Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

BUDISM O - TRABALHO, SILÊN CIO E APEGO AO SOFRIMENTO

(Do site Viver Consciente:  http://www.viverconsciente.com/textos/trabalho_silencio_passado.htm )

 

Trabalho, silêncio e apego ao sofrimento

 

Pergunta: Como se mantém a atenção plena em um ambiente de trabalho agitado?

 

Thich Nhat Hanh: Às vezes parece que não há tempo suficiente até mesmo para respirarmos conscientemente. Isto não é um problema pessoal apenas, isto é um problema de toda a civilização. É por isso que temos que praticar, não só como indivíduos, mas também como sociedade. Temos que fazer uma revolução na forma como organizamos a nossa sociedade e nossa vida diária, assim vamos ser capazes de apreciar o trabalho que fazemos todos os dias.

 

Enquanto isso, podemos incorporar uma série de coisas que aprendemos neste retiro a fim de diminuir o nosso estresse. Quando você dirigir pela cidade e encontrar a uma luz vermelha em um semáforo ou uma placa de “pare”, você pode apenas sentar e fazer uso desses vinte ou trinta segundos para relaxar, para inspirar, expirar, e desfrutar voltar ao momento presente. Há muitas coisas como essa que podemos fazer. Anos atrás eu estava em Montreal no caminho para um retiro, e notei que as placas diziam “Je me souviens”, "Eu me lembro". Eu não sabia o que eles queriam que eu lembrasse, mas para mim, era para eu me lembar de respirar e sorrir (risos). Então, eu disse ao amigo que estava dirigindo o carro que eu tinha um presente para a sangha em Montreal: a cada vez que vissem a placa, se lembrariam de respirar, sorrir e voltar para o momento presente. Muitos de nossos amigos na Sangha de Montreal têm praticado assim há mais de dez anos.

 

Acho que podemos aproveitar a luz vermelha do semáforo, podemos também aproveitar a placa de “pare”. Toda vez que a vemos nós lucramos: em vez de ficar zangados com a luz vermelha, de ser queimado pela impaciência, só pratique inspirar, expirar, sorrir. Isso ajuda muito. E quando ouvir o toque do telefone, você pode imaginar ser o som do sino de plena atenção. Você pratica a meditação do telefone. Toda vez que você ouvir o toque do telefone você permanecer exatamente onde você está (risos). Você inspira e expira e desfruta de sua respiração.

 

Ouça, ouça, este som maravilhoso te traz de volta à sua verdadeira casa. Então, quando você ouvir o segundo toque você se levanta e vai ao telefone com dignidade (risos). Isso significa: no estilo de meditação andando (risos). Você sabe que pode se dar ao luxo de fazer isso, porque se a outra pessoa tem algo importante para lhe dizer, ela não vai desligar antes do terceiro toque. Isso é o que chamamos de meditação do telefone. Nós usamos o som como o sino de plena consciência.

 

E ao esperar no ponto de ônibus você pode tentar usar a respiração consciente, e esperando na fila do banco, você sempre pode praticar a respiração consciente. Ao andar de um prédio para outro, por que não usar a meditação andando? Isso melhora a qualidade de nossa vida. Isso traz mais paz e serenidade, e a qualidade do trabalho que fazemos será melhor apenas por causa desse tipo de prática. Assim, é possível integrar a prática em nossa vida diária. Só precisamos de um pouco de imaginação criativa para fazê-lo.

 

P: Poderia nos dizer sobre os benefícios do silêncio e como poderíamos levar isso para casa com a gente a partir deste retiro?

 

TNH: Muitos de nós já perceberam nos últimos dias que o silêncio pode ser agradável. Percebemos que há muitas coisas que não temos que dizer, e que, então, podemos reservar tempo e energia para fazer outras coisas que podem ajudar-nos a olhar mais profundamente para nós mesmos e às coisas ao nosso redor.

 

Se você é empurrado por sua energia de hábito a dizer algo, não diga. Em vez disso, leve um caderno e anote. Um ou dois dias mais tarde, leia o que você escreveu, e pode descobrir que teria sido uma coisa terrível de dizer. Então, lentamente você se torna mestre de si mesmo, e você saberá o que dizer e o que não dizer.

 

Eu lembro que uma vez eu propus a uma irmã que ela praticasse o silêncio. Ela era uma monja idosa e havia algumas sementes negativas nela que a impediam de ser feliz. Ela era um pouco dura demais com as outras irmãs. Disse-lhe que sendo uma pessoa muito talentosa, muito hábil em muitas coisas, ela poderia fazer muitas pessoas felizes se ela soubesse como ficar em silêncio e dizer apenas as coisas que precisavam ser ditas.

 

Propus a ela que usasse apenas três sentenças por três meses. Ela poderia repetir essas três frases tantas vezes quanto ela quisesse (risos), e eu disse a ela que se praticasse aquilo por uma semana, iria sentir a felicidade de imediato. A primeira frase foi: "Querida irmã, não há nada que eu possa fazer para ajudar?" (Risos) A segunda foi: "Você gostou do que eu fiz para te ajudar?" A terceira foi: "Você tem alguma sugestão para que eu possa fazer melhor?" (Risos) Se ela pudesse dizer isso, iria fazer muitas pessoas felizes e a felicidade iria voltar para ela rapidamente.

 

Na família, podemos praticar o silêncio. Podemos pedir aos outros membros da família que concordem que vamos praticar o silêncio por três dias ou por uma semana. É muito benéfico. Haverá uma transformação após o período de pratica do silêncio.

 

P: Por que nos apegamos ao nosso sofrimento?

 

TNH: Muitos de nós não são capazes de liberar o passado, de liberar o sofrimento do passado. Queremos nos agarrar ao nosso próprio sofrimento. Mas o Buda disse muito claramente, não se apegue ao passado, o passado já se foi. Não espere o futuro, o futuro ainda não está presente. Os sábios estabelecem-se no momento presente e praticam viver profundamente no momento presente. Essa é a nossa prática. Ao viver profundamente no momento presente, podemos compreender o passado melhor e podemos nos preparar para um futuro melhor.

 

Hoje eu assisti a uma discussão dos veteranos de guerra do Vietnã, e meu coração ainda está pesado. Vocês acham que algum dia vão ser curados emocionalmente nesta vida? Eu acho que se eles praticam com todo o seu coração e estão determinados a aliviar o passado, serão curados.

 

Nós nos apegamos demais ao passado, temos que encarar o futuro. Nós temos que ficar no chão do momento presente. A guerra do Vietnã foi apenas uma guerra. Há muitas guerras ainda em curso e nós continuamos a criar vítimas de guerra e veteranos de guerra. O número de soldados americanos que morreram no Vietnã era algo como 55 mil. A cada ano o número de pessoas que morrem em acidentes de carro nos Estados Unidos é exatamente esse número, 55.000. Não há o número equivalente de pessoas mortas causadas pelo alcoolismo e condução irresponsável. Esta é outra guerra. O número de vítimas é tão grande como os danos causados ​​pela guerra, e a cada vez que uma pessoa morre por causa de um acidente de carro, são criados muitos veteranos de guerra nas crianças que perdem a mãe, as mães que perdem o seu filho.

 

Se mantivermos o nosso sofrimento nunca poderemos nos levantar para a cura e preparar o futuro para os nossos filhos e os seus filhos. Eu diria para o veterano de guerra do Vietnã, “tudo bem, você matou cinco crianças. Nós sabemos disso. Mas você está aqui, viva o momento presente. Você sabe que tem o poder de salvar cinco crianças de hoje? Você não tem que ir para o Vietnã ou sudeste da Ásia. Há crianças norte-americanas que estão morrendo todos os dias, eles podem precisar de apenas um comprimido para serem salvos de sua doença.”

 

Se você sabe como, a cada dia você pode salvar cinco crianças da morte. Por que você se deixa ser pega na culpa e se deixa paralisar ano após ano? Por que você não faz como um bodhisattva que promete usar a sua vida para trabalhar para a segurança de muitas crianças? Você sabia que 40 mil crianças morrem no mundo todos os dias só por causa da falta de alimentação e nutrição? Você está aqui, pode fazer alguma coisa. Por que você se deixa ser pego no passado? Você pode salvar crianças no aqui e agora. Pode usar a sua vida de uma forma muito útil e inteligente. Pode muito bem transformar a energia negativa em energia positiva que lhe dá poderes e torna a vida significativa.

 

(Palestra de Dharma de Thich Nhat Hanh em um tour pelos Estados Unidos  - Tradução Leonardo Dobbin)

Exibições: 101

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de elisio josé da silva lopes em 2 fevereiro 2013 às 19:12

Paz e bem; Muito grato pela mensagem ,cheia de sabedoria .

Comentário de Juli em 31 janeiro 2013 às 18:34

Muito obrigada um beijinho de coração

Comentário de Maria de Lourdes Lima Frutuoso em 30 janeiro 2013 às 21:46

Muito obrigada pela mensagem

Comentário de Sandra em 30 janeiro 2013 às 19:10

Minha gratidão por ter a oportunidade de ler um texto tão valioso como este!

Grande abraço

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço