Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Testemunho da Escolástica II - Fim de Atlântida

EU SOU a Escolástica

Esta mensagem é escrita segundo a ortografia do chamado português europeu, pelo que os irmãos do Brasil poderão "tropeçar" em algumas consoantes mudas.

A Escolástica recorda-se de viver numa das épocas de Atlântida. Ela era, então, uma das Virgens de Atlântida.

A Escolástica recorda-se que Atlântida estava em guerra. Lembra-se, também, do cuidado na estratégia atlante em confinar o conflito por forma a não ferir a Mãe Terra. Este conflito prendeu-se com uma contaminação que minava os atlantes, apesar de não se recordar em que medida se relacionavam.

Havia muitos atlantes contaminados por um organismo cuja origem não conseguiram determinar.
Os atlantes conseguiram detectar, no entanto, que este organismo, uma vez encontrado um hospedeiro compatível, aí germinava e o dominava.

Este organismo tem em si uma programação para corromper uma parte ínfima e determinada da informação multidimensional do código genético. Como Kryon vos informou, apenas 3% do ADN é químico na dimensão terceira.

A Escolástica diz "este organismo tem", porque este organismo continua activo e a contaminar, hoje, o Ser Humano.
Não existe qualquer alteração na estrutura linear dos humanos, assim como não existia nos atlantes.
São apenas detectadas características comportamentais nos hospedeiros. As mais flagrantes:

  • seres com muito boa, senão excelente, memória e com baixa capacidade de inovação/criação
  • decoram palavras, frases, sequências, conceitos, mas sem compreensão pelo que dificilmente os põe em prática
  • para além da sua loquacidade, dificilmente têm um talento real.
  • os machos perdem rapidamente o cabelo na fase adulta e apresentam calvice acentuada
  • cooperam por interesse e promovem os iguais
  • não têm Amor
  • para eles tudo se resume a ganhar ou perder e têm sempre que ganhar pelo que dificilmente reconhecem os erros e simulam virtudes (por palavras) desmentidas pela atitude
  • para eles quer a piedade quer a misericórdia são humilhação e a humilhação uma derrota, pelo que não suportam piedade nem misericórdia e dificilmente admitem ajuda

Exemplos de confusões flagrantes: porque decoram sem comprender e não têm Amor confundem poder com serviço e obediência com subserviência.

S. Paulo aludiu indirectamente aos hospedeiros ao registar na sua epístola qualquer coisa como: "ainda que eu falasse línguas, as dos homens e dos anjos, se não tivesse Amor, seria como o sino que soa ou como o címbalo estridente" e mais à frente acrescenta "nada seria". O Amor é a força de Deus Pai e a força da pessoa ligada ao Pai – "ao meu Pai" como diz a Escolástica. O Amor é Deus Pai em nós.

Qual é o hospedeiro compatível? Aquele que tem ambição desmedida, o egoista, o invejoso, o vaidoso, o lascivo é mais facilmente seduzido e fica permiável à corrupção do seu código. Mas também aquele que tem empatia pelo contaminado fica permiável. Uma vez alterado o seu código, o hospedeiro serve a outro senhor que não o Pai. E não vê com os olhos do Coração.

Em Atlântida, este organismo foi introduzido involutariamente por uma Madre Reverenda. O seu círculo detectou a contaminação, desconhecendo as consequências. Ao tentar isolar o foco acabou contaminado. E, uma vez contaminado, incapaz de admitir o erro, tornou-se um veículo de contaminação através dos relacionamentos. Atlântida ficou em guerra.

Durante a guerra, as Virgens de Atlântida detectaram o cruzamento da trajectória da Terra com a de um astro. A Escolástica não se recorda se se trataria de um asteroide de grandes dimensões ou se de um pequeno planeta. O impacto era inevitável. A vida na Terra como era conhecida terminaria e o impacto teria lugar na parte oceânica onde estava Atlântida.

Perante a inevitabilidade deste acontecimento, as Virgens de Atlântida conceberam a evasão do povo atlante. A evasão foi programada por forma a que a abertura dos portais coincidisse com o momento do impacto. A própria abertura dos portais "puxou" os atlantes como que por sucção a partir dos pontos específicos onde esses portais estavam (e estão) localizados. Os cálculos foram elaborados por forma a que os atlantes fossem colocados num outro planeta. Os atlantes contaminados não seguiram – ficaram em barcaças à espera do impacto. As ondas criadas pelo impacto trataram de levar as barcaças para a terra firme que ficou. A Escolástica soube, agora, que algumas se perderam e com elas as vidas que transportavam.

A Escolástica lembra-se que o impacto profundo teve lugar na escuridão, lembra-se da bola de fogo a descer vertiginosamente do céu e do som da deslocação que antecedeu o impacto e fez subir as águas. Os atlantes ou pelo menos as Virgens Atlantes cantavam. Cantavam para deixar boas vibrações à Mãe Terra. As barcaças tinham pequenos focos de luz branca. A Escolástica lembra-se de no momento do impacto, e como previsto, as águas subirem com uma pujança incrível, o que coincidiu com a abertura do portal da posição onde estava a Escolástica e outros atlantes. A Escolástica lembra-se de ficar submersa e de ver as bolhas provocadas pela subida das águas e de ser puxada nesse exacto momento pelo portal.



EU SOU a Escolástica.


Nota: Esta mensagem foi escrita pela mão da Escolástica de acordo com as suas memórias por indicação do Ser que se lhe apresentou como irmão K.

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço