Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Suddha Dharma Mandalam e o Mestre Saint Germain.

        
 
                         Suddha Dharma Mandalam e o Mestre Saint Germain


                                                                   
                         
*** Texto de Margareth Gonçalves publicado na Revista Sexto Sentido Especial 

                                                    Os Mestres Ascencionados - Saint Germain 

   Saint Germain é um dos Sete Hierarcas que atuam próximos a Bhagavan Narayana, o Logos Solar, trabalhando especificamente para este plano físico. Ele tem a competência de transmutar todas as energias em desequilíbrio em positivas para o nosso bom uso das mesmas.
   Saint Germain é um dos Hierarcas que veio de Vênus, conhecido internamente em nosso Mandalam (associação) com o nome sagrado de DEVAPI. Sendo o Senhor de BHULOKAS, é o Senhor do sétimo plano da consciência ou sétimo raio, que representa a energia terrena nesta terceira dimensão, sendo Ele mesmo representante direto de Ghagavan Narayana, que é o Logos Solar.
   Ele ocupa o cargo de Rei e é o Senhor de todos os que estão ocupados no ensino da "Yoga Brahma Vidya", que é a Ciência Sagrada Espiritual. Ele é Mago, Alquimista, Sábio, Vidente, constituído de Amor e Discernimento.
   Dentre outras funções, Ele  protege toda a criação de Deus através de suas energia violeta, transmutando sempre que necessário as energias desqualificadas. Sua importância é a de governar a humanidade neste período Suddha neste Kali Yuga.

Hierarquia no Kali Yuga

   Creio pertinente aqui, pela primeira vez, exemplificar a todos como funciona esta Hierarquia, interna e externamente, no Kali Yuga.

   Os propósitos desta Kali Yuga são:

    * Não existirão classes sociais separadas entre os homens;
    * Os homens se unirão mais estreitamente por um propósito ou ideal comum;
    * Os homens oferecerão adora,ão a uma única e eterna Divindade.
    * A felicidade crescerá com a difusão dao Suddha Dharma.

   Os Governantes destes Rekhas (raios) no Suddha Dharma mandalam (SDM) são conhecidos como Saptarishis e seus secretários como Maharishis.

   Neste estágio, Sri Bhagavan Narayana atua em quatro planos, nutrindo o crescimento da Terra: 1) Brahma; 2) Daiva; 3) Arsha; 4) Lukika. Ele é auxiliado pelos quatro Manus, que são os "Guardiões da terra".
   Mostrarei como estes Mestres são conhecidos internamente através do Suddha Dharma, e externamente pelas outras escolas iniciáticas, lembrando sempre que seus nomes referentes a esta Yuga estão expressos através dos Raios externos e, consequentemente, seus nomes originais se mantém sempre os mesmos na escola interna do Suddha Dharma.

Primeiro Rekha interno (SDM):

         Plano: Satya
         Governante:  Nárada
         Secretários: 1) Svetaketu. 2) Sankhana; 3) Dharma-deva; 4) Brihaspati; 5) Karkata; 6) Damana; 7) Sankha; 8) Kónkana; 9) bhárata; 10) Sushena; 11) Visuabhadra; 12) Nityanátha; 13) Vanaspati; 14) Visuamitra; 15) Satánanda; 16) Nandideva; 17) Amaráhana; 18) Pippalada.

Primeiro Raio externo:

         Chama Azul (Volitivo)
         Plano: Força, Poder, Vontade e Amor
         Governante: El Morya
         Tendências: Militar, postura de líder, poderoso e independente; com este plano apreendemos a maneiras nossas posturas diante das circunstâncias da vida.
         Dia da semana: Domingo
         Elohim "Hércules"+ "Amazon"(aceitação + vontade)
         Arcanjo Miguel - o "Senhor dos Anjos"
         Este plano trabalha a união da santa presença  "EU SOU".


 Segundo Rekna Interno (SDM):

         Plano: Tapas
         Governante: Vamadeya
         Secretários: 1) Puru; 2) Kaladhara; 3) Némi; 4) Pingaláksha; 5) Sanaischara; 6) Rudradatta; 7) Yabáli; 8) Harakánka; 9) Vrishakapi; 10) kanada; 11) Kamalaksha, 12) Visvaketu; 13) Prabhatithi; 14) Rishabha; 15) Somanatha; 16) Pundarika; 17) Kurungake; 18) Marishi.

Segundo Raio externo:

          Chama Dourada (Amoroso)
          Plano : Educação. Conhecimento. Sabedoria e Amor
          Governante: Lanto, Confúci e todos os Grandes Mestres do Oriente
          Tendências: Nespe plano as pessoas apreendem a agir atraindo para si mesmas coisas de seus interesses.
          Dia da semana: Segunda-feira
          Elohim Cassiop[eia + Minerva (iluminação)
          Arcanjo Jofiel + Constantina, ambos trabalham coma Iluminação e sãos instrutores do templo Dourado.
          Este plano trabalha a instrução e a lei de causa e efeito e o Amor. 


Terceiro Rekha interno (SDM):

          Plano: Yana
          Governante: Kasyapa
          Secretários: 1) Pulastya; 2) Panasa; 3) Bhoganatha; 4) Prabhákara; 5) Sándila; 6) Nármada; 7) Saktiya; 8) Sankara; 9) Rathya; 10) Bhadrápani; 11) Sahakala; 12) Prahana; 13) Bhrigu; 14) Badara; 15) Páshika; 16) Ráhu; 17) Salánka; 18) Deva-Vallabha.

Terceiro Raio externo:

          Chama Rosa (Ativo-prático)
          Plano: Amor Divino, Inteligência Ativa, Força Magnética e Amor
          Governante: Rowena
          Tendências: Vários pensamentos, intuição e percepção; aqui já trabalhamos as formas, trabalho muito ágil.
          Dia da semana: Terça-feira
          Elohim Órion + Angélica (amor)
          Arcanjo Samuel + Charity (caridade)
          Este plano trabalha a apreendermos como conviver com nossos irmãos, a usarmos a delicadeza, a diplomacia, a beleza, o talento e o amor.
           A chama deste raio é considerado o fogo sagrado.


Qua
rto Rekha interno (SDM):

           Plano: Mahar
           Governante: Chanda-Bhánu
           Secretários: 1) Suratha; 2) Hemadara; 3) Dakshi; 4) Sarngaratha; 5) Vatu; 6) Atreya; 7) Puruyáksha; 8) Shamyáka; 9) Samaharshana; 10) Punya-rasmi; 11) Sahasraksha; 12) Góratha; 13) Suravarshmani; 14) Kálaga; 15) Karnyaksha; 16) Sabdabhedi; 17) Prabhanyana; 18) Kunbhaya.

Quarto Raio externo:

           Chama Branca (criativo-artístico)
           Plano: Pureza, Harmonia pelo Conflito, Equilíbrio, Ascensão, Humildade e Amor
           Governante: Seraphis-Bey
           Tendências: Concreto e Intuitivo.
           Dia da Semana: Quarta-feira
           Elohim Claire + Astréia (pureza + silêncio + humildade)
           Arcanjo Gabriel
           Este plano trabalha nos ensinamentos a ser Crísticos e alcançarmos a voz do silêncio.


Quinto Rekha interno (SDM):

            Plano: Svar
            Governante: Kaladeva
            Secretários: 1) Amrakalpa; 2) Puragrahi; 3) Dahana; 4) Mangalekshana; 5) Brahmáyana; 6) Bradmadatta; 7) Brahmayagna; 8) Praháyana; 9) Dagdháyana; 10) Dugdhayivi; 11) Brahmadeva; 12) Sugáyana; 13) Barhayana; 14) Sonatirtha; 15) Pulindesa; 16) Suyátarú; 17) Yayali; 18) Kamadeva.

Quinto Raio  externo:

             Chama Verde (científico)
             Plano: Verdade, Abundância, Conhecimento Concreto, Ciências e Amor
             Governante: Hilarion
             Tendências: Ver para crer, comprovação através da ciência
             Dia da semana: Quinta-feira
             Elohim Vista + Cyclope + Crystal (concentração + dedicação)
             Arcanjo Rafael + Maria
             Este plano nos traz a consagra,ão e a iniciação.


Sexto Rekna Interno (SDM):

             Plano: Bhuvar
             Governante: Subrahmanya
             Secretários: 1) Tittiri; 2) Sambala; 3) Alarka; 4) Vyaghara-pada; 5) Dayásuta; 6) Sankhachuda; 7) Samipála; 8) Suprabhánu; 9) Sirankhana; 10) Mukhádana; 11) Mukunda; 12) Pandára; 13) Pulahakratu; 14) Madhuka; 15) RaRaghunátha; 16) Nákayogui; 17) Bala; 18) Aryuna.

Sexto Raio externo:

             Chama Vermelho Rubi (devoto idealista)
             Plano: Cura Psíquica e Mental, Devoção, Idealismo e Amor.
             Governante: Nada
             Tendências: Trabalhar a praticidade daquilo que já foi provado; atenção: é neste plano que podemos nos tornar fanáticos.
             Dia da semana: sexta-feira
             Elohim Tranquilitas + Pacífica (rítmo)
             Arcanjo Uriel
             Deste plano "rubi da cura" se condensou o "momentum"total de todas as devoções, preces e esperanças da humanidade. Os Anjos recolhem todos os pedidos, preces e etc. e os distribuem para os seus respectivos departamentos.


Sétimo Rekha interno (SDM): 

             Plano: Bhulokas
             Governante: Depavi (representante de Narayana)
             Secretários: 1) Vyasa; 2) Skanda; 3) Krisnayogui; 4) Vishvaksena; 5) Máruta; 6) Nárada; 7) Vyarna; 8) Sukra; 9) Sakara; 10) Sakaduddha; 11) Shuka; 12) Drouni; 13) Yanaka; 14) Varuna; 15) Sanandana; 16) Markandeya; 17) Maitreya; 18) Bhadra.
 
Sétimo Raio externo: 

            Chama Violeta (organizador)
            Plano: Transmutação, Purificação, Magnetização, Ordem Cerimonial, Magia e Amor
            Governante: Saint Germain
            Tendências: Sãos os que fazem rituais, organização ixterna tendendo a expandir para o externo.
            Dia da semana: sábado
            Elohim Arcturus + Diana (paz)
            Arcanjo Ezequiel + Santa Ametista + Anjos do fogo violeta
            Este plano trabalha a expansão, desdobramento e perfeição.
            Concluindo, na arquitetura do Planeta Terra temos: 7 diretores dos 7 raios que trabalham o Reino Humano; 7 grandes arcanjos que trabalham o Reino Angélico; 7 grandes Elohins que trabalham o Reino dos Elementais.



Saint Germain, A Era de Aquário


            Saint Germain é um dos Sete Hierarcas que atuam próximos a Bhagavan Narayana, que é o Logos Solar. Eles também são chamados de Sapta-Rishis, ou seja, Senhores dos sete raios (reckas), reconhecidos como Reckhacharias, que são os Instrutores de cada raio.
            Trabalhando especificamente para este plano físico, Saint Germain tem a competência de transmutar todas as energias desqualificadas e em desequilíbrio em positivas, para o nosso bom uso das mesmas. Ele assume a posição de Diretor do nosso planeta e trabalha em nós a condição de conexão com nosso Eu Superior. E isto é imprescindível para o conhecimento correto daquilo que somos.
            A Era de Aquário está fundamentada em Satya Yuga, ou seja, a era governada pela energia do Ouro, onde todos os seres visíveis e invisíveis são felizes, sadios e com uma consciência plena daquilo que realmente são e de onde surgiram.
            Pois bem, para o esotérico não existe involução, muito menos a possibilidade de repetirmos a nossa própria história. Observe que já passamos por três eras e estamos na quarta era, chamada Kali Yuga, governada pela energia do ferro.
            Tudo se processa da seguinte forma:   
            Primeira Era: Satya Yuga, Idade do Ouro, onde três Hamsas atuam como Reckacharias.
            Segunda Era: Tetra Yuga, Idade da Prata, onde quatro Hamsas atuam como Reckacharias.
            Terceira Era: Dwapara Yuga, Idade do Bronze, onde cinco Hamsas atuam como Reckarias.
            Quarta Era: Kali Yuga, Idade do ferro, onde sete Hamsas atuam como Reckacharias.
            É importante observar que as funções desses HAMSAS se relacionam com os Yugas (idades cíclicas), que variam de acordo com uma ordem estabelecida pelo Senhor Narayama. Estes Seres estão diretamente sob a direção do grande Mestre Chandhabhanu, que é o ser que preside e dirige os planos Akáshicos (memória cósmica).
            O fato de estarmos "remanifestados"nesta matéria, ou seja, habilitarmos a terceira dimensão com nossos corpos trigúnicos (materiais), pressupõe a idéia de que já vivemos todas as eras anteriores. Partindo deste pressuposto, e de que não existe involução, não iremos retornar para Satya Yuga a fim de gozarmos fisicamente da Era de Ouro, que é mais conhecida como Era de Aquário.
           Entretanto, temos uma dádiva estabelecida aqui e agora! Podemos, por escolha pessoal, vivenciar esta Era de Aquário dentro de nós, subjetivamente. Dentro do nosso pequeníssimo livre arbítrio, temos essa possibilidade. podemos inclusive, vivenciar qualquer era, porque já passamos por todas elas. Esta que estamos vivendo, na terceira dimensão, é Kali Yuga, a Era da Síntese.
            O nome Síntese representa as outras três eras que já foram vivenciadas por cada um de nós. Se estamos nesta matéria agora é porque conseguimos transmutar Samsara (roda das reencarnações) e estamos usufruindo mais uma chance inigualável nos dada pelos Hierarcas.
            Assim, as três energias das três eras anteriores vibram ao mesmo tempo em nós. São elas: Primeira Era - Ação, Poder, Amor, que são Karma Yoga (Primeiro Recha); Segunda Era - Conhecimento adquirido, Sabedoria e Amor, que são Gnana Yoga (Segundo Recka); Terceira Era - Devoção, Amor Incondicional e Amor Humano, que são Bhakti Yoga (Terceiro Recka); Quarta Era - Síntese deste triunverato, que forma a "chama Trina", que é o fundamento Esóterico de remanifestação nesta terceira dimensão, que é Suddha Raja Yoga (todos os três Reckas unidos).
            Esta união só é possível em nossa consciência, ou seja, em nosso Atman (coração espiritual), e está ligada à era que pulsa dentro de nós por escolha. portanto. sejamos inteligentes o suficiente para vibrarmos Satya Yuga (Era de Aquário) em nossas consciências, em nossas ações, sentimentos e desejos. Só assim seremos felizes e harmônicos com todos ao nosso redor.
           A Chama Violeta tem o poder da transmutação do nosso Karma negativo em positivo, principalmente quando nossa consciência está coligada às dimensões superiores. Assim sendo, esta cor para este Kali Yuga possui uma conota,ão suprema de poder e espiritualidade.
           Saint Germain manifesta sua energia no planeta através de qualquer energia purificada, que esteja de acordo com o Dharma (lei do encarnado submetido às escolhas carmáticas, duais, ou seja, positivo ou negativo) e Para-Dharma (lei planetária que não temos acesso, como a morte física) do nosso sistema solar.
            Podemos estar em contato com Saint Germain através de nossa Consciência, Amor e Vontade, ativando nosso Eu Superior (observador interno). Ou seja, através da meditação, da ação sincera, da expressão do conhecimento correto, do desapego do resultado da ação, ajudando o maior número de pessoas possível, não prejudicando a ninguém, da não identificação com tudo o que é impermanente nesta expressão de vida...Sempre sendo coerente com o que sentimos, pensamos e expressamos. Enfim, sendo verdadeiros conosco mesmos! Isto facilitará muito o contato com este poderoso Ser.



A morada de Saint Germain - Devapi


            No plano etéreo, Devapi habita uma aldeia chamada Shambala, que fica localizada em Badari Vana, situada ao Norte do Himalaia, Índia. Existem ali cinco aldeias - Bráhmala, Kápala, Sánkhala, Pámala e Shambala - habitadas por seres elevados e sempre empenhados na evolução do mundo.
            Badari Vana nos traz uma civilização extraordinária, onde as pessoas não estão sujeitas à morte física, às enfermidades e a outras limitações humanas. Cada aldeia é dirigida por oito Grandes Seres, que se ocupam no desenvolvimento de uma ciência específica no mundo.
            Todos podem chegar ao templo Badari Nath, mas encontrar a Sagrada Morada dos Mestres neste plano depende dos méritos individuais e de os Hierarcas considerarem a necessidade deste encontro. Badari Nath fica ao sul de Badari Vana e ;e física em noss adimensão, sendo que qualquer um de nós pode chegar até lá. Está lcalizada às margens do Rio Alaknanda, um dos principais afluentes do Ganges, em uma parte elevada do pico de mesmo nome, a cerca de 4 mil metros de altitude.
             Shambala é a aldeia mais próxima do Templo de Badari Nath, no norte da Índia; é a mais acessível entre elas, sendo conhecida pelos esotéricos de outras tradições pelo nome de Shan-Gri-La. Assim dá para perceber que Shambala se encontra dentro e fora de nós, em planos mais sutis e não fisicamente dentro da Terra, intraterrena como algumas escolas a concebem.
           Shambala é dirigida pr oito Oficiais ou Adhikara Purushas: O Rei, o Bibliotecário, o Médico, o Astrólogo e Astrônomo, o Expositor dos Segredos dos Shastras, o Iniciador, o Mestre dos Rituais e o Sacerdote.
            O médico não tem a função de tratar dos problemas de saúde dos moradores desta aldeia: como seus corpos são constituídos de matéria bem mais sutil que a nossa, não estão sujeitos a enfermidades, mas sim, são constantes fontes de inspiração para o desenvolvimento do mundo da ciência e da arte da saúde e da cura. O mesmos e aplica aos demais Servidores. Estes Seres são sofrem nenhum tipo de limitação d etempo e espaço. São eles: DEVAPI; Shambuka; Palayana; Brhadbhanu (da linhagem dos Chandala); Hamsa Yogui; Vamadeva; Kalpakara; Chandrasekara. Suas poderosasconsciências percebem tudo o que se passa no mundo a cada momento.
          Cada um D'Eles se dedica à nobre tarefa de proteger o bem-estar da humanidade. Todos são Adeptos dos Mistérios do Suddha Dharma. estes, em companhia de outros Sddhas (sábios videntes), Mahatmas (grandes almas), Mahayoguis (super yoguis), Yoguis, Maharishis (super videntes) e os Rishis (sábios), são os habitantes da sagrada região conhecida com o nome de BADARI KHANDA.
           De forma subjetiva e interior Ele (Devapi) habita nossos corações espirituais, trabalhando em nossas consciências, nos elevando a cada passo para uma maior realização espiritual.


            Fonte: Livros em geral da Escola Suddha Dharma Mandalam

Margareth Gonçalves
Nome Iniciático: Ma Devi Dasika (mãe servidora da Deusa, Divina)
Pedagoga e Terapeuta Holística,  Gnana Dhatha Acharya do Mandalam (associação) da Escola do Suddha Dharma.
Instrutora de Suddha Raja Yoga do "Sarva Mangalam Ashram"de São Paulo.
R
ua Coriolano 169 - 171, bairro da Pompéia, tels: 3862 7321 e 2638 1298


http://www.devidasika.blogspot.com/
http://sarvamangalamashram.blogspot.com.br/
http://divino-paladar.blogspot.com/
http://sarvamangalamashram.blogspot.com.br/

http://facebook.com/margarethgoncalves.108
          

Queridos Anjos de Luz, este texto, que transcrevi na íntegra, está nesta revista:

 Imagem inline 2
                                           **************************************************************
...e, os dois textos abaixo foram encontrados na internet de Luz, e estão com seus respectivos links.
Amor e Luz, sempre!
Célia
 

                                                   

                                                                                HIERARQUIA

                                                    A divina hierarquia em nosso planeta

                                                             SRI KRISHNA - O Avatara da Síntese


O Supremo Regente planetário é um Espírito, conhecido através das várias religiões, com nomes diferentes. Na cultura Védica, por exemplo, (e mais antiga), como SRI BHAGAVAN NARÁYANA, Governador da Terra, possuidor de todos os Poderes Materiais e Espirituais. Esse Excelso Ser é a Entidade maior de Deus em nosso mundo (planeta Terra). JESUS, o Cristo, referia se a esta Divindade como "o Pai". Naráyana, dentro do sistema cósmico, juntamente com todos os outros Naráyanas, (um para cada planeta, mesmo naqueles em que não existe vida tal como a concebemos), estão submetidos à regência de BRAHMAN (o Criador), que é o Supremo Regente deste Universo, O qual, por sua vez, juntamente com outros Brahmans (um para cada Universo), estão vinculados ao Poder Supremo do Para-brahman, o Absoluto, o DEUS ÚNICO, raiz de tudo o que existe, material e espiritual, Fonte de Vida de todos os seres e todas coisas, sem estar limitado nem mesmo pela totalidade de Suas criações.

Vamos, agora, abordar a manifestação divina em nosso planeta. Todas as tradições religiosas fazem menção, em suas sagradas escrituras, referências sobre este misterioso Ser, que não possui genealogia, nem história, em razão de nunca ter tido nascimento físico, mas é reconhecido como o protetor do Dharma ( Lei ), o Supremo Regente da Hierarquia Divina, o Qual promove a descida dos Grandes Sacerdotes (Salvadores ou Avataras) da Humanidade. Vide, por exemplo:na Bíblia, o nome atribuído a este Espírito é Melquisidec (velho e novo testamento); Logos, nas tradições gregas; Naráyana, na epopéia do Mahabhárata; Alah, no Islamismo; Amithaba, no Budismo; Jeovah, em algumas correntes hebraicas e cristãs e etc.

Na realidade, são nomes diferentes dados ao MESMO ESPÍRITO. O segundo Ser na Hierarquia é SRI YOGA DEVI, detentora das energias criadoras, que atua nos planos materiais e espirituais. Também aqui, inúmeros nomes possui esta Divindade, tais como: Rainha dos Anjos, Maha Devi, Durga,Ísis, Mãe Divina ou Espírito Santo, dependendo, sempre, das tradições místicas ou religiosas. Essa Divindade é a executora da Vontade do Supremo Regente, da qual é inseparável, em toda sua atuação, cuja natureza é criar, gerar, nutrir, dar vida e bênçãos. O terceiro grau da Hierarquia é constituído de Excelsos Seres, os quais cuidam da evolução moral e espiritual da Humanidade e é formado pelos AVATARAS, também conhecidos como Encarnações Divinas. São Missionários que descem ao plano terrestre, muito inferior ao grau em que se encontram, para ensinar, guiar e purificar os seres que aqui vivem, tornando possível a evolução, preservação e reintegração da Humanidade no Plano Divino.

As mais conhecidas Encarnações Divinas, no grau de Avataras são: KRISHNA, RAMA, GINA, LAO TSE, MOISÉS, HERMES, BUDA, JESUS CRISTO e MAOMÉ; e, vivendo já entre nós (de forma oculta), encontra se BHAGAVAN MITRA DEVA (o amigo divino), cuja missão é unificar todo o planeta, eliminando as barreiras do fanatismo, preconceitos religiosos, raciais, de sexo e de toda classe de separatividade entre os seres humanos. É um Avatara oculto, que atua na mente e no coração da Humanidade, em todos aqueles que possuem boa vontade, amor ao próximo e sentimentos de fraternidade, valores espirituais que devem prevalecer sobre os aspectos extremistas religiosos e sociais que, infelizmente, ainda infestam nossa humanidade. Ele é "Aquele" esperado de todas as nações e de todas as religiões, o "Consolador" das escrituras cristãs, o "Messias", do Judaísmo, o "Mahdi" da religião muçulmana, ou o "retorno ou vinda do Cristo" , nas citações evangélicas.

Nascido em 16 de Janeiro de 1919, na região de Maharastra, na Índia, sua sagrada Missão começou com apenas quatro anos de idade, de forma transcendental; não veio em nome de nenhum Avatara do passado, mas prega a essência pura das doutrinas de todos Eles. Vive na região de Badari, na parte setentrional dos Himalaias, em uma comunidade de Sábios e Grandes Mestres, localidade inacessível ao homem comum. O seu Advento, previsto em todas as escrituras religiosas dos povos, também foi profetizado pelos Maiores da Fraternidade desde l450 dC e que Sua manifestação ocorreria nos primórdios do século XX. Sua Missão, diferente dos Avataras públicos (Krishna, Buda, Jesus e outros) que mantiveram contato direto com os homens, para exporem suas doutrinas redentoras, Mitra Deva tem uma função universal junto à Humanidade, como Unificador da Lei Eterna.

Embora desconhecido pela imensa maioria dos homens (com exceção dos Iniciados de algumas religiões), Sua atuação em nosso mundo, todavia, é incontestável, senão vejamos: nos últimos oitenta anos, a humanidade atingiu níveis elevadíssimos de progresso, nas áreas sociais, nas Ciências, Artes, Filosofia de vida, Educação, Religião etc, que não havia atingido nem na soma dos últimos vinte séculos.

Proporcionou a descida de grandes almas (Mestres de áreas espirituais e materiais) em quase todos os países para servirem de canal de Seu trabalho no mundo; após a Segunda Guerra Mundial, propiciou a constituição da ONU e assim tivemos o primeiro mecanismo de direitos e deveres das nações, possibilitou os passos iniciais no intercâmbio entre as religiões (Ecumenismo); a eliminação das barreiras e preconceitos contra as mulheres; ativou o progresso na tecnologia das comunicações e dos transportes, o estudo para a formação de núcleos continentais na política; a necessidade de se facilitar o acesso das pessoas entre localidades diferentes e está criando condições para estabelecer moeda única entre os países do mesmo bloco continental. O trabalho de Mitra Deva, o Anjo Encarnado, prosseguirá ainda por muito tempo, até a completa consumação de Seus propósitos divinos: a fraternidade universal e a formação da Nova Humanidade, neste novo milênio. Para melhor compreensão das mensagens dos Grandes Missionários, dentro do nosso esquema evolutivo, damos abaixo um quadro dos principais Avataras da Suddha Dharma Mandalam (Grande Fraternidade Branca) neste ciclo do Kali Yuga (Idade do Ferro):

KRISHNA - Avatara da Síntese

RAMA - Avatara da Síntese
MOISÉS - Avatara do Dever
BUDA - Avatara da Sabedoria
LAO TSE - Avatara da Sabedoria
JESUS - Avatara do Amor
MAOMÉ - Avatara do Dever
MITRA DEVA - Avatara da Síntese

                           http://www.rajayoga.com.br/hierarquia.php 

​                                   ​  

                                                         SUDDHA DHARMA MANDALAM

​                                    ​                  (A Lei Cósmica, Eterna e Suprema)

Sri Yoga Devi - A Divina Mãe - O Espírito Santo

A Organização cósmica, também conhecida com Grande Fraternidade Branca, é uma
​ ​hierarquia de Seres Divinos, compostos por Arcanjos, Anjos, Avataras, Santos, Mahatmas e por grandes Seres que vivem sob o Dharma (Lei) da Luz Divina e que, sob sua regência, possuem o domínio da evolução de todas os seres viventes e de todos os reinos do Universo. Em nosso planeta, parte dessa Grande Fraternidade Universal se encontra há cerca de 18 milhões de anos, regendo toda a evolução da Terra e dos seres que aqui evoluem, nos reinos: mineral, vegetal, animal, hominal e angélico. O ciclo evolutivo do Universo e tudo o que nele existe, está sob a direção desta Hierarquia Divina, cujos aforismos básicos são:

Tudo é, verdadeiramente, Deus.
Tudo é da natureza de Deus.
Tudo é necessário.

Nesses aforismos básicos, estão incluídos os três elementos de toda a criação, a saber: Espírito, Matéria e Energia. Todos os seres que existem no Cosmo possuem esses três elementos eternos e conjugados e estão constantemente interligados, no ciclo da evolução. Em nosso Universo, (constituído de sete planos), não existe o que, normalmente, chamamos de "morte"; o que ocorre, na verdade, é que todos os elementos estão constantemente em evolução e, nesta transformação, novas condições de vida são criadas e tudo é reabsorvido no seio do Cosmo Infinito. Os aforismos acima citados, embora sintéticos, têm sido um manancial de tratados dos Mestres da Fraternidade sobre Filosofia, Ciência e Religião. A Vida manifestada nos Universos é, em si, eterna, pois é inerente à natureza de Deus.

http://www.rajayoga.com.br/lei.php

Exibições: 1784

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Ilitia Cavalcante em 16 junho 2013 às 16:13

Obrigada querida Célia!

Comentário de Ilitia Cavalcante em 16 junho 2013 às 16:01

Nem encontro as palavras exatas para dizer o quanto sou grata pelos ensinamentos que tenho recebido aqui. Amor e Luz!

Comentário de ANDRE LUIZ DAS NEVES em 9 junho 2013 às 13:19

Se voce nao sabe,vou te reveler.Que a minha vida a minha jornada de apredizagen e evolucao esta sendo gracas a voce Minha querida grandiosamente de 100% proveitosa.Te adoro e Obrigado pelos encinamentos e os raios de luz.Que Deus possa estar sempre te iluminando.Amem

Comentário de joão Novaki em 5 junho 2013 às 15:57

Nemastê.

Comentário de George Silva em 5 junho 2013 às 12:46

obrigado mestres!

Comentário de dalva maria de lima em 4 junho 2013 às 20:23

Conhecimento valioso.

Saint germain é para mim um patrocinador do conhecimento

Pedir a ele qual ler primeiro ou frequentar tal escola, grupo etc.,

assim o mestre interio nos guia com facilidade e Saint germain afasta os obstáculos da mente.

Grata

Comentário de rosangela alves em 4 junho 2013 às 9:48

obrigada minha linda,como sempre trazendo muita luz e sabedoria .

Comentário de dulcinea manara em 3 junho 2013 às 20:48

grata

Comentário de Mari Felisberti em 3 junho 2013 às 20:41

Amada Shambala, de branco mármore e cristal! ...meu coração está contigo.

Comentário de Maria da Conceição Camões em 3 junho 2013 às 15:28

Grata.

Namastê

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço