Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Percebo-te Nos Teus Pensamentos


Percebo-te nos teus pensamentos, naquilo que passa na

tua mente, nos desejos e vontades que escondes

entre letras que não te atreves a escrever.


Sei como fluem os teus sonhos, como induzes as tuas emoções e como

expressas o teu olhar nas minhas letras.


Esta minha ligação ao teu corpo é com um abraço apertado,

como se estivesse em ti sempre colado.


Esta conexão é fruto das minhas constantes intrusões na

tua alma, das minhas visitas ao teu quarto,

das noites longas que passo sentado a teu lado.


A reflexão que faço sobre o teu quotidiano, permite-me adivinhar o teu ânimo,

a vontade com que encaras os momentos felizes,

como te apoias nos meus braços invisíveis nos mais difíceis.


Afinal é para isso que estou aqui, para guardar o teu corpo,

proteger o teu espírito e velar os teus sonhos.


Não, não tenho asas, não visto de negro e reflicto-me em qualquer espelho,

não mordo e durmo, ao contrário do que faço em teus sonhos,

onde me vez como mago, druida, anjo ou alquimista,

mas ainda assim te velo.


Guardo os meus segredos nas letras que escrevo, é nelas

que estão as fórmulas, os mistérios e os ventos que

evaporam a minha alma e a fazem etérea.


Crescem-me nas mãos os livros, manuscritos e outros apontamentos

onde gravo as minhas memórias, os meus sonhos e tormentos.


Um dia, quando o corpo se ausentar, quando minhas moléculas dissipar,

serei efectivamente apenas palavras que nas páginas fechadas de

um livro, guardarão as saudades de já não te poder escrever.


                      ----.....---==II==----.....----                     


Abraço Terno


A luz do dia ofusca-me os sentidos, esconde-me

dentro de um corpo vestido.


Sou mais um homem como outro qualquer, e tu, mulher,

de vida corrida, tantas vezes esquecida do

instante mágico da noite.


Somos seres comuns, debaixo desta mesma luz.


Vidas e quotidianos de azáfama, ruído imenso

que as sensações abafa.


Somos pessoas, gente que se perde na multidão,

cheia de problemas, de motivos sem razão.


Depois, há um momento, um instante em que

seguramos o tempo.


Porta que abrimos ao vento, paraíso eterno

onde adormecemos.


A noite instala-se, com as suas sombras,neblinas

mágicas que os corpos soltam.


Nascemos libertos do fardo do dia, esquecemos as razões que nos arreliam,

e, passeamos descalços por todo o Universo, saltando de estrela em estrela,

como borboletas, de flor em flor, como golfinhos em mar aberto.


Aqui, neste preciso momento, sentimos o toque divino que

nos afaga o rosto, como crianças embevecidas a olhar

para o Pai, somos estrelas neste firmamento,

pedaços de contentamento que rejubilam de felicidade,

esquecendo todas as adversidades.


Sente-se a paz que no peito resplandece,

como luz que nesta noite nos ilumina, nos aquece,

nos conforta, abraço terno alma caridosa.


                      ----.....---==II==----.....----                     


Quotidiano


Recebo o teu espírito em meu corpo, como benção

divina que desce sobre mim.


Ilumina-se a noite em devaneios de doce loucura.


Exalo o perfume do teu beijo e liberto as

fragrâncias do teu corpo.


Fecho os olhos privando os sentidos, agito os

braços em perpétuos movimentos.


Sinto o fernesim da alma que em mares torbulentos se agita.


É o extase da magia que invade o meu espaço, recordações

de instantes, momentos de prazer que gritam.


Depois vem o silêncio, a calma e o aconchego, o corpo recolhe-se

para se sentir mais próximo da sua própria aura.


Não há nada em seu redor, paira simplesmente no vazio,

como se fosse floco de neve, frio.


Fico na suspensão desta insustentável leveza, sabendo

de que de um segundo a outro a gravidade

me fará cair em abismos de realidades,

puxando-me para outra dimensão.


Silêncio, não se escuta nada durante a inércia deste segundo.


Depois desço em espiral, escuto os gritos das pessoas nas ruas,

os ruídos dos carros que se amontoam em azafamas

filas intermináveis, vejo o Sol que queima o olhar,

acabado de acordar.


Sinto a náusea de tamanho despertar, sobressaltado, agitado,

arrancado ao segundo anterior pelas próximas horas

de vida intensa e cheia de perplexidades.


Descubro-me no meio da rua, envolto na multidão

que em vagas se agita e me leva de um lado a

outro neste oceano chamado quotidiano.


                    ----.....---==II==----.....----                   


Anjo da Guarda


Queria de volta as asas que guardei no armário

secreto da minha existência.


Queria neste silêncio apenas seguir os teus passos,

resguardado na invisibilidade de um anjo

que protege o teu destino.


E no pôr-do-sol ficar sentado, mergulhado no silêncio

repleto de palavras que esvoaçam pelo ar.


Hoje queria ser de novo a tua protecção, a voz que te fala

no eco da mente, quando pensas, quando escolhes

os caminhos que queres trilhar.


Queria ser guardião da tua alma, no derradeiro momento

de pesar cada vontade, cada escolha acertada.


Ser etéreo é bem mais intenso que ser corpo, é bem mais profundo

que ser tudo, sendo assim nada, mas estando

em cada detalhe desse teu caminho.


Não ambiciono a eternidade, apenas a presença constante

que meu corpo não te pode dar.


Ser vento seria tocar-te apenas um momento, ser ar,

seria apenas reflexo de um inspirar, ser anjo da

tua guarda seria contigo sempre poder estar.


Afinal não nos tocamos, não existo na realidade ambígua

que afasta os corpos dos destinos já traçados, então,

que seja algo que sempre possa seguir contigo,

que seja apenas aquele amigo,

que cuida e protege a tua alma.


Hoje só queria ser o teu anjo da guarda.


----.....---==II==----.....----  

                   

Não Sei de Nada do Nada Que Sei


Poderão as palavras acalmar esta ânsia de querer e não poder

alimentar aquilo que sinto!!...aquilo que quero sentir...serão

as marés temporárias, marés do meu ser e escrever aquilo

que sinto porque sinto por vezes sem saber que sinto...

a penumbra ausência de mim mesmo...sem sentido...de pouco

sentido sem qualquer sentido...viajo entre as letras que

me abundam sem nexo, complexo...em anexo ao que

pretendo dizer sem dizer gritando em silêncio

mudo no barulho...das sombras que me percorrem a alma...

me perfuram o espírito e estrangulam a alma.


Com sentido ou sem sentido ausência de qualquer sentido

ao meu sentido coração...e nesta ânsia dos sentidos

em que me encontro uma vez mais, escrevo o que escrevo

aquilo que diz o coração...o olhar ausente.


Não desvies o olhar destas letras...não cruzes a estrada...não fujas...

apenas pinta o sorriso na tela do viver...uma vez mais.


E enquanto perco-me...outra vez e uma outra que se aproxima nos mesmos acordes...em puro vazio de sentir, nem sequer ver... tão pouco tocar...desenho...rabisco...pinto no ar

gestos puros de leveza...que me transportam às portas

da perdição do que sinto...sem por vezes saber que

sinto ou o que sinto...nem sequer entender

porque ainda sinto...o que sinto.


Não desvies o rosto...não apagues o sorriso...não esboces o espelhar

de uma lágrima...apenas pinta o sorriso uma vez mais...

não sei se é um regresso...não sei se é uma transição...

não sei de nada do nada que sei...


                       ----.....---==II==----.....----                     


Exibições: 31

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço