Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

SER SÓ Mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe.

SER SÓ

Mensagem de Jeshua

canalizada por Pamela Kribbe

Querido Amigo, eu sou Jeshua. Fui portador da energia Crística na Terra. Vim trazer o desejo de uma consciência aprimorada na Terra, e você está entre aqueles que receberam esse impulso para assumi-lo e difundi-lo ainda mais. Você pertence a um grupo de almas pioneiras que, em muitas vidas, foram precursoras de uma consciência centrada no coração. Você manteve na alma a luz que desejava expressar, incorporar e manifestar na realidade material. Sinta, por um instante, como você está profundamente conectado comigo e com o que eu vim trazer para a Terra.

Esta consciência, da qual eu quero dar testemunho, é muito maior do que eu sou, e do que o simples ser humano que eu fui. Ela era, e ainda é, um vasto campo de energia. Se você viveu no meu tempo de Jesus, ou nos séculos ao redor do meu nascimento, você fez parte daquele novo impulso que a Terra recebeu naquele tempo. De uma forma ou de outra, você experimentou, em um corpo humano, o poder e a alegria que a energia Crística carrega em si.

Lembra-se dessa energia? É uma energia de esperança que causa até uma certa agitação em seu interior, quando você a sente fluir em seu coração. É a esperança de uma realidade diferente e melhor, mais sintonizada com a natureza humana e com a natureza de todas as coisas; uma realidade onde há um modo de vida mais equilibrado e alegre para todo mundo; onde todos podem assumir seu próprio valor e ser reconhecido por isso; onde tudo pode ser mais natural, de um jeito mais harmonioso de ser, que não exige muito esforço.

Esta é a energia que você veio trazer, e assim tem feito em tantas vidas! Como eu disse há pouco, muitas vezes você foi pioneiro, rompeu com padrões, valores e ideias existentes, porque desejava mostrar o caminho para outras possibilidades.

Por que você é tocado pela promessa de uma nova Terra? Em algum lugar da sua jornada como alma através do cosmos, você chegou em um ponto no qual descobriu muitas coisas sobre a vida, sobre si mesmo, e sobre os elementos da luz e da escuridão, como poder, dependência, manipulação, falsidade. Você vivenciou esses elementos internamente, até que chegou um momento, na sua evolução como alma, em que você quis se livrar dessas energias negativas. Surgiu em você um anseio, um desejo de uma realidade mais bondosa, mais amorosa, tanto interna quanto externamente.

Você estava pronto para receber o impulso da energia Crística, porque a essência da energia Crística é reconhecer o Um nos outros, reconhecer a igualdade do outro, sabendo que, ao se conectar com o outro, você está se conectando com o próprio Deus, com aquela centelha de luz, de energia, que arde em todos os seres vivos. A energia Crística torna você consciente de que esta é a verdade que está no centro de toda a vida. Você reconhece que, através da conexão com o outro, no nível da unidade, é realmente possível viver com alegria e criatividade.

Enquanto houver conflitos entre você e o outro, e uma hierarquia de autoridade e estruturas de poder, essa unidade não será valorizada e haverá desigualdade. Portanto, a energia Crística foi um ataque às instituições e blocos de poder e autoridade existentes. Pode-se imaginar como aquela onda de energia corroeu as raízes das antigas estruturas, padrões e valores baseados no medo e na ambição pelo poder. A força da energia Crística era uma ameaça direta àqueles que se apegavam ao poder, à manipulação e à falsidade, muitas vezes não por escolha, mas por um sentimento de impotência, por temer que, sem essa estrutura baseada no medo, eles não seriam nada nem ninguém.

Você foi inspirado pela luz da energia Crística em vidas passadas, assim como na sua vida atual, e teve que lidar com muita resistência. Talvez, quando criança, você já sentisse uma centelha de inspiração em seu interior. Talvez já tivesse sido tocado por uma energia de consciência inspirada e de mudança, e pudesse perceber como isso colidia com o mundo ao seu redor, cuja energia estava presa nas velhas estruturas de poder e medo. Isso pode ter sido um golpe duro para uma criança sensível e vulnerável. Quando sua energia, sua consciência, não é aceita pelo mundo exterior, quando não é compreendida e reconhecida, a dor se instala em seu ser e você passa a conviver com a mágoa.

Apesar disso, aquele desejo indestrutível de contribuir com o nascimento de uma nova consciência na Terra ainda persiste e o inspira. É o desejo da sua alma de estar aqui, exatamente agora, e ajudar a dar forma a essa consciência. Respeite e valorize esse desejo em seu interior! Você manteve essa inspiração viva apesar da oposição e da resistência que enfrentou. Sua alma guarda um amor e uma paixão que querem ser ouvidos, e você não pode resistir a esse fluxo porque, se o fizesse, sufocaria completamente.

Este seu lado inspirado ainda está aí. Entretanto, há também outro lado seu que se sente extremamente vulnerável, que o faz, inclusive, sentir-se envergonhado dessa parte sua que é diferente e anseia por algo novo, que está disposta a romper com padrões e ideais existentes. E como esse seu lado hesitante ainda se faz presente, agora você se sente restringido ao querer se expressar verdadeiramente na Terra com seu coração e sua alma; como terapeuta espiritual, por exemplo, ou artista, ou qualquer coisa que você faça como forma de expressar sua alma aqui na Terra. Essa restrição está presente em todos vocês. Há um medo: "Posso realmente ser eu mesmo e me deixar ser visto?"

Sinta, por um momento, a força do impulso Crístico na sua alma, na sua própria vida. Ouse alinhar-se completamente com ele. Tente não reagir com modéstia, diminuindo-se: “Será que consigo fazer isso?” Permita que a força do Cristo venha à tona, pois com certeza ela o toca profundamente, do contrário você não estaria aqui.

Perceba o que se encontra no âmago dessa força. É uma energia poderosa, que realmente afeta as estruturas existentes e pode ser confrontadora e levar as coisas à confusão. Mas sinta também o Amor nessa energia. Nunca houve qualquer intenção destrutiva nela. Ela é uma corrente de clareza, de verdade, de querer saber, de ir à essência do relacionamento entre as pessoas, e entre você e o mundo. Você deseja servir à essa energia da verdade; você deseja fluir com ela porque isto o faz feliz.

Sinta o que existe no âmago dessa energia. Peço-lhe que faça isto porque, se quiser ser e viver a partir dessa energia, é possível que precise romper com a maneira usual de fazer as coisas, e que algumas vezes você venha a entrar em conflito com o ambiente ao seu redor; e esta possibilidade lhe dá medo. No passado você aprendeu a se diminuir, e às vezes você pensa: “Eu não deveria me destacar; eu não deveria me mostrar tão especial; eu não deveria exercer tanta influência.” Tentar trazer para fora o que é grandioso em você pode lhe parecer uma ação do ego.

Mas abrir-se para a energia Crística não é um ato egóico, embora de fato implique em romper com muitas coisas, quando você deliberadamente assume seu próprio caminho. E, de muitas maneiras, também implica em ficar sozinho. Mas saiba que isto é a coisa certa a se fazer. E isto me leva ao próximo ponto para o qual quero chamar a sua atenção – que esta solidão faz parte de você. Ela nasce do fato de você trazer algo novo para o mundo porque você é um pioneiro e é diferente. Acolha essa solidão, essa solitude que é parte de você.

Às vezes você fica com medo de experimentar essa solidão. Você nota uma distância entre o que pensa, sente e percebe, e como as pessoas ao seu redor reagem – pessoas do seu ambiente de trabalho, da sua família, ou de qualquer situação em que você se encontre. Esta sensação de ser diferente cria a necessidade de voltar para si mesmo, de estar só, de se recolher, mas, ao mesmo tempo, desperta em você a solidão e o medo de estar separado e ser excluído.

Você sabe que muitas vezes é indeciso e vacila em suas tentativas de se conectar com o mundo à sua volta, aquele mundo no qual você percebe o quanto é diferente, no qual sente a rejeição em relação à sua energia única, e não se sente à vontade. E assim, você tem dificuldade de aceitar sua singularidade e é incapaz de acolher a sua solidão, que faz parte de quem você é. Entretanto, é isto que lhe está sendo pedido – que acolha a sua solidão – se você realmente quiser expressar a inspiração da sua alma aqui. Isto significa dar um passo para trás em relação à realidade social que o envolve e que geralmente é formada por ideias antigas que não se enquadram mais em você.

Dê atenção total a essa solidão, porque, na verdade, você vem experimentando esse sentimento há um longo tempo. Algumas vezes, ele foi tão opressivo, que o levou ao desespero, porque você não encontrou espíritos afins em seu ambiente e a sensação de solidão resultante foi difícil de sustentar. Observe se ainda existem remanescentes dessa solidão dolorosa que você vivenciou nesta vida ou em vidas anteriores.

Você pode visualizar uma figura que represente esse sentimento de ser rejeitado e incompreendido. Crie uma imagem da sua parte que se sentiu rejeitada e solitária, e que pode tomar a forma de um homem, uma mulher ou uma criança. A partir do seu centro cardíaco, olhe para essa pessoa, essa parte de si mesmo. Conscientize-se de como essa pessoa, que carrega esse velho fardo, se sente. Você sabe quanto a reação de rejeição e incompreensão por parte da sociedade afeta a sua emocionalidade e humanidade. Embora, no nível da alma, possa haver um conhecimento interior que aceite que você é diferente já que trouxe algo novo para a Terra, e, intelectualmente, o motivo de você não ser compreendido lhe possa ser claro, ainda assim, nas profundezas do seu ser existe dor e, talvez, até desespero. E é com este aspecto seu que você se conecta.

Talvez viva em você uma parte muito triste ou deprimida que não queira mais se conectar com a Terra; que sofreu tanta rejeição e repúdio que deseja fugir deste mundo. Essa parte sua pode não se sentir em Casa aqui e anseia por outro mundo bem distante da Terra; um mundo cheio de harmonia, luz e amor, no qual a unidade é sentida naturalmente, e onde não existe necessidade de batalhar tanto quanto aqui na Terra.

Imagine que você conhece esse lugar para onde essa sua parte deseja fugir, esse lugar no céu, onde tudo é leve e descontraído. Imagine-se nesse lugar agora, prestes a receber essa figura cansada de lutar, que tem sido solitária e incompreendida. E então acolha-a em seus braços. Sinta a dor do que aconteceu – a tristeza, a impressão de ter sido reprimida, o desejo de ir embora, o desânimo, e a sensação de que tudo foi em vão.

Mas você é livre para abandonar esse peso, porque você não é isso. Você é aquele que pode curar esse peso, aquele que pode receber essa dor dentro de si. Você faz parte do Céu na Terra, e traz a consciência da unidade em seu interior. Pergunte a essa figura magoada o que ela precisa para voltar a se sentir em Casa aqui, para voltar a ser feliz e sentir-se acolhida aqui, mesmo com toda a dor que resultou de tudo o que você passou.

Se essa sua parte magoada se unificar a você, e tiver permissão de ser como ela é, sendo abraçada pela sua consciência amorosa, o peso começará a se dissipar lentamente, e você passará a sentir como é realmente forte. E então poderá aceitar e apreciar o fato de ser diferente, de ser só, e aceitar a sua solidão e solitude, não como algo errado, mas como algo de grande valor. Você é capaz de se conectar com uma fonte cósmica de inspiração, que o alimenta e inspira neste nível material, justamente porque tem um pé nos dois mundos, e a partir dessa Fonte interior, algo de novo vem para esta Terra.

Imagine-se, por um momento, como uma pessoa curada e íntegra, com um pé nesta realidade terrena e outro pé fora dela. A partir dessa posição e por meio do seu chacra coronário, você pode se conectar com a Fonte de luz e inspiração que você reconhece como a energia do Lar, que realmente o vitaliza.

Saiba que você tem necessidade de uma certa solidão – seu modo pessoal de percorrer seu próprio caminho – para que reconheça essa inspiração e se permita ser nutrido por ela. Basta dar um passo para fora deste mundo, para sentir quem você é, e perceber como é natural fazer isso. Veja como dar esse passo para fora deste mundo e para dentro de si não precisa ser um problema, pois você pode permanecer conectado com este mundo, ao mesmo tempo. Você sempre mantém uma certa distância deste mundo, no entanto também pode se alegrar ao expressar quem você verdadeiramente é.

Você pode retornar repetidas vezes a essa posição, porque se encontra, por assim dizer, no limite da realidade terrena, na fronteira entre os dois mundos. O passo para fora alterna-se com o passo para dentro, e assim você se torna um ser humano mais rico; assim você traz o novo a partir do mundo interior. Você reconhece que aquela sua parte, que muitas vezes se sentia sozinha, abandonada, ou diferente, pode ser uma fonte de inspiração se você realmente entender o que se passa dentro de si; entender que não pode ser completamente deste mundo e que tem necessidade se ser diferente, porque você, de fato, é diferente. Portanto, aproveite o fato de estar sozinho e valorize sua solidão.

Isto não significa que você deva abandonar a realidade terrena – pelo contrário! É questão de se aprofundar mais em tudo o que você é, não apenas como pessoa terrena, mas também como alma, um ser cósmico muito velho e sábio, que já esteve aqui muitas vezes. Você precisa perceber essa dimensão interior da alma, para se sentir inspirado e lembrar-se de quem você é.

Ouse penetrar nessa solidão, nessa solitude, porque aí reside uma grande força. Estando mais totalmente conectado com essa situação, você consegue se manter neste mundo humano de uma forma mais poderosa e fácil. Se você sentir certa resistência, ou apenas se sentir desconfortável com as reações das pessoas ao seu redor, percebendo que o que você fala ou emana é confrontador, você pode permitir isso – isso não o afeta. Simplesmente mantenha-se na sua própria energia.

Às vezes é necessário afastar-se fisicamente, enquanto em outras ocasiões, quando você está rodeado de pessoas e não consegue se afastar, você tem que perceber quem você é e aceitar isso. E então, você pode ir e vir deste mundo sem ser atraído por ele, ou sem ser afetado pelas energias de rejeição, alienação ou hostilidade – você pode permitir que elas existam. Deste modo você sabe que este mundo não precisa afetá-lo, porque sente uma Fonte de inspiração de outro mundo que está profundamente enraizada em sua alma. E então você se torna independente das reações dos outros.

Este é o caminho que você está percorrendo. Assuma o seu próprio poder. Acredite nele e seja o pioneiro que você é.

© Pamela Kribbe www.jeshua.net  
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com 

***

Gratidão.

Amor e Luz!

Exibições: 262

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Sandra Lúcia em 12 maio 2024 às 17:02
Eu Sou muito grata por cada palavra 🙏☀️🙏
Comentário de Maria de Fátima Almeida em 10 maio 2024 às 7:29
Gratidão por esta mensagem 🙏

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço!

CHEQUES DA ABUNDÂNCIA

NA LUA NOVA.

CLIQUE AQUI

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2024   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço