Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Após o Sermão do Monte a confusão pela má interpretação das palavras do Mestre

Caro leitor veja quanta confusão causada após o Sermão do Monte pela má interpretação da Doutrina do Cristo.

Trecho extraído do primeiro dos “nove” volumes intitulados
“O grande Evangelho de João”. Livro de Jakob Lorber

16. Diz Matheus: “Senhor, estamos prontos para ouvir-Te!”
17. Com isto, começa o Sermão da Montanha, que se lê no Evangelho
de Matheus capítulos 5, 6 e 7. – Durou perto de três horas.


1. Quando o Sermão terminou, muitos estavam espantados, principalmente
os sacerdotes, e alguns diziam: “Quem poderá assim alcançar a felicidade? Nós, escribas, também pregamos de acordo com as leis dadas por Moysés, mas aquilo era orvalho e brisa da noite, em comparação com esta doutrina e este sermão impetuoso! Não que se possa impor argumentos, mas esta doutrina é demasiadamente dura e ninguém poderá aplicá-la em si!
2. Quem poderá amar seu inimigo, fazer o bem àquele que nos
prejudica, abençoar os que nos odeiam e só falam mal a nosso respeito? E
se alguém me pedir um empréstimo, não devo afastar-me dele e fechar
ouvidos e coração, sabendo que o devedor jamais me poderá restituí-lo?
Isto é uma tolice! Quando os preguiçosos souberem disto, não irão pedir
empréstimos tantas vezes, aos ricos, enquanto estes tiverem alguma posse?
Se, desta maneira, os pobres tiverem recebido tudo dos ricos, será
interessante saber, quem futuramente irá trabalhar. É de se compreender
que, com a observância desta doutrina, o mundo em breve se parecerá
com um deserto!
3. Assim sendo, onde iriam as criaturas progredir culturalmente, se
todos os colégios forçosamente fechassem suas portas, pois não haveria
quem os sustentasse? Esta doutrina de nada vale! Os criminosos deverão
ser castigados e quem me bater na face receberá duas bofetadas, a fim de
perder a vontade de me aplicar outra!
4. O devedor negligente deverá ser preso numa penitenciária, para
que aprenda a trabalhar e ganhar seu pão, e o mendigo que peça esmolas,
que as receberá! Isto sim é uma boa lei, sob a qual a Humanidade poderá
manter-se! Não que eu queira criticar isto tudo, embora seja bem absurdo;
mas, a mutilação dos membros quando nos aborrecerem e fora isto a
preguiça estimulada, pela qual ninguém deverá preocupar-se com o dia

O Grande Evangelho de João – Volume I
117
de amanhã, mas sim, procurar o Reino do Céu, a todo transe, que receberá
todo o resto por acréscimo?! Façamos uma experiência de alguns
meses, procurando evitar o trabalho e veremos se os peixes fritos nadarão
para dentro de nossa boca!
5. E que idiotice a tal mutilação dos membros! Se alguém pegar du’a
machadinha com sua mão direita para decepar a esquerda, que fará, se
esta também o aborrecer, como decepá-la e como irá arrancar os seus
olhos e cortar seus pés? Ah! Deixai-me em paz com tal doutrina!
6. Basta imaginar as conseqüências e se deduzirá com facilidade que
ela é apenas o resultado do fanatismo judaico!
7. Mesmo se todos os anjos do Céu viessem para ensinar aos homens
estes meios para conseguirem a Vida Eterna, eles deveriam ser enxotados
deste mundo e satisfazer a si mesmos com este céu idiota! Pela
opinião “dele” a incoerência de “dente por dente” e “olho por olho” é
injustiça e barbaridade, pregando a maior docilidade e indulgência, abrindo
as portas aos ladrões, enquanto diz: “A quem te pedir a túnica, também
darás teu manto!” Bonita doutrina – Em compensação, devem as
criaturas arrancar seus olhos e decepar mãos e pés! Meus agradecimentos!
Quem de vós jamais ouviu tamanha idiotice?”

8. O sacerdote se aproxima de Mim e diz: “Mestre, Teus Atos demonstram
que podes mais que um homem comum. Mas, se tens a capacidade
de pensar logicamente, o que não duvido, pois escutei Tuas Palavras
em casa de Irhael, revoga certos parágrafos impraticáveis desta Tua doutrina!
Do contrário, somos obrigados a considerar-Te um mago fanático, que
estudou numa escola do antigo Egito, e expulsar-Te como impostor!
9. Observa Tu mesmo Tua doutrina mais de perto e verás que ela é
completamente inútil para a obtenção da Vida Eterna! Pois, seria melhor
não ter nascido, do que alcançar um céu, completamente mutilado! Dizeme,
sinceramente, concordas comigo ou tomas a sério a Tua doutrina?”

10. Digo Eu: “Mas tu, sendo Sumo Pontífice, és mais cego que uma
toupeira?! O que esperar dos outros? Eu vos falei em quadros, e vós engolis
apenas sua matéria, que vos ameaça abafar! Do espírito, porém, que Eu
deitei nestes quadros, pareceis não ter um vislumbre!

118
11. Crê-Me, somos tão sábios quanto vós e sabemos muito bem se é
preciso alguém mutilar-se para receber a Vida Eterna! Mas também sabemos que não compreendeis o espírito desta Doutrina e levareis muito
tempo para chegar até lá! Jamais revogaremos as Nossas Palavras!

Tu tens ouvidos que não escutam a verdade; como também tens olhos, que são espiritualmente cegos! Tanto que não ouves e não vês, embora de ouvidos e olhos abertos!”
1. Diz o Sumo Pontífice: “Bem, realmente dou-Te razão e por ora não
posso e não quero discutir qual o sentido espiritual contido em Teus quadros; mas, uma coisa deves considerar: se por acaso eu quisesse passar a outrem uma doutrina que desejasse ser compreendida e aplicada, forçosamente teria que apresentá-la de u’a maneira acessível ao meu discípulo.
2. Assim sendo, também poderia exigir dele uma conduta de acordo.
Mas, se eu transmitir uma doutrina em quadros, que em absoluto
poderão ser postos em prática e o discípulo me perguntar: “Mas, como?
De que forma deverei tirar-me a vida, para ganhá-la? Como posso matarme, para, assim morto, tirar da morte uma Vida Eterna?” – eu então lhe direi: Isto deves fazer assim, assim... por que entre os quadros e a verdade contida neles existe tal correspondência; portanto, deves seguir esta correspondência e não o quadro externo!
3. Vê, querido Mestre, isto qualquer discípulo compreenderá e eu
poderei exigir dele o cumprimento de minha doutrina! Agora, poderei
exigir isto, sem ser tomado por um doido, se ela não o permite? Se assim
fizesse, todo mundo considerar-me-ia como alguém que carregasse água
num cântaro lacrado. Um sedento se aproxima dele e pede de beber; o
portador d’água, porém, lhe entrega o cântaro lacrado e diz: “Aqui a tens

119
para beber – bebe!” O outro procura saciar sua sede, mas não encontrando
a abertura, diz: “Como poderei, se o cântaro está fechado por todos os
lados?” – O primeiro responde: “Se és cego e não achas a abertura, engole
todo o cântaro e terás engolido a água!”
4. Dize-me, querido Mestre, o sedento não teria razão em chamar o
outro de doido?
5. Não que ousasse dar-Te este nome; mas, se afirmas que não compreendemos Tua doutrina por causa da nossa cegueira e surdez espiritual, comparo-a a este cântaro lacrado, que deverá ser engolido com a água, exigência esta que só poderia ser reclamada por um profeta que tivesse fugido dum manicômio! – Seja lá como for Tua opinião! Enquanto não deres uma explicação razoável de Tua doutrina, que em outras partes contém muita coisa boa e verdadeira, confirmo, com muitos outros presentes, minha opinião acima! Por isto, jamais hás de ver iniciarmos nossa mutilação por Teus Ensinamentos! Também trabalharemos como sempre para nosso sustento e ai daquele que procurar roubar-nos astuciosamente!
6. Tão pouco presentearemos o ladrão, que nos roubar a túnica,
com um manto! Se és verdadeiramente um sábio enviado por Deus, compenetrar-Te-ás da necessidade do cumprimento das Leis de Moysés. Entretanto, se tencionas romper a Lei com a Tua doutrina, terás que entender-Te com Jehovah!”
7. Digo Eu: “Sou de opinião...


A quem se interessar pela leitura toda posso enviar todos os volumes que estão em pdf.
Alcir

Exibições: 16

Responder esta

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço