Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

O Kitáb-i-Aqdas Diferentemente dos Livros Sagrados já abordados, Bahá’u’lláh (1817-1892), o Profeta fundador da Fé Bahá’í, o escreveu de seu próprio punho, junto com outra centena de obras, como o K…


O Kitáb-i-Aqdas

Diferentemente dos Livros Sagrados já abordados, Bahá’u’lláh (1817-1892), o Profeta fundador da Fé Bahá’í, o escreveu de seu próprio punho, junto com outra centena de obras, como o Kitáb-i-Iqán, As Palavras Ocultas e Os Sete Vales e designou o seu livro de leis como O Sacratíssimo Livro, O Kitáb-i-Aqdas, que pode ser considerado como a mais brilhante emanação de sua mente.

Filho de um ministro da Corte do Xá da Pérsia, tendo nascido em 12 de novembro 1817, na cidade de Teerã (Irã), Bahá’u’lláh, a exemplo dos Mensageiros de Deus que O procederam, teve a experiência mística de sua designação como Revelador da Palavra Divina em outubro de 1852, enquanto aprisionado na fétida masmorra de Teerã, chamada Siyáh-Chál (Cova Negra).

Daquele lugar sombrio ele escreveu:

"Fomos confinados por quatro meses em um lugar repugnante como nenhum outro. . . A masmorra estava imersa em espessa escuridão, e Nossos companheiros de prisão somavam aproximadamente cento e cinquenta almas: ladrões, assassinos e salteadores. Embora superlotada, não tinha nenhuma outra saída a não ser a passagem pela qual entrára-mos. Nenhuma pena pode retratar aquele lugar, nem língua alguma descrever seu odor fétido. A maioria daqueles homens não tinham roupas, nem sequer uma esteira para deitar. Só Deus sabe o que Nos sobreveio nesse mais nauseabundo e lúgubre dos lugares!"

Sendo seus seguidores condenados aos mais violentos atos de crueldade e perversidade, tais como serem explodidos em bocas de canhões, retalhados até à morte com machados e espadas ou forçados a marchar para a morte com velas acesas inseridas em feridas abertas em seus corpos, tentaram obriga-los a renegarem sua Fé em troca da sobrevivência: este era o cenário em que a Revelação Divina, uma vez mais, habitava um templo humano.

O primeiro sinal de sua missão como profeta foi alí recebido, em um momento em que sua morte parecia ser iminente. Ele descreve então aquele momento místico, o qual transformaria uma vez mais o rumo do destino humano, nestas palavras: Uma noite, em sonho, essas exaltadas palavras foram ouvidas de todos os lados: "Verdadeiramente, Nós Te faremos vitorioso por Ti mesmo e por Tua pena. Não lamentes pelo que Te tem sobrevindo, nem temas, pois estás em segurança. Em breve, Deus fará que se ergam os tesouros da Terra – homens que hão de ajudar-Te por Ti e por Teu Nome, por meio do qual Deus ressuscitou o coração dos que O reconheceram."

O Kitáb-i-Aqdas foi revelado em 1873, enquanto Bahá’u’lláh fora transferido para a casa de ‘Udi Khammár, na cidade-prisão de ‘Akká, Palestina. É um Livro que contém as jóias inestimáveis de sua Revelação, inculca princípios para o estabelecimento de uma Nova Ordem Mundial, prescreve a existência de instituições administrativas dessa mais recente Fé Mundial e se sobressai como um Livro único e incomparável entre as Sagradas Escrituras do passado. Shoghi Effendi (1897-1957) sobre a importância deste precioso Livro escreveu que "diferentemente do Velho Testamento e dos Livros Sagrados que o precederam, nos quais não existem preceitos efetivamente emitidos pelo próprio Profeta; diferente dos Evangelhos, nos quais os poucos ditos atribuídos a Jesus Cristo não fornecem um roteiro certo quanto à administração futura dos assuntos de Sua Fé; diversamente mesmo do Alcorão – o qual, embora explícito nas leis e preceitos formulados pelo Apóstolo de Deus, silencia sobre o assunto importantíssimo da sucessão – o Kitáb-i-Aqdas, revelado do começo ao fim pelo próprio Autor da Revelação, não só preserva para a posteridade as leis e preceitos básicos sobre os quais deverá assentar a estrutura de sua Ordem Mundial, mas também estabelece, além da função de interpretação que é conferida a seu sucessor, as instituições imprescindíveis à preservação e integridade e da unidade de Sua Fé." O Kitáb-i-Aqdas é descrito por São João no Apocalipse como "o novo céu" e a "nova terra", como "o tabernáculo de Deus", a "Cidade Santa", a "Noiva" e como "a Nova Jerusalém descendo de Deus." Neste Livro, destinado a ser a Carta Magna da futura civilização mundial, Bahá’u’lláh anuncia a Lei Suprema, proclama-se o Rei dos Reis, declara este Livro como "a Balança Infalível" estabelecida entre os homens. O Kitáb-i-Aqdas trata da sucessão, designando ‘Abdu’l-Bahá como sucessor de Bahá’u’lláh e intérprete de seus ensinamentos, antecipa a instituição da Guardiania e da Casa Universal de Justiça, estabelece as leis espirituais, morais e éticas, especifica as proibições, faz repreensões e advertências a governantes, a indivíduos e à coletividade.

Sobre o Livro, Bahá’u’lláh escreveu:

Não penseis que vos tenhamos revelado um mero código de leis. Não, mais exatamente, deslacramos o Vinho seleto, com os dedos da grandeza e poder. Disto, dá testemunho aquilo que a Pena da Revelação revelou. Meditai nisto, ó homens de discernimento! Este Livro é um céu que adornamos com as estrelas de Nossos mandamentos e proibições. Dizei, ó homens! Tomai-o com a mão da resignação . . .

Por Minha vida! Foi enviado de uma maneira que pasma as mentes dos homens. Na verdade, é o Meu mais momentoso testemunho a todos os povos, e a prova do Todo-Misericordioso para todos que estão no céu e na terra. Por Minha vida, se soubésseis o que desejamos para vós ao revelar Nossas sagradas leis, ofereceríeis vossas almas por esta sagrada, poderosa e sublime Causa.

Sempre que Minhas leis aparecem como o sol no céu de Minhas palavras, devem ser obedecidas fielmente por todos, ainda que Meu decreto seja de tal natureza que faça romper-se o céu de cada religião. Ele age do modo que seja do Seu agrado: escolhe, e ninguém pode questionar Sua escolha. Qualquer coisa que Ele o Bem-Amado, ordene, isto é, em verdade, amado.

O Kitáb-i-Aqdas tem uma linguagem direta ao espírito humano, firme como um rochedo, inebriante como uma fragrante rosa, belo e enternecedor como um pôr-do-sol, amplo como um oceano. Concede vida aos mortos espiritualmente, sacia a sede dos peregrinos em busca da Presença de Deus, o Bem-Amado.

É, a um tempo, uma dádiva para nossa civilização, despontando como a fonte da autoridade moral para uma Nova Ordem em um momento em que a família humana encontra-se gravemente enferma e infeliz por ter se afastado de Deus por tão longo tempo.

Neste Livro, está escrito:

Não vos lamenteis em vossas horas de provação, nem nelas regozijeis; procurai o Caminho do Meio que é vos lembrardes de Mim em vossas aflições, e reflexão sobre o que vos possa advir no futuro. Assim vos informa Aquele que é o Onisciente.

Casai-vos, ó povos, para que apareça de vós quem faça menção de mim. . . .

Sois apenas vassalos, ó reis da Terra! Apareceu Aquele que é o Rei dos Reis, adornado em Sua mais maravilhosa glória, e vos convoca a Si Próprio, o Amparo no Perigo, O que Subsiste por Si.

A verdadeira liberdade consiste na submissão do homem a Meus Mandamentos, embora isto pouco vos seja sabido. Fossem os homens observar o que Nós lhes mandamos do Céu da Revelação, eles atingiriam, com toda a certeza, a liberdade perfeita.

Associai-vos a todas as religiões com amizade e concórdia, para que possam inalar de vós a doce fragrância de Deus.

O equilíbrio do mundo foi alterado através da influência vibrante desta nova e mais grandiosa Ordem Mundial. A vida regulada do gênero humano foi revolucionada por meio deste Sistema único, maravilhoso – cujo igual jamais foi testemunhado por olhos mortais.

O Kitáb-i-Aqdas é o mais recente livro sagrado da humanidade, revelado em árabe em meados do século passado. Ficou acessível ao Ocidente no ano de 1993 através da tradução para o inglês, a partir da qual rapidamente procedeu-se à tradução para inumeráveis outros idiomas, inclusive para a língua portuguesa.

Exibições: 58

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de léa cristina em 24 janeiro 2009 às 23:08
Muito boas essas informações sobre os livros sagrados minha querida.
Vou lendo aos poucos rsrsrs são muito valiosas mesmos essas informações.
Obrigada por compartilhar.
bj no coração

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço