Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar


Deus lhes impõe a encarnação com o fim de fazê-los chegar à perfeição. Para uns é expiação; para outros, missão. Mas para alcançarem essa perfeição, têm que sofrer todas as vicissitudes da existência corporal: nisso é que está a expiação” (O Livro dos Espíritos – pergunta 132).


O Espírito da Verdade ensinou que o fundamento de uma encarnação é levar o ser a atingir à perfeição. O caminho para essa elevação se dá de duas formas: por missão ou expiação. Missões são trabalhos pedidos pelo ser, para executar quando na carne e veremos depois. Expiação é algo pouco entendido pelo ser humanizado e por isso vamos falar dela agora. 

Diferente do que se pensa na Terra, vicissitude não quer dizer pagar por atos cometidos anteriormente vivenciando sofrimentos. O vocábulo vicissitude é definido no dicionário como “mudança ou variação das coisas que sucedem” (Mini Dicionário Aurélio). Portanto, a expiação consiste na mudança ou sucessões de acontecimento na vida de um ser e não no simples pagamento de uma pena.

Sendo assim, como expiar sem que os acontecimentos alterem-se constantemente? As variações dos acontecimentos (hoje está tudo de acordo com o que o ser humanizado quer, outro dia não) não são atos praticados por outros para feri-lo, magoá-lo ou contrariá-lo. É Deus, Causa Primária de todas as coisas, que comanda essas variações, pois elas são o fundamento da existência.

O ser que imagina que vem à matéria carnal para ter uma vida estável, ou seja, para passar apenas por situações que lhe são confortáveis, certas, justas, nega-se a expiar seus atos anteriores. Não cumprindo um dos fundamentos da encarnação, não alcança a perfeição, objetivo primeiro da existência carnal do ser universal.

O errado é uma vicissitude, uma variação do certo do ser, que deve ser vivenciada pelo espírito para alcançar à perfeição. Da mesma forma o sujo, o feio e o desarrumado são variações de limpo, bonito e arrumado e por isso são só vicissitudes e não ações praticadas por outros seres humanizados. 

Todas as situações que o ser humanizado qualifica, portanto, espiritualmente falando não são atos praticados por outros seres, mas comandadas por Deus, Causa Primária de todas as coisas para criar a vicissitude necessária para se chegar à perfeição. Mas, mesmo materialmente falando, não podemos atribuir a origem das ações qualificadas por um ser humanizado como sendo provenientes de outro ser. 

As qualificações que o ser humanizado vivencia durante a vida nascem das verdades individuais do ser. Ou seja, alguma coisa só pode ser considerada errada se houver um certo diferente do que está acontecendo. Este certo está dentro de quem está qualificando aquilo como errado. É, portanto, o padrão de certo que cria o errado...

Assim, se um dos objetivos da encarnação é passar pelo errado sem apontar erros, é necessário que o ser humanizado abandone os seus padrões. Enquanto eles estiverem presentes não haverá como se atingir à perfeição.

O espírito não vem à carne para atingir o gozo do seu querer, mas para amealhar bens no céu, ou seja, suportar as vicissitudes da existência material. Apegar-se aos conceitos (o que acha certo) como leis, cujo cumprimento é necessário para a felicidade é negar a existência da expiação.

Todas as situações de uma existência onde os desejos do ser não são contemplados, são uma vicissitude para ser suplantada com o objetivo de atingir á perfeição. O desemprego, a falta de bens materiais ou a ausência de saúde são instrumentos da elevação espiritual e não acontecimentos de uma vida que ocorrem motivados por outrem, pelo destino, pelo azar ou pela sorte. Portanto, o ser humanizado precisa vivenciar estes acontecimentos. 

Reclamar deles, desejar que eles não existissem ou até mesmo orar a Deus pedindo a suspensão da expiação é negar-se a passar pela vicissitude que pode levar à perfeição. Aliás, se este é um dos objetivos da encarnação, quer dizer que um dos fundamentos da existência carnal do ser consiste-se nesse aspecto. Se não houvesse vicissitudes, ou seja, não houvesse variação do querer do ser, não existiria caminho para a perfeição.

Passar por essas situações mantendo a fé (confiança e entrega absoluta a Deus) é o caminho que leva o ser à perfeição. Foi para passar por esses momentos que ele veio à matéria carnal e, por isso, o Amor Sublime de Deus não deixará de causar essas etapas na sua vida. Não fazê-lo poderia proporcionar ao espírito a chance de acusar a Deus de não lhe ter dado o que precisava.

O Amor divino se apresenta na vida do ser humanizado justamente no momento em que Ele faz o que é preciso para que este ser evolua e não simplesmente dar o que ele deseja. Deus gostaria de contentar o espírito lhe dando o que deseja, mas sabe que esse caminho não leva à elevação espiritual (perfeição). Como um pai material, que utiliza todos os meios para que o filho compreenda a necessidade de fazer o que deve e não o que quer, Deus causa os acontecimentos que contrariam o ser (vicissitudes), pois sabe que isso é importante para o seu futuro.

Na verdade, Deus é obrigado a agir dessa forma não por desejo próprio, mas porque o filho reluta em buscar a sua elevação. Todas as vicissitudes nascem de um momento onde o ser buscou a sua satisfação individual e não amou a Deus acima de todas as coisas. Se o espírito não houvesse se apegado às qualificações que possui para as coisas em situações anteriores, ou seja, abrisse mão dos seus desejos, jamais o Pai teria que agora gerar uma vicissitude.

É Justiça Perfeita que dá a cada um de acordo com as suas obras. Todas as situações que o espírito não consegue alcançar a felicidade são causadas por situações anteriores onde preferiu buscar o prazer individual. Elas não nascem do desejo do Pai, mas da justa reação a um apego aos seus padrões em ações anteriores.

A perfeita compreensão sobre a vicissitude consiste-se, portanto, em entender que vivenciá-la não quer dizer passar por necessidades pura e simplesmente, mas viver alterações constantes na vida. Entender que estas alterações não são provocadas pelas pessoas, objetos, sorte, azar ou destino, mas são situações necessárias para a evolução de cada um. Não são penas impostas por um juiz, mas a ação de um Pai que é Justiça Perfeita e Amor Sublime.


Fonte: Espiritualismo Ecumênico Universal - www.meeu.com.br

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço