Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

                           A DUALIDADE DE DEUS NÃO É O BEM E NEM O MAL



Enquanto nos lançamos na Era da Iluminação através de saltos quânticos e limites, as percepções errôneas de nossos egos humanos fragmentados estão sendo expostas na Luz fulgurante da Verdade Iluminada. Este processo é sempre um pouco desconcertante e assustador. Quando isto acontece, os sistemas de crenças que considerávamos estáveis desintegram-se ante os nossos olhos, e novos conceitos que parecem conflitantes e estranhos começam a se infiltrar em nossas mentes conscientes.


Uma das más percepções mais incorretas e destruidoras de nossos egos humanos é a noção distorcida e realmente blasfema de que a dualidade de Deus é o bem e o mal.


Agora, antes que vocês rejeitem esta informação, abram o seu coração e a sua mente, e peçam a Presença de Deus resplandecendo dentro de vocês para revelar a Verdade desta mensagem. Apenas por um momento, por favor, afastem o que vocês acham que sabem sobre este assunto e leiam a informação de uma posição neutra, imparcial. Observem esta Verdade através de novos olhos e novos ouvidos de seu Eu Divino desperto.


A fim de que a Humanidade execute a Lei Universal de Como é Acima é Abaixo, e para que transformemos este precioso Planeta em sua Herança Divina do Céu na Terra, devemos eliminar o sistema de crenças inacreditavelmente incorreto de que a dualidade de Deus é o bem e o mal.


É IMPOSSÍVEL para a Humanidade Co-Criar a Perfeição Física Ilimitada da Quinta Dimensão na Terra enquanto estivermos perpetuando a crença distorcida de que as mutações humanamente criadas do precioso Presente de Deus da Vida que estão se manifestando na Terra neste momento, sempre foram parte do Plano Divino original para este Planeta.


Estas criações errôneas humanas são: a guerra, a pobreza, a doença, a violência, o crime, a corrupção, a solidão, o envelhecimento, a dor, o sofrimento, o medo, a perversão sexual, a fraude, a poluição, os padrões de comportamento compulsivos/viciados, condições adversas do tempo, a ignorância, a baixa auto-estima, a indignidade, a morte como a conhecemos e cada mutação dolorosa do Presente de Deus da Vida que entre em conflito com a perfeição do Céu na Terra.

Estes mutantes, padrões humanamente criados de imperfeição física não têm nada a ver com o nosso Deus Pai-Mãe. Eles são padrões grosseiramente distorcidos criados pela Humanidade através do mal uso de nossas faculdades criativas do pensamento e do sentimento, em outras palavras, através do uso de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos.


Foi somente após a “queda” há éons e o efeito tremendo deste evento que desenvolvemos o nosso aspecto fragmentado que chamamos agora de nossos egos humanos. Neste momento começamos a perceber o plano físico como a nossa única realidade.Tragicamente, nos esquecemos que somos, em Verdade, Filhos e Filhas magníficos de Deus. Começamos a acreditar que somos somente os nossos corpos físicos. Nossos egos humanos baseados no medo decidiram que o seu propósito e razão para ser era gratificar os sentidos físicos daqueles corpos. Todas as doenças que existem agora na Terra é resultado da missão imprevisível da gratificação física dos nossos egos humanos, baseados no medo e em uma consciência de carência e limitação.


A Terra é uma escola de aprendizagem, mas nunca foi a intenção de Deus que nos separássemos da Verdade de quem nós somos e afundássemos no pântano do caos e do sofrimento. Obviamente Deus não é um sádico-masoquista que decidiu criar uma escola de aprendizagem apenas para ver quão inacreditavelmente miseráveis poderiam ser os Seus Filhos e Filhas, enquanto contorcíamos nas profundezas do sofrimento e da agonia. Assim o que aconteceu no mundo?


Bem, é uma longa história, mas em poucas palavras, o Plano Divino foi terrivelmente desviado. Originalmente os Filhos de Deus foram criados para expandir o Corpo da Divindade. Nosso Deus Pai-Mãe compreendeu que se novas expressões da Divindade foram criadas à imagem e semelhança de Deus, investidas com as faculdades criativas do pensamento e do sentimento e com o presente do Livre Arbítrio, elas usariam estas faculdades de modos singulares para criar os padrões anteriormente desconhecidos da perfeição no Corpo Causal de Deus. Isto expandiria intensamente o Corpo de Deus e criaria novas oitavas da experiência Celestial para todos os Seres em evolução.


Deus determinou que o modo mais rápido para que os Filhos de Deus aprendessem a se tornarem co-criadores era que eles permanecessem dentro das restrições de um continuum de tempo e espaço. Conseqüentemente, os Terceiros e Quartos planos Dimensionais da existência foram criados. O Planeta Terra era apenas uma das inumeráveis escolas físicas de aprendizagem.


A história de Adão e Eva é, naturalmente, uma alegoria. É uma simples história que reflete simbolicamente como os Filhos de Deus habitaram primeiro o plano físico da Terra. Dentro do simbolismo desta preciosa história é revelada a VERDADE da Polaridade ou Dualidade de Deus.


Quando foi o momento para que os Filhos de Deus habitassem a Terra e começassem a sua experiência de aprendizagem de se tornarem Co-Criadores com o nosso Deus Pai-Mãe, a nossa Divina Presença Eu Sou projetou um aspecto de si mesma no plano físico. Este aspecto desceu na freqüência e na vibração a fim de resistir à densidade da Terceira Dimensão.Ele é chamado de nosso Eu Crístico Sagrado, e é o verdadeiro Filho de Deus na dimensão física.


A projeção do Sagrado Eu Crístico no plano físico é realizado através de um processo muito específico. Primeiro, nosso Deus Pai-Mãe projeta a Polaridade Masculina de Deus (Adão) no plano físico ao soar um Tom Sagrado que cria a matriz ou padrão para a encarnação física do Eu Crístico Sagrado. "No início foi a palavra (Tom Sagrado), e a palavra estava com Deus".


Em seguida, nosso Deus Mãe projeta a Polaridade Feminina de Deus (Eva), na matriz do Pai e cria o poder coesivo do Amor Divino para atrair a Primitiva substância de Luz informe que cria a forma manifesta do Eu Crístico Sagrado. O Amor Divino mantém a matéria no padrão fixo da matriz.


É por isto que está escrito que a Polaridade Masculina/Adão de Deus, o Raio do Som, veio primeiro, criando a matriz, e a Polaridade Feminina de Deus/Eva, o Raio do Amor, veio em segundo, criando o poder coesivo para manter a Luz Primitiva no padrão da matriz.


Ambas as polaridades são críticas e necessárias a fim de que qualquer forma física seja criada. Quando as Polaridades Masculina e Feminina de Deus estão em perfeito equilíbrio, resulta no Nascimento do Filho de Deus, o Eu Crístico Sagrado.


Está nos sendo claramente mostrado agora que a Dualidade de Deus NÃO é o bem e nem o mal.
A Dualidade de Deus é:
Deus Pai: Polaridade Masculina, Raio do Som Divino. Poder, Vontade. Esplendor, Atividade, Criação, e Expiração.


A Polaridade Masculina de Deus irradia como o Raio Azul Safira e ativa o hemisfério esquerdo do cérebro, a mente racional, lógica e o Centro do Poder da garganta onde o som e a palavra falada emanam.


Deus Mãe: Polaridade Feminina, Raio do Amor Divino, Poder Coesivo, o Grande Silêncio, a Placidez, o Potencial Imanifestado, a Inspiração.


A Polaridade Feminina de Deus irradia o Raio Rosa Cristalino e ativa o hemisfério direito do cérebro, a mente criativa, intuitiva e o Centro do Amor do coração onde o amor e a Chispa Divina emanam. (Eva foi simbolicamente criada do coração de Adão, não de sua costela).


Quando estas duas Polaridades de Deus estão em perfeito equilíbrio, os hemisférios direito e esquerdo do cérebro estão igualmente ativos. Isto cria o ambiente para a ativação dos Centros Espirituais no cérebro: as glândulas: pituitária, pineal, e o hipotálamo, e os centros ganglionares na base do cérebro. Quando os Centros Espirituais do Cérebro estão funcionando em pleno potencial, eles criam uma vibração que desperta o nosso Centro da Iluminação, o Chacra Coronário. Este estado desperto de Iluminação é conhecido como Consciência Crística, portanto, o Nascimento do Eu Crístico Sagrado.


No início o nosso Eu Crístico Sagrado tinha a vantagem dos dois hemisférios cerebrais perfeitamente equilibrados, dos Centros Espirituais do cérebro que funcionavam plenamente, um Chacra coronário aberto, o Chacra Laríngeo, o Chacra Cardíaco e outros quatro Centros de Chacras maiores com os seus meridianos correspondentes e Chacras menores. Todos estes sistemas estavam funcionando em plena capacidade. Além do mais, havia Doze Cordões do DNA que serviam como um sistema de comunicação muito elaborado entre o nosso Eu Crístico Sagrado, a nossa Presença Eu Sou e todas as Dimensões Superiores da existência. Neste momento nós realmente vivíamos e conversávamos com toda a Companhia do Céu, os Anjos e os Elementais.


No início o nosso Eu Crístico Sagrado se expandiu através de todo o nosso corpo físico e estava também em pleno domínio de nossos corpos etérico, mental e emocional. Um tremendo raio de Luz irradiou através de nossos Centros de Chacras, e compreendemos o nosso propósito e razão para estarmos na Terra. Sabíamos como usar o nosso Livre Arbítrio e as nossas faculdades criativas do pensamento e do sentimento efetivamente. Compreendíamos como é precioso o nosso Presente da Vida, e escolhíamos usar a nossa energia vital para expandir os limites do Reino do Céu na Terra.


Neste momento nós nunca debatíamos se criaríamos a alegria ou a dor, a paz ou a guerra, o amor ou o ódio, a prosperidade ou a pobreza, a saúde ou a doença. Ao contrário, usávamos o nosso precioso Presente da Vida e o nosso Livre Arbítrio para criarmos novas e anteriormente desconhecidas expressões da Divindade.
"Como eu usarei hoje o meu Presente da Vida para vivenciar níveis maiores do Amor Divino?"
"Como eu me ligarei hoje às maiores oitavas da Verdade, da Sabedoria e da Compreensão Divina?"
"Como eu expressarei sentimentos mais profundos de Harmonia, Paz, Alegria, Maravilha, Êxtase e Reverência?"
"Como eu vivenciarei novos padrões de criatividade através da música, da arte e da dança?"
"Como eu trarei novos níveis de Iluminação da Mente Divina de Deus à Terra?"
"Como eu SEREI o Coração, a Cabeça e as Mãos de Deus no mundo da forma e imitarei a Lei Universal, Como é Acima, é Abaixo?"


Neste momento a Terra era um paraíso verdejante de esplendor, e tudo o que a Humanidade precisava para cumprir a nossa experiência de aprendizagem em perfeita alegria e harmonia, era fornecido por Deus e o Reino Elemental. A fim de sustentar este nível de perfeição houve somente UM mandamento dado...
"Não compartilharás da Árvore do Conhecimento do bem e do mal".


Deus sabia que em outros Sistemas de Mundos as almas em evolução tinham vivenciado o seu Presente da Vida e criado mutações grosseiras de dor e sofrimento. Se os Filhos e Filhas de Deus na Terra não estivessem conscientes destes padrões de imperfeição, entretanto, nós não os refletiríamos através de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos em nossa experiência física na Terra.


Infelizmente, chegou um momento no tempo em que a curiosidade tirou o melhor de nós, e a Humanidade escolheu compartilhar da Árvore do Conhecimento do bem e do mal. A razão pela qual se diz que "Eva" comeu a maçã é porque era o aspecto emocional de nossos seres que nos colocou na situação para começar a vivenciar o nosso Presente da Vida em um modo que entrava em conflito com a Vontade de Deus e o Plano Divino original. Há legiões de histórias quanto a como isto aconteceu, mas a coisa mais importante para que nós compreendamos agora é que foi as nossas faculdades criativas do sentimento que nos colocou em dificuldades em primeiro lugar.


Uma vez que começamos a expressar os pensamentos, as palavras, ações e sentimentos que não estavam em alinhamento com o Plano Divino de criar o Céu na Terra, nós começamos a vivenciar a discórdia, a dor e o sofrimento pela primeira vez. Para nos protegermos da dor, fechamos os nossos Chacras do Coração, assim não sentiríamos muito. Por todas as intenções e propósitos, isto bloqueou o portal através do qual o Amor Divino de nosso Deus Mãe entrava na Terra, e Ela começou a retrair a Sua Luz. Isto fez com que os hemisférios do nosso cérebro direito se tornassem quase adormecidos, o que por sua vez levou os nossos Centros Espirituais do Cérebro a se atrofiarem. Esta tragédia fez com que o nosso Chacra Coronário da Iluminação se fechasse, e perdemos a nossa consciência dos Reinos Superiores da Verdade Iluminada.


Para compor esta trágica "queda", nossos Doze Cordões do DNA começaram a diminuir o curto-circuito na hélice dupla do DNA da qual nós não estamos agora conscientes. Ainda que esta hélice dupla contenha aproximadamente três bilhões de códigos genéticos, ela mal é suficiente para sustentar a consciência cerebral. Durante este momento a capacidade do nosso cérebro deteriorou em dez por cento de sua função original. Este processo levou éons de tempo, mas os efeitos foram devastadores e profundos.


Quando o nosso Eu Crístico Sagrado não foi capaz de reconquistar o domínio de nossos veículos, devido ao abuso do nosso Livre Arbítrio, ele decidiu se retrair, de modo que desmereceríamos o nosso precioso Presente da Vida. Nosso Eu Crístico Sagrado reduziu-Se ao que agora nos referimos como a "Chispa" da Divindade em nossos corações, e o raio do poder da Luz que costumava irradiar através de nosso Sistema de chacras retraiu-se ao que agora nos referimos como o nosso "Cordão de Prata".


Este evento misericordioso, mas devastador, reduziu intensamente a Luz na Terra, o que causou mais medo e ansiedade. A Humanidade continuou a espiralar mais e mais intensamente nos espasmos do terror e do caos. Nós estávamos muito conscientes de todas as nossas experiências na Terra, e de uma existência à seguinte, nós afundávamos mais na desesperança do fracasso e do desespero.


Em outro ato de misericórdia, nosso Deus Pai-Mãe emitiu um Decreto para colocar uma "Venda de Esquecimento" sobre a fronte de cada alma encarnada. A esperança era que se não lembrássemos de toda a dor e do fracasso de nossos passados, talvez começássemos de novo e gradualmente a reivindicar a nossa Herança Divina como Filhos e Filhas de Deus.


Este evento ajudou a um grau, mas criou uma série de problemas inteiramente novos. No passado, pelo menos compreendíamos por que estávamos sofrendo tanto. Lembrávamos de nossas vidas passadas, e sabíamos que através do abuso de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos, nós tínhamos criado a negatividade que estávamos vivenciando.


Nós compreendíamos que tínhamos criado a pobreza em nossas vidas através de nosso medo da carência e pelo uso errôneo do fluxo da Abundância de Deus. Sabíamos que tínhamos criado a doença, o envelhecimento, a degeneração e a morte pelo abuso de nossos corpos.

Compreendíamos que o nosso abuso do Reino Elemental tinha criado as condições adversas do tempo e as mudanças cataclísmicas da Terra. Compreendíamos que toda a guerra, o ódio, o preconceito, o medo, o crime, a violência, a corrupção e toda doença que estávamos vivenciando, estavam diretamente relacionadas a como tínhamos usado e abusado de nosso precioso Presente da Vida no passado.


Com a "Venda do Esquecimento", entretanto, tudo isto mudou. Nós não lembrávamos de que tínhamos vivido antes. Conseqüentemente, observávamos as nossas vidas e tentávamos explicar logicamente por que estávamos sofrendo tanto. Chegamos erroneamente à conclusão de que desde que Deus é o único Criador, Ele/Ela devia ter Criado a dor e o sofrimento na Terra. Deduzimos que a Humanidade devia ser muito má. Tínhamos que ser "pecadores e vermes indignos no pó" a fim de que Deus tivesse nos feito isto.


Nós acreditávamos erroneamente que desde que tudo começou com o Presente da Vida de Deus, Deus tinha que ter criado todo o horror existente na Terra. Determinamos incorretamente que toda a dor e o sofrimento na Terra e todas as coisas, devem ser a Vontade de Deus.


Deixem-me afirmar enfaticamente agora e por TODA a Eternidade que a força da Vida onipresente, onipotente e onisciente que conhecemos como a toda compassiva Presença de Deus não libera um elétron da preciosa Energia da Vida que esteja vibrando a uma freqüência menos do que a perfeição total de Deus. A Vontade de Deus para nós, como Amados Filhos e Filhas não é nada menos do que o êxtase do Céu na Terra. Cada coisa que existe na Terra que seja menos do que a perfeição do Céu É UMA CRIAÇÃO ERRÔNEA HUMANA E NADA TEM A VER COM A VONTADE DE DEUS!!!


Quando nos foi dada a "Venda do Esquecimento", esquecemos que somos Co-Criadores com Deus e que NÓS, não Deus, usamos o nosso Livre Arbítrio, recebemos o nosso Presente da Vida e o distorcemos nas mutações dolorosas que existem na Terra. Nós observávamos as mutações distorcidas que tínhamos criado e as percebíamos incorretamente como dualidades naturais da criação de Deus. Nossos egos humanos acreditavam erroneamente que a polaridade oposta do amor é o ódio; paz – guerra; saúde – doença; prosperidade – pobreza, etc. Este é o sistema de crenças mais destrutivo que podemos ter. Contanto que acreditemos que a polaridade da paz é a guerra, continuaremos a perpetuar a guerra. Enquanto acreditarmos que a polaridade natural da prosperidade é a pobreza, Co-Criaremos a pobreza.


NENHUMA destas doenças existe nos Reinos Celestiais da Perfeição Física Ilimitada, a Quinta Dimensão, e esta é a dimensão na qual estamos Ascendendo. É obrigatório que paremos de Co-Criar a negatividade na Terra ao acreditarmos erroneamente que a dualidade de Deus é o bem e o mal. A Dualidade de Deus é o Deus Pai/Poder Divino e o Deus Mãe/Amor Divino. Nossas criações errôneas humanas podem, e poderão ser novamente transmutadas em Luz através do Poder Ilimitado da Chama Violeta Transmutadora da Misericórdia e da Compaixão.

Tudo o que temos a fazer é invocar esta profunda Luz de Deus e resplandecê-la através de cada elétron da energia da vida preciosa que já qualificamos erroneamente em qualquer estrutura de tempo ou dimensão, conhecida ou desconhecida, através do Infinito.
É o momento para que Amemos as nossas criações errôneas humanas Eternamente Livres na Luz.


O Momento Cósmico é AGORA, e o nosso momento está próximo.




Patrícia Diane Cota-Robles
Tradução: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br
Fonte original em Português: http://www.novasenergias.net/patricia/duality.html
http://www.novasenergias.net
Website de Patricia em Inglês: http://www.eraofpeace.org
Direitos Autorais 2007 Patricia Diane Cota-Robles

Exibições: 20

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço