Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Plenilúnio de Virgem - Lua Cheia Sexta Feira. 31.08.2012 - 13:59 pm hora exata

Plenilúnio de Virgem -  Lua Cheia Sexta Feira. 31.08.2012 - 13:59 pm hora exata

Torkon Saraydarian

Postado por Dharmadhannyael

 

 

O hábito da meditação na lua cheia está crescendo ano após ano por todo o mundo. As pessoas vêm fazendo não apenas suas meditações individuais, mas engajando-se em grupos durante a lua_cheia.

 

 Está escrito que será estabelecida por todo o mundo uma meditação sincronizada e unânime para contactar a energia do signo e a Hierarquia e servir como transmissor das energias zodiacais e do Plano Hierárquico.

 

Este será o alicerce básico da Religião do Novo Mundo. Mestre Djwhal Khul diz: “Do ponto de vista da verdade esotérica as constelações, signos zodiacais e planetas são simplesmente vidas personificadas — vidas que se manifestam sob a forma de planetas e constelações — e a expressão da Vida, da qualidade, do propósito e da intenção dos Seres trazidos à manifestação.”

 

 Somente através da preparação consciente podemos entrar em contacto com esses grandes Seres e dirigir e usar Suas energias para o Plano da Hierarquia.

 

A preparação consciente envolve, entre outros pontos, os seguintes:

1. uma atitude de serenidade espiritual e mental;

2. a existência de notas que se afinarão com o acorde das constelações.

 

Estas notas são aspirações e orientações elevadas sobre as energias

radiais das constelações.

 

Por isso é tão importante que os discípulos de todo o mundo se harmonizem com as configurações energéticas das luas cheias, para canalizar, como um grupo o fluxo das energias zodiacais para todas as esferas do empreendimento humano.

 

Virgem é chamada de útero do tempo no qual as sementes dos grandes valores são plantadas, protegidas, nutridas e reveladas. O trabalho de Virgem que, a seu tempo, gera a manifestação do princípio Crístico dentro do indivíduo e da raça dos homens.

 

 Cada idéia, plano, indivíduo ou grupo que entrar em contacto com a energia de Virgem pode desenvolver, a seu tempo, a universalidade

e uma profunda natureza de sacrifício.

“Em Virgem, o propósito para o qual existe uma forma de vida começa a se concretizar.  O propósito da formação da vida é misticamente chamado de

“Cristo em ti, a esperança de glória”.

Cristo simboliza o espírito de universalidade e de sacrifício.

 

A energia de Virgem trabalha para manifestar o Cristo em vários níveis: - o princípio Crístico no homem,

- o Cristo histórico,

- o Cristo Solar, e

 - o Cristo Cósmico.

 

 

Cristo é o princípio que liga o inferior ao superior em todos os fragmentos da manifestação e que expressa a necessidade de servir e a disposição para o sacrifício.

 

Aprendemos que, na tradição antiga, Virgem foi a fundadora, do matriarcado, que dominou e controlou as civilizações antigas. Virgem é conhecida por vários nomes, incluindo os de Eva, de Ísis e de Maria.

 

É interessante notar que a Virgem é a Mãe do princípio Crístico, e que a formação e maturidade desse princípio são realizadas em três estágios. Primeiro Eva, símbolo do plano mental; Ísis simboliza o plano emocional, e Maria o símbolo do plano etérico-físico.

 

No plano mental, escuda-se o princípio Crístico; no astral, ele é nutrido; no plano físico, ele é revelado ou nasce. Esta é a evolução do princípio Crístico.

 

No plano mental, ele é concebido quando há contacto entre a personalidade e o Ser Transpessoal; no emocional, ele é nutrido pela grande aspiração e, no físico, ele se manifesta através de atos motivados pela vontade de servir.

 

É interessante o fato de o Cristo nascer de uma Virgem. Ela não o concebe de fontes externas; Ele está dentro dela. Cristo está presente nela eternamente. Ele é o Seu verdadeiro Ser. Virgem é o símbolo da matéria, que é o pólo oposto do Espírito.

 

A matéria dá forma à vontade criativa do Espírito, que se manifesta através da matéria. Mas o Espírito não é reconhecido, exceto pelo Filho. É o elo entre o Pai e a Mãe. É a anima mundi — a Alma universal ou princípio Crístico, a ponte entre Espírito e matéria.

Por isso, a constelação de Virgem é um campo energético no Espaço que impulsiona o sistema solar, o planeta e cada ser humano a realizar o objetivo da evolução em escala humana, planetária e solar.

 

 O princípio colocado nesses níveis é chamado, em linguagem mística, de princípio Crístico. É a semente da vida, do amor e do poder colocada  em cada forma, átomos planta, animal, homem, planeta e sistema solar.

 

Esta Divindade dentro da forma atravessa em todos os séculos um processo de evolução, de desdobramento e de florescimento, sendo a energia de Virgem que a traz à manifestação.

 

Essa energia sustenta não só a revelação e a manifestação desta Divindade Interior, mas também tudo o que é belo, bom e verdadeiro.

 

Por exemplo, as artes, a música, a pintura, as ideologias e os movimentos em qualquer campo do empreendimento humano são mantidos e alimentados pela energia de Virgem.

 

Ela também alimenta o plano de cada Alma. Cada pessoa possui um plano. Cada Alma tem um plano. Sua Alma possui dentro dela um protótipo: o projeto de um templo, uma beleza que irá se manifestar.

 

 A semente que está dentro dele torna-se uma grande flor; sua humanidade será divinizada. O Plano está dentro de cada pessoa, alimentado pela energia de Virgem.

 

Assim, a humanidade tem um Plano, e esse Plano também está dentro do ventre de Virgem. A energia de Virgem alimenta, sustenta, protege e revela o Plano dentro do indivíduo, da humanidade, do globo e do sistema solar. O Plano está em processo de expansão para que individual  e globalmente, e em escala solar e galáctica, o Plano possa Se manifestar.

 

 Há um grande Engenheiro, um grande Arquiteto por trás de toda manifestação, e Ele possui um plano que está em cada semente, em cada forma viva, em cada planeta, em cada sistema solar e galáxia — e esse Plano está sendo realizado.

 

O Plano existe para que a Divindade se manifeste da melhor maneira possível.

Por isso diz-se que Virgem serve à matéria e ao Espírito. O Espírito apropria-se da matéria, e a matéria luta para manifestar o poder, a beleza e o mistério do Espírito. Quando estes dois se juntam com a máxima harmonia, realiza-se a beleza.

 

O propósito da evolução nada mais é do que manifestar a beleza. A matéria se eleva e o Espírito desce e esses dois aspectos se completam e se compreendem, atingindo um misterioso acordo espiritual, de modo que o Espírito não é mais estorvado pela matéria, sendo capaz de manifestar-se de maneira mais pura através da forma.

 

Virgem dá à luz a Divindade. É o símbolo da Santa Maria que deu à luz a Cristo. Isso significa que o Espírito apropriou-Se da personalidade para que nasça um Homem Perfeito, uma expressão perfeita da Divindade.

 

O mesmo fenômeno existe em escalas mais elevadas. É chamado de Cristo Planetário, Cristo Cósmico, Cristo Galáctico.

 

Cristo é a Centelha Divina do homem, do planeta, do sistema solar, da galáxia e está construindo uma ponte entre os planos inferior e superior, entre os estados de conhecimento e de consciência.

 

 Na verdade, “Cristo” é um termo que significa unir o Pai e a Mãe, a matéria e o Espírito, a Hierarquia e a humanidade, o nosso planeta com outros planetas, o nosso sistema solar com outros sistemas solares, a nossa galáxia com outras galáxias, para que, a seu tempo, cada forma criada no universo torne-se uma parte consciente da sinfonia Cósmica.

 

Visualizemos todas as partes do universo como músicos. Por exemplo, cada homem, estreia, sistema solar e galáxia é um músico; esses músicos ainda no se entrosaram uns com os outros, ainda no atingiram uma harmonia. Não são bem como tocar numa orquestra ou em sinfonia.

 

Através do processo evolucionário, todas as manifestações estão se harmonizando tão bem que a seu tempo haverá uma sinfonia Cósmica na qual cada indivíduo, nação, globo e sistema solar estarão em harmonia com a sinfonia total.

 

Virgem tem três grandes características: protege, alimenta e revela a Divindade dentro da forma. Podemos usar a energia de Virgem para proteger, alimentar e revelar a Divindade dentro de nós e dos outros.

Para proteger a Divindade dentro de nós e dos outros devemos tentar:

1. confirmar a Divindade dentro da humanidade, incluindo nós mesmos;

2. rejeitar todos os sentimentos de ciúme e ódio com relação a qualquer pessoa;

3. não murmurar e nem criticar as pessoas, nem criar dúvidas em suas mentes sobre os poderes criativos nelas latentes;

4. criar na vida boas condições, de modo que a Divindade Interior não sofra ataques;

5. não provocar, na medida do possível, reações de índole pessoal;

6. evitar as condições existentes que retardam o desenvolvimento e evolução o da Centelha Divina em cada um.

 

Para alimentar a Divindade em nós e nos outros, devemos tentar:

1. ver a beleza nos outros e em nós mesmos;

2. apreciar a expressão das virtudes;

3. inspirar pessoas com idéias e visões elevadas e com o exemplo de nossa própria vida;

4. expressar beleza, harmonia, bem e verdade em todas as nossas ações, expressões e pensamentos;

5. elevar o nível de moralidade e educação;

6. fornecer música e literatura escolhidas e outras artes criadas em níveis superiores de consciência capazes de comunicar vitalidade espiritual e a necessidade de servir e de sacrificar-se.

 

Para revelar a Divindade dentro dos outros e de nós mesmos, devemos tentar:

1. confiar e mostrar fé em nossa luz interior;

2. criar as condições nas quais florescerão livremente como seres espirituais;

3. inspirá-los para o serviço no mundo;

4. desafiá-los para atos heróicos;

5. mostrar as necessidades do mundo;

6. cooperar com todas as suas atividades criativas e construtivas;

7. criar oportunidades para que vejam sua própria beleza, seu próprio Eu. Podemos proteger, alimentar e revelar a Divindade em nós e nos outros utilizando a energia que se irradia da constelação de Virgem.

 

Há um belo mantra que diz:

Mais radiante do que o Sol, mais pura do que a neve, mais sutil do que o éter, é o Ser,

O Espírito dentro do meu coração. Eu sou esse Ser, esse SER sou Eu.

 

Em Virgem temos as seguintes combinações energéticas:

O regente exotérico é Mercúrio, um planeta do Quarto Raio. Ele relaciona Espírito e matéria e os adapta mutuamente, criando beleza. Mercúrio está também ligado à intuição.

 

O regente esotérico é a lua que, neste caso, encobre Vulcano. Este transmite energia do Primeiro Raio e inicia ações e ciclos de criatividade.

 

O raio da Alma de Virgem é o Segundo Raio de Amor-Sabedoria;

-  o raio da personalidade é o Sexto Raio da Devoção.

 

É interessante saber que, no primeiro sistema solar, Virgem canalizava o Terceiro Raio, o da Inteligência Ativa; por isso é considerada o terceiro aspecto da Divindade. Assim, temos:

Pai — Espírito — Vontade

Filho — Alma — Amor

Mãe — Personalidade/Matéria — Inteligência

 

O Credo de Nicéia reza: “...e se encarnou do Espírito Santo e da Virgem Maria.” O Espírito Santo é a Luz, o terceiro Logos, o princípio da Inteligência Ativa que criou o primeiro sistema solar.

 Na literatura ocultista, ele é chamado de Terceiro Raio. A  Virgem Maria do Primeiro  sistema solar Era associada ao Terceiro  Raio da Inteligência Ativa.

 

 No Segundo sistema solar., Ela foi associada ao Amor-Sabedoria, o Segundo  Raio.   E no terceiro, se associará ao Primeiro Raio — o poder da Vontade.

 

No primeiro sistema solar, Ela defendeu, alimentou e revelou o princípio inteligente da matéria. Na humanidade, isso gerou os Grandes que personificaram o princípio da inteligência e executaram a pesada tarefa de realizai o propósito do Terceiro Raio.

 

No segundo sistema solar, a constelação de Virgem e a Virgem protegeram, alimentaram e revelaram as Centelhas do Deus que vieram no Segundo Raio para personificar os princípios do Amor-Sabedoria. Elas continuarão Seu trabalho até que o propósito deste Raio atinja o seu ápice.

 

No próximo sistema solar, a Mãe se deslocará para o Raio da força de Vontade e dará a luz aos Avatares que trabalharão na linha do Primeiro Raio e tudo farão para realizar o propósito deste Raio.

 

O Espírito Santo foi identificado com a Mãe no primeiro sistema solar. No segundo, Ele atua como agente do Segundo Raio, e no terceiro será o agente do Primeiro Raio. É no terceiro sistema solar que o equilíbrio entre as duas forças, masculina e feminina, será alcançado, surgindo o Hermafrodita Divino. Este será o matrimônio celeste, entre a Virgem Maria e o Senhor do Primeiro Raio.

 

Através desses três sistemas solares, Ela revelará a seu tempo o Propósito que está por trás do nosso esquema. Dará a luz ao princípio que será fruto desses três sistemas solares — um princípio que preparará o aparecimento de uma evolução superior no Cosmo.

 

Assim, a Mãe Divina será a Mãe, o Filho e o Pai — Um só. É a consumação dos três Logos em Um.

 

A combinação do Raio em Virgem é simbolizada pelo drama do nascimento do Cristo. Houve a Virgem Maria, a Mãe Sagrada, a Substância, o Aspecto da Inteligência. José dramatiza o Quarto Raio ao tomar conta da Virgem Sagrada quando Ela estava grávida. Ele A levou para Belém e procurou um lugar para ficarem à noite.

Houve também o nascimento de Jesus; os pastores; o cântico de paz e boa vontade e o plano de matar todos os meninos. Vemos José fugindo para o Egito com Maria para proteger a Criança. Em toda a vida de José, houve conflito e harmonia.

 

Jesus expressou a qualidade do Sexto Raio através da Sua devoção à sabedoria, ao Pai que está no céu e aos valores do mundo espiritual.

 

Cristo, “a Esperança de Glória”, estava agindo como o Primeiro Raio. Todos esses acontecimentos conduziam à ressurreição, rompendo todos os obstáculos simbolizados pela pesada pedra que cobria a entrada do túmulo. Lembremo-nos de que “.. . o amor que Ele demonstrou foi um aspecto da vontade vindo através do segundo raio.

 

A Virgem Maria é o símbolo de qualquer ser humano capaz de dar a luz a si mesmo. Assim, ele se torna um homem nascido duas vezes, ou um “renascido”.

 

Observando as combinações das energias a partir do aspecto da vontade, temos o seguinte quadro:

Primeiro Raio vontade de iniciar;

Segundo Raio vontade de unificar;

Quarto Raio vontade de harmonizar;

Sexto Raio vontade de causar.

 

Há quatro objetivos que uma pessoa deve cultivar, especialmente quando o Sol entra em Virgem:

• Vontade de iniciar novas idéias, nova visão e a vontade de iniciar-se em níveis mais elevados e mais profundos de consciência ou conhecimento. Vontade de iniciar-se na Hierarquia e mesmo nas esferas de atividade de Shambala.

 

• Vontade de unificar o abstrato e o objetivo, o centro do coração e da cabeça, a personalidade e Tríade Espiritual.

 

• Vontade de harmonizar nossa vida com a planetária, a solar e a zodiacal através da distribuição e assimilação energética cíclica e pela observação das luas cheias e de outras ocasiões de configurações zodiacais especiais.

 

 Isso harmonizará a recepção e a expressão, a voltagem e a carga. Harmonizará todos os raios e os campos de suas atividades.

• Vontade de provocar novas causas para produzir novos efeitos em vários planos da existência.

 

Virgem é um excelente mês para trabalhar para a perfeição. E um dos signos de crise devido aos regentes do Quarto Raio. Os sete signos de crise são:

  

 

Estamos agora numa crise de nascimento. Cristo se manifestará novamente. A humanidade está no limiar de um nascimento espiritual; uma nova raça, uma nova cultura, uma nova civilização e um novo mundo estão emergindo. Neste ciclo de crise, há uma excelente oportunidade de ajudar no processo de um novo nascimento através da meditação em grupo e da nossa luta individual.

 

O que é uma crise? É o ponto de encontro de duas energias, um confronto. Não existirá crise se houver apenas um fluxo unidirecional de energia. Ela só existe quando há conflito entre duas energias: uma está no processo de cristalização, no rompimento dessa cristalização.

 

O Mestre Tibetano diz:

Estas sete crises acontecem outra vez durante o processo de auto- iniciação no mundo do significado e da realidade. Elas constituem o ponto-chave ou a causa de cada uma das sete iniciações. Elas permitem o ingresso no estado de consciência divina em cada um dos sete planos de experiência e expressão divinas.

 

A influência dessas sete constelações são simbolizadas por três triângulos  e uma síntese final ou ponto focal...

 

Uma crise pode surgir devido a um determinado hábito mental, desenvolvido no veículo; ela só é superada no tempo por outro hábito e ritmo do conteúdo espiritual da natureza do homem. É o estabelecimento de um certo ritmo objetivo que produz a crise; é o aparecimento de um determinado ritmo subjetivo que capacita um homem a superar a crise e capitalizar a oportunidade.3

 

Há uma tríade de energia cósmica de suprema importância em nosso planeta, e a influência unida das suas três constelações é que faz acontecer a iniciação do Logos planetário; isto assegurará que qualquer expressão planetária futura da Sua vida seja chamada de “planeta sagrado”.

 

Estas três constelações são Leão — Virgem — Peixes. Elas são... “as Produtoras do que conhece, as Informantes do que está desperto e as Construtoras das modalidades de fusão da Sabedoria. Elas criam a unidade. Elas destroem o que foi produzido para reproduzi-lo novamente com maior beleza e em maior plenitude.”4

 

Qual é a crise de Virgem? “Virgem é o ‘ventre do tempo’ onde o plano de Deus. . . amadurece lentamente e. . - se manifesta no seu devido tempo.”5

 

Este é o plano para o sistema solar, o planeta e o homem. A constelação de Virgem dá à luz o Deus imanente no homem e nos níveis planetário e individual. O Deus imanente no homem é o Ser, a Centelha, a Mônada.

 

 O Deus imanente no planeta é o princípio Crístico. O Deus imanente no sistema solar é a Alma do sistema solar em evolução. O Cristo no homem, no planeta, no sistema solar está em processo simultâneo de gestação, evolução, e iniciação.

 

É o aspecto do Filho, a alma humana em evolução, a alma em evolução do planeta e do sistema solar que está em processo de gestação, evolução e iniciação.

 

A energia de Virgem protege este processo, alimenta-o, revela-o. A crise cria um ritmo subjetivo e destrói o ritmo objetivo dos veículos num sentido individual, globla e solar. Imaginemos o tipo de oposição que surgirá quando destruirmos um ritmo objetivo nestas três áreas de tempo e espaço.

 

Mercúrio é a estrela do conflito e também o planeta principal do relacionamento. “... em Virgem ele produz a luta interior entre o não-ser exotérico e o ser esotérico, entre a consciência das formas (planetária, humana e sub-humana) e a alma dentro de todas as formas.”6

 

Quando o Sol entra em Virgem, os membros do Novo Grupo de Servidores do Mundo podem dirigir seus discípulos e atividades nesse sentido. Podem usar o Primeiro e o Segundo Raios, e em especial o Quarto, que é a nota mais forte da energia de Virgem. Mas, independentemente do que fizerem, o objetivo deverá ser fazer nascer uma nova consciência que cause, inicie, unifique e harmonize.

 

Em nossa vida individual, podemos usar o poder energético de Virgem como uma mãe para proteger, alimentar e revelar a Divindade em nós mesmos e nos outros.

 

É muito interessante lembrar que nossa Divindade Interior é alimentada, protegida e revelada quando fazemos o melhor para alimentar, proteger e revelar a Divindade nos demais.

 

 Com esta finalidade, podemos usar amor-sabedoria, harmonia através do conflito, crise e síntese, ou a autoridade do aspecto da Vontade.

 

Há dois Quartos Raios em Virgem. Um deles é esotérico, e afeta somente os Planos Intuicional, Átmico e Monádico. O outro é exotérico, e afeta a personalidade.

 

 Na verdade, o raio esotérico, que se inicia nos Planos Búdico, Átmico e Monádico cria um conflito na personalidade e a desafia, apresentando-lhe visões e lutas maiores.

 

A personalidade luta dentro de si mesma, dentro dos planos físico, emocional e mental para captar o desafio vindo dos níveis mais altos e dar-lhes uma resposta.

 

Nesta época há um desafio de paz e harmonia universal, e as personalidades das nações estão em conflito entre si. Mas, a seu tempo, eles responderão ao desafio que chega dos Reinos Superiores.

 

O raio da personalidade de Virgem, o Sexto, cria estabilidade e dedicação orientadas para a sublimação e o sacrifício. Em Virgem, sentimos uma espécie de dedicação ou aspiração voltada para uma grande beleza.

 

Esta aspiração vem do Sexto Raio de Virgem que faz com que nossos átomos físicos, emocionais e mentais dêem o melhor de si para responder ao chamado superior que vem da Fonte de Glória que está dentro de nós.

 

O Primeiro Raio destrói os obstáculos que existem dentro da personalidade e cria aí uma síntese. Relaciona, ainda, a pessoa com o Vínculo Maior, Shambala, e grava nele, lentamente, o Propósito desse Grande Centro.

 

Assim, Virgem simboliza o escudo ou o poder protetor da matéria e da substância que recebe a Centelha da Vida. Através dos tempos, Virgem protege essa Centelha dos ataques das forças cujo propósito é evitar sua evolução e aparecimento. No grande Espaço, a Mãe Virgem é um grande escudo contra as forças involutivas, que tentam impedir a evolução da Centelha.

 

Nós cooperamos com todas as forças de Virgem para proteger a Chama da Vida quando conscientemente recebemos, assimilamos e irradiamos a sua energia. Isto acontece especialmente quando o nosso Sol entra no campo energético de Virgem.

Virgem também é o símbolo da alimentação da Chama da Vida. Ele alimenta cada Centelha com a Sua própria essência. A Mãe do Espaço é o mecanismo cósmico de transmutação através do qual a substância de luz se transforma na substância do amor, e a Chama da Vida é alimentada pela substância do amor. A luz se converte em amor através do poder alquímico da Mãe.

 

Virgem simboliza também o véu que oculta e, a seu tempo, revela a Chama da Vida já amadurecida, quando a chama reflete a semelhança do aspecto do Pai, O processo de revelação do Filho é a retirada, o sacrifício e o rompimento do véu.

A Mãe dá à luz a Criança e desaparece. A luz se funde com o Amor e Este se une com a Vontade — com a Chama da Vida — e existe somente Vida.

  

 

  

Meditação em Virgem

1. OM

 

2. Saudações à Virgem no céu, a grande constelação de Virgem. Saudações à Mãe Sagrada de Buda, de Kiishna e de Çristo.

Saudações a todos os que protegem, alimentam e revelam a beleza.

 

3. OM OM OM

 

4. Repita a Grande Invocação:

Do ponto de Luz dentro da Mente de Deus, Deixai que o raio de Luz penetre na mente dos homens. Deixai que a Luz desça sobre a Terra.

 

Do ponto de Amor dentro do Coraç&o de Deus, Deixai que o raio de Amor penetre no coração dos homens. Que Cristo retorne à Terra.

 

Do centro onde a Vontade de Deus é conhecida, Deixai que o Propósito guie as pequenas vontades dos homens — O Propósito que os Mestres sabem e servem.

 

Do centro que chamamos raça dos homens, Deixai que o Plano de Amor e de Luz se realize E sele a porta onde habita o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder restaurem o Plano na Terra.

 

5. O pensamento-semente para meditação é:

Cristo em nós, Esperança de Glória.

Penseios como podemos proteger, alimentar e revelá-Lo.

 

6. Repita o Mantra da Unificação:

Os filhos dos homens são Um e eu sou um com eles.

Procuro amar, não odiar;

Procuro servir, não exatamente executar um serviço;

Procuro curar, não ferir.

 

Deixai que a dor traga a recompensa devida de luz e amor.

Deixai que a alma controle a forma exterior,

a vida e todos os acontecimentos,

e revele a luz do Amor

que sustenta os acontecimentos do tempo.

 

Deixai que a visão venha e esclareça. Deixai que o futuro seja revelado. Deixai que a união interior se revele e que as rupturas exteriores desapareçam. Deixai prevalecer o amor.

Deixai que todos os homens amem.

 

7. OM Om OM

 

 

1.Bailey, Alice A., Esoteric Astro logy, p. 259.

2. Ibid.,p.623.

3. Ibid.,p.474-475.

4. Ibid.,p.469.

5. Ibid.,p.260.

6. Ibid., p. 358.

 
 

Exibições: 1516

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Roseane Maranhão do Valle em 20 janeiro 2014 às 13:15

Grata

Comentário de florinda meireles em 1 setembro 2012 às 21:50

MUITO OBRIGADA

Comentário de Turibia Gomes de Oliveira em 1 setembro 2012 às 2:42

AMADA, GRATÍSSIMA PELA MARAVILHOSA LIÇÃO.

MUIT APAZ E LUZ EM NOSSOS CORAÇÕES.

OM SAI RAM

Comentário de elisio josé da silva lopes em 30 agosto 2012 às 17:10

Paz e bem Muito grato pela mensagem ,

Comentário de naget cury em 30 agosto 2012 às 16:11

rejeitar todos os sentimentos de ciúme e ódio com relação a qualquer pessoa;

3. não murmurar e nem criticar as pessoas, nem criar dúvidas em suas mentes sobre os poderes criativos nelas latentes;

estes são dois aspectos, entre os outros também importantes, que eu considero como caminhos primordiais  para o nosso aperfeiçoamento espiritual. Deus abençoe a todos e a quem fez esta postagem tão rica em detalhes.

Comentário de Sheila Maria Moreira Costa em 30 agosto 2012 às 10:39

Vc é maravilhosa. Mto obrigada.

Comentário de luciana martini em 30 agosto 2012 às 9:07

obrigada!

Comentário de dulcinea manara em 29 agosto 2012 às 23:36

Sempre grata.

Comentário de marli lucia de souza em 29 agosto 2012 às 22:30

Sempre grata.

Comentário de Elaine Aparecida Bezerra em 29 agosto 2012 às 21:11

Namastê!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço