Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

ESQUEÇA O DEBATE DE CERTO E ERRADO Por Ann Albers 12 de Fevereiro de 2022

Eu cresci como católica – muito católica. Como a maioria de nós, aprendi muitos “certos” e “errados” desde o momento em que entrei no mundo. Boa menina / menina má. Era assim que todos nós fomos criados naquela época. Você agradou alguém, agiu certo. Você o aborreceu, fez algo errado. Bem simples. Mas, às vezes, o certo e o errado combinavam com o que estava no meu coração e outras vezes, não...


Como na vez em que pintei as paredes. Ansiosa para decorar o meu quarto, peguei meus 64 lápis de cor e fiz uma arte vertical! Eu estava tão orgulhosa disto! Mamãe não ficou tão empolgada. Os giz de cera foram descartados. Eu não consegui terminar um projeto de pré-escola que eu adorava e fiquei brava! Lembrando de que eu tinha quatro anos, mas tudo no meu coração dizia que era CERTO eu deixar minhas paredes bonitas. Claro, tudo no coração da mamãe dizia que pintar as paredes não era bom!

Isto aponta para um dos maiores dilemas que temos como seres humanos. O que fazer quando o que parece certo para você (ou errado) é errado para o outro (ou certo)? Eu agonizei com esta decisão muitas vezes.

Os anjos dizem, todas as vezes: “Ouça o seu coração”. Perguntei-lhes sobre o incidente da coloração. Eles disseram que se eu tivesse a sabedoria que tenho agora, teria compartilhado honestamente com minha mãe que queria minhas obras de arte nas paredes. Ela teria dito que penduramos papel nas paredes e que ela simplesmente não queria que eu desenhasse diretamente nelas. Problema resolvido. Todos acomodados.

Eu só não sabia, então, o que eu sabia agora. Naquela época era tudo ou nada e comunicar o meu coração quando criança significava insistir infantilmente em fazer do meu jeito, em vez de falar e negociar os meus desejos mais profundos. Quando crianças, parece ser “ou faz do nosso jeito ou cai fora”, mas como adultos, podemos negociar maneiras de acomodar ambos os indivíduos ou seguirmos em frente e nos acomodarmos.

Houve, muitas vezes, como adulta, em que tive que fazer o que parecia certo para mim quando não era o que a outra pessoa queria de mim. Eu educadamente me recusei a namorar um cara há anos, que explodiu comigo e me disse o quanto eu estava “errada”, apenas para descobrir que ele encontrou seu par perfeito um mês depois. Deus queria que eu fosse feliz, e que ele tivesse o relacionamento que ele realmente queria. Não era eu, e eu sabia disso.

Houve momentos em que minha própria família queria algo de mim que eu honestamente não podia dar na época. Eles ficaram chateados, mas com o tempo todos nós conseguimos o que todos queríamos – relacionamentos que se tornaram tão profundos, bonitos, autênticos e tão amorosos que eu não acreditava que fosse possível na época.

Enfrentamos o eterno debate certo/errado o tempo todo, em muitos tópicos. A va-ci-na está certa ou errada – para você? Só você saberá a sua verdade. Você irá sentir em seu coração. Sua decisão é certa para você. Não importa o que os outros pensem. É inútil tentar fazer os outros concordarem. Deus fala diretamente a cada coração, deixando-os saber o que é certo para eles.

Estou muito mais feliz desde que aprendi a confiar nisto. Eu não tenho que me preocupar se os outros fazem as coisas de forma diferente do que eu, ou se eu faço as coisas de forma diferente dos outros. Estamos todos ouvindo a nossa própria orientação. Eu não tenho que ter medo “por” ninguém. Eu confio que Deus os está guiando também.

Este modo de vida honesto e autêntico é muito libertador. Nem preciso me preocupar em decepcionar os outros, porque sei que, se não for autenticamente chamada ou não for capaz de realizar os desejos dos outros, Deus os guiará para alguém que seja uma combinação perfeita para suas necessidades e desejos.

Muitos de vocês nesta lista escreveram que também encontraram grande alívio ao aprender a “viver e deixar viver”, mas lutam com a escolha amorosa quando alguém o está considerando errado, condenando as suas escolhas ou tentando intimidar ou manipulá-lo para concordar com eles.

Estes são casos difíceis. Você se preocupa com as pessoas, mas no final, os anjos me ensinaram a me importar mais em honrar o Divino interior. “Você tem que viver consigo mesma, e você se leva com você – por toda a eternidade”, eles me lembram. “Melhor estar de acordo com a Fonte da vida dentro de você, em vez de tentar agradar os outros.”

Você pode ser gentil em deixar os outros saberem que você os ama e se importa com eles, mas que você deve seguir a sua orientação interior. No final, os anjos nos lembram, a reação deles tem a ver com eles e não com você.

Sua reação é baseada no grau de seu próprio amor, de seus próprios medos, de sua necessidade de reconhecimento, validação, aprovação, concordância ou aceitação. Devemos permitir aos outros seus sentimentos, porque eles aprenderão e crescerão com as suas respostas à vida, tão certamente quanto nós. Não precisamos gostar.

Eu não estaria fazendo esse trabalho se esperasse pela validação, acordo e apoio que eu desejava desesperadamente quando minha vida começou a mudar. Eu não teria me conectado com todos vocês. Eu não estaria escrevendo estas mensagens. Eu poderia nem estar viva. Houve muitas oportunidades para morrer nesta vida.

Ainda, nem sempre é fácil para mim fazer o que considero como certo quando sei que outra pessoa pensará que minha decisão é errada para ela, mas escuto minha orientação de qualquer maneira. Eu confio que a Fonte da vida e do amor irá guiá-los diretamente para quem e o que eles realmente querem – se eles escolherem ouvir.

Ainda é preciso esforço, de vez em quando, para permitir aos outros as escolhas que eu nem sonharia em fazer. Lembro-me de que posso me sentir bem com o fato de que Deus os conhece, cuida deles e estará pronto para guiá-los no minuto em que ouvirem os seus próprios corações.

Viva e Deixe Viver. Esteja certo para si mesmo e permita que os outros estejam certos para si mesmos... É uma dança muito libertadora, muito divertida e muito mais feliz do que lutar com as eternas discussões sobre quem está certo e quem está errado. No final, todos nós temos razão… para nós mesmos!

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a superar os debates de certo/errado…

1. Experimente suas escolhas para ver o que parece certo

Quando você estiver confuso sobre uma decisão de qualquer tipo e se perguntando sobre fazer a escolha “certa”, participe do jogo “experimente” que os anjos me deram há anos.

Imagine que você decidiu fazer uma de suas escolhas. Esqueça o que você pensa sobre isso. Verifique com o seu corpo. Como você está se sentindo? Parece que isto se encaixa? Seu estômago está relaxado como se você tivesse feito uma boa escolha? Ou parece apertado e apreensivo? Faça o mesmo exercício para as suas outras escolhas. Como elas parecem em seu corpo? Elas se encaixam?

Faça apenas uma escolha que pareça relaxante e boa em seu corpo. Se nenhuma delas parecer bem, entregue o seu problema a Deus e continue com a vida até que o problema desapareça ou uma de suas opções pareça certa. Eu nunca faço uma escolha, a menos que uma escolha pareça absolutamente clara.

2. Perceba quando está tentando controlar os outros

Na maioria das vezes, pensamos em controlar os outros. Os anjos me mostraram, no entanto, que todas as vezes que consideramos alguém errado e achamos que nosso caminho está certo, estamos realmente querendo controlar o outro… mesmo se você estiver tentando ajudá-lo ou torná-lo mais feliz!

Não é nosso trabalho dizer a ninguém o que fazer ou como ser.
É o nosso trabalho reconhecer e/ou expressar nossos verdadeiros sentimentos.

Digamos que você realmente quer ajudar o outro. Você pode insistir que ele faça o que você acha certo para ele (não amoroso/controlador) ou você pode oferecer ajuda (amoroso). "Eu o amo. Eu vejo que você está sofrendo. Isso tem funcionado para mim. Você gostaria que eu compartilhasse mais?” Em seguida, honre o seu “sim” ou “não”.

Muitas vezes meus próprios familiares tiveram desafios que eu poderia resolver facilmente… do meu jeito. Na minha juventude, eu não tentei insistir que eu sabia como corrigi-los ou sua situação. Meu conselho “sábio” não foi bem recebido! Eu não fui amorosa. Eu estava tentando estar “certa” no desejo de ajudá-los e muitas vezes o tiro saiu pela culatra. Agora eu ofereço apenas uma sugestão.

Não é nosso trabalho dizer a ninguém como viver suas vidas ou resolver seus problemas, a menos que eles peçam ajuda. Mesmo assim, não é nosso direito insistir que eles ouçam nossos conselhos. Estamos tão condicionados a ser “úteis” que muitas vezes perdemos as dicas quando estamos sendo desagradavelmente agressivos!

Ser amoroso é útil. Oferecer gentilmente conselhos, sem pressionar ou esperar um acordo, é um presente. Qualquer tentativa de coerção não é amorosa, no entanto, e apenas frustra todos os envolvidos.

À medida que liberamos o nosso desejo de controlar os outros, mesmo na tentativa de “ajudar”, nós nos libertamos da escravidão de suas escolhas!

3. Pratique a Escolha e Consequência versus Certo e Errado

Em vez de tentar argumentar por que você está certo e o outro está errado, simplesmente descubra o que você precisa fazer que é certo para você, dependendo das escolhas do outro.

“Se você quer que eu concorde com você, desculpe-me. Não posso tocar no assunto novamente porque tenho uma perspectiva diferente e eu o amo demais para discutir.”

“Se você precisa que eu trabalhe aos domingos em vez de ir à igreja, tenho que sair para honrar minha religião.” (Eu nos meus vinte anos – nunca fui demitida!)

“Se você gritar comigo, eu me afastarei e poderemos conversar mais tarde. Não quero responder até que me sinta equilibrada, feliz e capaz de ser amorosa.”

“Se você chegar em casa bêbado, irei dormir no sofá porque não me sinto bem.”

Você entendeu a ideia. Estes tipos de interações podem facilmente se tornar um grande debate “Quem está certo e quem está errado”, mas é bem melhor decidir o que é certo para você, oferecer ao outro uma escolha e declarar claramente qual será o seu comportamento como resultado.

Isso só funciona se você realmente for honesto consigo mesmo sobre o que é certo para você, se estiver realmente disposto a permitir que o outro faça uma escolha e se você arcar com as consequências. Ameaças manipuladoras ociosas têm uma energia muito diferente. A discussão sobre escolha/consequência vem da mensagem do coração que diz: “Eu o aceito, mas também me aceito. Você é você, mas eu devo ser eu também.”

Uma querida cliente que teve três filhos uma vez compartilhou como ela lidou com uma situação difícil. Seus filhos brigavam no carro a caminho da prática esportiva. Ela tentou gritar, castigá-los, mas foi tudo em vão. Não importava o quanto ela tentasse impor uma política de “sem brigas”, não funcionou. Então ela decidiu praticar o conselho dos anjos sobre fazer o que era certo para ela. Ela simplesmente comunicou a eles que eles eram livres para fazer o que quisessem, mas ela também era.

Na próxima vez que eles começaram a brigar, ela lhes disse: “Se vocês continuarem brigando, tudo bem. Eu não gosto disso, no entanto, então, vou dirigir para casa e vou ligar para o treinador para dizer a ele que vocês não irão treinar”.

Eles continuaram brigando. Ela voltou para casa, estacionou o carro na garagem, ligou para o treinador e avisou que os meninos não estavam se comportando e não iriam para o treino, então, começou a preparar o jantar. Após cerca de dez minutos de brigas no carro, as crianças perceberam que ela estava falando sério.

"Mãe!!! Temos que ir para o treino”, disse um finalmente, entrando na cozinha. "Eu sei. Vou levá-los até lá amanhã se vocês forem gentis um com o outro. Eu não gosto de ouvir vocês brigarem, então entrei e comecei a preparar o jantar. Não se preocupem, como prometi, liguei para o treinador para que ele saiba que vocês não irão hoje.” Ela foi amorosa, gentil, honesta e nada condenatória. Eles fizeram uma escolha diferente no dia seguinte e no seguinte, e todos desfrutaram de um resultado melhor.

Em vez de discutir sobre o certo e o errado, quando você simplesmente honra a sua própria “escolha certa” como consequência das escolhas dos outros, você se sentirá melhor e a situação provavelmente mudará também.

Os debates sobre certo/errado estão acalorados e pesados ​​no planeta agora. O que mais importa é que você fique tranquilo e decida o que é certo para você. O que é bom, inspirador, confortável, feliz e simplesmente bom em seu corpo? Faça isto. Deixe os outros fazerem o que eles precisam fazer.

É um mundo grande e belo, com um espaço e um propósito para todos. Em vez de se preocupar com o que todos estão fazendo, sintonize-se com a fonte de toda a sabedoria interior e então você sempre saberá o que é certo para você.

Compartilhe mantendo todos os créditos
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com

Exibições: 327

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de maria cristina garmatter em 17 fevereiro 2022 às 10:37

Excelente texto.Aprendendo todos os dias algo que faz bem e continuar assim,

simples e muito inspirador!!

Gratidão!!!

Comentário de Maria de Fátima Almeida em 15 fevereiro 2022 às 6:46
Muito obrigada
Comentário de elciene maria tigre galindo em 15 fevereiro 2022 às 0:34

Gratidão!

Comentário de Alodir de Oliveira em 14 fevereiro 2022 às 17:45

Gratidão    LUZ,PAZ   e  AMOR    para  todos  , OBRIGADO  .......

Comentário de Celia em 14 fevereiro 2022 às 9:52

Grata!!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

COMPRE AQUI LIVROS ESOTÉRICOS NA AMAZON

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço!

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço