uma experiência absoluta, inquestionável para quem a vivencia e isto está além de crença e conceito limitantes.

Para o ser humano atingir plenamente o absoluto ele precisa morrer. E, principalmente, morrer consciente, pois, na maioria das vezes o falecido permanece em estado de inconsciência.

A meditação é um aprendizado para a morte (consciente).

A morte não é um mero castigo infringido aos mortais, mas o nosso objetivo final como destino cósmico. Afinal, não viemos do nada (já que o nada não existe), mas do absoluto.

Apenas vivemos a consciência ilusória do tempo e espaço e toda a sua relatividade.


Hideraldo Montenegro F.R.C.

Exibições: 22

Respostas a este tópico

"....a apreensão do absoluto (Deus) só pode ser atingida de forma transcendente. Não se tem como racionalizar esta experiência...."

NAMASTÊ!!
Querida, penso exatamente isto. Acho que, neste caso, vivenciamos esta experiência ou comunhão. Mas, a respeito deste assunto (e penso que Deus se manifesta através de Leis imutáveis) a questão do tempo e espaço nos responde muitas das indagações que temos em relação a este tema.
Sabes Hideraldo, sinto que necessitamos sim raciocinar esta compreensão de forma lógica para sustentabilidade do conhecimento....já que o tempo e espaço são relativos nesta dimensão...Mas e o amor?...Quando não há uma cognição com base para sustentar tais compreensões... penso que o amor traduz tudo o que o ser humano necessita apreender para vivenciar esta experiência do absoluto em si e no outro!...Porque o amor não se explica se vivencia!...É a única forma que consigo enternder para que se possa transcender no mundo no qual vivemos!...É certo?!!...Namastê!!
Para não cairmos na fé cega, o ideal é unir fé e ciência. As experiências comprovam que quando uma existe sem a outra há um grande perigo. Ciência significa entender Deus através de suas manifestações. Para não se cair no desvairio é necessário envolver nossa caminhada com sabedoria e equilíbrio. Muitos, penso, confundem e acham que espiritualidade significa abandono total da razão. Falo melhor sobre isto no artigo PENSO, LOGO EXISTO. É o casamento de emoção e razão (macho e fêmea, se preferir, princípio masculino e feminino ou Adão e Eva). O amor é gerado, ou melhor, brota com toda magnitude quando este casamento (alquimíco) é realizado.
O fato é que é necessário separar os "loucos de Deus" e o verdadeiro iluminado. O conhecimento é uma grande via para o criador. Tudo que contribua para a expansão da consciência e aumente a nossa compreensão das leis divinas precisa ser utiizado pelo buscador.
E, então, ao meditarmos transcendemos tempo/espaço. Meditar é aprender a morrer. Há coisas que não conseguimos descrever (como o amor, por exemplo). É necessário vivenciar.

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço