Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Pai Joaquim de Aruanda - A NECESSIDADE DE LIBERTAR-SE DAS POSSES

Joaquim: Sei que para vocês a argumentação que a mente cria gera uma validade para se possuir sentimental, moral e materialmente os objetos deste mundo, mas isso não é real. Todas as possessões que a mente cria tem apenas o objetivo de municiar o pensamento com elementos que possam proporcionar uma vitória ou uma derrota. A crença na validade destas argumentações só existe por causa da força de maya, que transforma o ilusório em real.

Sendo a busca pela vitória uma característica de todas as mentes, quando a sua idéia se transforma em palavras e elas chegam a quem você está se relacionando, são recebidas como um ataque frontal. Motivado pelo mesmo anseio, esta pessoa reagirá contra atacando. Com isso acaba a harmonia e a paz que compõem a felicidade que Deus tem prometido. Por isso afirmo que as posses são aquilo que levam o ser humanizado a não viver a felicidade que Deus tem prometido. Libertar-se delas, portanto, é o caminho para a elevação espiritual e por isso deveria ser o objetivo de todo espiritualista. Mas, infelizmente não é assim que eles vêem o trabalho da reforma íntima.

Iludidos pela mente que gera as possessões os espiritualistas acham que sabem como alcançar a sua recompensa espiritual. Acham que basta apenas conhecer os ensinamentos da Bíblia ou de outros livros sagrados e praticá-los, mas só isso não basta. Isso porque o conhecimento obtido através da leitura destes ensinamentos possui uma compreensão fundamentada nas posses.

Tudo que o ser humanizado acredita como aplicação dos ensinamentos dos mestres da humanidade é criado pela mente e por isso é gerado de forma a defender um interesse próprio. Como estes interesses estão fundamentados nas possessões humanas, o sentido criado para a aplicação dos ensinamentos dos mestres é falso por natureza.

Nenhum mestre defendeu a posse humana. Pelo contrário, Cristo ensinou que não se serve dois senhores ao mesmo tempo. E disse mais:

“Não ajuntem riquezas neste mundo, onde as traças e a ferrugem destroem e onde os ladrões arrombam e roubam. Ao contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem arrombar e roubá-las. Pois, onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês”. (Mateus, 6, 19 a 21)

A riqueza no céu é a harmonia, a paz e a liberdade, ou seja, a vivência da felicidade que Deus tem prometido. Para vivê-la é preciso libertar-se do anseio humano, ou seja, do anseio de possuir material, moral ou sentimentalmente as coisas. Para realizar este trabalho de libertação é que o espírito encarna, ou seja, sofre as vicissitudes da vida humana. Sem isso ele não consegue a elevação espiritual que o leva a vivenciar o amor de Deus.

Sendo tudo isso verdade, o normal seria que um espiritualista não defendesse a sua felicidade terrestre ou a de seus filhos, não é mesmo? Mas é assim que eles agem? Vamos ver isso…

Entre as Bem Aventuranças Cristo afirmou: “Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês…” (Mateus, 5, 11). Repare, ele não disse se, mas quando. Isso quer dizer que ser perseguido, caluniado e insultado é necessário para a elevação espiritual. Será que os seres humanizados oram a Deus pedindo para que isso aconteça com eles ou seus filhos? Claro que não…  Movidos pela defesa de suas posses, os seres humanizados esperam ter uma vida onde eles possam ganhar e assim ter o prazer, o reconhecimento e o elogio.

Será que os espiritualistas vivem com suas propriedades privadas como ensinado pelo Espírito da Verdade?

“881. O direito de viver dá ao homem o de acumular bens que lhe permitam repousar quando não mais possa trabalhar? Dá, mas ele deve fazê-lo em família, como a abelha, por meio de um trabalho honesto e não como egoísta”.

Será que, como abelhas, colocam suas propriedades à disposição do próximo ou as cercam com muros altos e dispositivos de segurança para não franqueá-las? Será que acreditam no compartilhar gratuitamente os conhecimentos que receberam ou acham justo receber pela transmissão destes ensinamentos?

Volto a dizer: não estou atacando ninguém… Não estou acusando ninguém de agir errado. Como já falei em outras vezes, o trabalho de cada um para a sua elevação não pode ser constatado pelos seus atos, mas pela maneira de relacionar-se com aquilo que a mente cria. Por isso, quando falo desse jeito estou apenas alertando aos espiritualistas para que tenham atenção plena nos seus pensamentos e não compactuem com a posse que está implícita neles.

O desejo de possuir as coisas deste mundo quer moral, sentime

Exibições: 13

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço