Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Participante: Sabemos que todos nós temos que resgatar nossos débitos em novas encarnações. Como fica o resgate de um corrupto, ou melhor, a caridade?





Pai Joaquim: Você está aprisionado a idéia de resgate como pena, castigo. Na sua pergunta “como fica a pena de um corrupto” está embutido o sentimento de punição, mas isto (pena, castigo) não existe no Universo. Vamos tentar, então, primeiro entender este aspecto para só depois poder respondê-lo.


Corrupção é levar vantagem individual sobre uma coisa pública. Partindo desta definição podemos afirmar que quem reza a Deus pedindo que o Pai faça o que ele quer é um corrupto. Isto porque este ser está buscando levar vantagem individual sobre um bem coletivo: o amor de Deus a todos.


Portanto, comecemos a resposta lhe tirando da idéia de que o corrupto é só quem pega o dinheiro público e por isso precisa ser condenado. Não, corrupto é todo aquele que quer levar vantagem individual acima do bem coletivo. Desta forma o “resgate” para estas “infrações” espirituais não se aprisiona apenas àqueles que buscam levar vantagem monetária, mas a todos que pensam em si mesmo antes do próximo.



Creio que a visão sobre o tema que estava presente na sua pergunta já fica alterada a partir deste ponto, não? Podemos, então partir para o segundo aspecto: como fica o “resgate” destes espíritos?


O espírito, fora da consciência material, conhece a Realidade do Universo e sabe que Deus não é carrasco. Então, quando programa a próxima encarnação onde viverá situações de “expiação” (termo que prefiro ao “resgate”), ou seja, situações de colheita do que plantou em outras vidas ou nesta mesma, não pensa em ser “punido” nem se sente desta forma.



O espírito liberto da consciência material sabe que precisa viver aquela situação por dois motivos. Primeiro porque é a justa medida daquilo que ele mesmo semeou anteriormente e, segundo, porque sabe que somente vivenciando-a poderá evoluir espiritualmente. Portanto, sabe que aquilo faz parte da sua necessidade espiritual.



Ele não pede a provação como “pena”, “castigo”, mas implora por ela junto ao Pai como uma oportunidade de elevação espiritual e vê na ação de Deus (Causa Primária de todas as coisas), que o faz vivenciar a situação pedida, o fruto do Seu amor por todos os filhos concedendo sempre novas oportunidades àqueles que um dia transviaram-se.



Só esta leve análise deveria já lhe fazer entender que o sentido da sua pergunta, ou seja, a punição por ter sido corrupto não existe. Isto por que o espírito liberto da sua condição material não se sente penalizado, mas compreende que está recebendo uma nova chance de elevação. Por isto, ele coloca em suas vidas futuras estes acontecimentos com felicidade espiritual e não em sofrimento.



Mas, vamos nos aprofundar mais no assunto? As situações carmaticas, ou seja, as situações de expiações, são maiores do que os carmas individuais, pois existem os “carmas coletivos”. Acontecimentos com povos ou nações são situações carmaticas que todos aqueles que vivem neste local ou raça precisavam passar e por isso “nasceram” (encarnaram) naquela coletividade.



Eu estou dizendo isso porque a sua pergunta certamente foi motivada pela situação do seu país onde o governo está aparecendo como corrupto. A corrupção que hora se tem notícia no Brasil é uma situação carmatica desta nação. Vamos, então, abordar este tema continuando na resposta à sua pergunta.


Cristo nos ensinou que devemos respeitar os governantes porque eles foram escolhidos por Deus para aquele povo. Isto está nos Evangelhos e nas Epístolas de Paulo. Deste ensinamento podemos retirar uma máxima: cada povo tem o governo que merece, não como castigo, mas como carma, expiação, oportunidade de elevação.



Como eu disse, anteriormente, corrupto é todo aquele que quer levar vantagem para si em detrimento do bem estar coletivo e não só aquele que busca vantagens pecuniárias. Sendo assim, podemos afirmar que a pátria Brasil possui uma população corrupta, ou seja, é formada por espíritos que pensam primeiramente em si mesmos, pois é formada por espíritos em evolução, ou seja, faz parte de um “mundo de provas e expiações”.



Desta forma, a situação que hoje vive esta população é um carma coletivo, algo que a plêiade espiritual encarnada neste país precisava vivenciar como expiação. A corrupção do governo de hoje foi “criada” por Deus para que o povo (espíritos encarnados) aprenda a amar a tudo e todos indistintamente, vivendo a expiação de já terem sido corruptos, nesta ou em outras existências.



Mas, para aprender a amar precisa se passar por situações que são contrárias às suas vontades e desejos? Claro. Cristo nos ensinou: se você ama apenas aqueles que lhe querem bem, que vantagem você tem sobre os pagãos?


Olha como mudou o sentido da sua pergunta. Na hora que ela foi feita era sensível a conotação de “culpa” daqueles que estão participando deste processo. Mas, o “culpado”, se houver algum, não é o deputado que levou dinheiro, mas sim a população brasileira.



Os instrumentos do escândalo participam destes acontecimentos como expiações individuais deles, mas também como instrumentos do seu carma, ou seja, como carma coletivo da população brasileira. Sim, é seu carma, porque se não fosse o seu carma de viver sendo explorado, você não teria nascido neste país, mas em outro, ou não estaria aqui agora.



Esta é uma conclusão que todos que vivem no país precisam chegar para poderem aproveitar a oportunidade de elevação que Deus está dando a esta plêiade espiritual encarnada. Mas de nada adianta apenas sentir-se “culpado”: é preciso aproveitar a oportunidade e agir no sentido de aproximar-se de Deus.



Por isto, vou alinhar a sua pergunta com a minha conversa de hoje sobre a “consciência crística”. Ao invés de preservar o lado material de seu país criticando o governante, proteja a sua consciência espiritual amando incondicionalmente a todos, sendo ele corrupto ou “bonzinho”.



Não estou mais falando só com você que fez a pergunta, para que não se sinta pessoalmente ferido, mas para todos os habitantes deste país. Não é o deputado que é corrupto, mas você, como atingido pela corrupção, está vivendo o seu carma e toda expiação é uma prova para você colocar em prática o seu amor a Deus, para testar a sua relação amorosa com o Pai (amar e sentir-se amado por Deus).



Como dito hoje na música que ouvimos, “a cada sorriso, a cada lágrima, construo a casa de Deus em mim”. Criticando o deputado que levou o dinheiro será que você está construindo a casa de Deus ou será que está construindo o bem estar da pátria Brasil que, aliás, não existe?



A pátria Brasil não existe. Deus ama a todos os espíritos de forma igual e por isto o Universo é composto por uma só família universal que não pode ser divida em “territórios”. Não existem nem planetas, uma vez que o Universo é uno, que dirá pátrias.



Aí está a resposta à sua pergunta que, veladamente, queria saber da pena daqueles que hoje estão sendo alvo de denúncias de corrupção no Brasil. Saiba que mais importante do que se preocupar em como ficará o carma de quem hoje pratica a corrupção monetária é começar a entender porque você é “vítima” dos corruptos.




Participante: Agradeço a resposta.





Locutor: Nós é que agradecemos a sua participação. É importante para todos as perguntas, as colocações e as respostas que ajudam a muitos.



Pai Joaquim: Deixe-me só dizer mais uma coisa a esta pessoa: você deu a oportunidade para um ensinamento a todos. Como eu disse, por favor, não se sinta agredido pelo que eu falei. Você nos deu a oportunidade de mais uma vez comentar a “mudança de posição” que estamos pregando como elevação espiritual.



Realizar a reforma íntima é fugir da realidade externa e descobrir que existe um mundo interior que precisa ser reformado. Para isso o que cada um precisa é muito mais do que lutar com o planeta pela realidade material externa, mas mudar o seu interior. Para isso é preciso descobrir no que aquilo que está acontecendo do lado de fora pode auxiliar-lhe a mudar o que está dentro dele.



É muito fácil criticar, acusar, brigar, dizer que todos não prestam, mas o mais difícil é cada um se “olhar no espelho” despido dos conceitos sobre si mesmo e entender porque está participando deste mundo. O que cada acontecimento representa para ele em termos de elevação espiritual.



É muito fácil quando uma pessoa critica a outra, mas compreender porque aquilo está acontecendo com ela, porque foi “merecedora” daquela situação, isso é quase impossível.



Mas, é só assim que cada um se muda, pois, enquanto esta auto-análise profunda da Realidade espiritual da vida carnal não for feita (descobrir os meus carmas), ninguém conseguirá se mudar. Estará sempre seguindo aqueles que não se preocupam com a vida eterna do espírito e vivem o momento de agora como a realidade.



Participante: Esta é a resposta que eu esperava: reforma íntima em primeiro lugar; ninguém é “vítima”.

Mas claro, não existe outro objetivo para encarnação: você só está “vivo” porque está em um processo de reforma íntima. Na hora que este processo encerrar-se a existência carnal acaba para você, porque não há outra razão para “viver”.




Ontem, na palestra em São Paulo, eu disse o seguinte: “o vital na vida é descobrirmos que, a cada ensinamento que se recebe, existe uma contra partida, ou seja, existe uma ação que tem que ser feita”. Não adianta ninguém dizer que aprendeu algo sem que este aprendizado transforme alguma verdade da vida.



Para falar sobre o tema utilizei, como exemplo, os reencarnacionistas, ou seja, aqueles que receberam a informação da reencarnação e acreditam nela. Se você tem este conhecimento a ação que deve ser executada em contra partida é entender que não estão ocorrendo vidas carnais, mas encarnações de espíritos.



É muito diferente uma crença da outra, pois a vida carnal possui toda uma base ditada pelos desejos e pela sociedade humana enquanto que numa encarnação o espírito tem como objetivo a evolução espiritual e a encarnação tem suas bases ditadas pelo Espírito da Verdade na pergunta 132 de O Livro dos Espíritos.



Então, quem é reencarnacionista tem que acreditar que esta vida é uma encarnação e este conhecimento tem que lhe leva a viver esta vida (criar realidades) apenas pelo que está dentro desta resposta e mais nada. E nela não existe a “obrigação” de manter a integridade da pátria. Isto, portanto, não é objetivo da encarnação.



É isto que precisa ficar bem claro, pois vivenciar o ensinamento acaba com o apego à letra fria. Quem apenas sabe, mas não gera a partir deste saber uma movimentação está preso à letra fria.





Pai Joaquim de Aruanda.





Publicado em Visão Universalista (texto) / www.meeu.com.br

Exibições: 19

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço