Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Mensagem de Maria de Nazareth para estes tempos!


Vós estais atravessando um período de desígnio de amor!


Por Maria Ruso-16-7-2013


Naquele tempo de glória se vivia em contato com a natureza, o que nos rodeava, não estava contaminado pelo ruído das grandes cidades.
Eu sou Maria de Nazareth, a que transito aqueles lugares inesquecíveis de felicidade, ali tive tempo para pensar e meditar em meu pequeno jardim.
Era um dia onde o sol brilhava em seu máximo esplendor, porém fazia frio, e minhas roseiras não tinham flores, pareciam tristes.
Então, pensava e meditava, quando floresceriam e esse dia seria uma festa para mim!
Meditava, e via milhões de rosas e flores em meu jardim, eram as almas puras vibrando na luz. Cada flor, era um pensamento, uma emoção, uma alegria, porém, também às vezes eram dor.
A grande dor das almas, que perdem seu rumo, sem conhecer quem são, em verdade.
Jesus tinha naquele tempo seis anos, e suas duas naturezas se cruzavam… todo o tempo.
No silêncio que se produzia, quando simplesmente me mirava, dizia grandezas muito sabias e divinas.
Que me deixavam pensar, e eram motivo para minhas meditações.
Se entrelaçavam com os temas que jogavam como os de qualquer outra criança.
Então, me dizia a mim mesma, -Como é possível?, meu filho é Deus e eu sou sua Mãe!.
Vivia entre o assombro deste Dom tão valioso, Deus havia baixado em meu filho!
Sem nenhuma dúvida eram tempos de ouro, e agradecia ao céu, por tanta maravilha.
Os tempos se repetem, os céus estão entre vós. E vós estais atravessando um período de designio de amor.
Meus filhos adorados, sois essas rosas, que mirava, em meu jardim, agora sois botões, porém, logo sereis as rosas e as flores eternas de meu jardim.
Estou ao vosso lado, muito pertinho, diria quase junto a vós, os observo com ternura e sussurro aos vossos ouvidos, quando me deixais dizer alguma mensagem.
Vós estais todos por um desígnio de amor infinito. Eu, Maria de Nazareth, me dirijo a vós e os chamo pelo vosso nome, com meus lábios cheios de amor, desde meu coração, vós sois um regalo para mim, que tenho esperado tanto tempo, estes momentos onde a graça divina se derrama por toda parte, para que cumprais vosso desígnio de amor, que é meu, e é vosso, e é a obra de nosso amado Pai, que vos ama, e os quer perto dele, porque souberam amar e entender o verdadeiro amor, que os chama há éons.
Sois as luzes do mundo, é por isso que Jesus me envia novamente, como lhes havia anunciado que viria em vossos corações, pela graça de Deus Pai.
Desta vez me envia para abençoá-los em seu Nome, abençoar vossa alma e dar esperança em vossos caminhos de ascensão.
Vossos corpos lentamente, já brilham como cristais puros que sois.
Vossas almas estão cheias de entusiasmo, porque podem ser livres finalmente.
Vossos espíritos se assemelham às águas claras dos rios de montanha, que vão se purificando à medida que baixam como água de fonte.
Volto à minha vida em Nazareth, e recordo meus rosais sem rosas, já quando meu filho tinha tão só seis anos, me disse, depois de um silencio muito especial.
Immi, “Eu conheço o tempo e o futuro, os homens que virão, e o amor que darão aos seus irmãos. Um dia te enviarei de novo, por uma imensa graça de Deus Pai, a abençoar almas com pureza de coração, será num bosque, numa montanha, no mar, numa casa, em todo lugar onde se encontre o amor, onde viva o amor, onde reine a harmonia, o respeito mutuo e a felicidade eterna. Este é o amor que meu Pai deixou fundado nos corações dos homens”.
Eu respondi ao meu filho, “porém, é um mundo de fantasia”.
E ME DISSE... “Já chegaram os tempos não muito distantes, onde os homens desejarão ser livres de alma e de coração, voltarão às suas raízes, reconhecendo que são filhos de Deus, tendo esta sensação de ser luz, sem o peso de tanta fatiga.
Immi, dentro de muitos , muitos anos, falarás deste tempo e de aquele tempo e te farás conhecer”.
Não podia compreender sobre o tempo, que me falava, o único tempo era o tempo que passava junto dele, porém, me falava do não tempo.
Quantas recordações belas de meu tempo, e os dedico a vós para que me conheçam melhor!
Lhes conto minhas recordações, porque podem ser similares às vossas.
Basta olhar o céu, quanta imensidão.
Basta olhar a natureza, quanta beleza.
Basta olhar a vida, quanta riqueza, que não é material.
Basta olhar os olhos de uma criança pequena e encontrareis o Reino de Deus em suas almas.
Basta olhar as estrelas e o universo.
As mesmas almas, as mesmas flores, as mesmas estrelas, com as que meditava, quando vivia em Nazareth.
Immi, “muitos virão a olhar estas estrelas, e encontrarão que ali o tempo não passa”.
Amados pequenos filhos de meu coração, vós sois meus filhos, sementes estelares, que nestes tempos estais semeando a luz que permanecerá eternamente.
Eu sou Maria de Nazareth, e os cubro com meu manto da Graça.


Do site http://alexiis-vozdelaluz.blogspot.com.br - Escritores e Canalizadores
Tradução: Ligia Knack

Exibições: 42

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Maria das Graças do Carmo em 26 agosto 2013 às 13:03

Imensa gratidão! Namastê!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço