Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

O.M. AÏVANHOV – 27 de novembro de 2010 Mensagem publicada em 30 de novembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS. E bem, caros amigos, estou muito contente por reencontrá-los neste espaço. Vocês sabem, …

O.M. AÏVANHOV – 27 de novembro de 2010

Mensagem publicada em 30 de novembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.

E bem, caros amigos, estou muito contente por reencontrá-los neste espaço.

Vocês sabem, nesse momento, tenho muito a fazer e eu desço, aliás, cada vez mais frequentemente entre vocês.

Então, caros amigos, primeiro, eu lhes apresento todas as minhas bênçãos e eu rendo Graças por sua Presença sobre a Terra e por seu trabalho nesse momento, concernente às peripécias que vocês vivem, não é?

Então, todas as minhas bênçãos os acompanham, as saudações dos Arcanjos, a saudação de muitas coisas e muitas Consciências Unificadas que se inclinam, nesse momento mesmo, sobre esta Terra e sobre esse sistema solar.

Como é meu hábito, eu venho entre vocês para responder aos seus questionamentos, se possível, hoje, concernentes às coisas magníficas que vocês estão vivendo.

Então, caros amigos, eu lhes dou a palavra.

Questão: confrontado a várias doenças, eu passei o verão a «morrer» e não é que, no momento em que me abandonei à Maria, eu fui curado? O que aconteceu realmente?

Caro amigo, há agora muitos anos que nós evocamos, uns e outros, os processos de transformação que vocês vivem atualmente.

Alguns de vocês, mesmo em alguns caminhos espirituais, têm dificuldade para apreender e para viver o que o Arcanjo Anael chamou o Abandono à Luz, quer dizer, para soltar e o fato de decidir, conscientemente, que o caminho necessitava, para vocês, para cada um de vocês, encarnados, deixar fazer a Luz em vocês.

Vocês foram, e nós fomos, todos, habituados a dirigir nossa vida, qualquer que fosse nosso caminho, com a ajuda do mental, a ajuda da personalidade e para decidirmos por nós mesmos o que nós desejávamos em nossa vida.

A irrupção da Luz Vibral conduziu a humanidade, e conduzirá cada vez mais a humanidade, ou para entrar na resistência à Luz, ou para aquiescer à Luz e é totalmente diferente.

Vocês sabem, no caminho espiritual tem-se o hábito de falar de Luz e os seres que estão no caminho, quaisquer que sejam as diligências, quaisquer que sejam os ensinamentos, qualquer que seja o que vocês vivem na vida, têm o hábito, nesses diferentes esquemas, de decidirem por si mesmos e, portanto, de serem seu “próprio mestre”, ou seja, decidir por vocês mesmos o que vocês queriam fazer em sua vida.

O paradoxo é que a Luz Vibral que se manifesta agora, que vai se manifestar cada vez mais intensamente na superfície desta Terra, necessita, de sua parte, que vocês se abandonassem à Luz, ou seja, que deve haver, de algum modo, simbólica e concretamente, uma dissolução, uma Crucificação do ego e da personalidade.

Então, os seres que estão nesse caminho para a Luz Vibral, eu falei que a Luz vinha iluminar as zonas de sombra.

Até o presente era fácil colocar a poeira ou as zonas de sombra sob o tapete.
É como se, de um dia para outro, não houvesse mais tapete.
Portanto, somos obrigados a perceber, a sentir, para aqueles que estão encarnados, as zonas de sombra e, portanto, as zonas de sombra são apenas os medos e as resistências.

Alguns seres humanos, efetivamente, passaram por provas importantes que têm apenas um único objetivo, fazê-los abandonar-se à Luz.

Então, este Abandono à Luz pode tomar diferentes aspectos.
Ou é o Abandono puro à Luz Vibral, ou é representado por um arquétipo ou por uma Consciência Unificada.

Maria é uma, é claro.

A partir daquele momento, e unicamente a partir daquele momento, toda doença pode desaparecer quase instantaneamente.

Mas atenção, eu não disse que é preciso fazer isso esperando que a doença desapareça, porque vocês não podem trapacear com a Luz.
É preciso realmente realizar esse mecanismo de basculamento, que vai fazer com que, estando abandonado à Luz, todas as zonas de sombra que se iluminam serão transmutadas pela Luz Vibral e, portanto, provocar uma cura ou uma transformação importante de tudo o que fazia os problemas, as perturbações, seja ao nível da cabeça, como do corpo.

Portanto, caro amigo, o que você viveu ilustra perfeitamente esse processo de Abandono.

Cada um o vive, hoje, em diferentes níveis, é claro.

Lembram-se das palavras do Cristo: “Ninguém pode penetrar o reino dos Céus se não voltar a ser como uma criança”.

Uma criança vive no instante, ela está sujeita à instantaneidade da vida, ela está sujeita, também, infelizmente, com os pais, a uma autoridade exterior.

Hoje, vocês devem viver esta Criança Interior.

É a Crucificação, não é?
É a passagem do ego ao Coração, é o Abandono à Luz, é a passagem do 3º chacra ao 4º chacra e vocês vivem, todos, isso, e vocês são chamados a vivê-lo.

Portanto, cabe a vocês saberem se resistem ou se vocês se abandonam.
Há somente dois esquemas ou dois caminhos possíveis.

Eu evoquei (mesmo se isso pôde chocar, mas não há nada de chocante aí) que lhes será feito a cada um de acordo com sua Fé.

Vocês não podem pretender a Luz Vibral e deixar a personalidade dirigir sua vida.
É tão simples assim e, em função desse princípio, ou vocês irão para um princípio de prosseguir, eu diria, a vida em carbono, ou vocês irão para os princípios de vida que estão além do que se chamam as esferas em carbono, que vocês chamam a 5ª Dimensão etc.

Portanto, vocês são todos, individualmente e, agora, pode-se dizer, coletivamente, confrontados a isso.

Então, é claro, o ser humano sempre teve medo, há sempre em nós, quando se está vivo, certo número de medos que se manifestam: os medos de abandono, os medos de faltar, os medos de estar só, os medos disso, os medos daquilo.

Esses medos estão ligados, obviamente, ao mental, dado que Sri Aurobindo lhes disse que o medo não é você.

Vocês são identificados ao seu medo, mas, quando um medo chega, se vocês dizem: «tenho medo», vocês cristalizam ainda mais o medo.

O medo não é você.
O medo, ele é segregado, como ele disse, pelo cérebro antigo, pelo cérebro reptiliano, mas ele não está absolutamente inscrito ao nível de seu Princípio transcendente.

Portanto, vocês não são identificados aos seus medos e, portanto, esta desincrustação de seus próprios medos não se realiza pela vontade, não se realiza por qualquer anamnese ou qualquer mergulho em seu passado, mas realiza-se apenas através, efetivamente, do Abandono à Luz, ou seja, passar, e nós o repetimos inúmeras vezes, da lei de ação / reação para a lei de ação de Graça.

Vocês não podem depender das duas leis, é por isso que eu falei de separação.
Não é a Luz que separa, é claro, são aqueles que aceitam a Luz e aqueles que recusam a Luz.

Porque é uma coisa dizer: «eu quero a Luz» ou «eu tenho uma busca espiritual» ou «eu tenho vinte anos de caminho espiritual».

O processo que acontece agora, que foi impulsionado e iniciado pelas Núpcias Celestes, é completamente outra coisa, não é unicamente uma evolução ou uma pseudo evolução espiritual, é uma revolução total da Consciência, que passa de um aspecto fragmentado, dissociado, fechado, para um espaço aberto, empático e totalmente religado ao conjunto dos Universos e das Dimensões.

Mas vocês não podem pretender conservar sua personalidade com sua própria história, com seu próprio cenário de vida, qualquer que seja, e aceder à Luz.
É isso o Abandono à Luz.

Anael falou há dele há quase dois anos, mas, hoje, isso vai tomar, para aqueles que resistem ainda, uma acuidade muito maior.

Compreendam bem que não é a Luz que vai desencadear as doenças, é claro, mas são suas próprias resistências, seus próprios apegos aos seus modos de funcionamento passados, seus próprios apegos aos seus medos que desencadeiam a doença e absolutamente nada mais.

Portanto, para responder à sua questão, houve transmutação e, portanto, um Abandono à Luz.
Abandono à Luz é Graça.
O Abandono à Luz é cura total, corpo-alma (eu não diria Espírito, uma vez que ele jamais foi tocado), mas é a reconexão com a Luz de Quem vocês são, que realiza a cura, o que é, admitam, profundamente diferente do que querer a todo custo entrar na ação / reação: «eu tenho isso e portanto, vou reagir».

Apenas no momento em que vocês fazem como o Cristo: "Pai, que Tua Vontade se faça e não a minha", apenas naquele momento, a transmutação pode se viver.

Então, hoje, isso vai tomar aspectos muito mais imediatos do que no momento em que o Arcanjo Anael o evocou ou, para aqueles de vocês que o viveram, já, desde a primeira aproximação da Luz Vibral, em 1984, ou também com os Casamentos Celestes.

Vocês estão, eu creio que a palavra foi empregada em várias vezes, na iminência.

Não confundam, isso foi dito também, isso não quer dizer urgência.
Iminência é um sentimento Interior que leva a alma a se colocar as boas questões e a levar para a Consciência as escolhas definitivas, concernentes à sua evolução.
É isso o que vocês vivem nesse momento, e isso se reforçará, como eu o disse, dia a dia.

(CONTINUAÇÃO EM FASE DE TRADUÇÃO)

________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Exibições: 14

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço