Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Todos nós já sentimos o Divino Chamado do Amor em nossas Vidas, um convite para mergulharmos mais profundamente, para sermos mais, para brilharmos mais, para extrairmos mais Vida de nossos Corações – e Vida em Abundância, como já dizia o Grande Mestre! 

Que todos nós aceitemos, portanto,

o Divino Chamado do Amor!

 Compre Agora e Permita que “O DIVINO CHAMADO DO AMOR”

Revolucione por Completo a sua Vidahttp://bit.ly/o_divino_chamado_do_amor

*

 Livro Digital no Hotmart: https://go.hotmart.com/L5172655V (Promoção!)

 Livro Físico no Clube de Autores: http://bit.ly/o-divino-chamado-do-amor

(Com diversos formatos de acabamento!)

 

Vá, minha pequena!!

Vá, minha pequena!!

Minha Eterna Criança,
Coração de Esperança,
Que brinca e que dança
Nas cirandas da Vida!!

Saltite pelos mundos,
Brinque com o universo,
Faça das estrelas
Um bonito e brilhante adorno
A luzir por baixo de seus cabelos!
Ou quem sabe ainda
Um colar de pérolas
A enfeitar o seu pescoço,
A combinar com o seu olhar,
A fazer par com o seu sorriso!

Vá, minha pequena!!

O ingrediente do universo
Está em seu coração!!
Escuta-o, baixinho… bem baixinho…
Se possível prenda sua respiração:
Levante agora os seus olhinhos!
Não é o mesmo ritmo
Do brilho das estrelas?

Respire fundo agora,
Minha Eterna Criança!
Deixe a energia fluir!
Solte-se, liberte-se!
Voe na imaginação!
Derrame-se no Oceano da Vida!
Em nossa alma habita todos os seres
Em meio a cascatas e florestas,
Até nos pântanos e vulcões!!
E é por isso que nos sentimos
Tão bem quando estamos
Em contato com a natureza.

Cada canto de um passarinho
Ressoa em nosso corpo,
Cada miado de um gatinho
Vibra uma corda de nosso coração.
Tudo nos preenche de sensação.
Ponha a mão em meu peito, minha pequena,
Que nossos corações vão conversar
Como dois velhos amigos
Que têm tanto a se falar.
Schhhhh….
Faça silêncio agora…
Olhe com atenção
Que você vai perceber
O infinito acontecer!!

As formigas trabalhando,
Um prédio a nascer,
O milagre do arco-íris,
O encanto de ser.
Tudo fala, tudo ouve –
Se bobear até as pedras
Guardam um desejo
No fundo de seu coração.

Olhe aquele gatinho, minha pequena,
Já reparou que ele nos olha nos olhos?
Que ele sabe que vemos pelos olhos?
Como você acha que ele aprendeu isso
Se ninguém nunca lhe contou?
Você ri, minha criança,
Mas como ele sabe que não vejo,
Sei lá, pelo umbigo…?
Não ria, isso é sério,
Muito sério,
Sério como o seu sorriso
E o cristalino som de sua risada!

As florestas são o nosso jardim,
Minha doce criança.
Os mares, a nossa piscina,
A terra onde pisa nossos pés
É a mão de Deus que nos sustenta,
Enquanto saltitamos e cantamos
Fazendo música com as cores
E sonhando com as melodias.
É Ele quem nos vela
Em cada flor e em cada esquina,
Mesmo que por vezes
Possamos nos sentir
Cercados de concreto.

Contemple as belas coisas, minha pequena,
Confunda-se com a imensidão –
O céu, o mar ou até uma constelação.
Corra em espírito mesmo que você esteja
No aperto de uma lotação!
Você ri, criança!!
Olha que vou lhe fazer cócegas!
Até você cansar!
Até você pedir chega!
Até você dormir
Com um sorriso nos lábios
Na esperança do amanhã.

Então cobrirei o seu corpo,
Enquanto sua alma voa para as estrelas,
Brincando com os mundos
Como se fossem bolinhas de gude,
Cingindo o cinturão de asteroides
Em torno de sua roupa de super-herói.
Mas põe tudo no lugar, pequena criança,
Pois o mundo é como aquela brincadeira de dominó
Ou como um castelo de cartas:
O mundo é forte e frágil
Ao mesmo tempo,
Grande e pequeno
Assim como você,
Que cabe no meu colo
E é do tamanho do universo.

Vá, minha pequena!!

Dorme que o amanhecer
Já está chegando.
Durma, meu amor,
Que a Vida está esperando,
Levada e sapeca,
Repleta de vida.
Trouxe até algumas estrelas
Para brincar consigo.
Quem sabe Ela não deixa
Alguma para você,
Como um presente
Ao seu coração.

Sim, minha pequena
É verdade, me enganei.
Você não precisa de uma estrela,
Pois o som do universo
Pulsa dentro de você.
O gatinho dormiu,
As formigas se recolheram.
Venha cá… aconchegue-se em mim,
Me dê sua mão.
As estrelas vão nos cobrir
E o Sol nos despertar.
E pensar que o serviço deste hotel
É de graça, não é?
E ainda ganho um sorriso!
Sim, vamos dormir…
Pois no mundo há tanta poesia,
Que se não fazemos
Schhhhh… para ela…
Bem baixinho, bem baixinho,
Sequer dormir conseguiríamos.

Boa noite, meu amor.
Que você sonhe com os anjos!

Hoje e sempre.

Amém.

 

Sinopse

Uma mística e transcendente viagem para o âmago da realidade, desde o momento da difícil decisão do indivíduo abatido e solitário, imerso em brumas de ilusão e de sonho, desconectado de si e do mundo, até o seu voo final, digno e altaneiro, repleto de vida, poesia, amor e devoção. Um verdadeiro abraço às forças cósmicas, tanto às internas contidas no corpo e na alma, como também às externas existentes no mundo e no universo. Pois é do casamento entre todas as dualidades que poderá surgir uma nova humanidade, mais amorosa, mais compreensiva; uma humanidade que acolhe e aceita a todos, independentemente de suas crenças e valores, intuindo e constatando que a energia, a força anímica que organiza e impele a criação e a manutenção de todas as culturas e mesmo o movimento da humanidade em si, é uma só – e que está contida igualmente em cada corpo humano e em cada espécie animal e vegetal, o que torna tudo sagrado e repleto de sentido e significado.

Diante deste novo milênio que se inicia, a humanidade, altamente tecnológica e em crise, nos múltiplos âmbitos da vida e da sociedade, terá que aprender a integrar e a harmonizar seu coração com o mundo que o rodeia. Eis um momento de criação de pontes, de resgate do essencial que anima e vivifica todas as culturas, desde o começo dos tempos. Eis o momento do casamento cada vez mais pleno entre cultura e natureza, a fim de que possamos viver uma vida mais rica, criativa e sustentável.

Escrito em um estilo de alta voltagem poética, trata-se de um grito de liberdade, de um mergulho nas recônditas regiões da alma e do cosmos onde sonho e realidade, claro e escuro, vida e morte se buscam e se amalgamam como que tomados de um intenso desejo de um místico abraço, dando origem a uma transcendência real e vivaorgânica e cotidiana, que irrompe do coração para o mundo.

 

Vídeos Poéticos

Alguns dos poemas contidos neste livro, na forma de vídeos-poéticos! =)

http://marcelcervantesdeoliveira.com.br/index.php/videos-poeticos_o...

 

Informações Gerais

O Divino Chamado do Amor é uma republicação do meu primeiro livro de poemas, intitulado Poemas Místico-Filosóficos.

O livro possui 182 páginas e 35 poemas, todos de natureza mística e espiritualista.

No Clube de Autores, o livro físico possui diversos formatos de acabamento, o que altera o seu valor final.

Qualquer dúvida ou questão, sinta-se à vontade para me escrever: mco@marcelcervantesdeoliveira.com.br

 

Com amor e gratidão!

Marcel Cervantes de Oliveira

Exibições: 45

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço