Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar


O espelho nos traz a verdade

É preciso reconhecer nossos próprios defeitos antes de julgar em vão os infortúnios alheios, ou menosprezar nossos irmãos, que não conhecemos. Não sabemos, com palavras nossas, avaliar algo sobre um irmão com quem não estamos nos relacionando em estreito círculo de amizades.

Não nos servem de estímulo palavras que difamem outrem, ditas em falso juízo, visando mérito próprio. Antes devemos reconhecer nossos próprios defeitos.

Não devemos deslizar no lodo escorregadio e traiçoeiro em que fazemos de nossas palavras críticas aos que não conhecemos e de quem a dor não sofremos.

Devemos enxergar nossos próprios erros, para que, com a nossa consciência, possamos nos conceder os méritos de corrigi-los. O que nos cabe é somente o juízo sobre nossos atos.

Não devemos nos conduzir por falsos caminhos e enganos, trazendo-nos desgastes inúteis e retardos para o nosso crescimento.

Antes de julgar a um irmão, devemos deixar-nos envolver em Amor e caridade, levando àquele palavras de Fé e Esperança. Entregue-as de bom grado, evitando fazer do próximo uma vítima de injúrias depositadas com palavras lançadas em vão.

Quem de nós poderá julgar um irmão?

Olhe no espelho e enxergue dentro de seus próprios olhos. Perceba quais são as palavras que você tem a dizer a si mesmo. Veja a expressão de dúvida no seu próprio olhar.

Vendo sua imagem refletida, você sentirá que a verdade surgirá de imediato. Pois é a sua verdade que está sendo dita. Sabedor de sua procedência, você não duvidará de sua veracidade. Será o seu interior que verá desabrochar no brilho de seus olhos.

Então, diga: será que a sua verdade lhe permite atirar a primeira pedra, no julgamento de seus irmãos?

Pois, então, expresse sempre bons fluidos e palavras de auxílio, não se entregando à prática covarde de usar críticas e julgamentos que apenas envenenam e destroem ao seu irmão. Palavras que, atingindo inocentes vítimas de nossa própria insensatez, ao expressarmos coisas de que não sabemos, difamam e destroem.

Lembre-se: sempre podemos usar de palavras sábias e sinceras, carregadas de amor e esperança, que serão mais úteis para aqueles que buscam, muitas vezes em meio ao desespero, encontrar seus caminhos.

Por Márcio Godofredo.



Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de MARIA DAS GRAÇAS OLIVEIRA RIBEIR em 21 fevereiro 2011 às 23:25

Linda mensagem!!

 Obrigada!

Comentário de Ieda Matias em 20 fevereiro 2011 às 16:58
Esta é uma lição que tenho procurado praticar. Antes de criticar seja lá quem for, digo para mim mesma: Olhe-se no espelho! Não é fácil, mas a gente consegue se educar e exemplificar desta forma. Obrigada pela linda mensagem amigo Márcio.
Comentário de dhanistha dominique lautsch em 20 fevereiro 2011 às 15:50
obrigada por recordar
Comentário de Tânia Cerchiaro Matulevicius em 19 fevereiro 2011 às 23:59

Esse é um exercício de policiamento que não devemos esquecer!

Quando julgamos os outros, o fazemos segundo nossos conceitos, que por sua vez, são verdadeiros aos nossos olhos e nem sempre aos olhos do outro!

Gratidão!

Paz e Luz!

Comentário de TEREZINHA MENDES BATALHA em 28 novembro 2010 às 23:15
As palavras precisam ser envolvidas em mel antes de serem proferidas.

Comentário de Kralice Zorban em 25 novembro 2010 às 22:11
Obrigado, querido amigo ,por sábias palavras. Realmente, há muito o que se pensar .Abraço
Comentário de Victória spinelli Motta em 25 novembro 2010 às 9:19
Isto é um exercício necessário e difícil de se fazer! é preciso retirar o véu que nos venda os olhos, enxergando a nós mesmos, e sermos mais tolerantes com nossos semelhantes!
Comentário de Solange Saccomano Alexandre em 23 novembro 2010 às 11:45
Lindo Márcio...não temos parâmetros nenhum para julgar o outro.E mesmo que tivéssemos,existe a máxima,extremamente verdadeira do: "Não faças ao outro o que não desejas para si."
Abraços irmão!!!
Comentário de maria luiza guerra m. castro em 22 novembro 2010 às 13:28
Verdade, Márcio. Buda disse p seu filho, Rahula, q usasse suas ações como um espelho para refletir a qualidade da sua mente...antes de agir ele deveria refletir e perguntar a si mesmo:"Esta ação irá causar dano a mim e aos outros, ou não?" As pessoas precisam refletir sobre o resultado de suas palavras antes de as proferirem. Parabéns!,irmãozinho da Luz!.
Comentário de Ieda Matias em 22 novembro 2010 às 8:58
Márcio, há muito tempo tenho procurado me olhar no espelho. E sempre comento sobre isto. Mas infelizmente, ainda pecamos em momentos de queda e fazemos críticas em forma de desabafo. Depois a gente se arrepende. Obrigada por reforçar esta importante tese. Abraço

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço