Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

EVOLUÇÃO REVOLUÇÃO - Conectai-vos com o vosso Ponto Zero Interior – Visão Mensal de Abril Mensagem de Dana Mrkich, 06 de Abril de 2011

Então não basta que tenhamos os Arautos da Calamidade a tentar convencer toda a gente de que nos estamos a aproximar do fim do mundo, (aparentemente, eles são incapazes de compreender que existem ciclos do calendário de longe superiores ao nosso ciclo familiar de 365 dias e que, tal como começamos um novo ciclo do calendário a cada 1 de Janeiro, começamos do mesmo modo um novo ciclo a cada 5.200 anos, e a cada 26.000, tal como estamos prestes a começar agora. E que, tal como o mundo não acaba a 31 de Dezembro, não acaba de cada vez que chegamos ao fim de um longo ciclo de calendário!) Agora, nós temos também aqueles em Negação aparecendo no extremo oposto, a dizer basicamente que não há nada a acontecer, absolutamente nada, nada para ver aqui, gente, ide em frente.


Hoje vi uma parte de um vídeo de um blogue de um autor bem conhecido que dizia que os Maias simplesmente não concluíram o seu calendário, do género deixaram um livro meio acabado e que, nesse caso, não existe significado algum na data de término!! Na realidade, eles acabaram o calendário e existe um enorme significado na quantidade específica de dias abrangidos no que eles designam por a sua Longa Contagem. Trata-se de um calendário muito preciso que incorpora o sistema estelar Pleidiano do qual o Sol é uma parte, e o movimento da nossa Terra relativamente ao nosso Centro Galáctico e Equador. São tão precisos nos factos que sabiam o momento exacto em que a Terra estaria alinhada com um ponto no espaço que os Anciãos referiam como um “cruzamento” e um ponto de despertar espiritual. Sabiam precisamente quanto tempo seria necessário para chegar a esse ponto. Sabiam exactamente que um ciclo à volta da nossa Galáxia Espiral demora 5.200 anos e que, a cada aproximação de 26.000 anos, nós iríamos experimentar a conclusão de um Grande Ciclo, correspondendo à Precessão dos Equinócios (oscilação da Terra que altera a direcção do seu Eixo Polar).

 

Nós estamos nesse ponto agora! Com certeza que é tudo muito complexo, desta forma está bem que não o compreendamos, mas sugerir que a vida irá continuar como normalmente, talvez numa tentativa de reduzir o medo, está a perder uma grande oportunidade de ser um participante consciente, activo na transformação da nossa Terra e formas de viver.


A negação da Mudança parece ter origem no mesmo medo da mudança que os Profetas da Desgraça possuem. Os que a negam não querem ver sinais do Inverno, enquanto os Profetas da Desgraça estão cegos para a Primavera que se aproxima. Ambos devem, deste modo, ter medo que o Inverno signifique um término permanente da vida em vez de reconhecerem que os ciclos naturais da vida asseguram que nós evoluímos e não que estagnamos. Precisamos de amar, de aceitar e abraçar todas as fases deste ciclo. Sim, a Terra está a tremer, e sim, muito vai colapsar, mas nós não chegámos até aqui para nos sentarmos e chorarmos entre os escombros pela nossa realidade perdida. Agora é hora de sermos como a mítica Fénix que no final da sua longa vida constrói um ninho para si e o incendeia. Ela emerge das suas próprias cinzas como um novo ovo, pronto para renascer e viver uma nova longa vida. A beleza desta história é a de honrar graciosamente os ciclos naturais. Ela não vê o seu final ardente como um fracasso, ela sabe simplesmente quando é o momento de “trocar de corpo”. Ela não teme acabar uma vida, porque ela sabe que uma vida nova a aguarda. Tal como a Primavera e o amanhecer se seguem aos invernos e às meias-noites, também um novo ciclo se seguirá ao velho. Tal como a transformação de uma estação para outra não acontece de um dia para a noite, também o nosso ciclo evolutivo não irá acontecer da noite para o dia nem num determinado dia. Está a acontecer agora mesmo, e negá-lo ou temê-lo é meter as nossas cabeças na areia durante uma das mais espectaculares transformações que alguma aconteceu a um planeta com uma humanidade de 7 bilhões a transformar-se junto com ele.


A Terra está, literalmente, a largar a sua pele como uma cobra, deitando fora a sua antiga vibração e renascendo para a sua nova vibração. Mesmo cada único evento que ocorra neste momento que pareça como um colapso ou destruição é uma enorme chamada de oportunidade para nós. Enquanto nos apressamos para reconstruir as casas demolidas pelos terramotos e inundações, vamos re-construir nas mesmas velhas formas ou vamos aproveitar esta oportunidade para construir sustentavelmente as casas da rede usando energia renovável limpa e matérias reciclados? Consoante testemunhamos a fusão dos reactores nucleares no Japão, vamos ouvir os políticos a tentar convencer-nos de que as instalações nucleares ainda são essenciais e de baixo-risco, ou vamos escutar os nossos corações que nos estão a alertar sobre os riscos das mesmas em relação aos seus benefícios, e que temos fontes alternativas de energia de risco zero para a saúde de todos os seres vivos deste planeta. Estou cansada dos governos e das corporações vendendo o bem-estar da humanidade por dinheiro! Eles fazem-no com as guerras, com as farmacêuticas, com os químicos tóxicos, já basta!


À medida que a Terra larga a sua pele, nós estamos a sentir mudanças na nossa magnetosfera, no campo protector do nosso planeta a partir do clima espacial. Assim, estamos a sentir-nos cada vez mais afectados pelas Erupções Solares e pela entrada de frequências do Centro Galáctico. Ultimamente, vós podeis sentir-vos atordoados, delirantes, como se fosseis um pedaço do vosso corpo e não o bastante “com ele”, podeis sentir que precisais de vos sentar ou encostar no carro, podeis sentir dores de cabeça ou enxaquecas e parecer como se precisásseis de vos deitardes mais regularmente. Em cima de tudo isto, podeis estar altamente sensíveis aos movimentos da Terra à medida que ela atravessa as suas Mudanças e altamente empáticos às Mudanças que estão a ser sentidas pelos vossos irmãos e irmãs à volta do mundo, enquanto eles atravessam as suas turbulências pessoais e comunitárias. Deste modo, podeis estar mais emocionais do que o costume, chorando intensamente, sentindo-vos tristes e deprimidos. A teoria é que as mudanças na nossa magnetosfera vão continuar até que cheguemos ao Ponto Zero, momento em que vamos ficar literalmente expostos ao clima espacial e, assim, às frequências do Centro Galáctico. Diz-se que, nesse momento, teremos a oportunidade de ter os nossos véus completamente retirados de nós, de termos as nossas mentes abertas, de termos um momento de sabermos tudo, de nos lembramos de tudo. Se haveis visto o filme Sem Limites, estou a imaginar que seria algo do género mas ainda melhor, e sem drogas! Como podeis imaginar, ser constantemente influenciados por estas mudanças, juntamente com um momento de alteração da realidade de elevada consciência que vira tudo o que haveis pensado ser verdade de cabeça para baixo, é o suficiente para tornar uma pessoa louca – a não ser que estejais afinados com o vosso Ponto Zero pessoal.


E é onde parece que estamos neste momento. A mensagem mais forte agora parece ser “encontrai o vosso Ponto Zero interior e aprendei como ligar-vos com ele e permanecer nele.” O que é o Ponto Zero interior? É um espaço no qual vos sentis Centrados em Quietude. É simultaneamente calmo e enérgico, sentis-vos conectados com o centro da Terra e com o coração do grande Sol Central, sentis-vos conectados com o vosso próprio Eu interior autêntico e a Fonte de Energia. Sentis-vos protegidos e sabeis que, não importa o quê, ficareis bem – quer neste corpo quer sem este corpo. A vossa alma é poderosa e continua a viver não importa o que aconteça.


Neste lugar de Espaço Zero interior, não existe medo pois não há nada a temer. O medo é simplesmente a cabeça a afastar-se da Fonte, do Amor, da Consciência, da Verdade. Estardes no vosso Ponto Zero é estardes altamente conscientes de tudo, contudo não reagirdes erraticamente como um daqueles bonecos insufláveis que balançam para cá e para lá em reacção a cada soco. Esta tendência emocional de reagir aos eventos externos na nossa casa ou no outro lado do mundo é algo que nos torna humanos, no entanto, quando não estamos conectados com o nosso Ponto Zero interior, as nossas reacções são erráticas e fazem-nos, muitas vezes, sentir inúteis e impotentes. Quando estamos conectados com ele, podemos observar o que está a acontecer e sentir de uma forma hiper consciente qual é a melhor coisa a fazer em cada determinado momento. Estardes no vosso Ponto Zero não é estardes entorpecidos ou em apatia. A partir dele estais no vosso Poder e ligados ao Poder Superior. Não temeis o colapso porque já não o olhais como destruição, em vez disso sabeis que ele é parte do processo de renascimento e rejuvenescimento. Com a crescente quantidade de mudanças políticas e sociais da Terra em tumulto ao redor do planeta, é muito importante que cada um de nós saiba como ligar-se ao Ponto Zero interior e viva nesse espaço tanto quanto possível. Podemos ficar loucos a ler páginas da internet que nos dizem que este país está seguro, que aquela área não, para irmos para uma montanha alta, começarmos a armazenar alimentos, etc, mas a orientação certa será diferente para cada pessoa. A partir do vosso Ponto Zero interior, sereis intuitivamente guiados para o que está certo para vós. Se precisardes de vos mudar, ireis senti-lo. Se tiverdes uma necessidade urgente de plantar vegetais e árvores de fruto, fazei-o. Se tiverdes a intuição de colocar um cristal em algum lado na Terra, fazei-o. Enquanto certos eventos precisam de acontecer durante este processo de transformação, nós não temos que viver este período apavorados num estado de turbulência. Podemos passar por ele com calma, graça, poder e pensamentos e acções positivos. Certamente que a população do Japão nos mostrou que esta abordagem é possível, ainda que nas piores circunstâncias.


A partir do nosso Ponto interior Zero podemos usar os nossos poderes de intenção e de manifestação para o bem superior de forma consciente. Podemos visualizar uma Nova Terra, uma nova realidade para a humanidade, uma que seja baseada na verdade maior, harmonia, autenticidade e liberdade. Podemos dizer adeus ao medo e ao torpor que nos manteve presos na antiga ilusão em que a verdade estava escondida. Muito fundamentalmente, podemos praticar o discernimento. O que soa verdadeiro para vós? O que ressoa? O que não? À medida que a luz recebida bombardeia o planeta nos próximos 20 meses, podeis apostar que as energias “mais escuras” se elevarão como nunca vistes antes. Os guardas das prisões não gostam de facto de ver as suas fontes de poder (nós) voar da prisão! Assim, nada me iria surpreender. Tudo para tentarem manter as pessoas no medo e no terror. Usai o vosso discernimento quando ouvirdes qualquer coisa nos meios de comunicação. Perguntai-vos, isto parece verdade? Não sintais que estamos aqui numa batalha da Luz e do Escuro, pensai antes nisto como uma Libertação dos Povos à medida que finalmente VEMOS tanto a luz como a escuridão e somos, assim, libertados. Aquilo que está escondido da vista (quer a luz como a escuridão) tem-nos mantido reprimidos e controlados. À medida que a verdade é revelada, nós tornamo-nos livres, seres capacitados que podemos começar verdadeiramente a ser os co-criadores conscientes da nossa realidade.


Sendo assim, como alcançamos o nosso Ponto Zero? Cada um tem uma forma diferente que funciona para si. Conectar-vos com este ponto significa essencialmente encontrardes uma maneira pela qual possais aceder instantaneamente àquele lugar profundo de quietude e felicidade durante meditação. Não podemos andar à roda a meditar com os olhos fechados o dia todo, nem ter tempo para uma meditação de 20 minutos quando nos encontramos no meio de um terramoto! Quereis saber como vos ligardes instantaneamente e viverdes ligados no vosso Ponto Zero. Para os que acham as palavras e afirmações poderosas, podeis dizer diariamente algo como “Eu estou conectado com o meu Eu Superior. Eu estou conectado com a Fonte superior da Verdade, Amor e Luz. Estou conectado com o Núcleo e Coração da Mãe Terra. Estou alinhado com o meu melhor eu possível, a melhor realidade possível e o melhor movimento possível de evolução”. Ou podeis encontrar outras palavras que pareçam bem para vós. Não precisais de usar as palavras “Ponto Zero Interior”, a menos que elas ressoem convosco de forma particular – não há qualquer tipo de nome oficial para ele, são apenas palavras que eles usaram para descrever o ponto ao qual todos precisamos de nos ligar neste momento interiormente. Se gostais de vos ligardes com a respiração, usai a respiração para isso, talvez centrando-vos no vosso Plexo Solar. Se conseguis visualizar, poderá haver um símbolo ou imagem que vos leve instantaneamente para esse lugar em que estais fora do drama e na zona de Tudo O Que É. Algumas pessoas ressoam muitíssimo com as palavras Eu Sou, ou Om Namah Shivaya (Eu curvo-me perante a minha verdadeira identidade/eu interior). Não existe uma forma, existem muitas formas. Usai a que funciona convosco!


À medida que a nossa Fénix colectiva renasce das cinzas, a verdade irá ser revelada, a nossa vibração e consciência serão elevadas e começaremos a viver verdadeiramente como se nascêssemos de novo. Para alguns isto já aconteceu realmente e, se estais neste grupo, já sentis um estado de calma, paz e consciência superior mais dias do que não o sentis. Para os outros ainda no canal de parto, por assim dizer, sabei que esta realidade maior é a vossa realidade destinada. Conectai-vos com o vosso Ponto Zero interior e amai-vos muito. Deixai que este seja a vossa autoridade e guia supremos. VÓS sois a vossa própria autoridade suprema e guia definitivo.


-o--=-oo000oo-=--o-


© Dana Mrkich 2010. É concedida permissão para partilhar este artigo livremente na condição de que o autor seja creditado, e o URL www.danamrkick.com incluído.


Tradução: Ana Belo

 

Publicação: "Mi Anrim", em 10/04/11.

 

/mg.

Exibições: 59

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de José Ricardo Rocha em 12 abril 2011 às 21:10
Acreditar sem se desesperar, se preparar emocional, física e espiritualmente esperando pelo que há de vir confiando mais em nossa intuição e menos nos nossos instintos primais, independentemente do calendário, a condição degradada é uma realidade que só faz crescer a nossa necessidade de nos aprimorarmos e orarmos. Mas precisamos da purificação, separar o joio do trigo para que possamos colher uma bela safra e seguirmos então no caminho de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço