Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

 

E VOCÊ, ESTÁ GOSTANDO DA EXPERIÊNCIA?

 

Essa é a grande pergunta!

“Você está gostando da experiência?”

 

A sua experiência, na terceira dimensão!

Na dualidade.

Ela vem acontecendo faz já muito tempo, várias vidas, vários personagens.

Muitas vivências.

Confinado.

Agora a porta está abrindo, todo mundo vai poder sair, acabar a experiência.

Ir para “casa”.

 

Mas você pode estar gostando da sua experiência.

Então, provavelmente, gostaria de continuar.

“Ainda há tanta coisa para experimentar...”

Então, será levado para onde possa continuar.

 

Tudo isso nós já sabemos.

E sabemos também que essa é uma questão de Alma.

Isto é, que a decisão de continuar ou não a experiência é tomada em outros níveis de existência do seu Ser.

Não a nível da mente, ou do ego-personalidade como se diz. Não no nível de consciência em que você está.

 

Mas, apesar de tudo isso, faça a pergunta: “Estou gostando da experiência?”.

Faça a pergunta, a qualquer hora do dia, principalmente nos momentos mais difíceis.

Então, sinta!

Sinta um agradável distanciamento, uma desidentificação com o personagem.

De ator, passe a observador.

E sinta que você não é isso, é mais do que isso.

 

E então o que fazer?

Nada!

Simplesmente, Ser.

Simplesmente, estar ali e ter consciência disso.

 

Assombroso, como as coisas vão se tornando cada vez mais simples.

Maravilhosamente simples.

 

Muita Luz!

ELF

 

Exibições: 228

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de SUZANA FIGUEIREDO em 2 fevereiro 2012 às 8:39

Oi Ivan, sábias palavras!

Falou e disse, que tiver olhos pra ver e ouvidos para ouvir que busque o entendimento sobre a leveza de SER!

Um abraço, suzana

Comentário de Ivan A Ditscheiner em 2 fevereiro 2012 às 8:31

Hmmm Amigo Eduardo e Amigos ...

Este papo está muito bom!

Deixo minha contribuição.

Escrito em 25/08/2003

O Dever e o Ser


A palavra DEVE... 
Você não deve nada a ninguém... Nem um falso bom dia... 
Quando você É, tudo É NATURAL. Se assim não for, você não doa, você é escravizado. Não há a obrigação de procurar a doação, ela é natural ou intuída se você pedir. 
Você não DEVE obrigação com os que te circundam. 
Tudo que é obrigado é anti-natural. 
Note bem como na anti-naturalidade os falsos profetas escravizam, sejam eles visíveis ou invisíveis. O rebuscado não é natural. O SER não impõe deveres e obrigações. 
Para ajudar não há a necessidade de se imantar ao ajudado. Aí está a dependência. A oração, ou seja o que for, não é santa, é NATURAL. A imantação é perniciosa, pois impede a ajuda NATURAL que se queira dar ou receber. 

No SER tudo é natural, o restante são os grilhões postos e impostos que lhes atam imantados a falsos deveres e a falsas obrigações. Tudo que lhe escapa do SER, traga de volta o SER. Não precisa ser a fórceps, É natural. 
Como agora lhe pergunto: O que é SER? E Sendo você me responde: Não sei! Só SOU!!! 
Pois bem, SENDO desenvolveremos com facilidade natural a desagregação das imantações que lhes impedem a Liberdade. A qualquer coisa que lhes aflija, perguntem imediatamente... é NATURAL? 
Eu SOU e naturalmente ajudo os que quiserem SER. 
Que o sentimento de SER seja convosco. 

EU SOU


Grande Abraço!

Volte mais vezes Amigo Eduardo!

Comentário de Maria Helena dos Santos Alves em 2 fevereiro 2012 às 3:53

MAURO DOMINGOS... CONTROLE-SE!!!!!!!

Comentário de Maria Helena dos Santos Alves em 2 fevereiro 2012 às 3:50

Reitero em todos os itens as palavras do irmão Egídio. Não poderia me expressar melhor que ele.

Namastê.

Comentário de SILVIA DA SILVA HAIS em 1 fevereiro 2012 às 22:51

Eu me sinto no aguardo.

Não espero nenhum evento,só espero a nova missão.

Gostaria de saber,para onde irão me mandar?

Tudo está no devido lugar.

Namastê

Comentário de Hilda Juraski Zukovski em 1 fevereiro 2012 às 22:16

Ótimo!

Verdades que devem ser compartilhadas, nos ajuda cada vez mais, parar, refletir, e olhar cada vez mais para dentro

de nós e refletir; tanto recebemos, tanto achamos que sabemos, verdades que demoram tanto para entrar dentro de nós, tudo seria tão simples, se nos despojassemos de tudo, e vivessemos somente o amor, como Jesus viveu. 

Comentário de Eduardo Luís C. Figueira em 1 fevereiro 2012 às 12:59

Aos queridos amigos,

Grato a todos pelos vossos comentários, desabafos, aberturas de coração, angústias até.

 

Transcrevo a seguir um pequeno trecho da Introdução ao livro Alquimia Interior (1989) da Zulma Reyo, introdução escrita por Luiz Pellegrini:

“No instante em que eclodiu no homem o fenômeno da consciência individualizada, nele apareceu também, em igual medida, o maior e mais pungente de todos os sentimentos, a saudade do Todo.”

 

Então, o Todo queria experimentar a individualização até aos seus últimos níveis de separação.

E experimentou. Nós éramos, somos e sempre seremos o Todo, cada um de nós.

Estamos apenas fazendo de conta que somos indivíduos separados, como os dedos de uma mão.

E esquecemos quem somos, não por estar distraídos ou por ter passado muito tempo, mas porque era para esquecer mesmo, era assim que iria funcionar a experiência. Experiência que foi pautada na sobrevivência, na luta e no sofrimento.

Nós aceitamos isso antes de vir.

Nós sabíamos que, desgastados, machucados, iríamos sobreviver.

Sabíamos que, no final, nada iria importar: amores, ódios, sofrimentos, alegrias efêmeras... Apenas a vivência.

 

Mas agora a experiência está acabando, tudo no universo é regido por ciclos. Nós precisamos acordar, está na hora.

Os seres que nos assistem, principalmente agora neste processo de acordar, são seres de imenso Amor e total doação que, com muita paciência, nos vão acordando a pouco e pouco.

Mas há aqueles de nós que ainda estão como que hipnotizados pela experiência, pela sua realidade do dia a dia, pelo jogo da dualidade. Querem continuar a experiência. Estão dentro de um sonho e não sabem que é um sonho.

 

Então foi tudo em vão?

Não, claro que não. O Todo experimentou a individualização através de nós. Foi para isso que viemos.

Agora, toda essa vivência está sendo reintegrada, quando nós “voltamos para casa”.

 

Muita Luz para todos!

ELF

Comentário de SUZANA FIGUEIREDO em 30 janeiro 2012 às 19:43

Ante o desconhecimento do futuro, digo, que aqui e agora, eu estou pronta para o que acontença comigo em decorrência do inevitavelmente acontecerá com o nosso planeta em fim de curso.

Não me toma tempo, nem sentimento, a cessação dos prazeres e os bens materiais, nada disso.  

Não temo a morte, creio que a angústia que ainda possamos sentir agora quando pensamos em deixar nossos familiares, amigos, colegas, filhos, pais, netos, tudo isso se apaga, será filtrado, temporariamente esquecido na hora derradeira.

Vivo em busca de aprendizado, curto muito o que desenvolvi ou o que me foi determinado nesta vida e nas minhas vivências no plano astral.

Uma noite, dentro daquilo que até pouco tempo atrás se costumava chamar de "sonho", eu fui a um lugar onde estavam me chamando e me vi num enorme salão, enfumaçado, como se estivesse solto nas nuvens, onde haviam QUATRO COLUNAS imensas e ao pé de cada uma delas havia um TRONO e em cada um deles sentava-se UM ANCIÃO, então, eram QUATRO ANCIÕES.

Estava lá; mas, algo aqui, na minha casa, estava se preparando para me fazer acordar, algum barulho, cachorro latindo eu acho.

Então, eu tive pressa de saber quem me chamara até lá e porque.

Então, perguntei:

- Olá, quem me chamou?

- Por que estou aqui?

- Quem são os Senhores?

Ninguém respondeu nada! E a situação aqui, na minha casa estava quase me fazendo acordar e eu disse:

- Estou acordando, por que me chamaram aqui?

Um deles gritou em minha direção e disse:

- Nós somos os SENHORES DO TEMPO!  Te chamamos pra te avisar que tudo que voces já viram até agora, calamidades, mudanças climáticas, furacões, terremotos, tudo... tudo não é nada se comparado ao que será quando o FOGO estiver sobre as ÁGUAS!  

Então, seguindo o que disse o o Mauro Domingos logo abaixo, repasso a voces o conhecimento que me deram num"sonho" há alguns meses atrás.

Meu neto e eu nos comunicamos por telepatia às vezes, e as conversas dele, cotidianamente, levantam essas questões, coisa tipo:

- "Vó, essas bolas aqui são os planetas, essa grandona é o sol - e quando o sol explodir - ele vai explodir outros planetas aí, um meteóro vai bater na terra..." ai ele faz barulhos de tudo explodindo e mexe com todas as bolas, tira tudo do lugar como se nosso sistema solar desaparecesse...

Eu não duvido da potencialidade das crianças que estão vindo ao mundo com o conhecimento mais a flor da pele do nós chegamos aqui.

Meu neto fala com presenças que sente e enxerga como se elas estivessem materialmente presentes.

Um dia estávamos no quarto dele e ele disse:

- Vovó, agora tu senta na minha poltroninha!

Eu fui sentar e ele disse:

- Espera um pouco!

Eu parei e ele foi até a poltrona "vazia" e disse:

- "Titio, agora tu sai daí que a minha Vovó vai sentar, então tu sai agora, certo?!"

Depois ele se voltou pra mim e disse:

- "Agora podes sentar Vovó".

É meus amigos, quanto mais vivo, mais aprendo e mais percebo que sei muito pouco:

- Não sei plenamente que Eu Sou, como pretender supor que muito sei?!

Um abraço, suzana figueiredo

 

  

Comentário de Ugo Micael Ventura em 30 janeiro 2012 às 18:01

Gostei, mensagem cheia de verdade e luz. Faz-nos fixar mais ainda a sensação de que somos almas habitando corpos terrestres e não o contrário. A experiência por mais dura que pareça (momentos em que nos sentimos desamparados, separados do criador) tem valor como experiência. Pode ser que são estes pequenos e difíceis momentos que aumentamos nossa força, ou seja, nos expondo para nos fortalecermos. A chave está em aceitar todo o momento como ele é sustentanto a todo momento que o mundo 3D é uma ilusão dos sentidos, e mantermos-nos firme a forte convicção de que somos almas amparadas, amadas e protegidas nesta sagrada experiência. Agradeço a mensagem, muita paz e luz a todos. Ugo Micael.

Comentário de Manoel Egídio de Souza Neto em 30 janeiro 2012 às 17:35

Eduardo, você fez uma perguntinha das mais certeiras. É claro que muitos responderão que sim, mas, por hábito ou formalidade, ou mesmo por faz de conta. Sabemos da insatisfação predominante nesta dita 3dd, por vezes chamada de provas e expiações, ou mesmo sofrimento. Então, é certo que no primeiro lampejo de uma consciência diferente da egoica (personalidade), muito desta ilusão é revelada, o bastante para um novo trilhar. Você muito bem lembrou que nenhuma escolha pra valer acontece neste nível pessoal. E assim será, meu Amigo, pois os tempos são chegados ao seu término, tempos que jamais foram além de simples convenções. Em breve, para o bem geral, ninguém poderá dizer que não viu com olhos de ver. Esta é a única promessa que realmente me compraz nestes instantes de transição em que vivemos. Um forte abraço!!!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço