Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

TSampa um alimento do Futuro!

         TSAMPA é um alimento, que em caso de escassez, guerra ou outra necessidade de sobrevivência nos sustenta. Uma bolinha deste alimento substitui uma refeição!

No caso dos alimentos em determinado momento escassearem, em casos de conflitos ou de severas mudanças terrestres que poderão acontecer, seria interessante que pessoas soubessem como manterem-se a partir da elaboração de um alimento nutritivo e fácil de ser armazenado, sem necessidade de eletricidade e de fácil acesso. Este alimento, no formato de uma bolinha, elaborada, substitui uma refeição, claro junto com líquido suficiente.

Os 9 ingredientes necessários para a confecção do TSAMPA :

Feijão vermelho; Grão de bico; Lentilha; Milho seco; Amendoim natural; Mel puro; Banana verde e Soja em grão

Nota sobre a Banana Verde:

Para obter 1 Kg útil de banana têm que se descascar 5 quilos de banana verde, portanto, se por exemplo se se estabelece como medida básica 5 Kg, tem que descascar 5 x 5 = 25 Kg de banana verde para se conseguir a quantidade necessária; logo se corta em tiras para poder tostar antes de moê-la.

 Nota sobre o Mel:

Em geral o mel é utilizado na proporção de “1 por 3”, quer dizer, se se estabelece como medida básica 1 Kg, a quantidade de mel necessária para amassar o TSAMPA é de 3 Kg; se se estabelece uma medida básica de 5 kg a quantidade necessária é de 15 (5 x 3 = 15) quilos de mel puro.

            Entretanto, no momento da preparação do TSAMPA o sentido comum sugerirá a quantidade exata do mel a utilizar, já que as bolinhas não devem ficar nem muito secas, que poderiam desmanchar-se em seguida, nem muito molhadas, já que demorariam muito tempo para secar ou poderiam deformar ou achatar no momento de serem armazenadas.

PREPARAÇÃO DO TOSTADO: Todos os ingredientes a serem tostados deverão ser realizados em separado, já que cada um tem seu grau de tostagem específico. A banana uma vez cortada em tiras pode ser seca ao sol, se é que tem a possibilidade de fazê-lo. Se não, simplesmente se pode tostá-la num forno para logo moê-la.

Moinho de Tsampa

MOAGEM: Os ingredientes são moídos separadamente já que cada um tem seu grau de dureza específico (o milho é o mais duro de moer) utilizando um moinho manual tipo corona. (NÃO UTILIZAR MOINHO ELÉTRICO). Recomenda-se não utilizar moinhos elétricos de nenhum tipo já que ao utilizar estes artefatos se estaria privando aos ingredientes do corpo elétrico ou corpo energético, que também os vegetais possuem e que neles constitui em definitivo o elemento nutritivo principal para nós, os humanos.

MISTURA: Quando todos os grãos e a banana estiverem moídos, juntam-se todas as farinhas, dependendo da quantidade em um, dois ou mais recipientes não de metal e sim de plástico, tomando o cuidado de fazer uma mescla o mais uniforme possível.

MISTURA COM MEL: Quando as farinhas estiverem bem misturadas, coloca-se gradualmente o mel, amassando manualmente toda a mistura até obter a consistência desejada, procurando não deixar pequenas bolinhas de farinha sem mel.

BOLINHAS: Quando estiver toda a massa pronta, bem misturada, nem muito seca e nem muito molhada, fazem-se manualmente pequenas bolinhas do tamanho aproximado de uma bola de golfe ou pingue-pongue.

SECAGEM: Quando terminar de fazer as bolinhas, deixar secar num local adequado e possivelmente à sombra, tomando cuidado de cobrí-las com um pano ou tela que impeça que os insetos, sobretudo as moscas, possam colocar ali seus ovinhos, estragando assim um trabalho de muitos esforços. Uma boa secagem se obtém quando as bolinhas de TSAMPA tenham uma consistência não muito dura e apresentem certo grau de maleabilidade.

CONSERVAÇÃO:
Uma vez obtido uma boa secagem se passa para a conservação.
Recomenda-se armazenar as bolinhas de TSAMPA em recipientes de vidro possivelmente de boca larga que, além de assegurar uma boa conservação natural, permitem um acesso fácil na hora de pegá-las, entretanto também pode utilizar-se um recipiente de plástico… Ambos os tipos de recipientes devem ficar fechados herméticamente para que não haja aceleração no processo de deteriorização das bolinhas ao serem expostas ao ar.

            Um TSAMPA bem preparado, que teve uma boa secagem, longe de mosquitos e de insetos e que tenha sido bem armazenado, chega a conservar-se perfeitamente comestível por um tempo de não menos de 4 anos e no máximo 7 anos.

            O TSAMPA é um alimento altamente energético. O consumo de  uma bolinha de TSAMPA o equivalente a uma das três refeições que normalmente consumimos num dia, portanto com a ingestão diária de três bolinhas de TSAMPA não se necessita consumir nenhum outro alimento, já que só elas fornecem ao organismo a energia necessária e suficiente para seu desenvolvimento funcional durante o dia. Em tempos “difíceis”, o TSAMPA preparado e armazenado com antecipação pode ser a única tábua de salvação frente a escassez de alimento ou diante da impossibilidade de consumir o que se consiga ao redor devido a sua contaminação, seja química, biológica ou nuclear.

É importante que se respeite a proporção de “1 por 1” entre todos os grãos.

Quer dizer, que se estabelecer como medida básica 1 Kg, deverá ser 1 Kg de feijão, 1 Kg de grão de bico e assim sucessivamente para todos os componentes. Se escolher outra medida, por exemplo como medida básica 3 Kg, deverão ser 3 Kg de feijão, 3 Kg de grão de bico, 3 Kg de lentilhas e assim para todos os ingredientes.

 

Importante: NÃO É PERMITIDO VENDÊ-LO

Exibições: 44

Respostas a este tópico

TSampa um alimento do Futuro!

         TSAMPA é um alimento, que em caso de escassez, guerra ou outra necessidade de sobrevivência nos sustenta. Uma bolinha deste alimento substitui uma refeição!

No caso dos alimentos em determinado momento escassearem, em casos de conflitos ou de severas mudanças terrestres que poderão acontecer, seria interessante que pessoas soubessem como manterem-se a partir da elaboração de um alimento nutritivo e fácil de ser armazenado, sem necessidade de eletricidade e de fácil acesso. Este alimento, no formato de uma bolinha, elaborada, substitui uma refeição, claro junto com líquido suficiente.

Os 9 ingredientes necessários para a confecção do TSAMPA :

Feijão vermelho; Grão de bico; Lentilha; Milho seco; Amendoim natural; Mel puro; Banana verde e Soja em grão

Nota sobre a Banana Verde:

Para obter 1 Kg útil de banana têm que se descascar 5 quilos de banana verde, portanto, se por exemplo se se estabelece como medida básica 5 Kg, tem que descascar 5 x 5 = 25 Kg de banana verde para se conseguir a quantidade necessária; logo se corta em tiras para poder tostar antes de moê-la.

 Nota sobre o Mel:

Em geral o mel é utilizado na proporção de “1 por 3”, quer dizer, se se estabelece como medida básica 1 Kg, a quantidade de mel necessária para amassar o TSAMPA é de 3 Kg; se se estabelece uma medida básica de 5 kg a quantidade necessária é de 15 (5 x 3 = 15) quilos de mel puro.

            Entretanto, no momento da preparação do TSAMPA o sentido comum sugerirá a quantidade exata do mel a utilizar, já que as bolinhas não devem ficar nem muito secas, que poderiam desmanchar-se em seguida, nem muito molhadas, já que demorariam muito tempo para secar ou poderiam deformar ou achatar no momento de serem armazenadas.

PREPARAÇÃO DO TOSTADO: Todos os ingredientes a serem tostados deverão ser realizados em separado, já que cada um tem seu grau de tostagem específico. A banana uma vez cortada em tiras pode ser seca ao sol, se é que tem a possibilidade de fazê-lo. Se não, simplesmente se pode tostá-la num forno para logo moê-la.

Moinho de Tsampa

MOAGEM: Os ingredientes são moídos separadamente já que cada um tem seu grau de dureza específico (o milho é o mais duro de moer) utilizando um moinho manual tipo corona. (NÃO UTILIZAR MOINHO ELÉTRICO). Recomenda-se não utilizar moinhos elétricos de nenhum tipo já que ao utilizar estes artefatos se estaria privando aos ingredientes do corpo elétrico ou corpo energético, que também os vegetais possuem e que neles constitui em definitivo o elemento nutritivo principal para nós, os humanos.

MISTURA: Quando todos os grãos e a banana estiverem moídos, juntam-se todas as farinhas, dependendo da quantidade em um, dois ou mais recipientes não de metal e sim de plástico, tomando o cuidado de fazer uma mescla o mais uniforme possível.

MISTURA COM MEL: Quando as farinhas estiverem bem misturadas, coloca-se gradualmente o mel, amassando manualmente toda a mistura até obter a consistência desejada, procurando não deixar pequenas bolinhas de farinha sem mel.

BOLINHAS: Quando estiver toda a massa pronta, bem misturada, nem muito seca e nem muito molhada, fazem-se manualmente pequenas bolinhas do tamanho aproximado de uma bola de golfe ou pingue-pongue.

SECAGEM: Quando terminar de fazer as bolinhas, deixar secar num local adequado e possivelmente à sombra, tomando cuidado de cobrí-las com um pano ou tela que impeça que os insetos, sobretudo as moscas, possam colocar ali seus ovinhos, estragando assim um trabalho de muitos esforços. Uma boa secagem se obtém quando as bolinhas de TSAMPA tenham uma consistência não muito dura e apresentem certo grau de maleabilidade.

CONSERVAÇÃO:
Uma vez obtido uma boa secagem se passa para a conservação.
Recomenda-se armazenar as bolinhas de TSAMPA em recipientes de vidro possivelmente de boca larga que, além de assegurar uma boa conservação natural, permitem um acesso fácil na hora de pegá-las, entretanto também pode utilizar-se um recipiente de plástico… Ambos os tipos de recipientes devem ficar fechados herméticamente para que não haja aceleração no processo de deteriorização das bolinhas ao serem expostas ao ar.

            Um TSAMPA bem preparado, que teve uma boa secagem, longe de mosquitos e de insetos e que tenha sido bem armazenado, chega a conservar-se perfeitamente comestível por um tempo de não menos de 4 anos e no máximo 7 anos.

            O TSAMPA é um alimento altamente energético. O consumo de  uma bolinha de TSAMPA o equivalente a uma das três refeições que normalmente consumimos num dia, portanto com a ingestão diária de três bolinhas de TSAMPA não se necessita consumir nenhum outro alimento, já que só elas fornecem ao organismo a energia necessária e suficiente para seu desenvolvimento funcional durante o dia. Em tempos “difíceis”, o TSAMPA preparado e armazenado com antecipação pode ser a única tábua de salvação frente a escassez de alimento ou diante da impossibilidade de consumir o que se consiga ao redor devido a sua contaminação, seja química, biológica ou nuclear.

É importante que se respeite a proporção de “1 por 1” entre todos os grãos.

Quer dizer, que se estabelecer como medida básica 1 Kg, deverá ser 1 Kg de feijão, 1 Kg de grão de bico e assim sucessivamente para todos os componentes. Se escolher outra medida, por exemplo como medida básica 3 Kg, deverão ser 3 Kg de feijão, 3 Kg de grão de bico, 3 Kg de lentilhas e assim para todos os ingredientes.

 

Importante: NÃO É PERMITIDO VENDÊ-LO

Achei muito interessante.

Informação muito importante nos tempos em que vivemos.

Grata pela postagem.

Luz, paz e equilibrio

Roselyn

 

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

COMPRE AQUI LIVROS ESOTÉRICOS NA AMAZON

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço!

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço