Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

ENCONTRO ESPIRITUAL - www.encontroespiritual.org

A Personalidade

Todas as formas, em si mesmas, não são expressões de uma personalidade. Para assegurar isto, três tipos de energia precisam estar presentes – três tipos, fundidos, misturados e coordenados em um organismo funcionante. Uma personalidade é, portanto, uma fusão da energia mental, da energia emocional e da força vital, e estas três estão mascaradas, ocultas ou reveladas (observem esta terminologia) por uma concha externa ou forma de matéria física densa. Esta crosta externa é em si mesma uma forma de energia negativa. O resultado desta união de três energias em uma forma objetiva é a consciência-própria. Sua fusão produz aquele sentido de individualidade que justifica o uso da palavra "eu" e que relaciona todas as ocorrências a um ego. Onde esta entidade central consciente existe, utilizando a mente, reagindo sensorialmente através do corpo emocional e energizando o físico denso (via o corpo vital) então existe uma personalidade. É a existência autoconsciente na forma. É a consciência da identidade em relação às outras identidades e isto é igualmente verdadeiro de Deus ou do homem. É um senso de identidade, todavia, que persiste somente durante o processo criador e por tanto tempo quanto o aspecto matéria e o aspecto consciência apresentem a eterna dualidade da natureza. Em nosso desenvolvimento evolutivo ela não é conscientizada nas formas subumanas; ela é conscientizada no reino humano e é conscientizada mas fundida e negada pelas formas e consciências maiores a que nós chamamos de super-humanas.

A personalidade é aquele estado de percepção que tem seu fator condicionante na matéria mental, mas isto pode ser transcendido quando aquela matéria mental não controlar mais. Como a matéria mental individual é uma parte integral da Mente Universal, e como o princípio da mente está inerente em todas as formas, o senso de individualidade e de consciência de si mesmo é sempre eternamente possível. Nos estados superiores de consciência ela é, todavia, finalmente relegada a uma posição subordinada. Deus, por exemplo, pode sempre e eternamente estar consciente daquela realidade que constitui o eu e que governa a integridade do sistema solar e do intercâmbio solar com outros sistemas, mas a consciência da divindade e a consciência da Deidade solar não se ocupam primariamente com o eu. Aquilo - como um resultado de períodos e experiências mundiais passadas - fica sob o umbral da consciência divina e se tornou tanto uma parte da natureza instintiva cósmica como são quaisquer dos atributos humanos instintivos. O foco da Atenção Eterna (se é que eu posso usar uma expressão tão não usual onde as palavras são quase necessariamente inúteis!) fica nos reinos da consciência além de nossa compreensão. Eles se situam tanto além de nosso conhecimento quanto a consciência de um Mestre da Sabedoria além do conhecimento de uma formiga ou de um camundongo. É, portanto, infrutífero para nós nos ocuparmos com isso. Para nós há uma realização da personalidade, ou de um pleno registro ou percepção do eu imanente; existe então o uso daquela personalidade e seu sacrifício, finalmente, pelo bem do grupo, com um conseqüente mergulho do eu no Eu Uno e a fusão da alma individual (consciente e voluntariamente) na Superalma.

"Eu Sou" - o grito de todo ser humano! "Eu Sou Aquilo", o grito de toda personalidade, que conscientiza seu eu e usa sua personalidade para expressar a vontade da entidade que a habita, a verdadeira pessoa. "Eu sou aquele Eu Sou" - o grito da alma individual ao se perder no todo e conscientiza sua unidade com a alma ou o eu de tudo.

As características do indivíduo que está começando a funcionar como uma personalidade poderiam ser brevemente enumeradas da maneira seguinte: Elas são simples e claras e proeminentemente egoístas. Não nos esqueçamos que no passo primitivo no caminho para o eu é inevitável o egoísmo. Lembremos igualmente que o obstáculo primário para a personalidade avançada e altamente evoluída é o eu, ou prolongamento da atitude egoísta. As características portanto são, em sua seqüência de desenvolvimento, as seguintes:

1- A capacidade de dizer Eu sou, Eu desejo, Eu aspiro, Eu quero.

2- A consciência de estar no centro do próprio pequenino universo "Em torno de mim os Céus se movem e as estrelas em seus cursos evoluem" é o moto desta etapa.

3- Uma sensação de drama e a capacidade de visualizar-se como o centro do próprio ambiente.

4- O sentimento de responsabilidade e a aptidão de considerar os membros da família humana circunstante como dependentes de nós.

5- O sentimento de importância - o resultado do acima. Isto se demonstra em poder e influência onde há uma entidade real e firmemente despertando por trás da "persona" e em espalhafato e bombástica onde uma pequena criatura egoísta funciona.

6- O poder de usar o equipamento inteiro de modo que a mente e o cérebro funcionem sincronicamente e a natureza emocional é assim subordinada, inibida ou controlada. Isto envolve o firme crescimento do poder de usar o pensamento.

7- Capacidade de viver uma vida coordenada de modo que o homem inteiro funcione e seja guiado pelo propósito (expressando a energia da vontade), pelo desejo (expressando a energia da natureza emocional ou psíquica) e pela vitalidade que impulsiona o veículo físico para o alinhamento com o propósito e o desejo.

8- Poder para influenciar, sacudir, guiar e sustentar outros dentro do alcance do propósito e desejo individuais.

Quando esta etapa tiver sido alcançada, as três energias que constituem uma personalidade ter-se-ão fundido com êxito e o mecanismo ou instrumento do eu encarnado se torna um instrumento útil e valioso. O homem fica uma personalidade potente e se torna o centro de um grupo; ele se descobre como um ponto focal para outras vidas e é um indivíduo magnético influente, sacudindo outros, coordenando unidades humanas em grupos e organismos. Ele se torna o líder de organizações e de partidos, de corpos políticos e religiosos e, em alguns casos, de nações. Assim as personalidades dominantes chegam à existência e se encontram; elas descobrem a distinção entre o centro do poder, o eu, e o equipamento; elas finalmente se tornam conscientes da vocação em seu verdadeiro sentido do termo.

Deve-se registrar que este desenvolvimento seqüencial é paralelamente acompanhado por um crescimento interior da consciência da alma, embora o modo de expressão daquele crescimento interior seja grandemente dependente do raio no qual se encontre a Entidade espiritual.

Um ponto deve ser aqui assinalado e com ele os aspirantes devem tomar cuidado. A conotação habitual das palavras "crescimento espiritual" é grandemente aquela pelo qual se compreende o crescimento religioso. Um homem é considerado espiritual se estiver interessado nas Escrituras do mundo, se ele for um membro de uma Igreja e se viver uma vida de santificação. Mas esta não é uma definição verdadeira porque ela não é suficientemente abrangente. Ela cresceu à custa da impressão imposta pela Era de Piscis sobre o pensamento humano e suas terminologias e, através da influência do sexto raio e do trabalho da Igreja Cristã - tudo muito necessário e tudo inerente ao Grande Plano, mas que (divorciado do seu contexto eterno) leva a uma exagerada ênfase de certas expressões divinas e ao desprezo de outras manifestações vitais da consciência divina.

O verdadeiro significado das palavras "crescimento espiritual" é muito mais amplo e mais inclusivo do que sua manifestação através da literatura mística e religiosa e das organizações para a transmissão da verdade metafísica. O poder, propósito e vontade são qualidades e expressões divinas e mostram-se com igual clareza através de um Mussolini ou através de um Papa. Em ambos os casos o mecanismo de expressão se modifica e rebaixa as qualidades e serve como uma desvantagem. Uma personalidade potente pode funcionar em qualquer campo de expressão humana e seu trabalho exigirá a palavra espiritual na medida em que estiver baseada no elevado idealismo, no máximo bem do máximo número e no esforço marcado pelo auto-sacrifício. Estas três - idealismo, serviço do grupo e sacrifício - são características daquelas personalidades que se estão tornando crescentemente sensíveis ao aspecto alma, as qualidades daquela alma sendo conhecimento, amor e sacrifício.

É por isso que a ênfase em todas as escolas de verdadeiro esoterismo é posta sobre o motivo. As pessoas que são fortemente individuais e estão desenvolvendo uma consciência grupal, inevitavelmente, em alguma vida, acham seu caminho até as escolas esotéricas e têm que ser guiadas de tal maneira que a natureza-alma envolva, ultrapasse e utilize a personalidade.

As características capitais daquelas personalidades que ainda não estão centradas na alma ou por ela controladas, são o domínio, a ambição, o orgulho e a falta de amor pelo todo, embora elas freqüentemente alimentem o amor por aqueles que lhes sejam necessários ou ao seu conforto.

Vocês têm portanto no desenvolvimento seqüencial da humanidade as seguintes etapas:

1- A da consciência animal.

2- A do indivíduo polarizado emocionalmente, egoísta e governado pelo desejo.

3- As duas etapas acima, mais um alcance intelectual crescente das condições ambientais.

4- A etapa da responsabilidade pela família ou amigos.

5- A etapa da ambição e do anseio pela influência e poder em algum campo da expressão humana. Isto leva a novos esforços.

6- A coordenação do equipamento da personalidade sob estes estímulos.

7- A etapa da influência, egoisticamente usada e freqüentemente destrutiva, porque os padrões superiores ainda não estão registrados.

8- A etapa de uma conscientização do grupo firmemente crescente. Isto é visualizado:
a) Como um campo de oportunidade.
b) Como uma esfera de serviço.
c) Como um lugar no qual o sacrifício pelo bem de todos se torna gloriosamente possível.

Esta última etapa põe um homem no caminho do discipulado, o qual inclui, desnecessário dizer, aquele da fase anterior, da prova ou teste.

O problema consiste em se descobrir em que degrau da escada e em que fase um estudante se encontra em qualquer particular tempo. Por trás de cada ser humano se estende uma longa série de vidas e alguns estão agora orientados na direção da etapa da expressão da personalidade dominante egoísta e estão-se tornando indivíduos com plena noção consciente. Isto é, para eles, um passo adiante tanto quanto o discipulado o é para vocês. Outros são já personalidades e estão começando a realizar experimentos com a energia fluindo através deles e a reunir em torno de si aquelas pessoas que vibram com sua nota e para quem elas têm definitivamente uma mensagem. Daí as miríades de pequenos grupos por todo o mundo, trabalhando em todo campo conhecido da expressão humana.

Outros passaram além daquela etapa e estão se tomando descentralizados da expressão da personalidade que é o aspecto superior da energia da personalidade. Elas não mais trabalham e planejam e lutam para expressar suas personalidades e provocar seu impacto individual sobre o mundo, nem para reunir magneticamente em torno de si um grupo de pessoas que olhem para elas assim alimentando as fontes do seu orgulho e ambição e tornando-as coisas numa perspectiva mais nova e mais verdadeira. Na Luz do Todo, a luz do pequeno eu se apaga, assim como a luz que é inerente a todo átomo do corpo é reunida e ofuscada pela luz da alma quando essa resplandece em toda sua glória.

Quando esta etapa de altruísmo, de serviço, de subordinação ao Eu Uno e de sacrifício pelo grupo se torna o objetivo, um homem terá alcançado o ponto em que ele pode ser recebido naquele grupo de místicos e conhecedores do mundo e trabalhadores grupais que são o reflexo, no plano físico, da Hierarquia planetária.

transcrito por ismael de almeida.

Exibições: 9

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço