Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Pai Joaquim de Aruanda - O BHAGAVAD GITA E A REALIDADE

O BHAGAVAD GITA E A REALIDADE

23. As armas não o cortam, o fogo não o queima, a água não o molha e o vento não o seca.

24. A este ser não se lhe pode cortar, nem queimar, nem molhar, nem secar; é eterno, onipresente, estável, imóvel e primordial. (Bhagavad Gita, capítulo 2)

Temos que compreender que nada pode afetar ao ser, a não se que ele se afete. Nada pode lhe cortar, queimar, entristecer, preocupar, a não ser a preocupação, o corte, a queimadura ou o sofrimento que você mesmo crie para você.

Este é o ensinamento que Krishna traz: nada pode lhe atingir… Apesar disso, se eu pegar uma faca agora, corto o seu corpo físico, não é mesmo?

Participante: Sim…

Apesar desta sua resposta continuo insistindo no que Krishna falou: nada pode lhe atingir, nem mesmo nas coisas físicas… Vamos entender isso…

Mostre-me o seu braço… Este é o seu braço? Não, este não é o seu braço. Isto porque esta forma não é a menor partícula que compõe o que você chama de braço. Dentro desta forma que você está me mostrando e chamando de braço, há carne, osso, veia, sangue, músculos e terminais nervosos. Estes elementos são o braço…

O que você olha e vê, não é o seu braço, porque aquilo que chama de braço é um somatório de coisas. Todo seu corpo é um somatório das coisas que listamos, mas estas ainda são formadas por outras: as células…

Sendo assim o seu braço não é isso que você me mostrou, mas cada uma das células que compõem esta forma… A partir daqui podemos ir mais longe no ensinamento de Krishna. Se eu abrir um buraco no seu braço estarei cortando a célula dele? Não, estarei seccionando, separando elementos do braço, mas não o estarei cortando.

Eu não posso cortar o seu braço porque não posso cortar uma célula que compõe qualquer dos seus elementos… Eu posso separar moléculas, não cortá-las.

Então, não é só o espírito que não é cortado, mas o corpo também não…

Participante: Acho que o seu raciocínio não condiz com a realidade nossa…

Está certo: não condiz com a sua realidade… Por quê? Porque vocês não vão além do que vêem… Você está vendo um braço, mas dentro dele tem coisas. Este é o tema que quero abordar a partir deste ensinamento de Krishna... 

Este não é um mundo real, mas sim um mundo de percepções. Na verdade, o braço não existe: ele é uma percepção que você tem ao olhar para um determinado grupo de células. Esta realidade serve tanto para o mundo espiritual como para o material, porque, na verdade, este membro é um conjunto de células que chama de braço.

Agora, se você tivesse uma visão mais aprofundada, se pudesse ver mais microscopicamente, chamaria outras coisas de braço e não o que chama hoje. Isso porque não veria esta forma, mas sim a carne, os músculos, as veias e o sangue correndo, da mesma forma que vê estes elementos no microscópio…

Participante: Apesar disso, ele não deixa de ser um braço…

Quando você não mais se prender a forma e compreender que ela é formada por outras coisas, terá que dar um novo nome a estas coisas, pois braço é o conjunto que percebem hoje e não o que está dentro…
Então, é a percepção, o seu olho que cria o braço… Na verdade ele é um conjunto de células que você chama de braço. Outro conjunto chama de perna. Para você, são dois elementos diferentes, mas se observamos o interior, veremos que eles são iguais. A perna e o braço são formados pelos mesmos elementos (células). Por que você distingue um do outro? Porque só consegue ver a perna e o braço pela sua forma compacta e não pelo que eles realmente são: as células…

Se você não visse o braço e a perna pelas suas formas compactas, diria que é tudo igual… Veria que na realidade os dois conjuntos são formados pelo mesmo elemento e, portanto, são iguais.

Disso nos sai a certeza de que a realidade do mundo, do Universo, é muito além do que as percepções que vocês têm. Por isso afirmo: tudo que o ser humanizado conhece é apenas uma percepção e não a realidade…

Além do que vocês vêem, sentem, provam o sabor, do que cheiram ou ouvem, existe muito mais coisa. Ou melhor: existem coisas que compõem o que vocês vêem e vocês não vêem estas coisas…

Participante: Uma forma de se desligar do macro seria a meditação?

Uma forma de se desligar do mundo das percepções é compreender que tudo é percepção…

Na hora que compreenderem que um braço é apenas uma percepção e não uma realidade, estarão buscando algo mais do que percebem. Mas, enquanto acreditarem que o que vêem é realidade, conviverão com a percepção como se ela fosse real…

Participante: Tenho tentado me desligar das percepções, mas não tenho conseguido. Tem como viver sem elas freqüentemente?

Não estou falando em viver sem percepções, mas estar acima dela. Deixe-me dar um exemplo…

Os orientais falam muito da terceira visão. Mas, o que é a terceira visão? Uma visão além da percepção do olho. Perceba que eles não falam em trocar uma visão por outra, mas em alcançar algo que veja além do olho humano. Sendo assim, quando você alcançar esta visão, que é dita como espiritual, continuará tendo as percepções que hoje tem pelo olho. O que acontecerá é que terá a consciência de que a sua visão de hoje é apenas uma percepção. Com esta consciência poderá, então, buscar através da meditação ou de qualquer outro trabalho de elevação espiritual superar o mundo perceptivo. Neste momento poderá receber de Deus a terceira visão, ou a compreensão de que existe algo que você não percebe, mas que está compondo o que vê…

Participante: Um desligamento das percepções?

Não um desligamento delas, mas a percepção além do sentido da carne…

Participante: A meditação pode ser um exercício para isso?

Na verdade não há um exercício para se receber esta consciência: ela será recebida de Deus… Pela busca espiritual, pelo trabalho da reforma íntima, você poderá merecer receber…

Participante: Então não é negar a percepção, mas negar que ela é a realidade…

Sim. Negar que a percepção é real. Gosto de laranja estragada, por exemplo. Não existe isso: existe um gosto que você chama de laranja estragada.

É preciso estar além do mundo perceptivo… Para isso é preciso ter a consciência de que não existe um gosto de laranja estragada, mas uma criação perceptiva que o ego chama desta forma. A partir desta consciência, você poderá ficar além do gosto criado pelo ego e poderá, então, receber de Deus o sabor universal.

Então, quando Krishna diz que o ser humanizado não pode ser cortado, é porque o ser humano se corta, se molha ou se queima…. Ou seja, tem a percepção de que isso acontece, mas na realidade isso não ocorre. Á partir deste ensinamento, aqueles que buscam entrar em unidade com Deus precisam compreender que este é um mundo de percepções. Além disso, precisam saber que um mundo perceptivo não é um mundo real, mas um mundo individual…

Este mundo, por ser perceptivo, é apenas o que você percebe e compreende restritamente. Por causa das suas restrições você acredita que a água molha, mas isso não é real, porque o sentir-se molhado é apenas uma percepção que está tendo.

O espírito precisa se desligar deste mundo perceptivo porque se ficar preso à percepção como realidade, viverá preso à reencarnação, ao processo reencarnatório ou de reidentificação. Isto porque as percepções estão presas às sensações de prazer e dor…

É por isso que Buda diz: você não pode ter paixão pelas suas percepções. Não adianta se apaixonar por uma percepção porque isso só lhe prende ao mundo do nasce e morre. Esta prisão acontece porque no Universo não existem estas percepções…

Quando falo em paixão, falo de positiva ou negativa: querer ou não querer.

16. O irreal jamais existe; o Real nunca é inexistente. Os sábios percebem claramente esta Verdade!

O que é irreal? O que é uma coisa irreal? O que não é real. Isto quer dizer que o irreal não existe, pois ele não é real…

Mas, o que é real no Universo? Deus e Sua ação… Isto é a única coisa que existe no Universo. Todo o resto é irreal…

Calor não é calor: é a ação de Deus… Espírito não é espírito: é a ação de Deus... 

É isso que vocês precisam compreender: o que é irreal jamais existe e a única coisa que é real neste Universo – e deixe-me dizer que não existe outro antes que vocês me perguntem sobre isto – é Deus e Sua ação. Tudo aquilo onde você não encontrar Deus e Sua ação é irreal e nunca existiu.

Nunca existiu, mesmo que você acredite ao contrário, porque o irreal não existe. Só Deus e Sua ação é a realidade… Por que isso? Porque o resto das coisas não existe? É preciso compreender esta máxima para poder viver com Deus e Sua ação…

Participante: Porque só Deus tem condições de gerar qualquer coisa no Universo…

Mas, porque só Deus tem condições de gerar qualquer coisa no Universo? Pergunto isso porque quando você me responde desta forma está dando um poder a alguém pelo próprio poder. Isso não existe no Universo. O poder, universalmente falando, é conferido a alguém por elevação moral e não por Ele ser poderoso…

Volto a perguntar: porque só Deus e Sua ação é realidade? Vou lhes responder…

Pegue diversas gotas de água e as olhe que no microscópio. Você irá perceber que os a átomos destas gotas estão em perfeitas combinação: H2O. Qualquer que seja a água que observe, irá encontrar a mesma coisa.

Além disso, irá ver que os átomos de qualquer gota estão dispostos de maneira igual. Se por um acaso um deles não estiver na mesma posição, o que você terá não será mais água. Poderá ser qualquer outra coisa, mas não mais água…

É preciso compreender isso: qualquer desarmonia ou desorganização nos elementos que compõem um todo altera o produto final. Sendo isso verdade, posso dizer, então, que quando houver qualquer desarmonia no Universo, ou seja, quando qualquer dos seus componentes faltar ou sobrar ou estiver em posição errada, isso mudaria o Universo que conhecemos e com isto acabaria com ele.

O Universo é perfeito: é o equilíbrio perfeito, a harmonia perfeita. Na hora que isso for quebrado, o Universo acaba. Poderá ser qualquer outra coisa, menos Universo.

Por isso Deus e Sua ação é a única realidade. É a ação de Deus que faz o equilíbrio do Universo de uma forma perfeita e só Ele pode obter este produto final, pois é a Inteligência Suprema. Se Deus não agir e em seu lugar qualquer outro elemento universal agisse, ria desequilibrar o Universo e aí não seria mais Universo.

Deus e Sua Ação é a única coisa real no Universo, porque Ele, através dela, é o único capaz de manter o Universo em perfeito equilíbrio eternamente. Sendo Deus a Inteligência Suprema, ele é o único com capacidade perfeita de análise da realidade para dar, através da Sua ação, a cada um segundo as suas obras, ou seja, manter a justiça sempre presente.

Se você deixar um átomo da água livre, seus componentes irão se embaralhar e com isso não será mais água. Se deixar o Universo na mão de alguém que não possa manter a Justiça Perfeita, ele acabará…

Participante: Li uma reportagem em que falava exatamente disso. Se deixarmos um átomo de hidrogênio, por exemplo, livre, ele pode causar uma explosão destruidora.

Sabe do que você está falando? Da bomba de hidrogênio… A bomba de hidrogênio existe a partir do desequilíbrio de um átomo de hidrogênio em um todo…

Por isso lhe repito: se Deus não for a única ação, o Universo pode explodir, porque qualquer desequilíbrio acaba com ele. A simples ação de dizer para alguém que ele é bobo, se não executada dentro do princípio de Justiça Perfeita, acabaria com o Universo. Foi isso que Cristo quis dizer quando afirmou que se você apenas chamar outra pessoa de boba, terá que apresentar ao tribunal.

Até isto, que aparentemente parece um comentário sem maiores implicações, se feito por livre vontade de alguém que não possua a capacidade perfeita de análise da realidade, ou seja, que possa dar a alguém que não merece esta qualificação, destruiria o Universo.

Participante: O equilíbrio ao qual o senhor se refere vem depois?

Depois do que? Depois do desequilíbrio? Depois do desequilíbrio só poderá vir o nada, porque, ao desequilibrar, o Universo acabou…

Participante: Eu não consigo entender isso… Eu não consiga imaginar esta ação…

Porque você como ser humano, não consegue ver nada além da suas percepções. Não consegue ter a idéia do todo onde Deus age.

Participante: Então, Deus tenta eternamente manter o equilíbrio?

Não, Deus não procura manter: mantém. Vocês tentam manter-se equilibrado, mas Deus, que sabe o que faz, sempre o mantém.

Participante: Era isso que eu queria saber. Ele reequilibra o Universo?

Não, ele não reequilibra porque o Universo não se desequilibra. Para que o equilíbrio esteja sempre presente, Deus age antes.

Não se esqueça que Ele tudo sabe, por isso, age antes para que o desequilíbrio não aconteça. Ele sabe qual será a próxima reação do espírito e já comanda uma ação que mantenha o equilíbrio frente a esta reação.

Você, quando vê uma coisa que considera errada, acredita que ali há um desequilíbrio. No entanto, este algo está na verdade equilibrando o Universo. Deus, que comandou esta ação sabia que a opção do espírito poderia criar um desequilíbrio e agiu antes para que isto não acontecesse…

Perceba que estamos falando em equilíbrio e não em certo. Se todas as coisas fossem certas ou amorosas, não haveria equilíbrio. Para que o equilíbrio exista, o aparente amor e desamor precisam existir em quantidades iguais.

Deus, que sabe a reação de cada espírito aos acontecimentos da vida antes dela acontecer, cria o futuro para que jamais o Universalismo e o individualismo existam em proporções desiguais.

Participante: Mas o Universo tem uma tendência a se desequilibrar em algum momento, não?

A tendência para o desequilíbrio é algo que você imagina que exista. Não se esqueça que se Deus soubesse de algo que pudesse gerar uma tendência a desequilibrar o Universo, Ele agiria antes, evitando assim o suposto desequilíbrio.

O desequilíbrio nunca ocorre e nem é iminente, porque Deus retroage, ou seja, age antes da ação do espírito para que o equilíbrio jamais se perca. Quando Ele age já sabe a reação de todos os espíritos do Universo àquela ação e, por isso, é capaz de agir de tal forma que o produto final jamais se altere.

É por isso que só Deus e Sua ação é a realidade, pois só Ele pode manter coeso e equilibrado o Universo… Se entregássemos a causa primária na mão de outro espírito – e repare que não estou falando apenas nas nossas, mas na mão de Cristo, por exemplo – acabaria com o Universo num micronésio de segundo. Na mão de Cristo, governador-geral deste planeta, a causa primária explodiria o Universo.

Por quê? Porque ele não é a Inteligência Suprema. Ele não possui a capacidade suprema de dar a cada um segundo a sua obra.

Espiritualismo Ecumênico Universal

www.meeu.com.br

Exibições: 30

Responder esta

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço