Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

Mensagens de Omraam Mikhaël Aïvanhov - Recebido espiritualmente por Wagner Borges

OS MESTRES E O DISCERNIMENTO ESPIRITUAL


Há uma barreira muito forte que costuma afastar os levianos do estudo hermético: a ausência do atrativo exótico, que constitui um anseio seguro para pessoas ingênuas, que buscam a imagem chamativa, em detrimento da verdade intelectualmente discernida.

Deste modo, prestam toda a sua atenção aos supostos mestres que usam vestimentas insólitas e de cores chamativas, ou que usam turbantes e estranhas gemas. O sujeito de aparência comum passará seguramente inadvertido, ainda que seja um grande e genuíno mestre.

O problema reside em que pessoas que têm tido algum tipo de contato com o esotérico, difundem a crença de que os mestres são seres etéreos, que vivem isolados da matéria e que não necessitem talvez comer, defecar e nem respirar. Pensam que a espiritualidade deverá transparecer de tal maneira que o sujeito será sempre incrivelmente formoso, vidente, telepata, possuidor de um estado contínuo de desdobramento e que repudie as coisas materiais.

Para o vulgo, um mestre espiritual não pode ser de aparência comum. Deve ser muito ancião; fazer milagres; viver em um templo, gruta ou retiro. Deve vestir-se de maneira diferente; ter uma biografia cheia de eventos milagrosos e ter tido como mestre alguma autoridade superior a ele mesmo. Um homem estelar! Segundo este critério, deveria parecer um extraterrestre; usar gemas provenientes de outro planeta e vestir roupas de estilo galáctico.

Nada disto por certo corresponde ao real, já que um autêntico mestre não se diferencia em nada do homem comum, e assim deve ser precisamente. Muitos bobos perguntam de onde vem a autoridade de determinado mestre, acreditando talvez que se alcance esta condição por delegação de funções de uma espécie de "sindicato de mestres".

Nisto influi consideravelmente o costume dos títulos profissionais, dignidades outorgadas pela sociedade aos que têm êxito em determinadas matérias. Provavelmente, se considera que se chega a ser mestre da mesma forma, isto é, sendo nomeado por um comitê de autoridades superiores. É preciso assinalar que a condição de mestre corresponde a um nível de desenvolvimento espiritual, e não a uma dignidade outorgada por outras pessoas, mesmo que para chegar a ser mestre seja preciso fazê-lo sob a direção de alguém que já possua esse dito estado de consciência.

Existe por acaso algum tipo de documento que possa certificar que "fulano de tal" possui um estado de consciência determinado? Tal suposição é absurda, já que o nível consciente se demonstra na prática, e não pelo aval de supostos colégios superiores de iniciados ou mestres. A maestria é um estado de consciência alcançado dentro do mecanismo das leis da natureza, não uma concessão graciosa de alguma divindade ou autoridades superiores.

O autêntico mestre é reconhecido invariavelmente pelos guardiões ocultos que existem no plano da energia-mente, e só estes, ao reconhecê-lo como tal, podem dar-lhe o passe para atuar em determinados contextos. Estes guardiões a que nos referimos são grandes mestres da antiguidade que vivem sem corpo físico, e que têm por missão manter a pureza do conhecimento hermético, evitando que seja contaminado pelas ambições pessoais de pseudomestres. Estes seres se encarregam de anular os estudantes de hermetismo que chegaram a obter certos conhecimentos e pretendem fazer mau uso deles.

Perguntemos a nós mesmos qual a diferença entre um menino e um adulto, e o óbvio da resposta nos permitirá de maneira equivalente separar o falso mestre do autêntico, já que só o desenvolvimento efetivo do ser estabelece a diferenciação.

- John Baines (Pseudônimo do ocultista chileno Dario Salas) -
(Texto extraído do livro "El Desarollo Del Mundo Interno" – Editora Auyantepuy – Espanha - 1984.)

 

ESPIRITUALIDADE

- Por Omraam Mikhaël Aïvanhov

O maior presente que um ser humano pode ganhar de um mestre espiritual é a oportunidade de participar de um trabalho espiritualista, pois enquanto a pessoa está trabalhando com amor, não há tempo de estar se comprometendo com os valores mundanos que o mundo tanto adora.


Pode ser que enquanto ele participa de um trabalho espiritualista, que é baseado na compreensão, haja incompreensão por parte de seus congêneres humanos.

Isso é típico do mundo dos humanos. No fundo, a incompreensão é apenas a manifestação inconsciente da carência de valores maiores na consciência.

* * *

As únicas armas que um espiritualista pode possuir são a luz e o saber.

Luz para enfrentar as trevas.

Saber para enfrentar a ignorância.

Do somatório da luz com o saber nasce o bom espiritualista:

- Luminoso porque ama;

- Sábio porque estuda e trabalha, sempre.

Paz e Luz!

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)

 

PORTA DO AMOR

- Por Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

Certo dia, a solidão bateu à porta de um grande sábio.

Ele convidou-a para entrar. Pouco depois, ela saiu decepcionada. Havia descoberto que não podia capturar aquele ser bondoso, pois ele nunca estava sozinho: sempre estava acompanhado pelo amor de Deus.

De outra feita, a ilusão também bateu à porta daquele sábio.

Ele, amorosamente, convidou-a a entrar em sua humilde morada.

Logo depois, ela saiu correndo e gritando que estava cega. O coração do sábio era tão luminoso de amor que havia ofuscado a própria ilusão.

Em um outro dia, apareceu a tristeza. Antes mesmo que ela batesse à porta, o sábio assomou a cabeça pela janela e dirigiu-lhe um sorriso enternecedor. A tristeza recuou, disse que era engano e foi bater em alguma outra porta que não fosse tão luminosa.

A fama do sábio foi crescendo e a cada dia novos visitantes chegavam, objetivando conquistá-lo em nome da tentação.

Em um dia, era o desespero, no outro a impaciência. Depois, vieram a mentira, o ódio, a culpa e o engano.

Pura perda de tempo!

O sábio convidava todos a entrar e eles saíam decepcionados com o equilíbrio daquela alma bondosa.

Porém, um dia a morte bateu à sua porta. Ele convidou-a a entrar.

Seus discípulos esperavam que ela saísse correndo a qualquer momento, ofuscada pelo amor do mestre. Entretanto, tal não aconteceu.

O tempo foi passando e nem ela nem o sábio apareciam.

Os discípulos, cheios de receio, penetraram a humilde casa e encontraram o cadáver de seu mestre estirado no chão.

Começaram a chorar ao ver que o querido mestre havia partido com a morte.

Na mesma hora, adentraram a ilusão, a solidão e todos os outros servos da ignorância que nunca haviam conseguido permanecer anteriormente naquele recinto.

A tristeza dos discípulos havia aberto a porta e os mantinha lá dentro.

Enquanto isso, em outro plano, levado pela morte, o sábio instalava-se em sua nova residência.

Agora, só batem em sua porta os espíritos luminosos.

E, amorosamente, ele continua convidando todos os que batem a entrar.

E ninguém quer sair de lá, pois agora o grande mestre "mora no coração de Deus".

Paz e Luz!

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)


CAUSAS E PODERES

- Por Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

Quando ecoa pelos céus o som poderoso de um trovão, até mesmo o mais poderoso dos homens estremece.

Quando um raio rompe as trevas da noite com seu clarão, até o mais brilhante entre os homens fica ofuscado.

Quando um terremoto estremece as construções humanas, até mesmo o mais orgulhoso dos homens treme de medo.

Perante as forças da natureza, o orgulho, o brilho e o poder humano nada significam.

De maneira semelhante, quando o amor imperecível do Cristo instala-se no coração de um espiritualista dedicado, os poderes da natureza ficam sob o seu comando.

Quando ele fala, o mais poderoso dos homens estremece, pois a voz da verdade é possante como o som do trovão.

Quando ele olha serenamente, o mais brilhante entre os homens fica ofuscado, pois de seu olhar emana a luz da Espiritualidade, clara como o raio na noite escura.

Quando ele expressa seus sentimentos, o mais orgulhoso dos homens treme, pois a força do amor é avassaladora, como o terremoto, quando toca os corações estéreis.

Por sua vez, o homem, a natureza e o próprio Cristo estremecem perante o amor de Deus, a Causa Absoluta de Todo Poder.

Paz e Luz!

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)

 

PEQUENO RECADO REENCARNATÓRIO 

- Por Omraam Mikhaël Aïvanhov –

 

No Departamento Reencarnatório da Espiritualidade está bem visível, para que todo espírito reencarnante leia com atenção antes de entrar no útero, a seguinte inscrição em fogo numa imensa placa espiritual:

"O CORPO HUMANO É UM MENINO TRAVESSO

QUE A EVOLUÇÃO DEU-LHE,

ATRAVÉS DA REENCARNAÇÃO,

PARA QUE VOCÊ,

O ESPÍRITO IMORTAL E SENHOR DAS AÇÕES,

EDUQUE-O ATRAVÉS DO DISCERNIMENTO.

POR ISSO, AJA DIREITO!"

Paz e Luz!

 

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)

Exibições: 88

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço