Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Imagem da net
Este texto responde a muitos emails que recebi perguntando sobre o dia 21/12/2012 e o fim de mundo.
O que penso sobre o tema segue descrito nesta breve mensagem

Muito se comenta a respeito deste momento planetário, principalmente neste ano de 2012. São tantas falas diferentes, ora assustadoras na expectativa de cataclismos, ora nas grandes transformações de consciência que se espera do ser humano. Todos, de forma ou outra, sabemos da necessidade de mudança no padrão vibratório da consciência. Isto começa pela modificação dos pensamentos, dos comportamentos e principalmente pela ativação de motivação constante. Podemos assim dizer que a humanidade adentra um novo ciclo, forçosamente, porque o caos demonstrado ao nosso redor impulsiona para uma grande transformação. Não podemos mais suportar tanta discórdia, sofrimento, intempéries causadas pela violência desmedida do ser humano, típica dos momentos de transição como este.
Assistimos todos os dias pela TV situações caóticas em muitos países, tanto a nível coletivo como individual - o mercado financeiro balança, as guerras se perpetuam, o consumismo é desmedido e geram cada vez mais dependentes, os grandes poderes subestimam a ação e a consciência da população e oprimem os menos favorecidos. Será por isso que esperamos a finalização de tudo? Estamos cansados dos absurdos?
Será que para recomeçar uma nova vida é preciso alardear um fim de mundo? Será que o ser humano já não estaria apto a transformar violência em paz e doçura, corrupção em retidão, mentiras em veracidade, miséria em prosperidade e ganância em generosidade? Eu quero crer que podemos mudar tudo pelo simples fato de que somos seres pensantes, temos uma consciência que abarca a imensidão do cosmos e somos capazes de alterar nosso padrão vibratório agora, através de sentimentos, lógica e atitudes próximas da sabedoria. Já somos 7 bilhões de pessoas, e podemos alterar a rota dos acontecimentos, somos fazedores de infinitas possibilidades, criamos e recriamos as dádivas da vida, basta apenas crer que podemos.
Há de se pensar qual o significado da palavra transição se não o simples fato de olhar para nós mesmos e descobrir quem somos, que consciência vibramos e o que estamos fazendo aqui neste exato momento. É preciso lembrar que podemos despertar certo coeficiente moral e espiritual porque sem eles nada se manifestará de forma equilibrada. A moral diz respeito aos valores que dirigem a ação humana implantada na coletividade, resultado da união das consciências individuais que tornam possível a manifestação de uma vida moldada no protótipo da sabedoria. Junto a isso é necessário viver a espiritualidade como um estado de consciência para infiltrar luz nos pensamentos que levam à valorização da vida. Se cada um manifestar esta nobreza será digno de herdar a Terra mãe, como um novo campo florido na qual o solo fértil estará pronto para receber novas sementes, de respeito e equilíbrio, para formatar uma sociedade mais justa, digna e fraterna.
Como podemos abrandar o impacto dessas ocorrências em nossa vida para formatar uma nova terra?
Cultivando o silencio interior para repensar sobre a singeleza das palavras, dos gestos e de tudo o que fazemos e usamos impulsivamente. Sermos mais comedidos com nossas atitudes, nossos comportamentos e com aquilo que pensamos sejam necessidades. Falamos, comemos, bebemos, compramos e usamos coisas demais, quase sempre nossos armários estão superlotados e não sabemos o que fazer com tanta sobra. Entupimos a mãe terra de lixo.
Será que já não é hora de rever o que é imperativo e aprender a utilizar menos para viver? A falta não seria o experimento perfeito para aprender sobrevivência? É preciso ouvir mais nossa intuição, baixar o volume da voz e dos sons que quase sempre poluem nossos ouvidos, deixar de vez em quando tanta tecnologia – celular, computador, TV... Apagar as luzes e no escuro enxergar a imensidão de estrelas a noite e assim sentir o que é um “apagão”, vivenciar mais a natureza, evitar o desperdício, aprender a lei dos 3 “erres” – reciclar, recuperar e reutilizar, evitar tanto consumismo. O que é realmente essencial em nossa vida?
Será que precisamos seguir os padrões atuais das coisas que dizem, são importantes, quando na verdade são habilidosos engenhos para manter a preleção de uma minoria? Afinal porque queremos tanto ser alienados? Desenvolver vícios, transtornos, síndromes e medos qualificados como doenças do psiquismo moderno? Porque não podemos criar nosso próprio jeito de ser, vestir, usar nossa criatividade e inteligência? Será que é tão difícil economizar, evitar dívidas que nos tornem desesperados a correr atrás de dinheiro? Será que é tão necessária a exibição do status, daquilo que pensamos possuir - carro, dinheiro, joias, felicidade e até a exposição da família? Para que serve chamar tanta atenção sobre a nossa vida? O que ganhamos ou aproveitamos com isso? Evocamos certamente, a inveja, a violência, a maledicência.
Que espécie de vida queremos viver a partir de agora?
É tempo de cautela, de evitar aliciar a atenção das mentes conturbadas e fanatizadas, de abandonar de uma vez por todas qualquer vício seja ele álcool, cigarros, drogas, medicamentos ou comportamentais; eles depõem contra o nosso equilíbrio e a nossa saúde psíquica e emocional. Evitemos repetir as notícias ruins que geram medo, revolta, intranquilidade, angústia, incertezas...
Então é tempo de agradecer a divindade que permeia o universo e principalmente nosso coração, de reverenciar o planeta que nos acolhe, que nos dá alimentos diversos, que nos ensina o usufruto da abundância e da partilha. Para viver esse tal novo tempo, precisamos estar lúcidos, conscientes de nosso papel diante do universo e da vida.
Nestes moldes, este é o fim do mundo da inconsciência, da ignorância, do abuso e de todas as formas que não respeitarem os princípios básicos da vida. Este é o momento na qual os atos desbravadores dos mistérios inerentes à espécie humana, permeados de criatividade, impulsionarão o ser, rumo à infinitude do universo.

Esta é a minha mensagem de boas festas 

Marizilda Lopes
Extrema – MG - 20/12/2012 

Veja também em: www.estrelavirtual.com.br

Exibições: 1207

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Helena em 23 janeiro 2013 às 10:35

lindas palavras verdadeiras! maravilhosas mesmo!!!

Comentário de Walter Cardoso de Freitas em 7 janeiro 2013 às 16:45

Boa e bela reflexão!

Comentário de Dulce Varela em 30 dezembro 2012 às 15:15

Muita sabedoria neste ensinamento! Muito obrigada, Paz ,Amor e Luz.

Comentário de marli lucia de souza em 30 dezembro 2012 às 2:06

Realmente, claro e preciso. Sempre grata.

Comentário de Cláudia Paz em 27 dezembro 2012 às 15:30

Texto maravilhoso!!! Disse tudo de forma direta e amorosa. Namastê!

Comentário de Carmen Ruth em 26 dezembro 2012 às 15:08

e que todos abracem a Nova Consciência, ..........

abraços, 

Comentário de Dulce Varela em 25 dezembro 2012 às 21:12

Muita sabedoria neste ensinamento! Muito obrigada, Paz ,Amor e Luz.

Comentário de Cleide dos Santos em 25 dezembro 2012 às 19:18

MUITO LINDO E SABIO....GRATIDÃO QUERIDO ANJO!

QUE POSSAMOS ENTRAR NA NOVA TERRA VESTIDOS  DE RESPEITO/ CRIATIVIDADE/HARMONIA INTEGRIDADE/PAZ E ALEGRIA SEMPRE!

NAMASTÊ!

Comentário de shirlei teresinha soek em 24 dezembro 2012 às 17:07

LINDA MENSAGEM A TRANSFORMAÇAO DO EU TEM QUE VIR DO CORAÇAO BEIJOS

Comentário de MARIZILDA LOPES em 24 dezembro 2012 às 14:55

Celia querida, é uma honra participar junto a tantos trabalhadores de luz neste local tão repleto de conhecimentos esclarecedores. Agradeço do fundo de meu coração sua dedicação e amor para com todos os participantes. Que a luz se faça em nossas mentes e nossos corações. Eternamente agradecida. Marizilda

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço