Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

AULA Nº 04:

ASSISTA ONLINE ABAIXO A GRAVAÇÃO EM VIDEO DESTA AULA

Clique no PLAY para assistir:

OU CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O AUDIO DESTA AULA EM MP3

 

CAPÍTULO II

Na Jornada do Criador Primordial

(1ª parte)

 

 

[1 – A Criação original da humanidade]      

 

A humanidade é uma experiência. Ela foi projetada, bem como tudo o que existe dentro da criação. O Criador Primordial começou a experiência com a criação, há muito tempo neste universo, com o propósito de aumentar a auto-exploração, a auto-gratificação e a auto-expressão. Ele trouxe energias e essências de vida - extensões de si mesmo - para este uni­verso e concedeu a estas extensões dons que possuía. Existem muitos outros universos e muitas outras formas de projetar universos; este foi designado como uma zona de livre arbítrio, onde tudo seria permitido.

O Criador Primordial disse a estas extensões de si mes­mo: "Vão, criem e me tragam os frutos de volta”. Isto era uma missão bem simples, não era? Em outras palavras, estava di­zendo: "Eu vou doar-me a vocês”. Vão e doem-se livremente, para que tudo o que criarem neste universo possa compreen­der a própria essência como minha identidade.

Estas extensões do Criador Primordial, a que chamamos deuses criadores, saíram e começaram a fazer experiências com a energia do Criador Primordial que existia dentro de­les. Começaram a criar sua própria hierarquia que, por sua vez, criaram outras hierarquias. Cada hierarquia, sucessivamente, criou uma nova hierarquia, dotando-a com a sua pró­pria essência para auxiliar no desenvolvimento deste universo. Posteriormente, num destes sistemas galácticos, planejou-se designar a Terra como um centro intergaláctico de troca de informação. Era um plano incrível. A Terra era um lugar lindo, localizado nas fímbrias de um dos sistemas galácticos e facilmente acessada por outras galáxias. Encontrava-se perto de vários portais de rota, estradas por onde as energias viajam através do espaço. Houve muita correria e confusão para que se criassem representações individuais de todas as galáxias neste planeta.

Muitos dos deuses criadores eram mestres geneticistas. Por meio de suas hierarquias eles eram capazes de unir moléculas - moléculas codificadas de identidade, freqüência e carga elétrica - criando assim a vida. Muitas civilizações sencientes doaram seu DNA para possuírem representação do seu código genético neste planeta. Os mestres geneticistas, então, projetaram várias espécies, algumas humanas, outras animais, jogando com as variedades do DNA, contribuição das civilizações sencientes, para este centro de troca de informação, este centro de luz, esta Biblioteca Viva. O plano para a Terra era muito importante. ­

Os Planejadores Originais da Terra eram membros da Família da Luz, seres que trabalhavam e eram associados ao aspecto da consciência chamado Luz. Luz é informação. A Fa­mília da Luz criou o centro de informação que havia conce­bido; eles projetaram um local onde cada galáxia contribuiria com sua informação e onde todos pudessem participar e parti­lhar seus conhecimentos específicos. A Terra deveria ser uma biblioteca cósmica, um local de beleza incrível onde seria realizada a experiência de arquivar informações através de freqüências e através do processo genético.

Fora da vossa estrutura do tempo, 100.000 anos podem transcorrer como se fossem um ano. Estes deuses criadores existiam, não dentro do tempo que vocês conhecem. Algumas cen­tenas de milhares de anos, ou um milhão de anos, não era nada para eles.

Diferentes energias foram trazidas à vida. Havia repre­sentantes da espécie humana na Terra, há cerca de 500.000 anos, que desenvolveram e deram origens a civilizações altamente evoluídas. Não estamos falando das civilizações que vocês chamam de Atlântida ou Lemúria; para nós, essas civilizações são moder­nas. Estamos nos referindo a civilizações antigas, civilizações que estão enterradas sob as calotas de gelo bem ao sul, no continente da Antártica.

 ­ 

 

[2 – A invasão da Terra e a recriação da humanidade]

 

O projeto da Biblioteca Viva na Terra foi posteriormente atacado. Era atraente demais para pertencer a alguém. Nos primórdios da história da Terra, houve guerras espaciais cujo objetivo era a posse do planeta. Já alguma vez pensaram quem é o dono da Terra? Trata-se de um imóvel da mais alta quali­dade. Vocês acham que ela andaria pelo espaço sem dono?

Começaram as escaramuças e a Terra tornou-se um lu­gar de dualidade. Alguns deuses criadores que tinham o direi­to de fazer o que quisessem - porque a Terra é uma zona de livre-arbítrio - vieram e assumiram o comando. Nós chama­mos isso de "assalto" à Terra. Estes deuses criadores assalta­ram a Terra há aproximadamente 300.000 anos - o período de tempo, historicamente falando, que corresponde ao que vocês chamam de início da civilização humana. Trata-se meramente do período de tem­po que aprenderam ter sido o início da civilização. Na verda­de, foi apenas o início da última fase, a fase da humanidade moderna.

Quando as escaramuças ocorreram, um certo grupo de entidades lutou no espaço e ganhou o território da Terra. Os novos proprietários não queriam que as espécies nativas da Terra - os humanos - fossem informados do que aconteceu. Desinformadas, seriam mais fáceis de controlar. É por isso que luz é informação e trevas, falta de informação. Estas entidades baniram a luz e a Terra tornou-se o seu território. Isto lhes dá uma nova idéia de luz, não dá? Devido as batalhas, havia muita radioatividade e ação nuclear, e muitas regiões da Terra ficaram incomunicáveis. A espécie original, a criação humana, sofreu uma grande destruição e dispersou-se.

Os deuses criadores, os novos proprietários da Terra, também eram mestres geneticistas. Eles sabiam criar vida e queriam este território para seus objetivos particulares. Terri­tórios são criados e mantidos por determinadas energias por muitas razões, uma delas é para que haja consciência dentro de todas as coisas.

A consciência se comunica continuamente. Ela vibra ou pode ser induzida a vibrar, a uma determinada freqüência ele­tromagnética. As energias eletromagnéticas da consciência podem ser influenciadas a vibrar de uma certa forma para criar uma fonte de alimento. Da mesma forma que uma maçã pode ser preparada e comida de várias maneiras também a con­sciência pode ser preparada e ingerida, ou absorvida, de maneiras diferentes.

Algumas entidades, no processo de sua própria evolução começaram a descobrir que se criassem vida e consciência nas coisas através da modulação das freqüências das formas de consciência, conseguiriam alimentar-se; conseguiriam manter suas baterias carregadas. Elas começarão a perceber que o Criador Primordial se alimenta dessa maneira.

O Criador Primordial envia entidades para criarem freqüências eletromagnéticas de consciência, como fontes de alimentos para si próprio.

Os novos proprietários deste planeta tinham apetites e preferências diferentes dos antigos proprietários. Nutriam-se de caos e de medo. Isto os alimentava, os estimulava ­e os mantinha no poder.

Estes novos proprietários que aqui chegaram a 300.000 anos eram os seres magnificentes citados na Bíblia, nas tabuas da Suméria e da Babilônia e em textos espalhados por todo o mundo. Eles refizeram as espécies nativas humanas. Refizeram o seu DNA, para que elas passassem a vibrar dentro de uma faixa limitada de freqüência, uma freqüência que os ali­mentasse e os mantivesse no poder.

O ser humano original era um ser magnificente que pos­suía doze fitas de DNA, contribuição de várias civilizações sencientes. Quando os novos proprietários chegaram, traba­lharam em seus laboratórios e criaram versões humanas com o DNA diferente - duas fitas, a dupla-hélice de DNA. Eles to­maram o DNA original da espécie humana e o desmontaram. O padrão do DNA original foi deixado dentro das células hu­manas, mas não funcionava; foi separado, desligado.

Dentro das células humanas encontram-se filamentos de códigos-luminosos, teias finas de energia que contêm infor­mação. Quando estas teias estão operando juntas como um cabo - semelhante a fibras óticas - formam a hélice do vosso DNA. Quando vocês foram refeitos, foi deixada nas vossas células a dupla-hélice. Tudo o que não fosse necessário à sobre­vivência e os mantivesse informados foi desligado, deixando-­os apenas com a dupla-hélice que iria aprisioná-los dentro de freqüências controláveis, operáveis.

Uma cerca freqüencial, semelhante a uma cerca elétrica, foi colocada em volta do planeta para controlar a forma como as freqüências dos humanos poderiam ser moduladas e trocadas. No desenrolar da história, esta cerca freqüencial foi tornando muito difícil a penetração das freqüências de luz/­informação. Mesmo quando as freqüências de luz conseguiam ultrapassar a barreira de controle, não havia luz para recebe­-las. O DNA dos humanos estava desligado, os filamentos de códigos-luminosos desorganizados, e assim os raios cósmicos criativos que traziam luz não encontravam nada em que se ligar e permanecer.



(Continua na Aula 6.....)


NOTA: Todas as informações que se encontram entre colchetes [ ] e inclinadas são comentários inseridos pelo Coordenador de Estudos do Grupo no texto original , visando facilitar a sua compreensão.



RESUMO:


[1 – A Criação original da humanidade]

   

 A humanidade é uma experiência. Ela foi projetada, bem como tudo o que existe dentro da criação. O Criador Primordial começou a experiência com a criação, há muito tempo neste universo, com o propósito de aumentar a auto-exploração, a auto-gratificação e a auto-expressão. Ele trouxe energias e essências de vida - extensões de si mesmo - para este uni­verso e concedeu a estas extensões dons que possuía. Existem muitos outros universos, este foi designado como uma zona de livre arbítrio, onde tudo seria permitido.

O Criador Primordial disse a estas extensões de si mes­mo: "Vão, criem e me tragam os frutos de volta”. Em outras palavras, estava di­zendo: "Eu vou doar-me a vocês”. Vão e doem-se livremente, para que tudo o que criarem neste universo possa compreen­der a própria essência como minha identidade.

Estas extensões do Criador Primordial, a que chamamos deuses criadores, saíram e começaram a fazer experiências com a energia do Criador Primordial que existia dentro deles. Posteriormente, num destes sistemas galácticos, planejou-se designar a Terra como um centro intergaláctico de troca de informação. Houve muita correria e confusão para que se criassem representações individuais de todas as galáxias neste planeta.

Muitos dos deuses criadores eram mestres geneticistas. Muitas civilizações sencientes doaram seu DNA para possuírem representação do seu código genético neste planeta. Os mestres geneticistas, então, projetaram várias espécies, algumas humanas, outras animais, jogando com as variedades do DNA, contribuição das civilizações sencientes, para este centro de troca de informação, este centro de luz.

Os Planejadores Originais da Terra eram membros da Família da Luz, seres que trabalhavam e eram associados ao aspecto da consciência chamado Luz. Luz é informação. A Fa­mília da Luz criou o centro de informação que havia conce­bido; eles projetaram um local onde cada galáxia contribuiria com sua informação e onde todos pudessem participar e parti­lhar seus conhecimentos específicos.

Havia repre­sentantes da espécie humana na Terra, há cerca de 500.000 anos, que desenvolveram e deram origens a civilizações altamente evoluídas. Estamos nos referindo a civilizações antigas, civilizações que estão enterradas sob as calotas de gelo bem ao sul, no continente da Antártica.

 ­ 

[2 – A invasão da Terra e a recriação da humanidade]


 O projeto da Biblioteca Viva na Terra foi posteriormente atacado, houve guerras espaciais cujo objetivo era a posse do planeta.

Alguns deuses criadores que tinham o direi­to de fazer o que quisessem - porque a Terra é uma zona de livre-arbítrio - vieram e assumiram o comando. Estes deuses criadores assalta­ram a Terra há aproximadamente 300.000.

Quando as escaramuças ocorreram, um certo grupo de entidades lutou no espaço e ganhou o território da Terra. Os novos proprietários não queriam que as espécies nativas da Terra - os humanos - fossem informados do que aconteceu. Desinformadas, seriam mais fáceis de controlar. É por isso que luz é informação e trevas, falta de informação. Estas entidades baniram a luz e a Terra tornou-se o seu território. Devido as batalhas, havia muita radioatividade e ação nuclear, e muitas regiões da Terra ficaram incomunicáveis. A espécie original, a criação humana, sofreu uma grande destruição e dispersou-se.

Os deuses criadores, os novos proprietários da Terra, também eram mestres geneticistas. Eles sabiam criar vida e queriam este território para seus objetivos particulares. A consciência vibra ou pode ser induzida a vibrar, a uma determinada freqüência ele­tromagnética. As energias eletromagnéticas da consciência podem ser influenciadas a vibrar de uma certa forma para criar uma fonte de alimento.

Algumas entidades, no processo de sua própria evolução começaram a descobrir que se criassem vida e consciência nas coisas através da modulação das freqüências das formas de consciência, conseguiriam alimentar-se; conseguiriam manter suas baterias carregadas. Elas começarão a perceber que o Criador Primordial se alimenta dessa maneira.

O Criador Primordial envia entidades para criarem freqüências eletromagnéticas de consciência, como fontes de alimentos para si próprio.

Os novos proprietários deste planeta tinham apetites e preferências diferentes dos antigos proprietários. Nutriam-se de caos e de medo. Isto os alimentava, os estimulava ­e os mantinha no poder.

Estes novos proprietários que aqui chegaram a 300.000 anos eram os seres magnificentes citados na Bíblia, nas tabuas da Suméria e da Babilônia e em textos espalhados por todo o mundo. Eles refizeram as espécies nativas humanas. Refizeram o seu DNA, para que elas passassem a vibrar dentro de uma faixa limitada de freqüência, uma freqüência que os ali­mentasse e os mantivesse no poder.

O ser humano original era um ser magnificente que pos­suía doze fitas de DNA, contribuição de várias civilizações sencientes. Quando os novos proprietários chegaram, traba­lharam em seus laboratórios e criaram versões humanas com o DNA diferente - duas fitas, a dupla-hélice de DNA. Eles to­maram o DNA original da espécie humana e o desmontaram.

Tudo o que não fosse necessário à sobre­vivência e os mantivesse informados foi desligado, deixando-­os apenas com a dupla-hélice que iria aprisioná-los dentro de freqüências controláveis, operáveis.

Uma cerca freqüencial, semelhante a uma cerca elétrica, foi colocada em volta do planeta para controlar a forma como as freqüências dos humanos poderiam ser moduladas e trocadas. No desenrolar da história, esta cerca freqüencial foi tornando muito difícil a penetração das freqüências de luz/­informação. Mesmo quando as freqüências de luz conseguiam ultrapassar a barreira de controle, não havia luz para recebe­-las, os raios cósmicos criativos que traziam luz não encontravam nada em que se ligar e permanecer.

 


PERGUNTAS DESTINADAS A FACILITAR A COMPREENSÃO DO TEXTO E PROMOVER O DEBATE:


1 – Quem é o Criador Primordial e quem são os Deuses Criadores?

2 – Qual foi a intenção inicial dos Planejadores Originais, ou Deuses Criadores Originais, ao criar a vida na Terra?

3 – Qual foi o DNA básico usado pelos Deuses Criadores Originais para criar vida na Terra?

4 – Quem eram os Planejadores Originais da Terra e que aspecto da consciência estavam associados?

5 – A primeira e mais avançada civilização da Terra foi a Lemúria, a Atlântida ou outra anterior? 

6 – Onde se situava esta civilização e a quanto tempo atrás foi isto?

7 – O que aconteceu na Terra a aproximadamente 300.000 anos atrás?

8 – Por que os invasores da Terra, os novos Deuses Criadores, recriaram a humanidade promovendo mudanças em sua estrutura de DNA?

9 – Qual foi o objetivo dos novos deuses criadores ao alterarem a freqüência vibratória da energia eletromagnética da consciência da humanidade?

10 – Quais foram as mudanças promovidas na estrutura do DNA da humanidade?

11 – Qual o objetivo da cerca freqüêncial que criaram em volta do planeta?

 

Exibições: 46

Anexos

Respostas a este tópico

      Agradeço  a aula.

      As dúvidas foram tiradas através do seu esclarecimento,ao responder á ROSY e á ANGELA.

      Abraço.

 

Caro Amigo Ibiatan. Estes estudos estão me auxiliando muito, principalmente os comentarios que são colocados. Muitas vezes as minhas dúvidas são esclarecidas nos comentarios. quero mais uma vez lhe agradecer e dizer que estou acompanhando os estudos só que não coloco comentários por não ter mais dúvidas. Luz e Paz.

Agradeço ao irmão Ibiatan e aos demais irmãos e irmãs, pelas iluminadas compreensões expressas nos comentários anteriores. Eu estou um pouco defasado no acompanhamento das aulas, mas com a ajuda de vocês estou conseguindo compartilhar da Luz e Sabedoria aqui apresentadas. Espero logo poder contribuir com essa rede de buscadores universais.

Nossos irmãos Pleiadianos nos contemplam com profunda misericórdia e acolhimento, somos abençoados! 

Saudações fraternas!

RSS

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2019   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço