Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

 Mensagem de Jennifer Hoffman 
 7 de Maio de 2012
Sabemos que a nossa realidade é da nossa inteira responsabilidade. O que está nela, como ela se revela, o que criamos e o que permitimos, toleramos e aceitamos, refletem como usamos a nossa energia na criação de cada etapa da nossa jornada de vida.Mas expandimos a definição e o alcance da responsabilidade para incluirmos outro aspecto que torna uma luta e um fardo, ao ponto em que estamos dispostos a abrir mão do nosso poder, porque não podemos enfrentar a responsabilidade que achamos que o acompanha. O aspecto que adicionamos à responsabilidade é a obrigação, e é um aspecto do paradigma do curador martirizado e um pesado fardo, de fato.

Quando confundimos a responsabilidade com a obrigação, acreditamos que somos solicitados a não somente vermos e sentirmos a energia, mas também termos que transformá-la. E, até certo ponto, isto é verdade. Estamos aqui para transformar a energia, mas é a nossa energia que precisamos transformar, não a dos outros. Estamos aqui para nos fortalecermos e sermos um exemplo da luz de Deus. A crença na obrigação nos inspira, literalmente, a assumirmos os pecados do mundo e a transformá-los em bênçãos. E, então, a assumirmos as energias dos outros e abençoá-las, também. Assumimos, então, a opinião de todos e tentamos nos tornar responsáveis por provar que estão errados. E, em algum ponto, simplesmente paramos, porque é muito difícil e nos sentimos impotentes.

A responsabilidade tem a ver com a forma como interagimos com a energia, e temos duas opções, reagirmos ou respondermos. Quando reagimos à energia, conectamo-nos em seu nível e então tentamos transformá-la a partir deste espaço. É aí que vem a obrigação, porque quando sentimos uma energia com que não estamos confortáveis, sentimos a obrigação de mudarmos para algo com que possamos nos alinhar, ainda que não seja adequado, com que não estejamos confortáveis ou que não esteja em integridade conosco. Assim, começamos a diminuir a nossa própria energia, pouco a pouco, até que tenhamos perdido a conexão com o nosso próprio poder. É assim que então agimos como curadores martirizados, abandonando lentamente o nosso poder, para que possamos nos sentir como se estivéssemos fazendo progresso em nos conectarmos com a cura e com o mundo.

Quando respondemos à energia, permanecemos em nosso próprio nível de vibração energética, enquanto decidimos se queremos ou não fazer uma conexão com outras energias. Não nos sentimos obrigados a fazer nada e sabemos que quando não agimos com o nosso desejo de transformar outros, eles têm uma escolha de se unirem a nós em nosso nível e se fortalecerem. Os novos portais energéticos que estão se abrindo ao nosso redor podem nos fazer sentir uma obrigação de fazermos imensas mudanças em nós mesmos e nos outros. Estão se sentindo oprimidos pelo que vêem como suas obrigações para mudar o mundo? Há alguns aspectos do seu curador martirizado que estão transformando a sua responsabilidade em obrigação? Esta é uma oportunidade para fazer uma pausa, encontrar o seu centro energético e resplandecer intensamente a sua luz, para que vocês respondam, ao invés de reagirem e assumirem a responsabilidade pelo que podem controlar: seu caminho de cura, sua conexão, seu poder e a sua jornada da ascensão.

 

Traduzido por: Regina Drumond –reginamadrumond@yahoo.com.br

George Harrison - Give Me Love (Tradução)

Exibições: 1209

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Glaúcia Maria da Cunha em 13 maio 2012 às 2:42

Adorei.Grata...

Comentário de Berenice Setti Rosa em 10 maio 2012 às 18:58

Namastê!!!!

Comentário de Benedicta Vieira em 9 maio 2012 às 23:43

Mensagem que me envolve e me acorda que o Senhor ilumine minha mente e coração. Namastê!

Comentário de Grasiella Luciano Xavier Lucas em 9 maio 2012 às 23:24

Grata pela mensagem e orientação.Paz e luz sempre!

Comentário de Sonia em 9 maio 2012 às 15:53

Muito bom!!!

Comentário de Sirlei de Fátima Wesolovski em 9 maio 2012 às 12:07

Somos aquilo que pensamos, somos responsaveis por tudo que acontece em nossas vidas. Se plantarmos um grão de feijão, quantos outros grãos colheremos. a sim são as nossas ações na vida . Beijos de Luz á todos.

 

Comentário de JOSÉ PATRÍCIO CARDOSO AZEVEDO em 9 maio 2012 às 9:51

Somos responsáveis pela nossa vida e temos obrigação de fazer o que é certo. Obrigado.

Comentário de vanderli fernandes brajato em 9 maio 2012 às 1:03

   A percepção auto-responsável é inerente ao ser humano,em grau de importância,precede a todas as demais necessidades relacionada ao crescimento pessoal e proficional, como a necessidade de auto-afirmação e até a auto-valorização, porque a medida  que "incorporamos" o de auto-responsabilidade equilibrada, assumimos o comando de nossa vida de forma lúcida e centrada.

                                                                                     grata pela mensagem

Comentário de Cassia Fernanda Domingues Bassan em 9 maio 2012 às 0:32

Obrigada!

Comentário de sergio em 8 maio 2012 às 22:25

 Profunda ......muito legal, Adorei mais claro que isso e impossível obrigado por tudo

Fique na luz e na Paz fui !!!!

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço