Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

PROJETO CÓSMICO AVATARA imagem pode conter: uma ou mais pessoas e close-up
por David Vincent

Há mais de 6 bilhões de anos - no setor que abrange um grupo de estrelas próximas entre si, Rígel na Constelação de Órion, estrela Ursa Maior, Thuban na Constelação de Draco, incluindo as estrelas Mirfak e Alnik; - sob a intervenção genética dos seres Águia de Sírius, que por sua vez, são parte das 11 castas de Humanos Aves, ou Aviares, descritos por Corey Goode, originou-se a Raça Reptiliana, com DNA Humano-Águia, e que se desenvolveu nessas estrelas citadas.

Os Reptilianos descendem dos dinossauros daquelas estrelas, sob a intervenção genética direta dos Seres Águia – Humanos de Sírius. Da linha genética dos Tiranossauros Rex, habitantes daquelas estrelas, surgem os Dragões e as Hidras. Tanto é, que o DNA estrutural dos Reptilianos vem de um projeto muito mais antigo criado pelo anticristo, que por sua vez, está à altura de Miguel ou Micah, mas no sentido oposto. Entretanto, na estrutura desse ser co-criacional foram geradas raças primitivas, para que estas pudessem sobreviver e evoluir em mundos climaticamente primitivos, e geologicamente áridos para a vida. Sob o projeto do anticristo foram criadas as Raças Insectóides e Reptilianas. Certamente, com a ajuda dos seres Águia de Sírius que participaram geneticamente no desenvolvimento dessas duas raças, e assim, elas puderam avançar em sua evolução.

O que podemos afirmar nesse sentido, é que para poder sobreviver em mundos extremos, de temperaturas muito fortes e poderosas, tanto baixas como altas, em condições atmosféricas e pressão muito diferentes ao que estamos acostumados aqui na Terra, a Raça Reptiliana teve o seu desenvolvimento biológico genético preparado para situações extremas. Portanto, tornou-se naturalmente predadora. Dentro do seu DNA ela mantém a condição natural de conquistar a vida a qualquer custo e extremar-se nesse sentido. O seu comportamento predador de conquistar outras raças é devido ao seu DNA genético violento, e isso não significa que sejam bons ou ruins, mas que agem por instinto.

Os Reptilianos precisam ser predadores para sobreviver nos mundos nos quais foram originados, esses com condições climáticas extremas. Assim, ao longo de bilhões de anos, tanto em nossa galáxia como em outras, os Reptilianos se tornaram uma raça hostil, imperialista, que lentamente conquistou territórios e aderiu, com a ajuda do anticristo, a tecnologia de ponta ou engenharia reversa antigravidade para viajar ao espaço em naves, projetando-se a pequenas e longas distâncias. Tanto é assim, que naqueles tempos remotos, os Reptilianos aderiram a essa tecnologia constituída por motores de dobra e de transporte. Com toda a tecnologia adquirida conquistaram muitas galáxias, inclusive a nossa, e todas as raças que foram consideradas inferiores por eles terminavam sendo escravizadas, e em muitos casos, até eliminadas.

No ego interno dos Reptilianos existe uma programação genética que faz com que acreditem que são herdeiros do Universo. Eles acreditam que por direito divino precisam herdar o Cosmo. Toda essa crença equivocada está registrada em seu DNA, e sempre esteve em sua estrutura primitiva. Assim como por muito tempo os humanos acreditaram que eram a única forma de vida no Universo.

Nos dias atuais, muitas raças de Reptilianos ainda acreditam que são herdeiras do Cosmos e tudo o que existe deve estar sob o seu domínio. Essa crença equivocada chamamos de consciência coletiva no inconsciente coletivo reptiliano. Essa crença os tornou uma raça guerreira, uma raça de confronto direto. Isto é, lutaram até o fim pelo que consideravam ser deles, ou simplesmente pelo que acreditavam que lhes pertencia por herança. Foi assim que os Reptilianos de conquista em conquista se encontraram frente a frente com a raça humana Adâmica Micaélica, com um DNA muito mais desenvolvido, como também com uma capacidade psíquica e outras estruturas diferenciadas.

Os Reptilianos tiveram problemas para dominar, entrando em conflito direto com os humanos. Mataram, escravizaram, até se alimentaram da carne humana. Criaram colônias para mantê-los como prisioneiros e escravos. Essa é uma das razões pelas quais muitos humanos da Terra têm pavor dos répteis, serpentes, lagartos, crocodilos. Esse pavor aos répteis está registrado nas memórias do subconsciente da raça humana, porque as guerras entre humanos e reptilianos foram totalmente bestiais e sangrentas, não só no nível planetário, mas também no nível cósmico.

Portanto, o Ancião e Pai hierarca dos dias, Metratom, pai do Arcanjo Metatron, cria o projeto denominado, “Projeto Cósmico Avatar”. Em Mimosa da Constelação do Cruzeiro do Sul, como também em Sírius Kumara, Canopus Kumara, esse projeto consistia em solicitar que o Conselho Kumara levasse em uma missão no ciclo encarnacional mais de 2 mil Mestres Kumaras que jamais haviam encarnado na matéria. Certamente, alguns já haviam passado pela experiência, mas a grande maioria nunca havia encarnado em corpos tão densos. Os Mestres Kumaras deveriam encarnar nos Reptilianos da estrela de Thuban de Draco; na estrela Mirfak da estrela Rígel; na estrela Arneb da Constelação de Lepus e em outras estrelas. Todos esses Mestres encarnariam na Raça Reptiliana desses sistemas estelares, e no setor de Órion, como verdadeiros avatares. Os Mestres desenvolveriam a Energia Kumara dentro do DNA da Raça Reptiliana. Implantariam nos Reptilianos daquelas estrelas o Código Kumara do Amor Incondicional, da Compaixão e da Energia Harmônica. Portanto, mais de 2.500 a 3.000 mil Mestres da Ordem Kumara, num primeiro grupo, aceitaram encarnar nessas condições.

Um dos membros Kumaras mais importantes e conhecidos na Terra, é a Mãe e Mestra Kwan Yin. Agora podemos entender e compreender a razão pela qual Ela é representada, em uma pintura chinesa, sob a cabeça de um dragão negro, segurando seus grandes bigodes. Demonstrando que com a sua energia Kumara controla a fúria dos Dragões. Kwan Yin e muitos outros Mestres Kumaras encarnaram nos Reptilianos Dragões Voadores e nas Hidras que pertenciam a esses sistemas estelares reptilianos.

Nota: Hidra é um animal descrito na mitologia grega com várias cabeças de serpente, sendo uma delas imortal, e corpo de dragão.

Com isso, os Mestres Avatares Kumaras ao percorrerem diversas reencarnações no corpo reptiliano, conseguiram criar um novo DNA Kumara dentro da Raça Reptiliana, permitindo que eles possuíssem uma vertente Kumara de Amor Incondicional Crística gerando a polaridade como o contrafluxo da energia imperialista negativa. Deste modo, gerariam o equilíbrio dentro da Raça Reptiliana, e dessa mesma Raça Reptiliana Kumara surgiriam os Reptilianos Ascendidos de Luz, os Mestres Reptilianos Ascendidos. Todos esses Mestres Ascendidos viriam dar origem à Ordem Galáctica dos Centuriões de Órion.

Sabemos que depois do resultado bem sucedido do Pai Hierarca Metratom, com o seu grande “Projeto Cósmico Avatar”, no qual contou com a colaboração dos Mestres Kumaras que aceitaram encarnar nos Elevados Dragões das estrelas e sistemas estelares, surgem os Mestres Kumaras Reptilianos Benevolentes Ascendidos com o propósito de manter um equilíbrio de poder com as forças escuras reptilianas comandadas pelos Arconianos Simbiontes Psíquicos. Guiados por Satã, um Arconiano Simbionte que veio de outro Universo, e que ao chegar no nosso encarnou como um Simbionte Psíquico na Galáxia de Arconis, berço da Escuridão e energia do anticristo.

A hierarquia ascendida dos Dragões Reptilianos Benevolentes, também conhecida como Ordem Kumara dos Centuriões Galácticos, é uma hierarquia Pacificadora com relação à Raça Reptiliana. O objetivo dos Centuriões Galácticos simplesmente era aplacar a raiva e a fúria da Raça Reptiliana, reestruturando os aspectos Psíquico e Mental dessa raça imperialista e negativa. Por isso ocorreram vários processos de evolução dentro da Raça Reptiliana, incluindo alguns conflitos de guerra entre eles até chegarem a um ponto de equilíbrio entre ambas as partes, onde os reptilianos negativos chegaram a realizar cruzamentos genéticos. Consequentemente, houve uma grande melhora transcendental na raça, sendo que 80% da estrutura reptiliana foi disseminada nos setores e quadrantes de Órion, Sagitário, Norma e no outro extremo da nossa galáxia. A Raça Reptiliana se tornou mais positiva do que negativa com toda essa Energia Crística Kumara impregnada nela.

O “Projeto Cósmico Avatar” tem como fundamento fazer com que membros da Ordem Kumara encarnem em Reptilianos e insiram a Chama Trina do Código Kumara de Amor Incondicional, para que esses seres possam ascender e chegar a uma evolução Crística, terminando definitivamente a guerra com a espécie humana e humanoides Kumaras. 
Esse Projeto é muito mais amplo, tentamos fazer um resumo dessa grande história oculta da humanidade por milhões de anos e, que hoje, é trazida à luz para todos aqueles que abrem sua consciência e coração.

Como esse Projeto foi realizado sem a Aprovação da Primeira Diretriz? 
A Primeira Diretriz foi determinada pela Confederação Galáctica e diz o seguinte: É proibido interferir com o desenvolvimento normal de mundos primitivos não confederados. Ou seja, deve-se deixar que o livre-arbítrio funcione nesses mundos. O Projeto, em nenhum momento estabeleceu que as naves da Confederação invadissem os mundos reptilianos e os obrigasse a ascender. Mas sim, consistiu nas encarnações dos espíritos Kumaras nesses mundos, assim como encarnamos na Terra - muitos de nós já pertencemos as Plêiades, Órion, Antares, Sírius, Arcturus, Aldebaran.
Aqui na Terra existe mais de 22 delegações estelares encarnadas.

As almas e espíritos também vêm de um nível do “ Eu Sou”, ou seja, da 9ªD. Essas almas saem da sua dimensão de Luz diretamente para o mundo físico das Raças Reptilianas e ingressam de forma automática nos ciclos encarnacionais de uma maneira similar a que encarnamos na Terra e atualmente desenvolvemos em nossos corpos humanos tridimensionais. Sendo assim, o grande Projeto não altera ou infringe a Primeira Diretriz.

O Projeto desenvolveu muitas coisas positivas para a evolução de diversos seres nessa galáxia. Um grande grupo de Mestres Ascendidos encarnou na Raça Reptiliana e, posteriormente, houve a fusão com a Raça Humana, formando outros grupos harmônicos, entre eles a Hierarquia dos Felinos, grandes gatos humanoides gigantes de Sírius Alfa. Um grupo de Tigres e Dragões Azuis, Dourados e Violetas que constituem os Centuriões Galácticos, representando uma parte da hierarquia Kumara, que controla, investiga e evolui essas raças nessa galáxia. Reportam-se diretamente ao Conselho Galáctico e ao nosso Universo de Nebadon, e também a outros níveis espirituais muito elevados, como o Macrouniverso do Pai / Mãe. Atuam como verdadeiros deuses criadores do Amor Incondicional para todos os Universos.

Todo Ser e Raça nesse Universo tem a oportunidade de ingressar na Linhagem Crística do Amor Incondicional, não importando a sua origem, incluindo os supostos seres mais diabólicos. 
O Amor Incondicional do Pai / Mãe está para todos, sem exceção.

Tradução Bia Girotto (binick12@gmail.com)
Revisão Vilma Capuano
https://oroborusanaphaxeton.wordpress.com/…/proyecto-cosmi…/
https://oroborusanaphaxeton.wordpress.com/…/proyecto-cosmi…/

Exibições: 828

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Maria Rosí Melo Rodrigues quinta-feira

Lindo, gratidão por esse conhecimento.

Comentário de elciene maria tigre galindo em 11 junho 2018 às 3:40

Interessante! Gratidão! Paz e Luz sempre!

Comentário de rita de cássia barbosa em 8 junho 2018 às 1:33

CÉLIA, OBRIGADA POR COMPARTILHAR O MATERIAL SOBRE MUDRAS!!! 

Comentário de Dulce Varela em 6 junho 2018 às 20:14

Amor e Luz. Muito grata.

Comentário de maria cristina garmatter em 6 junho 2018 às 18:34

Gratidão por estas informações .

Comentário de Adora gomes em 6 junho 2018 às 9:17

Muito obrigada Paz, Amor e Luz...

Comentário de Maria de Lourdes Lima Frutuoso em 5 junho 2018 às 23:20
Ģratidão
Comentário de João em 5 junho 2018 às 18:42

Grato :)

Comentário de Celia em 5 junho 2018 às 13:42

Arnaldo essa é a representação do mudra do infinito.

" Aplique o mudra do infinito quando você faz sua meditação. Junte os  dedos indicador e polegar de cada mão, formando um círculo. Em seguida, entrelace cada círculo um dentro do outro formando o símbolo do infinito. Este mudra regula as energias e memórias. Permite concentração mental e energética. Também cria uma ancoragem no subconsciente de todos os benefícios da sua prática."

Mais sobre mudras? veja neste pdf:

mudras.pdf

Comentário de Alodir de Oliveira em 5 junho 2018 às 13:33

MUITA GRATIDÃO     MUITA  PAZ ,LUZ  E AMOR   PARA  TODOS....

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2018   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço