Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

A LIGAÇÃO PELO SOFRIMENTO - ANDRE LIMA

 

 

Existem vários padrões emocionais e sentimentos negativos que mantemos como uma forma de permanecermos conectados aos familiares e antepassados. Na maioria das vezes fazemos isso de forma inconsciente. É o que eu chamo de ligação pelo sofrimento. É uma forma de adoecida de demonstrar amor e lealdade.

                A tentativa de rompimento desse tipo de ligação por parte de um membro da família poderá  provocar sentimentos de culpa e traição. Por outro lado a família também poderá acusar e sentir traída por aquele que deseja romper a ligação pelo sofrimento.

Esse conjunto de sentimentos levam então a uma auto-sabotagem daquele que deseja se libertar, levando-o a perpetuar sentimentos e padrões negativos por uma vida inteira, além de passar para os filhos fazendo com que a negatividade sobreviva através das gerações.


Vamos exemplificar. Imagine uma criança que tem uma mãe muito cobradora e perfeccionista, que gosta de ditar os passos da criança mesmo quando ela já teria condições de tomar certas decisões sozinha. Como toda criança sente necessidade de ser reconhecida e amada pelos pais, a tendência é que ela faça tudo para agradar a mãe e obter sua aprovação.  Durante a infância, ela enxerga o comportamento da mãe como algo normal, pois não tem experiência nem amadurecimento pra perceber o que acontece. Sente-se pressionada a infância inteira, mas não se dá conta que poderia ser diferente. Depois que vai crescendo, pode perceber como esse padrão de tentar agradar a mãe a todo custo para obter seu reconhecimento é sufocante e como já deixou de fazer coisas que gostaria para agradá-la, carregando assim várias frustrações. A partir daí, a então adolescente ou adulta tenta romper o padrão e experimenta fazer algo que deseja diferente do que a mãe gostaria. Surge então o sentimento de culpa por não ter agradado a mãe. E a mãe por sua vez, provavelmente reforçará esse sentimento cobrando e fazendo chantagem emocional.


Cria-se um relacionamento baseado no sofrimento, mas que pode parecer “amor” e dedicação de parte a parte. A mãe se acha muito preocupada e dedicada e só quer o bem da filha, quando no fundo age baseada em sentimentos egoístas e necessidade de controlar. E a filha passa por cima de suas vontades, e vai acumulando inconscientemente frustração e raiva da mãe. Age como se fosse a boazinha e aceita as imposições e as vezes fará até parecer que suas vontades são iguais as da mães, para obter reconhecimento. Tudo vai se acumulando  gerando infelicidade e acaba aparecendo em forma de dificuldades de relacionamento e até doenças físicas . Esses padrões normalmente são passados de geração em geração. Basta investigar um pouco a relação da mãe com a avó e veremos provavelmente um repetição de comportamento.


Essas ligações de sofrimento ocorrem de variadas forma. Um outro exemplo. Uma mãe que perde um filho e passa uma vida inteira guardando a tristeza da perda. Muitas vezes o sentimento acaba sendo cultivado e essa mãe não se permite dissolver a tristeza e ficar em paz para manter uma ligação com o filho. Já tratei vários casos de perdas com a EFT, inclusive de mães que perderam filhos. Como é um trabalho emocional muito profundo, ele acaba dissolvendo a tristeza e trazendo paz interior, apesar da perda que a mãe sofreu. Entretanto, em vários atendimentos já vi a pessoa expressar ou demonstrar que não quer dissolver totalmente aquele sofrimento, por que se sentiria como se estivesse se afastando da pessoa que se foi. A lógica emocional é que, se você ama, tem que sofrer com a perda o resto da vida. Se ficar em paz, é porque não ama mais ou não amava tanto assim. A pessoa sente como se estivesse traindo ou abandonando o ente querido que se foi. “Um pouco dessa tristeza é saudável , como posso ficar totalmente em paz depois de uma perda como essa? É uma ferida aberta que nunca vai cicatrizar. Tenho muito amor pelo meu filho”. Esses são pensamentos que podem ser verbalizados o que estão rodando o inconsciente.


Na verdade, quando dissolvemos a tristeza ou o  sentimento de luto, resta uma ligação boa associada a uma paz interior. O amor permanece e a necessidade do sofrimento desaparece. É possível então pensar na pessoa que morreu e sentir apenas bons sentimentos. Para a mente e para o ego, acostumados a sofrer, isso parece totalmente impossível. No entanto, um trabalho bem conduzido com a EFT leva a esses resultados na maior parte dos casos.


Atendi por um tempo uma cliente que tinha depressão e ela percebia claramente dentro de si, pensamentos e sentimentos dizendo que ela não poderia ou não deveria ser feliz por que a mãe dela sofreu a vida inteiro e morreu com depressão.  Como ela poderia então ser feliz se a mãe não teve esse direito? É o sofrer em solidariedade, uma forma doente de demonstrar que ama. Por mais estranho que possa aparecer, esses pensamentos são bem comuns em casos de família com depressão. Boa parte das vezes  são pensamentos  inconscientes que precisam ser descobertos para que possam ser curados com a EFT.


Essa ligação também pode se manifestar na vida financeira e travar o crescimento de alguém que se sentirá culpado se conseguir levar uma vida melhor que a dos pais. Poderá haver falta progresso nos estudos para que o filho não se sinta muito distante e afastado dos pais e outros familiares.


 Em casos de familia  o b e s a s, um membro que queira  e m a g r e c e r poderá se sentir culpado. Uns  e m a g r e c e m e depois voltam ao peso inicial para que se sintam mais aceitos pelos familiares.


A escolha de relacionamentos, repetição  de vícios, o desenvolvimento de doenças físicas podem estar relacionados ao padrão de perpetuação e ligação pelo sofrimento.


Enfim, é possível ver essa ligação nas mais diversas áreas. É preciso ficar atento para que possamos identificar e sair dessa armadilha que nos leva a uma grande auto-sabotagem inconsciente.


Abraços,

 

 André Lima - www.eftbr.com.br

**************************************************

Mais artigos sobre a EFT,:

http://www.eftbr.com.br/artigos.asp

Exibições: 137

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Maria Helena dos Santos Alves em 22 agosto 2011 às 4:17
                                    Com carinho, Helena.
Comentário de Walkiria de Jesus Menezes Moura em 21 agosto 2011 às 17:38

Muito grata por compartilhar amada Sonia!

Preciso rever meus conceitos....não havia parado para ver essa realidade.

Maravilhoso texto!

NAMASTÊ!!!

Comentário de Maria Miguel em 21 agosto 2011 às 15:32

      Soninha agradeço esta preciosa informação.

      Sinto-me como um bébe,ainda tenho muito que aprender.

      Nunca me tinha aprecebido consciêntemente do porquê que, determinadas pessoas fazem questão de alimentar tais

padrões de comportamento,recusando a mudança e o deixar ir.

     Sem dúvida alguma, que este texto abriu-me a  consciência para a realidade dos fatos. Através desta prespetiva poderei

ajudar outras pessoas,a mim mesma e meus familiares.

    Grata.

    Beijinho.

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço